31 Dec 2008
1 Comentário

Siam, Phat Phong e Ping Pong

Bangcoc, Lua de mel, Tailandia

Tudo que mais queriamos era uma dia de preguica, sem “obrigacoes” de ver nenhum templo, nem correrias turisticas. Alem disso queriamos ver o outro lado de Bangkok, longe dos vendedores ambulantes e mochileiros.

Aproveitamos tambem pra finalmente andar de tuk-tuk, que por si so, jah vale a viagem…

Entao fomos para Siam, que eh o epicentro do destrito financeiro e moderno de Bankok. Um complexo de shoppings super ultra modernos e luxuosos, que corresponde a todas as fantasias de super modernidade da Asia.


Passamos a manha toda entrando e saindo de lojas que nao podiamos comprar nada, babando nas novidades tecnologicas e jah planejando outras viagens pra Asia!
Realmente a cultura Asiatica eh fantastica, os contrastes entre o super antigo e o ultra moderno, a comida, os sons, os cheiros… Uma vez aqui, queremos voltar sempre!!!

O calor estava de matar, e queriamos aproveitar o hotel e nao “desperdicar” as ferias correndo de uma lado pro outro todos os dias… Entao matamos horas e horas na piscina, admirando a vista enevoada por poluicao da cidade.

A noite resolvemos nos aventurar por uma area totalmente nova da cidade: Phat Phong, ou tambem conecida como o “red light district” de bangkok, que diz a lenda, gerou a industria de turismo que existe na regiao, ao entreter soldados americanos e europeus durante a 2a guerra mundial.
Mas na verdade na hora de sair do hotel, resolvemos nos poupar dos olhares repreensivos da recepcionista e pegamos um tuk-tuk de volta pra Siam square, onde pegamos o Sky-Train.


Esse era outro meio de transporte que queriamos “testar”, pois eh uma versao ultra futuristica do metro… Hehhe. Uma coisa meio Gothan City…
Eu adoro ver outdoors e propagandas em outros paises, e ver como se comporta a classe “trabalhadora” mundo afora.
Essa parte da cidade (Siam) eh legal, porque eh a Bangkok de verdade, dos Tailandeses de verdade, que acordam de manha e vao trabalhar, em lojas, escritorios, restaurantes, bancos, etc, depois pegam o sky train e voltam pra casa no fim do dia.

Mas essa passagem pela realidade Tailandesa acabou rapidinho, e 3 estacoes depois chegamos en Phat Phong.

 

Lah o mundo turistico volta ao normal, se normal fosse um mundo bizarro cheio de luzes de neon, strip clubs, travestis barbudos e de cabelo laranja e Tais de meia idade oferecendo “massagem para casais” e shows de “ping pong” (que na verdade sao shows de sexo ao vivo).
Demos varias voltinhas pela redondesas, evitando alguns becos duvidosos e quando percebemos que viramos “conhecidos” na porta de alguns “estabalecimentos” resolvemos pegar o sky-train e ir embora…

E entao quando chegamos de volta em Siam Square eh que a noite realmente comecou! Estava rolando uma noitada pre revellion com um showzinho Tailandes ao ar livre!

 

 

 

Como a comunicacao com o cara da porta nao foi das melhores, acabamos entrando mesmo assim, mas sentamos no bar, pra ficar longe do palco, onde volta e meia “pescavam” alguem da plateia pra participar das brincadeiras.
Ficamos lah ateh tarde, e foi super legal (fiz varios filminhos!!)

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
1 Comentário
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
1 Comentário
  1. […] 23. @drimiller | bangkok por adriana miller | LINK 24. @drimiller | siam phat phong e ping pong | LINK 25. @esqueci_me | bangkok – khao san road | LINK 26. @fellipefaria_ | bangkok: loucura e paz de […]

    Responder