21 Dec 2010
69 comentários

Como escolher seu hotel/albergue/pensao

Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens

Uma das minhas filosofias de viagem eh que mais eh sempre mais. Ou seja, sou o tipo de pessoa que na hora de viajar, me preocupo muito mais com a quantidade de viagens doque com a qualidade de cada viagem individual.

Quarto de albergue na Italia

Fico muito mais feliz obrigada, em planejar 10 mini viagens ao longo do ano, sabendo que vou viajar de Ryanair, me hospedar em albergues e comendo na barraquinha de rua, doque se fosse planejar uma unica super-viagem-mega-5-estrelas-cheia-de-mordomia por um mes inteiro uma unica misera vez por ano.

Além de que acho que um dos princípios essenciais de uma viagem eh justamente viajar para conhecer o desconhecido – se for para sempre exigir os confortos de casa, eu ficaria em casa… Logico que um hotel 5 estrelas volta e meia cai muito bem, mas mesmo assim, geralmente nunca realmente aproveito o hotel como deveria – uma viagem eh sempre pretexto para passear, conhecer, bater perna por ai. So me deixo ficar no hotel, quando esse eh o motivo principal da viagem! (e mesmo assim fico com siricutico de fazer alguna coisa que va alem do sol-mar-sombra-agua-fresca).

Quarto de pensão (B&B) na Escocia

Mas isso tambem nao significa que fique hospedada em espeluncas toda vez que viajo – muito pelo contrario! Faço algumas exigências básicas, mas prefiro nao pagar a mais pelos excessos que sei que nao desfrutarei.

Entao sempre me pedem dicas ou recomendações de hoteis, coisa que raramente faço aquí no blog – pois sei que sou uma pessoa muito mais “desprendida” com essas coisas do que a maioria dos leitores que passam por aqui.

Mas entao como escolho onde me hospedar?!

Hotel 3 estrelas no Camboja

Bem, para começar que minhas escolhas sao, 99% das vezes puramente baseado em preco!
Uso sites de busca de hospedagem como o Booking.com, hostelworld.com e o Expedia.com pois me deixam organizar a lista de busca por preco.

Meu preferido mesmo eh o Booking.com que nao soh te deixa organizar sua busca por preco, mas voce ainda pode escolher sub-categorias de busca, como por exemplo “quartos duplos” ou “quartos individuais”, pois os precos mais baixos sempre serao os quartos individuais, que nao necesariamente sao oque procuro.

Outro fator importante para mim eh a localizacao. Nao aceito pagar a mais soh para ter um banheiro reformado, mas definitivamente pago a mais para ficar super bem localizada na cidade a visitar – economizando tempo e dinheiro nos passeios e transporte publico, e diminuindo consideravelmente o estresse da viagem.

Outro ponto importante, eh ter banheiro privado. Nao me incomodo em ter que dividir banheiro em albergues, mas a verdade eh que para quem viaja em grupo, ou em casal, a diferenca de preco entre ter ou nao ter um banheiro eh sempre TAO pequena, que para mim nao vale a pena a economia – e proporcionalmente aumenta, e muito, o conforto da viagem.


Uma grande vantagem dos sites de busca como o Booking.com ou Hostelworld.com eh poder ler as reviews e feedback de outros hospedes – fotos e websites bonitinhos podem ate te enganar, mas nada como o feedback de um hospede nao satisfeito para pintar a imagem real da situacao.

Mas ao mesmo tempo, eh bom ter cuidado, e ler todas as resenhas com um certo pe atrás… Quantas vezes nao li hospedes reclamando (e consequentemente dando nota baixa) de detalhes tao triviais em certos hoteis, coisas que de fato nao vao impactar em nada sua viagem…!

Pensão a preço de ouro na Noruega

Entao esses proprios sites de reserva, que disponibilizam feedback dos hoteis, te ajudam a seleccionar o joio do trigo, e assim vou filtrando as opinioes que realmente me importam.

Nota baixa pois o hotel nao tem estacionamento? Nota baixa porque o frigobar nao tinha marca tal de refrigerante? Nota baixa porque nao tinha maquina de fazer café no quarto? Nota baixa porque nao trocaram sua toalha todos os dias?

