27 May 2009
21 comentários

Hamam – Banho Turco

Beauty Everywhere, Dicas de Viagens, Instanbul, Turquia

Tomar um banho Turco, na Turquia, era uma daquelas experiencias que nao dava pra deixar passar. Eh uma experiencia pros sentidos, pro corpo e pra alma, e sem falar na aula de historia!!

Os Hamams foram introduzidos pelos Ottomanos, que sempre valorizaram a limpeza corporal, e acreditavam que a limpeza corporal os deixaria tambem limpos espiritualmente (ritual ateh hoje comum a cultura Islamica, onde as pessoas tem que se lavar antes de rezar).

Alem disso, um Hamam era o local de relaxamento e socializacao – os homens ficavam separados das mulheres (acontece ateh hoje), e na sala masculina eram discutidas estrategias de guerra e negocios, enquanto que para as mulheres era um local onde poderiam se livrar um pouco da sociedade opressora, e de quebra pesquisar potenciais noras ou sogras!

Hamam do Harem do Palacio Topkapi

Nos fomos no Hamam Suleymaniye, que eh lindo, mas ao memso tempo considerado bem turistico, pois deixa homens e mulheres participarem no mesmo ambiente, entoa eh ideal pra familias, casais, etc. Dizem que o fato de ser tao “turistico” acaba um pouco com a experiencia do Hamam, mas sinceramente, porque eu ia querer passar pela experiencia sozinha, trancada numa sauna com um bando de mulher estranha? (e sozinho com um bando de homem turco o Aaron nao queria ir de jeito nenhum). 

O ritual consiste em varias etapas. Tudo comeca com oque vestir. Eu levei meu biquine, por via das duvidas, pois nao sabia muito bem oque esperar do processo. Mas ao chegar no Hamam eles te dao uma roupa tipica – um lenco (tipo uma toalha feita de algodao) para os homens, e um conjunto de short e sutia (feito do mesmo tecido) para as mulhres, e uma toalha semelhante a dos homens, caso vc queria ficar mais ou menos coberta. Tipicamente ambos os sexos recebem a mesma toalinha, mas como fomos num Hamam misto, nao dah pra rolar oba oba peladao. Ah! E alem disso, eles te dao tambem um tamanco de madeira, difiiiicil de andar, mas ajuda a nao escorregar no chao molhado de marmore.

E entao vc eh encaminhado a “sala morna”, onde seu corpo vai se ajustando a temperatura, e te dao as instrucoes doque vai acontecer dai pra frente.

Entrar no Haman tem um baita impacto. Eh uma sla enoooorme, feita de PURO marmore, do teto ao chao, com uma cupula gigante (parece o interior de uma mini mesquita). No meio tem uma plataforma octagonal, tambem de marmore, e eh ali que todos se sentam. os cantos da sala, tem 4 “quartinhos”, tambem de marmore, com “camas” tamebm de marmore, e torneiras.

(Foto de divulgacao – eu nao consegui tirar fotos durante o processo, por motivos obvios…)

Nos outros cantos da sala existem torneiras e bacias de prata, onde vc pode se molhar com agua fria ou morna.

Entao ficam todos ali, socializando, relaxando no marmore quente (mas nao chega a ser tao fervendo quanto uma sauna normal). Volta e meia vc se levante, tenta se equilibrar no tamanquinho e vai ateh uma das torneiras se refrescar.

Ateh que um dos atendentes chama seu nome. Ah! E todos os atendentes sao homens. Sempre homens.

A experiencia como um todo foi um tanto quanto cara (35 Euros, por 1,5 hora), mas ver a cara do Aaron se agarrando naquela toalinha como se nao houvesse um amanha, enquanto um macho Turco esfrega as costas dele e joga agua de bacia na cabeca dela nao teve preco! hahahahahah! Eu ria tanto da situacao, que mal conseguia me concentrar no “relaxamento” da coisa…

Mas enfim. O carinha te chama (estavamos os dois juntos no “quartinho”) e primeiro vc senta no chao, ao lado da torneira de marmore. Eles te molham de cima baixo, e com uma luva de bucha vegetal, te esfregam sem doh nem piedade. Adeus celulas mortas! Esfoliacao ateh a alma!

