05 Oct 2010
11 comentários

Dia 5 (continuacao): de Kibo Hut a Horombo Camp

Kilimanjaro, Tanzania

O dia 5 foi uma especia de dia da Marmota… aqueles dias que nunca acabam e as coisas se repetem mil vezes na sua cabeca…

Esse dia, que na verdade comecou ainda na noite do “dia 4”, teve toda escalada final ate Uhuru Peak, e como se nao bastasse, depois de uma misera hora de descanso, seguimos viagem ao acampemento Horombo, que fica a cerca de 3700 metros de altitude.

Eu sabia que o dia do summit seria o mais difícil de todos (e foi!) e posivelmente o mais difícil de nossas vidas (e foi!), mas nao imaginava que seria tao puxado assim.

O cochilo de 1 hora na volta de Uhuru foi rejuvenescedor, e a ideia de poder dormir a noite inteira num lugar que nao fosse tao congeladamente frio e com oxigenio mais abundante era tantador…

Alem disso eu sabia (achava) que a descida daquele dia seria relativamente facil, pois iriamos cruzar a parte do deserto que eh relativamente plana e aberta.

O problema? Mais um temporal de granizo nos alcancou em pleno deserto, com ventos violentos que arremessavam as bolinhas de granizo como se fossem um estilingue!

E fomos descendo, descendo, descendo… ate chegamos no ponto onde o granizo acabou, e ficamos apenas com um temporal de agua mesmo…

Foi a pior chuva que pegamos na montanha, e por mais de 2 horas caminhamos sem parar debaixo de um temporal, daqueles temporais de fazer o Rio de Janeiro, em plenas aguas de marco se orgulhar…

Nessas horas colocamos todo nosso equipamento a teste, e todos falharam…

A capa de chuva da minha mochila nao deu conta do recado, minhas botas firacam empapadas, luvas, o gorro de la por Baixo do gorro da capa de chuva, as pernas da minha calca… Tudo molhado e gelado! SAbe aquela chuva de pingo grosso?!

Mas a caminhada em si foi divertida, e vimos um lado diferente do deserto e passamos por um “jardin” de arvores Sinecio pelo caminho! Pena que nao deu para tirar muitas fotos, pois nao queria estragar minha camera na chuva…

Quando finalmente chegamos no acampamento final foi aquele alivio… mal sabiamos nos que as barracas tambem molharam, nossas malas com roupas, colchao termico, saco de dormir… tudo pingando!

Ainda bem que tinhamos o alivio psicologico de saber que aquele seria nossa ultima noite na montanha, porque sem duvidas foi a pior de todas… estavamos muito alem de exhaustos depois de caminhar, subir e descer, praticamente sem parar por mais de 17 horas, o frio, as roupas molhadas, o saco de dormir molhado e frio…

Alem disso meu joelho e meus ombros jah estava doendo bastante oque dificultou meu “aconchego” na barraca… cada lado que eu virava era uma dor e um incomodo diferente… mas ai eu pensei: amanha eu vou tomar banho e dormir numa cama de verdade!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
11 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
11 comentários
  1. Angie - 05/10/10 - 11h27

    Minha nossa, que aventura!!! Depois dessa, qualquer ‘perrengue’ vai ser fichinha :-D
    Beijos, e parabéns pela conquista!
    Angie

    Responder
  2. isabel - 05/10/10 - 12h06

    Imagino a vontade de descer correndo até uma cama de verdade!!
    Melhor: um banho, uma massagem cheia de creme perfumados e uma cama bem cheirosa e confortável!!
    E por fim, o sono dos deuses… Você mereceu!;)
    (vai poder cobrar isso do Aaaron nos próximos tempos!!)
    .-= isabel´s last blog ..Comer- orar- amar =-.

    Responder
  3. Luciana Bordallo Misura - 05/10/10 - 20h33

    Peraí, vocês dormiram em barracas e sacos de dormir molhados mesmo, com roupa molhada? Não tinha NADA seco? UIA!
    .-= Luciana Bordallo Misura´s last blog ..Campanha feia- ou respeito é bom e todo mundo gosta =-.

    Responder
    • Adriana - 06/10/10 - 08h53

      Algumas cosias estavam mais ou menos secas, mas memso assim, tudo num estado bem umido e desconfortavel. mas todas as roupas quentinhas e termicas estavam molhadas! O saco de dormir estava encharcado do lado de fora, mas relativamente “seco” por dentro… Por sorte levamos material de otima qualidade, com tecidos que repelem agua, entaoao longo da noite fomos ficando mais confortaveis. Algumas cosias secaram (as que estavam em contato com o corpo) outras congelaram!

      Responder
  4. Raquel - 05/10/10 - 22h27

    Que aventura incrível!! Parabéns pela conquista!! SEu blog é excelente!!!

    Responder
  5. Thaís Nascimento - 06/10/10 - 01h14

    Ô Dri, eu só num entendi uma coisa.. O que raios é dia da marmota? hauahuhah
    .-= Thaís Nascimento´s last blog ..Direto das ruas- semana de moda! =-.

    Responder
    • Adriana - 06/10/10 - 08h20

      Dia da marmota eh um filme da decada de 80 onde o mesmo dia se repete mil vezes e nunca acaba ate o personagem quase enlouquecer! :-)
      então me senti assim… Que aquele dia nunca mais ia acabar ate eu enlouquecer!

      Responder
  6. cristina - 06/10/10 - 08h24

    como que voce conseguiu dormir na barraca molhada com frio ? nao pegou pneumonia?
    qual a temperatura maxima e minima que vcs pegaram no Kili?
    .-= cristina´s last blog ..Delicate Petals Nourishing Bath and Shower Cream by Victoria’s Secret =-.

    Responder
    • Adriana - 06/10/10 - 08h50

      Com aquele cansaco que estavamos, eu conseguirira dormir ate em peh (como realmente aconteceu!)!
      Algumas coisas estavam mais molhadas e mais encharcadas , outra smenos, entao tivemos que fazer uma selecao doque ainda estava usavel e oque tinha que ser colocado em saco plastico do lado de fora…

      Responder
    • Adriana - 06/10/10 - 08h54

      Ah! A temperatura minima foi cerca de -20 graus na noite da escalada final, e o mais quente foi cerca dos 20/25 graus no ultimo dia de descida, que fez bastante sol.
      Mas a temperatura media durenta os dias era na meia dos 10 graus.

      Responder
  7. Karina - 13/10/10 - 15h06

    Olá!! Em primeiro lugar, parabéns pela aventura!! Imagino que a sensação do “dever” cumprido seja fascinante afinal, não é para qualquer um mesmo. No domingo, o Fantastico iniciou uma série especial sobre as mudanças climáticas no mundo e mostrou o Kilimanjaro, inclusive a repórter fez a trilha e mostra alguns flashs. Da uma olhada no site, o vídeo está disponível.
    Como é uma série, acredito que passe também nos próximos domingos. Te mantenho informada rsrsrsrsrs.
    E vou me inspirar no seu safári, tenho loucura para fazer um, sempre pensei na Africa do Sul mas a Tanzania me pareceu bem mais interessante mesmo.

    Responder