No bar do albergue na Turquia

Se qualquer dessas coisas te importa, parta para outra. Se nao, tudo certo! A nota baixa foi apenas a opiniao de alguem que nao tem os mesmos gostos que voce.
Entao fui aprendendo a ser bem seletiva com oque realmente me importa, ou nao, e claro ter expectativas bem realistas! Se voce quer pagar apenas 30 Euros por um quarto de hotel na Italia, nao da para querer exigir uma decoracao super moderna nem tao pouco elevadores em todos os andares. Essa eh a realidade, e ponto final. Se voce quer exigir mais, tudo bem, mas tera que pagar mais tambem.

E agora ao longo dos anos, eu ja sei que os feedback dados pelos americanos na Europa eh que tudo eh sempre pequeno e velho. O feedback de sul americanos na Asia eh a falta de mordomias. A opiniao dos Europeus nos EUA geralmente se referem a baixa qualidade da comida, e assim por diante. Cada regiao tem seus pros e contras, e ai cabe a voce o que realmente eh importante numa viagem.


No meu caso, eu nao me importo nem um pouco em ler que um determinado hotel (ou albergue, ou pensao) nao tem elevador e tem uma decoracao ultrapassada, mas desisto na hora se ler que as conexões de transporte publico sao pessimas e demoram horas, ou que o aquecimento nao funciona direito no inverno (ou ar condicionado no verao).
A pesar de nao ser uma tecnica infalivel, ao longo dos anos vou reduzindo consideravelmente as roubadas e furadas em hoteis.

Banheiro do albergue na Tailandia

Outro racional que sigo na hora de pesquisar hoteis para uma viagem (que tambem esta relacionado com o preco e custo/beneficio) eh saber onde realmente vale a pena economizar ou nao na hospedagem.
Pode nao fazer muito sentido para muita gente por ai, mas eu sempre procuro otimizar o custo total da viagem, assim como meu orcamento total de viagens (do mes, do trimestre, do semestre e do ano).
Entao, enquanto muita gente aproveita uma viagem para algum lugar notavelmente barato para exagerar um pouco na hospedagem, eu sigo o caminho inverso!

Dessa forma consigo manter um gasto total da viagem bem baixo (em vez de “compensar” os outros custos baixos da viagem com um praco mais alto de hotel), e seguindo minha logica “orcamentaria” de viagens, por manter reduzida a media de custos abaixo do orcamento, significa que terei uma verba sobrando para possiveis outras viagens.

Quarto do albergue no Egito

Entao em viagens como para o Egito, aproveitei que o custo de vida (comida, transporte, passeios) eram bem baixos, para manter os hoteis no mesmo nivel, e no saldo final, acabamos gastando cerca de apenas metade do nosso ornamento – que foir devidamente usado em outras viagens que fizemos ao longo do 2010, sem quebar o banco!

Claro que para muita gente, a simples ideia de se hospedar num albergue de 7 dolares a noite no Cairo eh inconcebível, mas ao manter o custo super baixo (porem mantendo nosso requisitos basicos localizacao, banheiro privado, ar condicionado e café da manha) pudemos aproveitar a sobra no orncamento para esticar a viagem ate Petra na Jordania, e nao termos ficado desesperados quando tivemos que pegar um aviao nao planejado para chegar em Sharm El Sheik!

A vista da cobertura da pensão em Malta

Entao aquí fica meu passo a passo na hora de seleccionar hoteis em minhas viagens. Pode nao ser o modelo ideal para voce, mas ja eh um bom comeco:

–       Sites de busca:

De preferencia aos sites de busca como os que indiquei acima: Booking.com, Expedia.com, Lastminute.com, Hostelworld.com e para buscas no Brasil, o Hoteis.com, pois por ter um perfil de “agencia” esses sites conseguem ofereces otimos descontos na diaria, e os descontos ficam melhor ainda quando vc reserva uma viagem de varios dias, ou com bastante tempo de antecedencia.

Volta e meia aparecem descontos que variam dos 10 aos 40% na diaria para reservas feitas com varios meses de antecedencia, ou promocoes onde a cada 3 noites no mesmo hotel, a 4ª noite eh gratis. Outra grande vantagem eh o proprio pagamento, ja que muitos dos hoteis oferecidos pelo Booking.com, por exemplo, nao exigem pagamento nem deposito adiantado. Voce faz sua reserva com meses de antecedencia, se beneficia das promocoes, mas soh paga quando fizer check out!

