10 Jan 2010
48 comentários

Santiago do Chile

Chile, Dicas de Viagens, Roteiros de Viagem, Santiago

A viagem que fizemos com meus pais na semana entre Natal e ano novo foi bem corrida, e o ideal seria ter passados semanas a fio viajando pelo Chile… Mas quem nao cão, caça com gato, certo?

Na verdade queriamos fazer alguma coisa pelo Brasil mesmo – a intenção inicial das mini-ferias era poder passar mais tempo com meus pais e mostrar pro Aaron mais alguma parte do Brasil.

Mas alguem me explica porque TUDO é tão absurdamente caro no Brasil? Serio… 3 dias em Angra com pacotes de 1000 pra cima, Buzios só com pacotes de 10 dias, Nordeste com preços mais absurdos do que viagem pra Europa, Minas Gerais a preço de ouro, etc, etc. Quando já estavamos desistindo de fazer qualquer coisa descobrimos que podiamos usar milhas pra viajar pra qualquer lugar da America Latina pela Tam. Como fomos a Argentina ano passado, as outras opcoes “perto”eram Uruguay e Chile. Uruguay acabou sendo obcenamente caro tambem, já que ano novo por lá é ultra badalado, entao Santiago aqui vamos nós!

Primeiro veio a duvida: Oque vamos fazer em Santiago por 4 dias?!?!?! Entao comprei um livinho da Lonely Planet e comecei a pesquisar em foruns tudo que tinha pra fazer pertinho da capital, que dessem varios passeios bate-e-volta tendo Santiago como base.

Acabou que o tempo “dedicado” a Santiago foi bem pouco (dois 1/2 dias), mas acho que foi suficiente pra ter um bom gosto e ficar com uma otima impressao da cidade.

Entao assim que chegamos fomos direto pro centro da cidade, para o Mercado Central. O mercado central é um otimo ponto de partida para qualquer passeio pela cidade, ou entao uma otima opcao de “meio” ou fim do passeio, já que ali estao alguns dos melhores restaurantes de frutos do mar da cidade.

Aliais, em todo Chile frutos do mar sao o carro chefe de qualquer restaurante, e sao incrivelmente baratos e deliciosos! No mercado central em especial, fugindo dos grandes restaurantes na ala central (que sao mais atrai-turista style), a comida é sempre fresquissima e super barata. Entao antes de escolher um restaurante, resolvemos dar umas voltinhas pra tirar fotos e catar uma opcao que nao fosse tao lotada de turistas e tivesse mais “caracter”. Acabamos comendo na Marisqueira “Tio Lucho”, comandada diretamente pelo dono (que ficou logo amigo do meu pai) e nos mostrava na bancada da tenda do mercado, oque em breve estaria no nosso prato!

Foi uma orgia gastronomica com direito a todos os mariscos disponiveis, Robalo e Reina na grelha, camarao a alho e oleo, Ceviche de mariscos, vinho Chileno, cerveja Chilena, etc, et ateh os 4 já estarem prontos pra rolar pelo chao pela bagatelo de 50 dolares…!!

Para evitar a lesera pos almoço agravada por termos acordado as 4 da manha pra pegar o aviao no Rio, fizemos um roteiro de passeio a pé pelo centro historico de Santiago:

Saindo do mercado central (estação de metro “Puente Cal y Canto”), demos uma passadinha na Estación Mapocho, que fica praticamente do outro lado da rua. A antiga estação de trem de Santiago, que teve toda sua estrutura de fero construida e montada na França e so´depois transportada pro Chile, foi parcialmente destruida por um terremoto e hoje em dia eh um centro cultural.

Depois seguimos pelo Paseo Puente até a Plaza de Armas, que é uma das principais praças de Santiago. Alem da praça em si, ali esat a Catedral Metropolitana da cidade, que foi construida entre 1748 e 1800 e domina a paisagem da praça, apesar de nao demostrar o quao grande é por dentro!

Na mesma praça estao tambem o Museo Historico Nacional e a sede dos Correios do Chile, alem de uma enorme estatua de Pedro de Valdivia, explorador Espanhol que fundou a cidade no seculo 16.

