26 Sep 2008
21 comentários

Como escrever seu curriculum (CV)

Recursos Humanos, Trabalho

Como prometido ha um tempo atras, resolvi escrever sobre CVs, pq oque mais fiz hoje foi ler CVs, entao pra dar uma folga no “ler” vou “escrever” um pouco…

Apesar de que meu ponto de vista eh “gringo”, eu leio CV do mundo todo, todos os dias, entao apesar de ter muitas diferencas de cultura entre um lugar e outro etc, sempre tem aquelas caracteristicas que se destacam ou nao, e isso independe da lingua, da empresa, da industria ou do pais.

Assim como falei no post sobre entrevistas, a primeira impressao eh a que fica, e quando estamos falando de um pedaco de papel, isso se torna mais importante ainda, pois voce pode nem sequer ter a chance de poder conhecer os recrutadores ao vivo e a cores, para mostrar a sua super-personalidade e bom gosto.

Pra chegar no ponto de ser chamado pra uma entrevista, voce tem que passar pela pior selecao de todas – o short listing, que nada mais eh, ser “encontrado” daquele mundo de CVs que recrutadores recebem todos os dias.

Pra comecar que vc pracisa de uma introducao. Antes de trabalhar diretamente com recrutamento e selecao, eu achava essa coisa de carta de apresentacao e “objetivo” um saco, desnecessario. Mas agora que estuo do outro lado, vejo a grande diferenca que isso pode fazer! Tanto positiva, quanto negativa!

Todos nos sabemos que candidatos mandam 1 zilhao de CVs todos os dias e nao estao nem ai; querem memso eh um emprego, e nao se preocupam muito com os detalhes. Departamento: OK, Empresa: OK, salario: OK. Pronto, CV enviado.

Pode ate dar certo, mas as chances de dar errado, e ninguem nem olhar pro seu CV sao grandes.

Entao oque eu sempre fiz foi ter 3 ou 4 versoes do meu CV e de uma carta de apresentacao, que possa ser personalizada dependendo da situacao.

Uma carta de apresentacao nao precisa ser uma redacao de vestibular… bastam uns 2 ou 3 paragrafos, te apresentando e destacando suas qualidades e experiencias que podem vir a ser relevantes para aquela vaga.

Eu sei que eh dificil escrever essa tal carta, mas pense nesse truque: Imagina que vc esta no supermercado, toda desmilinguida e da de cara com seu ex namorado de mao dada com a namorada nova. Ou entao quando vc encontra com aquele primo mega chato e metido na festa de aniversario da bisavo. Como voce descreveria sua vida/carreira pra eles, de um maneira bem exagerada, que te vai ajudar a se sentir melhor com voce mesma(o)?

Eh mais ou menos assim, mas com a perspectiva profissional. Mescle tambem caracteristicas pessoais, de sua personalidade que realcem sua experiencia profissional, tipo “pessoa altamente organizada = talento para numeros” ou “apaixonado por literatura e arte moderna = mente criativa” e etc.

Voce tem que se vender como se fosse o ultimo pacote de biscoito, como se fosse a garrafa de agua gelada na saida da praia, a solucao para todos os problemas daquela empresa!

Obviamente, tente evitar chavoes e cliches, ou ser piegas demais… pense que vc estara contando essa historia pra alguem que te conhece (entao vc nao poder ser tao sem nocao), pero no much (porque vc quer causar uma bela impressao).

Mas se vc nao tiver nada pra escrever, eh melhor ficar caldo doque gastar espaco util no seu CV pra falar “profissional altamente qualificado e motivado, procurando vaga com prespectivas de desenvolvimento em empresa de bom calibre”.

Arrrrrghhh!!! Boohoooo pra voce!

Esse eh a equivalencia de RH a uma catanda fajuta na night… “E ai anjo, doeu quando vc caiu do ceu?”

Entao tah, voce escreveu a carta. Mas como escrever seu CV?

Eu sei que existem milhoes de “regras” unspoken sobre quantidade de paginas, tamanho da fonte, etc que deve ter ser CV, mas na pratica isso pouco importa. Apenas use seu bom senso. Ninguem esta esperando receber um CV de estagiario com 5 paginas de enchecao de linguica, mas eh igualmente patetico se o CV de um diretor tiver apenas 2 paginas…

Ou seja, escreva oque eh relevante, mas de detalhes, muitos detalhes!

Nada pior doque aqueles Cvs que vem: “NOME DA EMPRESA – TITULO DO CARGO – DEPARTAMENTO – PRINCIPAL RESPONSABILIDADE”.

NEXT!

Ninguem tem tempo de ficar tentando adivinhar que raios faz um “Executivo de suporte de campo a pequenos agentes”. Esse pode ate ser o seu titulo oficial, mas tome cuidado pra descrever BEM oque voc faz, o nivel de responsabilidade, seus maiores clientes, se vc gerencia alguem, etc, etc.