–       Sites de resenhas e
feedback:

Os mesmos sites de busca geralmente sao otima ferramenta para avaliar a “verdade” da qualidade das instalacoes ou servico oferecido por determinado hotel. Filtre os perfis que tem a ver com voce ou caracteristicas que sao mais importantes n asua selecto, e foque nelas!
Se vc esta procurando um hotel para viajar com criancas, pouco importa que um mochileiro viajando sozinho deu uma nota baixa pro hotel porque nao tinha nenhuma balada por perto. Da mesma maneira que se voce esta viajando mochilando, pouco importa se o casal de Franceses aposentados reclamou que nao tinha maquina de fazer café no quarto.
Sites como o TripAdvisor tambem sao otimas fontes de opiniao alheia sobre guias de viagem, hoteis, passeios e servicos em geral. Mas mais uma vez, considere tudo com um pe atrás, e lembre-se que nem todo mundo que se motivou a deixar um feedback (seja ela positivo ou negativo) tem um estilo e opinioes semelhantes a sua.

Albergue em Israel

–       Preco e Custo x Beneficio

Saiba oque eh importante para voce durante suas ferias. Voce precisa de um quarto grande e um banheiro reformado para ser feliz nas ferias? Entao nao abra mao disso, mesmo que signifique que os precos serao mais altos.
No meu caso, minha lista de prioridade sao as seguintes: preco, localizacao central e de facil acesso por transporte publico, banheiro privado (basta ter banheiro no quarto – se o banheiro eh novo ou velho, se tem cortina ou box, se eh de chuveirinho ou banheira…. Nada isso me importa), e por fim, ar condicionado (mas isso eh uma coisa que soh presto atencao quando sei que vou viajar para algum lugar que faz MUITO calor mesmo de noite – Tipo Turquia, Egito, Espanha, Dubai, Tailandia, e afins).

Entao entro nos sites de busca, escolho a cidade que quero viajar, e filtro por preco – entre os resultados que aparecem, vou procurando de acordo com a localizacao no mapa e pelo feedback de outros hospedes – geralmente leio apenas os feedback de “casais sem filhos”, “viajantes solitarios”, e afins – pessoas que posiblemente terao um estilo de vida e um gosto parecido com o meu.

Cafe da manha do albergue em Marrocos

–       Nem tudo eh oque parece ser

Pode parecer obvio, mas nem todo albergue eh fuleiro, e nem todo hotel eh arrumadinho. E a grande maioría dos hoteis 3 estrelas para baixo da Europa tambem se auto classificam como albergue (Hostel), a pesar de nao ter as regras nem restricoes dos “albergues da juventude” de outrora.

Para nosso perfil, minha preferencia sempre fica com os albergues-pensoes, que geralmente sao hoteis de 1, 2 ou 3 estrelas das capitais Europeias. Nao tem frescuras nem oferecem grandes mordomias, mas quase sempre sao bem localizados, arrumadinhos e tranquilos – o equivalemte a se hospedar na casa de um conhecido.

Vai faltar a estrutura das grandes redes, vai faltar o conforto do luxo, e uma ou outra conveniencia, mas por outro lado, voce podera aproveitar as dicas exclusivas dos locais, pagar precos mais baixos por servicos extras (como passeios bate e volta em cidades proximas, ou um bom restaurante de comida local).

–       Expectativas

Quando alguma coisa eh boa demais para ser verdade, eh porque provavelmente ela eh! O servico quase sempre vai ser equivalente ao preco pago. Entao se voce vai viajar se hospedando em hotel 4 ou 5 estrelas, se de o directo de reclamar e fazer exigencias. Mas se vc for viajar pagando preco de mochileiro, entao tenha plena conciencia que provavelmente voce nem tera o direito de reclamar, ou no minimo suas reclamacoes nao terao muito importancia… Afinal, voce esta fazendo oque ali, certo?

–       Conheca o mercado

Eh sempre bom contecer  e entender um pouco mais sobre o destino de sua viagem, e ter uma ideia bem concreta de precos e gastos. E muitas vezes, simplesmente aceitar que para fazer determinada viagem voce vai provavelmente gastar muito dinheiro sem receber grandes cosias em troca, pois assim eh o mercado local.

Ou seja, alguns destinos sao tao caros em tudo, que na maioría das vezes nem vale a pena ficar lutando para economizar um centavo aquí outro ali. Se vc realmente quer viajar pra esse tal lugar, entao tire proveito da situacao.
E assim como dei o exemplo da viagem ao Egito acima (onde ja que tudo he bem baratinho, aproveitei para economizar bem mais), em destinos caros a situacao inversa eh a que trara mais vantagens de custo x beneficio.