De lá seguimos pelo Paseo Ahumada, que é uma rua peatonal enoooorme cheia de lojas, cafes e restaurantes por todos os lados, inclusive alguns cafes que “servem” o famoso “café con piernas”! O café con piernas sao cafés inofensivos espalhados pelo centro da cidade (principalmente no Paseo Ahumada) onde o cafe é sempre servido por mulheres vestida de trajes minimos.

Teoricamente sao estabaleciamentos “de familia” onde se serve apenas cafe e seus variantes, mas achamos comicos que a garconetes de fato usam mini-micro saias (quando na verdade deveriam estar usando calças semi bag…), o balcão do cafe nao tem “fundo” (para que as pernas sejam vistas por todos os angulos do estabelecimento) e todos os clientes eram do sexo masculino (tirando eu e minha mae…).

Quando chegamos na Calle Moneda, seguimos em direção a Plaza de la Constituición, onde estao o Palacio de la Moneda, Tribunales de La Justicia e o ex Congresso Nacional.

Entao seguimos pela Alameda (Avenida O’Higgins) até chegar no Cerro Santa Lucia, que tem uma vista super legal da cidade (apesar do nevoeiro cinza de poluicao que abafa Santiago 360 dias por ano!). Lá de cima dá pra ver bem toda a cidade e entender a situação geografica de Santiago, que fica num vale entre as cordilheiras dos Andes e a Cordilheira Oceanica.

As outras duas atrações turisticas de Santiago, que fizemos em outros dias, mas que poderiam – facilmente –  ser feitas no mesmo dia sao o Cerro San Cristobal e o Parque Arouca.

Ok, o Parque Arauco, nao é extamente uma atração turistica e sim um shopping center enorme, mas tem opcoes infinitas de restaurantes super legais, muitas lojas (que – eu saiba – nao existem no Brasil) diferentes (que nao cobram os preços absurdos do Brasil) e muitas opcoes de entretenimento.

Já o Cerro San Cristobal é um dos cartoes postais da cidade, e tambem o maior parque de Santiago. O bairro Bellavista me pareceu ser o hang-out preferido do mochileiros, e a Calle Pio Nono tem uma infinidade de opcoes baratinhas de albergues, pensoes, cafes e restaurantes, lojinhas de souvernir etc.

Já pra chegar lá em cima, alguns turistas contratam taxis ou vao apé, mas a menias mais “tradicional” de subir o Cerro é de Funicular, que já da uma pequena amostra da vista nos aguarda! mas infelizmente o bondinho estava fechado por causa do vento, entao nao pudemos ir ateh o outro lado do cerro, na Providencia, onde esta o Jardin Botanico de Santiago.

Os detalhes mais praticos da viagem foram o seguinte:

Voamos TAM, na ida com conexao em Sao Paulo, e na volta direto pro Rio. O fuso horario eh de apenas 1 hora, mas incluindo fuso, tempo de conexao em Sao Paulo etc, a viagem durou a manha toda (acho que umas 5 horas), oque nao é exatamente otimo, mas como o voo sai do Rio praticamente de madrugada, ainda deu pra aproveitar o dia todo por lá.

Ficamos hospedados no Sheraton Santiago Convention Center, no bairro Providencia, que é um bairro relativamente central, com varias opcoes de estacaoes de metro (a mais perto para agente era a “Pedro de Valdivia”), uma vista super legal da cidade (peincipalmente no por do sol, que o smog diminuia um pouco…).

Na nossa segunda noite na cidade, levamos meus pais pra jantar no restaurante Astrid y Gaston, que apesar de ser culinaria Peruana, aparece em todos os foruns de viagem sobre Santiago como um dos melhores restaurantes da cidade (e aparentemente o mais famoso tambem, já que estava cheio de Globais jantando por lá).

Os outros passeios que fizemos (proximos posts) usamos as empresas Turistik e Turistour (dica da Paola Rangel, que mora lá!).

O sistema de transporte publico em Santiago eh otimo, o metro vai pra tudo quanto eh canto, turisticamente falando, e taxi é ridiculamente barato. mas pra fazer qualquer coisa por fora da cidade, as opcoes de transporte sao bem precarias, sem grandes opcoes de onibus, trem e afins. Entao a nao ser que estivessemos viajando com muito tempo e num esquema bem roots, com dispiscao de passar 12 horas num onibus, saltando no meio da estrada nos Andes etc, é praticamente impossivel fazer alguma coisa independentemente por lá, e por isso acabamos dependendo demais (e gastando mais que queriamos) de agencias pra conseguir fazer os passeios que queriamos.