Titulos diferentes significam coisas diferentes em empresas diferentes, e se vc omitir detalhes, pode acabar sendo classificado como uma coisa que nao eh. E a pessoa que vai ler seu curriculo, vai ler outras centenas de CV e nao vai gastar seu tempo lendo e relendo, tentnado entender oque vc quiz dizer com aquilo.

Eu mesma jah cai nesse memso erro, quando ao ler uma anuncio de emprego pensei “Ah, eu sei fazer isso!” e mandei meu curriculo. Sem sucesso, logico. Se voce nao explica exatamente oque faz/fez, ninguem nunca vai saber.

Uma boa dica de como “descrever” suas tarefas e responsabilidades sem ser pela-saco eh colar de anuncios de vagas similares. De uma catada na internet em vagas similares ao que voce faz/fez. Como eles descrevem aquilo? Siga a mesma logica. Faca isso com varios anuncios diferentes, de empresas diferentes, e vai adaptando as descricoes que tem a ver com voce e sua experiencia.

E isso ajuda muito, principalmente se voce esta procurando emprego em outro pais, em outra lingua, e vc nao esta muito seguro de como descrever certas coisas numa lingua extrangeira.

Tente ser sucinto, mas ao memso tempo, o mais detalhado possivel. NAO encha linguica, mas nao omita nada, pois pode ser esse pequeno detalhe (que pra voce nao foi tao importante) que vai te destacar.

Lembre-se que a propaganda eh a alma do negocio! Faca MUITA propaganda de voce mesmo!

Uma boa dica tambem eh ao final da descricao de cada posto/cargo ocupado, faca um quadro com “Principais Realizacoes”, e sucintamente (em 2 ou 3 bullet points) descreva oque voce fez enquanto estava naquele cargo que tenha te destacado.

Se voce acha que nao tem experiencia suficente, ou que na verdade quele cargo nao era nada demais,  nao tem problema. Sempre ha um jeito diferente de destacar alguma cosia em voce que eh melhor que os outros! Se seu emprego era bem “chato”, administrativo, sem grandes responsabilidades e vc acha que nao teve grandes “realizacoes”, use esse espcao pra falar de cursos que vc fez durante esse periodo, eventos sociais (em ambito profisional, LOGICO!) que voce ajudou a organizar, etc. Sempre! Pois isso mostra o seu lado esforcado, espirito de equipe, etc. Ou entao fale sobre um projeto especial, uma pesquisa que voce participou na faculdade ou curso profissional, que te ajudaram a desempenhar bem aquela tarefa.

Eu fiquei pensando nisso no outro dia, quanto assistia Friends em casa. A Rachel eh assistente de uma mulher e eh entrevistada pra outra vaga. O cargo que ela ocupa nao eh nada demais, tipo secretaria, mas ela adora moda e quer trabalhar ness area. Durante a entrevista, ela fala sobre um “sistema de arquivos” que ela criou, e como ela eh otima “multitasking” varias coisas ao mesmo tempo. Nesse episodio as cosia nao acabam bem, pois a chefe dela tambem esta na sala e fica ridicularizando as “realizacoes” dela… mas esse eh o espirito da coisa.

Voce ateh pode achar que seu cargo nao tem o menor glamour, e nao tem como fazer “propaganda” disso, quando na verdade vc pode falar sobre varias coisinhas, basta saber como coloca-las no papel.

Obviamamente, como tudo na vida, nao eh formula magica pra conseguir o emprego dos seus sonhos, mas existem varias pequenas coisinhas que podem te ajudar a chegar mais perto! 

 

Adriana Miller
21 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
21 comentários
  1. Bia - 26/09/08 - 15h21

    Obrigada pelas dicas, Adriana! Esse post e o da entrevista são um “ajudinha” mto legal pra suas leitoras! :)

    bjos,
    Bia

    Responder
  2. Andrea - 26/09/08 - 20h33

    Oi, Adriana!
    Então, sobre as revistas, eu dei uma olhada e realmente NENHUMA revista importada aqui no Brasil vem com brindes…muito chato isso! Acho que deve ser por causa dos impostos mesmo…pq as revistas por si só são muito mais caras aqui (a Glamour UK por exemplo tá R$26,00)

    Ótimas as dicas de curriculo! Esses ultimos tempos fiz duas seleções de estagiários para trabalhar comigo, e tenho visto cada um que nem te conto…

    Bjo

    Responder
  3. Fernanda França - 26/09/08 - 20h58

    Olá! Vim pelo blog da Paty (porque gostei do que você escreveu lá) e ainda “ganhei de brinde” um post legal pra caramba sobre CVs. obrigada, gostei muito!! Prazer, Fernanda.