Lembro que quando fomos passar o revellion em Estocolmo ha uns anos atrás, tudo por la era TAO, mas TAO caro que a diferenca de preco entre um albergue sem banheiro e um quarto no Hilton de frente para queima de fogos era questao de 100 Krons (uns 10 Euros na epoca). Entao nem pensamos duas vezes e lógicamente ficamos no Hilton  – gastamos pouca coisa a mais na hospedagem, mas economizamos tempo e dinheiro na localizacao Premium que ficamos na cidade.

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
69 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
69 comentários
  1. carolina - 21/12/10 - 21h35

    Sou bem parecida com vc…sem frescuras e aonde posso economizar, economizo..mas sempre acabo optando por ficar em hostels, viajo sozinha e sempre acabo conhecendo pessoas bacanas e é bem divertido.
    .-= carolina´s last blog ..E vamos dizer adeus às crises =-.

    Responder
  2. Camila - 21/12/10 - 21h44

    Pode dar sempre dicas de hospedagem aqui, aposto que você tem muitas leitoras que pensam igual a você. Eu sou uma delas! ;) Só ligo para localização e banheiro no quarto. Me recuso a pagar por uma diária o preço do meu aluguel mensal! hehe Talvez eu fique mais exigente quando ficar mais velha, mas por enquanto não procuro conforto nos hotéis. E sabe que isso até tem vantagens? Em Cuzco, por exemplo, ficamos em um albergue tão ruim que só íamos lá para dormir. Assim aproveitamos bem mais a cidade! rsrs

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 08h50

      Isso que eu penso tambem… “quando eu ficar mais velha” vou me preocupar mais com conforto, mordomias e afins, mas por enquanto quero mais eh viajar muito gastando menos possivel!

      Responder
  3. Neda - 21/12/10 - 21h55

    Concordo! Quando vejo os reviews no tripadvisor ou no hotels.com sempre vou ver o que as pessoas reclamam, nem quero saber dos elogios. Evito ficar em lugares onde há reclamações da qualidade do colchão, do barulho e que não recomendam o lugar para crianças (viajamos com crianças)ou higiene (não me preocupo com uma barata, mas se o banheiro está encardido …) Nos sites sempre há promoções e já ficamos num 5 estrelas pelo preço de um duas estrelas não muito bem localizado.

    Responder
  4. José Luiz - Viver a Viagem - 21/12/10 - 22h07

    Concordo em quase tudo com você… e odeio esse pessoal que come sardinha e quer arrotar caviar (aka, paga por hostel e sai reclamando de tudo como se estivesse num hotel de luxo)

    Uma coisa que aprendi ao ficar em hostel é justamente preferir não ter um banheiro no quarto quando este for compartilhado com outras pessoas… várias vezes fiquei em quartos desses e na hora de dormir não conseguia devido ao barulho da água no chuveiro ou, pior ainda, com alguém que fez o seu nº2 no banheiro e defumou o quarto a ponto de ter que sair dele…
    .-= José Luiz – Viver a Viagem´s last blog ..Valença do Minho – Portugal =-.

    Responder
  5. […] This post was mentioned on Twitter by Mariana Trevisani. Mariana Trevisani said: RT @DriMiller: Como escolher a melhor opção de hotel/albergue pra sua viagem: http://tinyurl.com/2f98j2g #outros500 […]

    Responder
  6. Clarissa Comim - 21/12/10 - 22h21

    Adorei! Super explicativo ;)
    .-= Clarissa Comim´s last blog ..Fortaleza- Ceará- Beach Park =-.

    Responder
  7. Marília Lucena - 21/12/10 - 22h31

    Também somos muito parecidas no quesito de hospedagem… tb não sou de muitas frescuras, não!
    P.S.: Adorei sua foto no bar do Albergue na Turquia… bem colorida e feliz!!

    Bjoss

    Responder
  8. Maria - 21/12/10 - 22h31

    Dri,
    Sou igual a você, só preciso do básico em termos de conforto, mas de localização e banheiro no quarto não abro mão. Também gosto muito do booking, reservei quase todos os hoteis da minha próxima viagem pelo site. O de Madrid estava mais barato ontem do que quando fiz a reserva, conclusão: fiz nova reserva pagando mais barato pelo mesmo quarto e cancelei a anterior, sem custos!
    Um beijo

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 08h48

      Pois eh! Eh ou nao eh uma maravilha!
      Tambem ja fiz isso umas vezes. Reservo com antecedencia, mas fico de olho, e se uma promocao melhor aparecer, cancelo sem penalidades e reservo outra vez!