Entao meu conselho é fazer uma programação usando diferentes agencias e day tours onde der, ou entao ir pro Chile com muuuuito tempo e dispiscao pra se virar por lá e conseguir fazer tudo que voce quer conhecer.

Mais fotos de SAntiago AQUI e AQUI

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
48 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
48 comentários
  1. Sonia - 10/01/10 - 15h47

    ola! Adorei o post e fiquei a morrer de vontade de visitar Santiago. A comida, entao, parece deliciosa (sempre um factor a ter em conta qd se viaja). E o detalhe do “cafe con piernas” (de que eu nunca tinha ouvido falar) e’ super-comico. Pena que para quem esta na Europa a viagem seja ridiculamente cara (e longa), mas tenho que me informar melhor sb as opcoes existentes com os meus amigos chilenos…

    Responder
  2. RoCosta - 10/01/10 - 15h57

    Voce tem razão viajar pelo Brasil em época festivas é muito caro mesmo. No começo do ano fui a Recife/Olinda e fiquei por um mês. Tive hospedagem de amigos e como estava próximo a João Pessoa fui e me hospedei numa pousada bem central, mas como o carnaval já havia passado me custou 20,00/dia direito café da manhã nada de muito luxo, mas bem bonita/organizada/limpa. Lá tem o IBIS-Hotel que estava cobrando 100,00 por casal. João Pessoa dá para se conhecer em uns três dias e é maravilhoso, fica a dica.
    Beijos muitos!

    Responder
  3. Carla - 10/01/10 - 17h35

    Oi, Dri!
    Gostei da sua impressão sobre como as coisas sao caras aqui no Brasil. Gostaria que vc fizesse um post ou algum comentário mais direcionado sobre sua visão sob a ótica de turista de preços aqui no Brasil,pois realmente, muitas coisas aqui são caras para o padrão brasileiro.
    bjs

    Responder
  4. Carla - 10/01/10 - 17h42

    Oi, Adriana!
    Gostei da sua impressao de como as coisas sao caras aqui no Brasil. Gostaria que vc fizesse um post ou um comentário mais aprofundado sobre sua visao de turista dos preços praticados aqui no Brasil, pois realmente as coisas aqui sao caras para os salários.

    Responder
  5. Virgínia - 10/01/10 - 19h12

    Dir, Santiago é uma graça, não? Adoro ir para lá. Ainda mais poder ficar “di gatix” na casa de parentes.
    Ahhh a única coisa, é Parque ARAUCO… e não Parque Arouca. rsrsrsrsrsr

    Bj

    Responder
  6. Flavia - 10/01/10 - 23h20

    Morro de vontade de visitar o Chile, meu pai jah foi para lah e ficou apaixonado :=)

    Ateh semana que vem!!!

    Responder
  7. Maitê - 11/01/10 - 00h14

    Oi querida !

    Puxa … se eu soubesse que vc iria para o Chile, teria mandado o meu roteiro que montei para passar a minha lua de mel.
    Alguns passeios mais longes como os das vinículas é ´possível serem feitos usando metrô e ônibus.

    Eu passei 7 dias por lá e AMEI !!!!!!!

    Beijinhos

    Responder
    • marina rabelo - 10/08/10 - 18h26

      Olá MaitÊ,

      Li seu Post sobre a viagem ao Chile, em que voce disse que tinha um roteiro bem legal, que foi o que voce fez em sua lua de mel. estou indo agora em setembro com meu marido, numa lua de mel umm pouco mais prolongada, 1 ano depois, já que quando nos casamos nao tivemos tempo pra viajar.Fico aguardando o seu email com o roteiro.

      Desde já obrigada!
      Marina

      Responder
  8. bruna - 11/01/10 - 04h31

    Oi Dri,

    Pelo que lembre o nome do shopping é Parque Arauco!!

    Se soubesse que vc ia pro chile tinha passado umas dicas!!!!! mas vou escrever algumas coisas..

