04 Mar 2010
14 comentários

Compras em Dubai

Dicas de Viagens, Dubai, Emirados Arabes

Vou direto ao ponto: pura decepção.

Pronto, fim do post.

Mas falando serio. Pessoalmente falando, eu nao sou mesmo consumista, e principalmente quando estou viajando, gastar dinheiro com qualquer coisa que nao seja “a” proxima viagem sempre me parece um desperdicio.

Porem dessa vez, criei uma mega expectativa. Nao teve um unico ser no meu caminho que nao tenha tido a mesma reação quando dizia que estava indo pra Dubai: COMPRAS!

Lojas de luxo no Dubai Mall

Aparentemente Dubai seria o paraiso das compras. Tax free, todas as marcas do universo, preços baixo, festivais de compras e etecetera e tal. Eu e o Aaron chegamos a ter uma conversa “seria” sobre oque e quando poderiamos de fato comprar e gastar, porque afinal tudo indicava que “DO-BUY” era mesmo o paraiso das compras na terra.

Porem… Chegando lá, a historia foi beeeeem diferente.

Pra começar que realmente nao tenho esse ímpeto consumista de TER que comprar alguma coisa, e a verdade é que poucas coisas teriam esse poder de convencimento na minha carteira.

Mais lojas de luxo, e no geral, corredores vazios

Ou talvez seja por morar em Londres e ter acesso diario a todas essas lojas e portanto nao ter ficado tao deslumbrada… nao sei oque foi, mas a apelacao dos shoppings foi um pouco demais pra mim.

Mas minha veia pao-dura a parte, eu achei Dubai super caro, mesmo para os padroes de uma cidade como Londres, e mesmo com uma moeda forte como a Libra Esterlina no bolso.

Para algumas coisas a diferença era ateh pequena, mas sempre pra cima. Um exemplo? Uma blusinha da Zara que digamos que em Londres custaria 39,99 Libras, em Dubai essa mesma exata blusa custava tipo o equivalente a 44 libras. Já em outras areas as diferenças eram berrantes. Outro exemplo? O Aaron estava querendo ver preços de eletronicos e material fotografico. Uma lente Cannon que em Londres (que já é mais caro que nos EUA, por exemplo) custaria cerca de 900 libras, em Dubai a mesma lente custava mais de 1400 libras.

Todas as lojas fast fashion e hight street do planeta, sob o mesmo teto

Entao chegamos num ponto que já nem valia a penas “gastar” nosso tempo de viagem e turismo pra ficar entrando e saindo de lojas.

Um outro fato e levar em consideração é a taxa de cambio. Quando fomos pra Dubai a conversao da Libra para Dirhams estava na casa de 5×1. Depois que voltamos, me contaram varias lendas do primo-do-amigo-do-vizinho que foi pra Dubai e pegou cambio de 10×1.

Se essas lendas sao verdadeiras ou nao, nao sei dizer, mas se esse fosse o caso entao algumas coisas valeriam a pena, mas ainda assim, outras coisas continuariam caras.

Nao sei explicar da onde vem a fama “Do Buy” de Dubai, mas pra gente nao rolou mesmo, e alguns preços nos deixaram chocados.

Duty Free do Aeroporto - bem... blah.

Para dar ideia de alguns preços de coisas por lá e assim voces fazem a conversao pra moeda do pais de voces:

– Corrida de taxi Aeroporto – Marina: 60 Dirhams (mais ou menos 30 min no taxi)

– Corrida de taxi Hotel (Marina) – Jumeirah: 50 Dirhams

– Entrada Ski Dubai (basico, sem ski): 100 Dirhams

– Entrada Atlantis (basico sem parque aquatico): 100 Dirhams

– Cocktails no Burj al Arab: 325 Dirhams (por pessoa)

– Jantar Madinat: 150 Dirhams (por pessoa)

– Fast food no Dubai Mall: 50 Dirhams (por pessoa)

Nao lembrei de anotar preços de nada em lojas e tal, mas lembro de ter ficado chocada com algumas conversoes que fiz e na Sephora do Dubai Mall, algumas coisas chegavam a custar 3 vezes mais caro que o mesmo produto, da mesma marca na Selfridges de Londres, por exemplo.