      Responder
  9. Kassi - 21/12/10 - 23h01

    Adorei as dicas!! eu uso bastante o tripadvisor um site bem util para ler as reviews!! vc conhece o hostelbookers?? eu uso bastante ele e o expedia!!
    bjs

    Responder
  10. viviane velez - 21/12/10 - 23h12

    Totalmente de acordo com suas dicas Dri. Todos os sites aqui citados sao mais que perfeitos e o melhor, sao os mais usados no quesito organizaçao e praticidade, o melhor de uma trip é sem dúvida sair dela com din din sobrando pra uma próxima aventura. Xerocas flor!

    Responder
  11. David - 21/12/10 - 23h47

    Olá Adriana, é a primeira vez que comento no blog mas já o leio desde os tempos de Espanha!
    Excelente post (mais um!) – directo ao ponto e com toda a informação. Como os outros leitores, eu também concordo com os teus (desculpa o abuso de confiança!) critérios na hora de escolher onde me hospedar.
    Vi que irão a Lisboa em Janeiro, pena que já não tenho a minha casinha lá, senão tinha todo o gosto em convidar-vos para fazer couchsurfing!
    Mas se precisarem de alguma dica pode ser que eu saiba ajudar. :)

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 08h44

      Pode deixar! Assim que entrarmos na fase de planejar a viagem a Lisboa, vou pedir muitas dicas aos Alfacinhas, pois ja fazem 5 anos que nao vou a Lisboa!!

      Responder
  12. Juliana P. Galvão - 22/12/10 - 00h24

    Dri,
    Adorei este post!!!
    Estou na fase da pesquisa por hostel e as dicas foram preciosas.
    Bjs

    Responder
  13. Thaís - 22/12/10 - 00h33

    Nossa, q ótimo esse post!
    Eu me considerava uma pessoa absurdamente fresca e achava inconcebível ficar em hostel até a vez que fiquei em um em NY q barateou consideravelmente minha viagem e q apesar de horroroso era super limpinho e tinha uma localização perfeita! Além de que ficando em albergues, vc nunca estará sozinha, sempre conhece alguém na mesma situação q vc!

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 08h43

      Exato!
      E as dicas sempre sao mais “autenticas”, os passeios sao mais legais e os restaurantes sao melhores. Sempre que fico em hotel mais carinho (principalmente os de rede internacional) me sinto muito turista de massa, sendo enganada a torto e a direita, com os servicos todos “plastificados”…

      Responder
  14. Mallu - 22/12/10 - 07h01

    Assino embaixo do que a Dri escreveu!
    Eu adoro ficar em hostels,nao sou muito exigente, e adoro entrar em contato com viajantes, partilhar experiencias, e hostel eh ideal para isso, sem falar que maioria das vezes viajo sozinha, entao eh um lugar ideal para se fazer amizades.
    Tambem uso muito o couchsurfing, o que sem duvida foi uma das melhores ideias criada para viajantes.

    Dri voce ja viajou sozinha? Falo antes do casorio hehe

    Abraco!!

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 08h40

      OI Mallu, sim ja viajei bastante sozinha nos primeiros anos de Europa, mas como sempre mochilei, na verdade foram pouquissimas as vezes que realmente estava passeando por um lugar qualquer sozinha, pois sempre acabava conhecendo um monte de gente pelo caminho. E ate hoje em dia ainda viajo sozinha, quando estou a trabalho. NUnca deixo de sair pra passear e conhecer um pouco mais dos lugares, mesmo que esteja sozinha.

      Responder
  15. isabel Moura - 22/12/10 - 09h18

    Você acerta sempre!!!E me revejo totalmente!
    Se uma pessoa sai do conforto da sua casa para conhecer o mundo, não é para ficar fechada num quarto de hotel, certo??!!
    Há que dar pernas á sola e conhecer a cidade!!
    Por isso lozalização é fundamental e claro..limpeza também. O quarto pode não ter sido reformado há muito, mas o importante é estar limpo. afinal uma pessoa só passa lá a noite, né?;)

    Outra dica…se forem em grupo, podem optar por alugar apartamentos.
    Fiz isso para Barcelona (éramos 6), optamos por alugar um apartamento por 5 dias…ficou baratíssimo (nem chegou aos 100 euros cada um) e a localização era do melhor…juntinho ás ramblas.Podíamos tomar pequeno almoço em casa, relaxar na sala á noite…tem as suas vantagens. Também encontrei num site próprio. há vários.

    outra coisa, nesses sites de booking, há que ter cuidado quando são apenas bons comentários, porque muitas vezes são os próprios donos que fazem comentários muito bons. Como em tudo, há que desconfiar quando o preço é baixo e as mordomias oferecidas altíssimas!abrir o olho e não ser ingénuo!;)
    .-= isabel Moura´s last blog ..Divas christmas =-.