    O Chile realmente é show!!
    Um hotel/flat/apartamento ótimo pra ficar é o Time Suites, no bairro Las Condes.
    Dois restaurantes imperdíveis em Santiago são: o Giratório e o Due Torri.. os dois ficam super perto do hotel que mencionei.
    Outro lugar legal pra ir é o Borde Rio, um lugar cheio de restaurantes (a gnt foi no Peccatore, é um pizzaria, recomendo!)
    Nós ficamos 10 dias em Santiago e arredores e contratamos o Sr. José como nosso guia(um casal de amigo indicou). Ele, de origem mapuche, fazia a segurança do Pinochet tempos atrás e agora trabalha com turismo, levando pessoas a todos os lugares do Chile (na verdade, acho que só o sul do Chile q ele não vai). Quem tiver interesse, posso passar o email.
    Depois de 10 dias com nós ele praticamente ficou craque no português hehehe
    O serviço é impecável, vc não se preocupa com nada, ele agenda desde os passeios até faz reservas nas vinicolas e em restaurantes, sem contar que o “cara” dá um show em história e cultura do Chile, parece uma enciclopédia ambulante, não tem o que ele não saiba.
    Uma “viña” legal de ir é a Matetic e o restaurante é MARAVILHOSO, tanto pela comida qto pela paissagem, é só entrar no site e conferir!
    =)

    Responder
    • Gisele - 04/09/10 - 00h45

      Oi Bruna, vi seu post no blog da Adriana sobre Santiago… sei que faz um tempo, mas se vc tiver o contato do Sr. José ainda, agradeço…
      Abraços,
      Gisele

      Responder
    • karla - 13/10/10 - 02h47

      Oi Bruna, estou pensando em ir em março com minha mãe e como ela já tem 70 anos queria algo com mais comodidade. Falastes de um motorista, poderia me fornecer o contato e me informar quais os melhores locais para irmos, obrigada

      Responder
    • gezica valadares - 30/10/10 - 18h29

      ola queria o e-mail do senhor que lhe acompnhou no chile. obrigada gezica

      Responder
    • Sidney - 07/12/10 - 02h06

      Oi bruna, gostei muito das dicas e me interessa a dica do guia, o Sr José. Estarei indo para santiago dia 09/12. Você pode me passar o email dele?

      Obrigado

      Responder
    • Paulo - 08/03/11 - 16h01

      Oi Bruna,
      Eu e minha esposa vamos para o Chile no final desse mês, poderia por favor me passar o telefone do Sr.Jose (guia)?

      Muito obrigado.

      Responder
    • Daniel escalera - 07/08/11 - 23h22

      Ola a todos , Adorei as dicas e irei usa-las em minha proxima viagem…Santiago 5 dias…Novembro…Gostaria do email do Sr José ou telefone. Obrigado…Daniel

      Responder
    • Erika Farias - 18/11/12 - 21h39

      Oi Adorei as dicas e gostaria do fone do Sr. José, estou indo dia 22/11. Grata

      Responder
    • Cleo - 12/05/14 - 13h17

      Adorei sua dicas da viagem, por favor me passe o telefone ou o e-mail do Sr. José.
      Obrigada cleo

      Responder
  9. bruna - 11/01/10 - 04h46

    ahhhh
    e não deixe de experimentar as famosas Sopaipilla chilenas!

    Responder
  10. Paola Rangel - 11/01/10 - 14h47

    Que ótimas dicas de Santiago, Dri!

    E que bom q as dicas dos tours funcionaram!

    Bjsss!

    Responder
    • Adriana - 11/01/10 - 15h05

      As dicas foram maravilhosas! Muito, muto obrigada! :-)

      Responder
  11. Tiago - 11/01/10 - 22h51

    Belas fotos Dri
    Santiago é muito apaixonante… em 5 dias por lá, não conseguia sair da cidade porque semrpe arrumava algo pra fazer e dexava pro próximo dia, até que veio a hora de voltar pro Brasil
    E outra coisa que vc tá coberta de razão: como o Brasil é caro!!!!