Quantos dinheirinhos vale 1 Dirham?

Pra nao dizer que nao comprei nada, geralmente quando estamos viajando a unica coisa que me anima a abrir a carteira mesmo sao peças de decoração. Entao quando fomos ao mercado Souk Madinat aproveitei pra negociar bastante e comprei algumas coisas, mas mesmo assim, nada demais (enfeite de natal de Dubai, caixa de madeira e uma lanterna/vela de ferro).

Uma dessas caixas veio pra casa comigo!

Moral da historia: se voce nao pode comprar um vestido Valentino, nao sera em Dubai que voce vai chegar mais perto dessa realidade. Porem se voce esta vindo do Brasil, ou de algum lugar onde marcas internacionais talvez nao sejam tao abundantes, provavelmente algumas coisas valerao a pena puramente pela oportunidade e novidade (e nao tanto pelo preço). Mas para todos os outros turistas vindo de outras cidades grandes da Europa, EUA e Asia, acho que Dubai seria um pouco decepcionante (apesar de ter varias lojas que nao existem em Londres e Europa, como Forever 21, Crate & Barrel, ProMod e afins).

Ah! Detalhe importante que esqueci de incluir no post inicial: a grande maioria das lojas sao “customisadas” para as necessidades da populacao local, ou seja, apesar das marcas serem internacionais, as modelagens sao bem diferentes, e vi muitas roupas em lojas Americanas e Europeias com modelagem “arabe”: muitas tunicas (tanto feminina quanto masculina), saias bem compridas, modelagem mais larguinha, colarinho fechado, mangas compridas etc.

Por exemplo, na Forever 21 (que era a loja que eu estava mais animadinha, pois eh uma rede americana bem baratinha, onde fiz a festa em Novembro e que ainda nao tem em Londres!) em vez de ver aquele mundarel de blusinhas e vestidinhos fofos que eles tem no catalogo “internacional”, nas lojas de Dubai oque vendiam eram muitos vestido compridos, saias a baixo dos joelhos ou ateh o chao, tunicas e jaquetas larguinhas (nada de regatinhas nem decotoes, como nas lojas dos EUA). Na Mango eu vi um vestido, igual ao modelo que comprei em Londres (tomara que caia, saia na altura do joelho, tecido de malha de bolinhas) porem com mangas cobrindo os ombros e saia cumpridona.

Ateh mesmo na parte masculina, lojas como a French Connection (que o Aaron adora e quis dar uma olhada na liquidacao) estava cheia de tunicas ateh o joelho e calca tipo pantalona.

Nao entrei em muitas lojas de luxo, entao nao sei dizer como essas lojas tambem se adaptam ao publico local, mas mesmo nas lojas de departamento que vendem marcas de luxo (no Dubai Mall tem uma Bloomingdales e uma Gallerie Lafayete) vimos muitas roupas de designer com modelagem “arabe”.

Quer saber? Achei bem legal!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
14 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
14 comentários
  1. Flavia - 04/03/10 - 22h25

    A fama vem que anos atras dizem que valia muito a pena ir para Dubai, mas como agora todo mundo vai para lah e todo mundo vai fazer compras, dizem que os precos sao absurdos e realmente nao vale mesmo a pena. Minha chefe vai passar ferias lah umas 2-3 vezes por ano, todo ano.

    bjs

    Responder
  2. Raquel - 04/03/10 - 22h51

    Eu ao contrario de todo mundo achava que aquilo lá devia ser bem caro,mas pensei que na parte electronica e gadgets valesse a pena.
    Um casal amigo de Brasileiros que moram cá, foram à pouco tempo a Dubai e ela chegou dizendo que lá era tudo barato e ele a dizer que era tudo caro… fiquei confusa confesso.