E entao vc deita na cama/maca de marmore; a cama nao eh nem um pouco confortavel, mas eh higienica, e facilita na hora que eles ficam te puxando de um lado pro outro durante  massagem.

A sensacao eh uma delicia! Eles esfregam uma parada que parece um saco de batata no sabonete especial. Esfrega, esfrega, esfrega, e enchem o saco de ar, como se fosse uma bexiga. E entao colocam aquele “balao em cima de voce e “espremem” toda espuma nas suas costas. mas eh mUITA espuma! Nao dah pra descrever! Uma cosia assim banho de espuma de desenho animado!

(foto divulgacao)

E entao, nessa de espuma pra ca, espuma pra lah, eles vao te fazendo uma massagem, te puxam de um lado pro outro, te escorregam na mesa de marmore (e entao vc entende pra que o marmore), te viram de um lado pro outro, e vc fica literalmente nas nuvens!

Pra acordar, lah vem a bacia de agua de novo! Varias baciadas, enxaguando toda espuma de seu corpo. Entao vc senta de novo no chao, e eles continuam te enxaguando, e de quebra ainda lavam seu cabelo (nos, MUITOS nos pra contar historia depois…).

E pronto, esfoliados, limpos e relaxados, vamos para a sala “morna” de novo, onde trocamos a toalinha molhada, por outra seca e quentinha. Ai o carinha amarra uma outra toalha nos ombros, na cabeca e vc pode ficar lah, relaxando quanto tempo quiser.

E por fim aidna rola um barzinho no terreo, com varias almofades espalhadas onde vc pode beber um cha ou fumar um Narguile…

 

 

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
21 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
21 comentários
  1. Fer - 27/05/09 - 18h10

    Se vc convenceu o Aaron, eu TENHO que convencer o Mick!!!!
    Mas eu vou ter que explicar MUITO que não tira a toalhinha e que ninguém vai massagear ninguém pelado … esses homens hehehehe
    beijos

    Responder
  2. helo - 27/05/09 - 20h26

    hahahahaha ri muito da sua descricao do aaron, li alto pro martin!!! uma pergunta: mas por baixo do shortinho vc colocou biquini????

    Responder
  3. gi - 27/05/09 - 23h32

    maneiríssimo!

    Responder
  4. leticia - 27/05/09 - 23h45

    ai que delicia!!!

    Responder
  5. Renata B. - 28/05/09 - 00h26

    hahauahuahaua morri rindo!!com certeza ver a cara dos homens nessa situação não tem preço!!
    Mas dri, nossa com a sua descrição detalhada me deu uma mega vontade de fazer um banho desses!nossa limpeza profunda com relaxamento e massagens!!Perfeito!!

    Responder
  6. Adriana - 28/05/09 - 10h34

    Oi Helo,
    Por baixo do short eu usei biquine, logico! hahahahahha! E fiquei agarrada na minha toalinha o tempo todo! ainda mais depois que vi umas coroas saindo cambalentes da massagem dando “showzinho” no sutia de tecido! HAHHAHAHAHA

    Responder
  7. Perdida pelo mundo - 28/05/09 - 15h05

    Dri,

    Os atendentes são sempre homens, mas aí nesse Hamam misto né? Ou nos outros em que homens ficam separados das mulheres o atendente também é homem?

    Raquel

    Responder
  8. Adriana - 28/05/09 - 16h24

    Oi Raquel,
    Os atendentes sao todos sempre homens – essa eh a tradicao desda epoca dos Eunucos (que eram castrados) e que se mantem ateh hoje, memso em Hamams onde homens e mulheres ficam separados.