    Responder
  4. Beth/Lilás - 26/09/08 - 21h34

    Vejam só! Vim como a Fernandinha aí emcima, por causa do que vc escreveu lá no blog da Paty e… adorei conhecer teu espaço! Já fucei tudo desta pagina e gostei da saber desse monte de coisas que rolam por aí na linda England.
    Sobre tomar chá com leite ainda não faz minha cabeça, mas achei legal o que vc mostrou e explicou, inclusive a propaganda da velhinha fortinha. hahaha
    Sou ainda chegada no cafezinho que, por sinal, acabei de tomar um agora há pouco.
    Muito prazer e apareça lá no meu blog também.
    beijos cariocas

    Responder
  5. Renata Assis - 27/09/08 - 00h57

    Oi Dri…
    Sabe que eu tinha lembrado dessa sua “promessa” outro dia… e estava soh esperando o dia chegar…
    ateh hoje nao tive paciencia pra escrever minha “cartinha”, mas sobre “colar” dos outros anuncios, eu ja fiz… Tem um tempao que estou aa procura de um trabalho lah em Dubai, mas sem sucesso… por isso, continuo aqui…
    agora voce me deu ate um outro animo… quem sabe eu escrevendo a tal cartinha, neh?
    muchas gracias!!!!!!
    :)beijinhos

    Responder
  6. Adriana - 27/09/08 - 08h33

    Oi Renata, vc quer ir trabalhar em Dubai?
    Em qual area? Eu conheco umas agencias otimas em Dubai e no Golfo, posso te dar umas dicas.
    Bjs!

    Responder
  7. LUCIANA COSTA - 28/09/08 - 19h16

    Adriana muito obrigada mais uma vez por sua preocupação de dar uns toques nos nossos CVs e etc…Mas gostaria q um dia vc falasse em um post sobre recrutamento e seleção. Queria saber como as agências fazem em outros países para recrutar e selecionar os candidatos, e se por algum acaso eles se ligam em treinamento como algumas empresas aqui do Brasil. Estarei esperando…
    BJS!!!

    Responder
  8. Adriana - 28/09/08 - 20h30

    Oi Luciana,
    Pode deixar, vou falar disso sim. E acho que realmente eh um pouco diferente… eh muito raro empresas usarem “dinamicas de grupo” como selecao, soh para recrutamento de “massa”, e nao como acontece no Brasil… vou falar disso essa semana, pode deixar!

    Responder
  9. LUCIANA COSTA - 29/09/08 - 12h04

    ADRI vc é uma fofa!!! Obrigada por pensar na idéia de abordar este assunto!!!
    BJS

    Responder
  10. Cristiana - 30/10/08 - 10h31

    Olá Adriana!
    Parabéns pelo blog, muito gostoso de ler. Ótimas dicas sobre CVs e entrevistas. Obrigada!
    Moro em Londres, estou procurando emprego, ainda sem sucesso. Você conhece alguma agência de recrutamento séria por aqui? Olhei várias na Internet mas me assustei com os custos.
    Estamos morando aqui há 4 anos, já passei pela fase de viagens, aulas de inglês e mestrado. Agora quero voltar a trabalhar (tenho visto de trabalho), foi o que mais fiz a vida inteira.
    Grata,
    Cristiana

    Responder
  11. Adriana - 30/10/08 - 11h07

    OI Cristiana,
    Na Inglaterra empresas de recrutamente nao cobram nada (eu jah usei varias). Oque vc deve ter achado sao empresas de Head Hunting, e essas realmente cobram precoes exorbitantes, justamente porque geralmente lidam apenas com executivos MUITO experientes e com vagas que sao muito especificas e especialisadas.
    Existem zilhoes de agencias em londres/inglaterra e posso te recomendar algumas, mai isso depende muito da area em que vc quer trabalhar…
    Mas o melhor lugar pra ver vagas e entrar em contato com todas as agencias ainda eh o Monster, Total Jobs, etc. Pois nesses sites vc pode selcionar vagas por area de atuacao, nivel corporativo etc e ver quais agencias que lidam com esse tipo de vaga especificamente.
    E lembre-se que NENHUMA delas cobra nada do condidato (que gasta um fortuna sao as empresas que esta contratando), entao se alguem quiser de cobrar, saia correndo!

    Responder
    • Mayra Boppre - 09/12/13 - 13h45

      Adriana, uma dúvida, como você faz para adequar seu currículo para determinada vaga, em sites de vagas como o Monster?
      Aqui no Brasil, se você não tiver alguém para indicar para aquela vaga específica, você só fica sabendo por meio desses sites…aí fica difícil “ajustar” o CV para aquela vaga dos sonhos!
      O que você indica? Obrigada!