    Responder
  16. Priscila - 22/12/10 - 11h00

    Dri
    Eu penso exatamente como vc..mas o problema é o meu marido…ele foi acostumado a aquela idéia de fazer uma viagem por ano mas gastar os tubos….é legal mas nao é o tipo de coisa q me deixa animada..vamos fazer uma viagem pro caribe agora e sei q com o dinheiro q estamos gastando podiamos ficar um mes na europa….mas deixei ele escolher dessa vez pq das proximas eu volto a organizar…vou mandar o seu post pra ele ler ver se ele para com essa ideia errada sobre os albergues…

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 11h22

      O Aaron era igual! Como ele nunca mochilou quando era mais novo e sempre se acostumou com as mordomias americanas (os quartos sao sempre grandes, hoteis sao sempre modernos e novinhos, o servico eh sempre impecavel etc) ele ficava horrorizado achando que todo e qualquer albergue Europeu era um pulgueiro tipo que aparecem naqueles filmes de “Ferias Frustradas na Europa” do Chevy Chase!
      Mas como sou sempre eu que planejo e reservo tudo, ele acaba nao tendo muito opcao! E no fundo ele nem liga muito nao! Hahahha
      Viajar muito gastando pouco eh oque vale!
      Volta e meia ele pede pra ficarmos num “hotel de verdade”, e uma unica vez ele detestou tanto o albergue que eu reservei que no dia seguinte ele achou outro hotel 4 estrelas na internet (alem de que era nossa lua de mel na Tailandia, entao realmente tinhamos a desculpa de querer ficar num hotel melhorzinho, em vez de dormir num quarto de albergue que o chuveiro eh em cima da privada! Hahahahah).

      Responder
      • Priscila - 23/12/10 - 11h58

        Dri..
        Vou fazer isso tb pra treinar ele pq e como vc falou ta acostumado com certo padrão mas pra europa no ano q vem ele ja ta avisado e eu ja mostrei as fotos dos albergues e ele ja ta começando a se acostumar.. mas em relação ao albergue na tailandia chuveiro em cima do vaso ninguem merece mesmo ahuahuahua

        Responder
        • Adriana - 23/12/10 - 12h17

          Pois eh… foi um pequeno detalhe… mas o albergue em si era otimo! O quarto era enorme, a localizacao era perfeita, tinha TV a cabo no quarto, frigobar, ar condicionado… quarto ultra “luxo” (pra padrao albergue) pagando menos de 15 dolares por noite!! O unico porem era mesmo o banheiro velho…
          Se fosse numa viagem normal (ou seja, que nao fosse nossa lua de mel) teriamos ficado as ferias todas por la sem nenhum problema!

          Responder
  17. aline - 22/12/10 - 11h36

    Dri, adorei o post! Muito bom!

    Usei muito o booking.com em conjunto com o tripadvisor, sempre deu certo.
    Agora eu tenho uma interessante também, foi minha última descoberta e vai interessar muito quem tem cartão de crédito dos EUA.
    Tem um site que funciona como uma espécie de leilão, acho até que é mais de um site, mas é só para clientes norte-americanos, com cartões de crédito dos EUA. Você entre no site e filtra, seleciona o destino e o tipo de hospedagem. Por exemplo: Quero ir para Amsterdam e me hospedar em um hotel 4 estrelas. O site marca automaticamente te envia algumas opções de hotéis 4 estrelas apenas dando a região, bairro onde fica o hotel, sem passar qualquer outro detalhe. E você escolhe as escuras e só depois do pagamento que eles passam todos os detalhes. Parece meio louco mas depois de receber o preço e a oferta dá pra entender que é muito vantajoso. São descontos de até 70%. Eu usei para Amsterdam e fiquei em um NH no centro da cidade,em frente a praça onde fica o museu Madame Troussaud e paguei só 50 euros pela diária, quarto duplo!…se levar em consideração que a diária é a partir de 150 euros…
    Usei também em Genova, Firenze e Lisboa. Funciona. A explicação é que os hoteis aderem a isso para completar a lotação e os sites sempre garante bons hotéis associados. Recomendo tb!