    Responder
  9. Lia - 28/05/09 - 17h31

    Nao gosto de rasgar seda, mas tua pele ta cada vez melhor!
    Quando eu chegar na tua idade, deus queira que minha pele chegue assim tb ;)

    Responder
  10. Fernanda - 28/05/09 - 22h34

    Adri,

    Vc é uma figura!! Sou meio tímida, mas vou lembrar das suas técnicas na hora de pechinchar… Moro no Peru e, aqui vc é obrigado a negociar preco, comecando pelos táxis que nao tem taxímetro! Mas os peruanos sao tranquilos, aceitam uma pechincha numa boa pq nao querem perder o cliente. Mas é claro, que por ser gringo sempre acaba pagando mais.

    Um beijo!
    Bjao

    Responder
  11. Eduardo - 29/05/09 - 08h15

    rs…nunca deixei comentário aqui, mas dessa vez não resisti. Turquia é o destino que estou planejando há algum tempo já. devo ir em breve. (moro aqui na Suécia), mas essa descricão do banho turco foi impagável!

    Edu

    Responder
  12. Adriana - 29/05/09 - 09h52

    HAHHAAHAH
    Lia,
    Sei que sua intencao foi das melhores, mas o comentario sobre “quando chegar na sua idade” me arrasou! hahahahahaah
    Agora estou me sentindo assim, praticamente beirando os 60!!! Hahahhahaah

    Responder
  13. CarlaZ - 04/06/09 - 01h26

    Nossa nunca achei que seria um programa legal…mas agora…vendo com outros olhos…

    Responder
  14. Iara - 25/06/09 - 18h02

    Olá achei super bacana seu blog parabéns!!!
    Vou te seguir a partir de já qdo tiver um tempinho me faça uma vizitinha heheh

    meuqueridocloset.blogspot.com

    bjksss

    Responder
  15. Thais - 25/05/12 - 12h36

    Oi Adriana,
    Estive em Istambul na semana passada e peguei algumas dicas aqui no seu blog. Fui nesse banho turco que você indicou e realmente foi muito bom. Para atualização, paguei 35 euros também (Maio 2012). A dica é pedir para o hotel reservar o banho, pois eles oferecem um serviço de transfer (buscam e levam de volta para o hotel) e não cobram nada a mais por isso.
    Obrigada pelas dicas.
    Bjs

    Responder
  16. […] Também li sobre um hamam chamado Suleymanieye, no blog DriEverywhere. A Adriana, autora do blog, explica que ele é ideal para casais e famílias, que podem fazer o banho juntos. Mas não aceitam pessoas […]

    Responder
  17. Thiago - 22/09/13 - 21h40

    Olá Adriana, boa tarde.

    Qual albergue voce ficou hospodeda? Voce recomeda?
    Obrigado!

    Responder
  18. […] os Húngaros: afinal juntaram a abundância de aguas medicinais disponíveis, com a cultura dos Hammans (banho turco) dos Turcos, e pronto. Receita de sucesso […]

    Responder
  19. Daniel - 25/01/15 - 07h49

    Oi, estou indo para a Turquia e fazendo minhas pesquisas. Aqui vc diz que são sempre homens q fazem a massagem. Mas no histórico Çemberlitas Hamami, construido pelo Grande arquiteto Mimar Sinan e próximo do Grande Bazar), os homens são atendidos por homens e as mulheres, por mulheres; em setores separados. http://www.cemberlitashamami.com

    Responder
  20. Nadhia - 04/02/15 - 16h18

    Muito boas as suas histórias! Fui no Çemberlitas Hamami no fim de dezembro de 2015 e realmente lá o banho é separado para homens e mulheres e os atendentes são homens para homens e mulheres para mulheres. É uma experiência interessante mesmo, no começo a idéia me pareceu estranha mas depois vi que é tudo muito organizado!

    Responder
  21. […] Ah sim: de hamans históricos tem também o Cagaloglu e o Suleymanie, que é misto (a Dri, do Dri Everywhere, contou a experiência dela aqui) […]

    Responder