    Bj

    Responder
  3. carol - 05/03/10 - 01h58

    Oi! Tambem pensei que fosse mais barata. Singapora eh uma cidade otima para compras , mas nao tao barata como comprar no USA. As vezes em viajem nao vale a pena fazer compras, se eh possivel achar o mesmo preco em Londres. Bjs

    Responder
  4. Flavia Julião - 05/03/10 - 14h11

    Leio todo dia e comento super pouco por aqui. A referência que tenho sobre os preços de Dubai foi por uma viagem que a Hebe ( apresentadora do SBT) fez para lá e mostrou no programa dela. Qdo ela foi a uma joalheria e comentou “Meu Deus, as coisas aqui são muito caras”, percebi que era um pouco lenda essa história das coisas serem baratas. Se a Hebe( que foi para lá convidada pelo Sheik) e que qdo vai as joalherias finas da Europa (onde as vendedoras sorriem para ela pois é conhecida como boa compradora) achou caro, imagine para simples mortais !!!
    E outra, mesmo com o tax free, qual o intuito das grandes marcas e até mesmo as maisons venderem seus artigos tão mais barato do que em outros países , que faça valer a pena a viagem até lá ? Não é essa lógica do consumo de luxo. Esse mercado deve ser caro e pouco acessível ( exceto perfumes, maquiagens, alguns modelos de bolsas e outros acessórios que são o que realmente sustentam essas grifes).

    Responder
  5. Flavia Julião - 05/03/10 - 14h44

    Adriana, Desculpe, coloquei o seu nome no post aí de cima !!!! Olha minha cabeça, já comecei postando mal !!!! O nome correto de que fez esse post ( no caso, eu) é Flavia ! Tem como corrigir ???? Desculpe

    Responder
    • Adriana - 05/03/10 - 16h49

      Jah corrigi! :-)

      Responder
  6. Hilda - 06/03/10 - 22h12

    Amei essas caixas!
    Minha colega de trabalho acabou de voltar de la e disse que eh foi decepcao total no quesito compras.
    bjs

    Responder
  7. Bioderma « BeautyEveryWhere - 09/03/10 - 10h28

    […] Como contei nesse post aqui fiquei super decepcionada com as compras em Dubai (ou talvez estivesse com expectativas altas […]

    Responder
  8. Bruno - 20/10/10 - 20h34

    Eu estive lá em novembro de 2009, gostei muito dos preços, comprei coisas com valores excelentes (Computador, camera fotografica etc). Mas muita coisa, realmente, não tem diferença. Dizem que em determinado epoca do ano (não me lembro qual) existe uma mega liquidação e que tudo fica com 75% de desconto (até carros).

    Responder
  9. Janiane - 15/02/12 - 19h31

    Acho que em Dubai vale a regra básica de investir para curtir a viagem (deixando as compras p/ EUA). Muito bom seu post, pois estava pesquisando na net um pacote para Dubai mas gostaria de associar a compras. Portanto, deixarei Dubai para uma próxima vez, e ficarei com a tradiconal dobradinha CANCUN/MIAMI. Obrigada, parabéns

    Responder
  10. Sonia Araujo - 19/03/12 - 03h16

    Morei por quase dois anos em SHARJAH e o que os Turistas NÃO SABEM, é que se compra muuuito barato em SHARJAH que embora seja outro Emirado,fica a apenas 8 km de DUBAI.

    Lá sim, os preços são muuuito baixos e VALE A PENA FAZER COMPRAS POR LÁ.

    Informem-se sobre isto e BOAS COMPRAS. VALE A PENA MESMO CONHECER OS EMIRADOS ÁRABES. BOA SORTE,

    Responder
  11. Milena - 20/12/13 - 16h20

    Gostaria de saber sobre alimentação lá em Dubai, é muito alto o custo para alimentação? Os restaurantes tem preços absurdos? E você acha que vale a pena alugar um carro lá?

    Responder
  12. Gilson Ferraz - 21/03/14 - 18h10

    parabéns pelas informações, #nessaeunãocaio #mudeiorumedeminhasferias ,,,, obrigado

    Responder
  13. Elisa - 19/05/15 - 17h11

    Ola !!!!! Achei o seu blog o mais útil de todos que li sobre Dubai!!!! Me da uma dica de hotel pra ficar na Marina, ou próximo, que seja legal ficar com crianca (vou levar meu filho de 3 anos). Eu havia visto o LeMeridian, que inclusive vc ficou, mas li que tem tipo um bar próximo a ele que a noite toca uma música super alta e que incomoda os hospedes. Vc vivências isso?
    Obrigada!!!!!!!!!

    Responder