    Responder
  12. myiska - 12/01/10 - 01h49

    Adriana – co. sempre o post é minucioso e util. estou c pacote comprado p lá , só não sei se vale ir mais p final de março,pq receio q esteja mto poluído e abafado agora. se alguuma das leitoras souber gostaria de ouvir a opinião. pretendo ir tb a purto varas ,etc alguém opina a respeito? se fizer eu agradeço. gostei mto de ler a dicas da Bruna tb.

    abraços a todos q cooperam c dicas e tornam este blog cada vez mais agradável. qto ao custo de vida aqui eu tb não me conformo e o turismo (tão necessário p gerar emprego e trazer dinheiro) tem custo ilógico!
    .

    Responder
    • Adriana - 12/01/10 - 09h47

      Na verdade SAntiago eh poluido o ano todo – estatisticamente a cidade soh fica limpa/clara 5 dias por ano. Os outros 360, apesar de muito sol, estao sempre encobertos pela nevoa.
      Essa semana que passamos em Dezembro, apesar de ter sido no auge do verao, e termos pego tempo bom e sol todos os dias, nao achei Santiago nem um pouco abafado! Muito pelo contrario, pois o ar eh bem seco em relacao ao Brasil, o ventinho que vem dos Andes eh sempre bem fresquinho, e nao sentimos calor dia nenhum! Na verdade, alguns dias ateh sentimos um pouco de frio! Fomos pra lah preparados pro veraozao, mas acho que com o vento a sensacao termica deve ter ficado na beira dos 20 e poucos graus…

      Responder
  13. Amanda - 12/01/10 - 11h18

    Oi, Adriana!
    Quando fui para Santiago com a minha irmã numa viagem relâmpago de um feriado, foi muito bom também. Fomos para vina del mar e valparaiso e vale nevado. Muito bom! Rimos até hoje dessa viagem! E temos muita história! Vou ver se faço um post sobre ela no meu blog.

    Nesse fim de ano, fui para Búzios. Muito lindinha essa cidadezinha. Mas não é um lugar baratinho para ir mesmo não. Se vc quiser saber como está Búzios, fiz um post no meu blog. Vê lá!
    http://www.amandamcosta.blogspot.com

    Bjs,
    Amanda.

    Responder
  14. myiska - 12/01/10 - 21h45

    obrigada pelo esclarecimento. valeu.

    Responder
  15. CarlaZ - 12/01/10 - 21h58

    Estive procurando vôos do Rio pra Santiago e percebi que são 6 horas de viagem! Não tem direto e aqui você diz exatamente isso…
    É uma boa opção de viagem pra gente aqui no Brasil…e agora com mais dicas…
    Beijos

    Responder
  16. Roteiro de viagem no Chile - 13/01/10 - 10h58

    […] enfim, com uma tarde, ou um dia inteiro em Santiago jah dah pra ver bastante coisa, como sugeri nesse post aqui. Na verdade nos tivemos 2 tardes e 4 […]

    Responder
  17. bruna - 15/01/10 - 01h49

    myiska,
    se quiser mais infos sobre santiago e arredores (fui em valparaiso, viña del mar, isla negra, playa de quintay, nos vales del maipo, casablanca, colchagua e nas estações de ski de portillo e valle nevado), pode me enviar um email.

    se caso a dri não permitir, ela deleta..
    mas meu email é brunaa@desbrava.com.br

    =)

    Responder
  18. Fê Costta - viaggio mondo - 19/01/10 - 04h24

    Menina, vcs são sortudos!!! Eu já fui 3x ao Chile e nunca peguei esse templo claro que vcs pegaram! A cordilheira sempre ficava uma ligeira sombra, não dava para vê-la direito de Santiago.

    Que delícia ver o post e rever todos os lugares que passamos por Santiago. O restaurante Galeón é tudo de bom, né? E o Café con Piernas?! Só “piernas” mesmo porque as mulheres são feias pra caramba! rs

    Bjos!

    Responder
  19. carla - 25/01/10 - 11h02

    Oi Bruna! estou indo para santiago em abril, gostaria muito de receber este roteiro que vc fez para sua lua de mel.
    abraços Carla

    Responder
  20. hildegard - 10/02/10 - 20h04

    só te agradecendo por um relato tão conciso e ao mesmo tempo tão detalhado, vou viajar para o chile e na net encontrei os pontos turisticos mas não como e onde chegar neles.
    valeu
    bjs

    Responder
  21. Thaís Zundt - 17/02/10 - 00h36

    Dri,sou leitora assídua de seu blog e anoetei várias dicas de Santiago, onde passei o feriado de carnaval. Fiquei deslumbrada com suas fotos de Portillo e resolvi ir pra lá também. Ao entrar na van para fazer o passeio, encontrei uma família que me disse: estamos indo para lá porque lemos no Blog da Dri… achei o máximo! Vc faz muito sucesso entre os viajantes de plantão rsrrsrs. Quando chegamos ao lago, lembramos de todas as frases que vc usou para descrever o local… Muito obrigada pelas informações! Um grande beijo!