    Bjs

    Responder
    • aline - 22/12/10 - 11h42

      Explicando melhor, o site é assim:
      Escolhe o destino, a categoria do hotel, e marca que quer pagar de um valor x a um y.
      Exemplo: Amsterdam, hotel 4 estrelas, quero pagar de 50 euros a 80 euros. E voilá!

      Eu to tentando lembrar o site (já são 2 anos parada…), mas assim que achar deixo aqui pra vc.

      Bjs

      Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 11h59

      Ah! Eu ja ouvi falar desses sites de leilao… aqui na Inglaterra, que eu saiba nao existe nada parecido, mas volta e meia o Lastminute.com faz umas promocoes relampago desse tipo, mas nunca coincidiu com minhas viagens, entao nao sei se eh tao eficiente assim nao…
      Obrigada pela dica!

      Responder
  18. […] This post was mentioned on Twitter by ED Hosp & Travel Man and Carolina Rodrigues. Carolina Rodrigues said: Li no Google Reader: Como escolher seu hotel/albergue/pensao http://goo.gl/fb/MfPxr […]

    Responder
  19. aline - 22/12/10 - 11h43
    Responder
  20. dani - 22/12/10 - 12h31

    Ótimo post, adorei as dicas e vou usar a partir de agora. Quando eu era mais nova, solteira e viaja com as amigas a gente dormia em qq canto, ninguém estava nem aí. Depois que comecei a namorar e agora casada (e tb mais velha) acho que as coisas acabaram mudando um pouco. Lembro que fui pra Cancun e ficamos em um resort maravilhoso, mas tínhamos a última noite em Miami. Pra economizar porque era só pra dormir, ficamos em um hotel baratinho e foi uma da piores noites da minha vida. Pra ter idéia, colocamos as malas e uma poltrona atrás da porta do quarto com medo hahahahaha. Não dormi nada e ainda peguei o vôo no dia seguinte exausta. Lembro também que quando viajamos em grupo para Grécia, escolhi um hotel mais carinho do que o resto do grupo (pq resolvemos fazer a viagem depois de todo mundo já ter fechado tudo). Chegando lá o hotel do grupo era um horror e todo mundo se mudou pro nosso..Eu não sei se é porque a gente com o tempo vai ficando mais exigente e sem saco pra roubadas, mas o fato é que as coisas meio que mudaram. Acho que o fato de brasileiro tirar férias uma ou duas vezes no ano no máximo também influencia. Ninguém quer “queimar” as únicas férias do ano em um hotel furada. Vou tentar a partir de agora fazer como você indicou acima pra ver se consigo equilibrar preço e conforto e assim poder gastar o que sobra em comprinhas :-)
    beijos!!! Dani

    Responder
  21. aline - 22/12/10 - 12h49

    Achei muito legal esse posto, bem util. Porem o meu estilo eh o inverso, viajar menos mas com qualidade tornando cada pequeno momento inesquecivel, sem pressas e estresses.

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 13h21

      Mas ai eh que esta, pois nao acho que o preco do hotel, por exemplo, influencia a qualidade final das viagens. Se seja um albergue ou hotel 5 estrelas, minhas viagens sao igualmente especiais e inesqueciveis.

      Responder
  22. Amanda - 22/12/10 - 16h48

    Entrei no seu blog faz uns 15 min e já ameeeeeeeeeeeeiiii! Nossa, NUNCA O DELETE! hahaha dicas muito boas! Ja ta nos meus favoritos!
    Bjs

    Responder
  23. Ana Paula Amaral - 22/12/10 - 17h08

    Ola, Adriana! Pela primeira vez comento aqui. Descobri seu blog recentemente atraves do Viaje na Viagem e do Colagem que ja acompanho ha anos. Bem bacana!

    Eu comecei a viajar no ano em que me casei, em 2006, com meu marido. Acredito que pelo fato de aqui no Brasil so termos um mes corrido de ferias no ano (e de vez em quando quebrado em 2) a gente crie mais expectativas com relacao a esses dias tao esperados.

    Eu tambem baseio minhas pesquisas pelo preco e, principalmente, localizacao. Acho que ficar num hotel estrelado, porem distante dos principais pontos nao esta com nada. Com relacao as resenhas nos sites como Trip Advisor eu tambem leio TODAS as negativas e ja desisti de hoteis que eu queria muito ficar quando li reclamacoes do tipo “eles nao respeitaram a minha reserva e tive que procurar outro lugar pra ficar”, e pior: “minha mala de mao desapareceu do meu quarto”.