      Responder
      • Adriana Miller - 09/12/13 - 14h08

        Eu crio perfis diferentes (usando e-mails diferentes) e ai vou aplicando pra cada vaga de acordo com o perfil. E geralmente – pelo menos aqui no UK – sempre tem uma parte pra carta de apresentacao ou observacoes, entao aproveito pra escrever e personalizar minha aplicacao nessa area.
        Eu geralmente faco uns 3 perfis, no meu caso tenho uma mais “generico” de RH, outro que foca bastante no lado internacional, e outro que foca mais na area de projetos.

        Aqui nao rola muito essa coisa de indicacao como no Brasil entao todos os empregos que ja tive na vida foram atras de sites tipo Monster!

        Responder
        • Mayra Boppre - 09/12/13 - 14h16

          Nossa ótima ideia! Bom, meu empregos sempre foram através de sites, (preciso melhorar meu network hehehe)
          E vc, sendo da área de RH, o que pensaria se achasse 2 CVs diferentes de uma pessoa em um site? Claro que eu entendo que os CVs não seriam “super diferentes”, apenas com “aspectos diferentes” , é isso né?
          Ficaria muito chato se eu te mandasse meu CV por email? Não vou te pedir emprego tá? hahah
          É só pra eu ter uma opinião profissional, mas eu entendo se não puder. Obrigada!

          Responder
          • Adriana Miller - 09/12/13 - 14h26

            Os CVs nao podem ser diferentes, apenas terao “focos” diferentes, e claro, voce nao pode aplicar pra mesma vaga com dois perfis diferentes! Hahahhaha
            Mas acredite, acontece… ja “vi” a mesma pessoa em situacoes/vagas diferentes. Nao tem problema nenhum, desde que – obviamnte – nao seja uma coisa gritante! Heheheh

            Sobre seu CV, como escrevi num outro post sobre isso, eu nao reviso CV de ninguem, justamente porque pra mim eh impossivel “analisar” um CV sem ter uma posicao/vaga especifica em mente.

            Responder
            • Mayra Boppre - 09/12/13 - 16h00

              Hummm, nossa tô me sentindo com uma lâmpada na cabeça e gritando Eureka! Nunca tinha pensado nessa história dos perfis “diferentes” nos sites de vagas!
              Depois venho “dar” a boa notíciado novo emprego heheh
              Uso a frase de parachoque de caminhão que você citou há uns atrás “sorte é quando a oportunidade encontra o preparo” como mantra! Então sigo me preparando e esforçando que uma hora aparece!
              Muito obrigada pelas dicas!

              Responder
  12. […] sabe como moldar e “se vender” atravez de seu curriculo? Faca bom uso das cartas de apresentacao, que eh uma meneira mais “livre” de vender seu peixe, de falar mais abertamente sobre […]

    Responder
  13. - 13/05/14 - 19h32

    Dri, desculpa comentar num post velho, mas estou pensando em mudar de emprego (na verdade de empresa :) e lembrei de uma coisa que vc tinha dito aqui e voltei pra reler. Entendo perfeitamente o motivo pelo qual os candidatos devem adaptar o CV e a carta de apresentação à vaga, mas não entendi o porquê dos e-mails diferentes como vc disse no seu comentário. Com todas as informações que colocamos no CV (telefone, data de nascimento, endereço…) que batem com as suas, por que mudar logo o e-mail?

    Obrigadão!

    Responder
    • Adriana Miller - 14/05/14 - 14h26

      Acho que nao entendi sua duvida…
      Quando digo “mudar o e-mail”, nao estou falando sobre o endereco de e-mail “fulano@gmail.com” e sim o corpo da mensagem que voce manda para o recrutador, agencia ou empresa a qual esta aplicando para uma vaga.
      Porem, se voce tem perfis em sites de emprego (tipo Catho, Monster etc) que geralmente so deixam cada candidato montar um unico perfil e anexar um unico CV e carta de apresentacao, uma dica para poder criar perfis diferentes que serao mais ou menos relevantes a vagas diferentes, eh justamente criar perfis diferentes no site, e geralmente pra isso voce precisara de enderecos de e-mail diferentes.

      Responder
  14. - 14/05/14 - 14h49

    ah, OK! agora entendi. obrigada de novo!

    Responder
  15. Magda - 04/09/14 - 12h36

    Dri, desculpe desenterrar esse post, mas ele é muito relevante no momento e eu valorizo demais as suas dicas e considerações.
    Você acrescentaria/alteraria algo hoje ou continua assim mesmo? Notei que no CV template no site do Nationalcareersadvice tem um parágrafo de apresentação logo no início – mesmo assim ainda é feita a carta de apresentação?
    Muito obrigada! Bjks

    Responder