    Responder
    • Adriana - 17/02/10 - 11h18

      Oi Thais,
      Nossa, que legal!!! Comentarios assim me deixam taao feliz!! :-)

      Responder
    • karla - 13/10/10 - 02h46

      Oi Thais, estou indo no periodo de carnaval em março com minha mae. Pensei em fazer Chile e Peru, mas uma semana não sei se dará tempo, são poucos dias. Poderia me informar os melhores locais e o teu roteiro, obrigada

      Responder
  22. Marina Coelho - 15/06/10 - 17h15

    OLÁ,
    ADOREI ISSO AQUI!! =) muitas informações uteis!! hehe varios lugares que ey amo por aqui!!
    estou indo no fim de julho com meu namorado p santiago, vai ser inverno, vale a pena ir p valparaiso e viña? sera que da p fazer de carro alugado? a estrada eh boa?!!? e quanto o passeio que vc fez para Portillo, dura um dia mesmo..e vale a pena a distancia de santiago ate la?!!?

    Responder
  23. Nayara - 19/07/10 - 21h09

    Adriana, acabei de comprar minhas passagens para o Chile. Desde o mês passado quando li esse post fiquei com vontade de comaçar a viajar e decidi ir para lá. Muito obrigada!! Gostaria de saber se vc sabe algum programa de milhagens que seja legal eu me cadastrar/participar aqui no Brasil. Eu já vi um cartão de crédito que acumulava milhas, mas a anuidade era meio alta. Você poderia me ajudar a entender ou saber qual eu poderia adquirir? Obrigada!

    Responder
    • Adriana - 20/07/10 - 14h58

      Oi Nayara,
      A melhor opcao pra fazer parte de um programa de milhagem eh ao viajar, se cadastrar no progrmama daquela empresa. Se voce viaja bastante, a cada voo, ao fazer o check in vc mostra seu cartao de fidelidade e ganha milhas correspondentes aquele voo.
      Essa eh a forma mais obvia de acumular milhas, e se voce viajar bastante (principalmente voos longos) depois de um tempinho tera milhas suficientes pra um voo.
      Porem se vc soh viaja de vez em quando, ou apenas faz voos curtinhos, entao esses programas nao sao tao vantajosos, pois geralmente depois de um tempo, as milhas caducam.

      Se vc nao viajar com frequencia suficiente pra acumular milhas (cada voo RJ -SP por exemplo, acumula umas 500 milhas, mas pra viajar pra Europa de graca voce precisa de 50.000 milhas… entao jah viu, neh? Vc precisa viajar na ponte aerea 100 vezes pra conseguir uma passagem pra Europa), a melhor opcao realmente eh o cartao de credito, mesmo com anuidade alta (compare o preco da anuidade versus o preco de uma passagem por exemplo).
      Geralmente no cartao de credito, cada dollar gasto te da 1 milha (ou alguns programas de milhagens dao 1,5 milhas por dolar), oque parece bem pouco, mas se vc pensar em todos os gastos do seu dia a dia, e tudo que pode ser pago no cartao, no final de 1 ano ou 2 vc consegue bastante milhagem…

      Responder
  24. Janaina - 02/03/11 - 14h54

    Oi, Adriana!!! Fiquei encantada com suas dicas sobre Santiago. Estou indo na proxima semana com minha família. Total 8 pessoas e queria muito te pedir este roteiro por email. Apaixonei com tudo o que fez e era exatamente o que queria fazer com o pessoal. Brigadao. E continue postando pois estas dicas sao incriveis.

    Responder
    • Adriana - 02/03/11 - 15h57

      Oi Janaina,
      No proprio post vc tem um botazinho no final que te da a opcao de mandar o post por e-mail!

      Responder
  25. Paola Wagner ;D - 29/03/11 - 22h51

    Oii. Conheci o blog a pouco tempo pela indicação do Chata de Galocha, e eu estava vendo esses posts antigos. Meu pai é representante de uma marca de sapatos no Chile, e vai direto pra , chaga a ficar mais tempo lá do que aqui. Ano passado pelo final de Novembro e ficamos lá duas semanas. Nós não nos concentramos muito nos pontos turísticos – na verdade o meu foco e da minha mãe estavam nas compras – mas eu não ia perder a viagem né? Nós demos uma volta no ônibus Turistik que tem ponto em vários lugares de Santiago mas a saída oficial é no Parque Arauco,e passa pelos principais pontos turísticos, mas só vimos os prédios e outras coisas históricas por passar em frente mesmo. Mas nós fomos no Cerro San Cristobal e o dia não estava Lindooo mas tinha um solsinho o que ajudou, fomos no Mercado Central mas não chegamos a ir naquela parte em que vendem peixes, pois o cheiro estava horrível. No apartapento em que meu pai morava tinha uma Paris ( tipo uma Renner chilena) na esquina , e uma FallaBella ( tipo uma C&A chilena-hehee) a tres quadras. Eu fui patinar no gelo no Parque Arauco , e quero nessas férias de inverno que vou voltar lá ter aulas de patinação artísticas. Também quero ir na Cordilheira pois quando fui era verão e nem tinha neve. Bem, mas eu adorei o blog e com certeza vou ler todo dia!

    Responder
  26. Carol Fraga - 01/04/11 - 15h53

    Primeiro, parabéns pelo blog! Adorei as dicas e seu relato sobre as principais atrações de Santiago. Vou para lá agora em Abril e estou pesquisando sobre a cidade, mas tenho uma dúvida que não consegui esclarecer ainda, pois cada um diz uma coisa: que moeda levar (real, dólar ou peso chileno) e onde trocar (existe alguma dica de banco ou casa de câmbio que pratique taxas próximas da oficial)?
    Obrigada!
    Carol

    Responder
    • Adriana - 02/04/11 - 08h55

      Eu levei alguns dolares, mas deixei pra sacar pesos diretamente nos caixa eletronicos de lá, pra pegar o cambio oficial do dia e não pagar taxa de cambista (meu banco nao me cobra nada pra saques no exterior)

      Responder
  27. Maria - 21/12/11 - 22h00

    Parebéns 1 Suas dicas são ótimas. Poderia, por favor, me passar o telefone do Sr.Jose (guia)?

    Responder
  28. Marina - 26/03/12 - 01h36

    Adorei suas dicas, fantásticas!!! Gostaria do contato do Sr Jose também por favor! Você tem mais algum roteiro com mais dicas de lugares? Estou pensando em ir em Julho com meu namorado! Obrigada!!!

    Responder
  29. Vera Corrêa - 17/04/12 - 19h51

    Fomos na Semana Santa a Santiago, seguimos sua dica do Mercado Central e experimentamos o Tio Lucho: valeu a pena, os pratos são gostosos e super-generosos, cerveja mais em conta que em outros locais e o atendimento é nota 10 (uma raridade em Santiago)! Valeu a dica! Parabens! Recomendo.

    Responder
  30. Adalice Albuquerque - 19/06/12 - 04h34

    ADOREI AS DICAS, POR FAVOR ME PASSE O TELEFONE DE SEU JOSÉ POIS ESTOU INDO A SANTIAGO DIA 01-07-2012, GRATA ADALICE

    Responder
  31. Andre - 11/03/16 - 23h37

    Quais agencias days tours vc sugere? Vi a turistik e a turistour mas achei os tours bem caros :-(
    obrigado

    Responder
  32. Gabriela - 17/11/16 - 19h20

    Estou programando minha viagem pelo Chile e logo pensei, a Dri (a íntima) já foi pra lá!
    Me lembro como se fosse ontem! Só não lembrava que fazia tanto tempo!!!
    Estou indo pelos mesmo motivos que postou aqui: viajar pelo Brasil nessa época do ano é caríssimo! Não compensa! O Chile vai sair menos da metade do preço do que uma viagem para os lugares mais baratos do Nordeste!
    Suas dicas sempre salvam!
    Bjinhos.

    Responder