    Sobre o Priceline, um amigo me indicou e eu e meu marido usamos em outubro para efetuarmos uma reserva em Edimburgo. Ha a necessidade de preencher um cadastro com endereco nos EUA e como a matriz da empresa do meu marido fica la, usamos esse endereco. Ficamos meio receosos com o fato de “fecharmos o negocio” antes de sabermos em que hotel eles nos colocariam, mas no final deu tudo certo e nos hospedamos no Novotel, 4 estrelas da Accor maravilhoso, por apenas 190 dolares (2 diarias). Detalhe: eles aceitam cartao internacional, nao precisa ser americano!

    Um grande abraco,

    espero ter contribuido,

    Ana Paula.

    Responder
    • Adriana - 22/12/10 - 17h17

      Serio?!?!
      Acho que vou tentar entao! Posso usar o endereco da minha sogra pra me cadastrar! Otima dica meninas!

      Responder
      • aline - 22/12/10 - 18h30

        Verdade Dri! É bom mesmo!
        Pra mim foi uma grande pena porque descobri essa mamata no último ano…foram minhas últimas viagens, usei pra todas elas e valeu muito a pena.
        Pretendo usar mais vezes.

        Responder
  24. Ana Paula Amaral - 22/12/10 - 17h24

    Serio!
    Use sim! Olha que eu e meu marido somos muito conservadores, mas resolvemos seguir a dica e deu tudo certissimo!
    Boa sorte!

    Responder
  25. Elisa - 22/12/10 - 18h02

    Adri, AMEI seu post!
    Vou guardar aqui, porque vai ser MEGA útil pra mim!
    Estou indo em Abril para a Irlanda, estudar lá, e quero fazer umas viagens curtas, tipo saindo sábado cedinho e voltando segunda cedinho (para 1 cidade apenas, claro).

    Ah, aproveitando sua experiência, você pode me dizer quanto custa, em média, uma viagem dessas de fim de semana? Tipo, entra passagem aérea ida e volta/ 2 dias de hospedagem , transporte na cidade, entradas em alguns lugares que exigem pagamento, e alimentação. Fiz um cálculo médio, e cheguei a um valor mínimo entre 150 e 200 euros por pessoa, em 1 fim de semana.

    E eu quero fazer um mochilão de 3 meses pelo sul da europa, e depois sul da Alemanha, aproveitando o interior de alguns países (tipo Chamonix, Provence, Toscana, etc) em Agosto, Setembro e Outubro. Calculei uma média de 70 euros por dia por pessoa, incluindo tudo. Será que dá mesmo?

    Olha, essas minhas dúvidas dão um bom post, viu? hehe

    Bjaoo

    Responder
  26. Jackie - 23/12/10 - 14h32

    Dri, eu concordo com tudo e adorei as dicas. A única pena pro meu caso é que o tempo é escasso pra viagens. As férias aqui no Braisl têm que ser tiradas de uma vez só, são poucos dias por ano, então acabamos planejando uma viagenzona só em vez de várias ao longo do ano: o que eu adoraria.
    Pra ter idéia, estou planejando a proxima viagem pra JULHO do ano que vem. Antes, não posso ficar dias fora. E esse ano viajamos em agosto e outubro, tipo, MUITO pros nosso padrões. Uma pena.
    POr causa disso, acabamos aproveitando viagens pra lugares baratos pra fiucar em hoteis em niveis melhores do que podmeos normalmente. E temos tentado sempre fazer viagens de fim de semana por aqui. Mas meu sonho era poder 4 ou 5 dias ao longo do ano algumas vezes. =(
    bjs,

    Responder
    • Adriana - 23/12/10 - 15h23

      Ah…. mas no Brasil tam TANTO feriado!
      Eu lembro que quando ainda morava ai eu tirava minhas ferias 2 vezes por ano (mesmo com muita luta, pois trabalhava em Financas e meu chefe era um Workaholic louco!) uma vez de 10 dias outra de 20, mas nao perdia nenhuma oportunidade de viajar fins de semana e feriados.
      Coisa que na verdade eh exatamente a mesma coisa que faco hoje em dia…
      Apesar de ter mais lfexibilidade pra tirar ferias (posso dividir meus 32 dias como bem entender) acabo fazendo apenas uma grande viagem de ferias por ano, viajo nos outros 3 feriados do ano, e fins de semana – oque sobra de dias de ferias sao as viagens que fazemos pra visitar as familias n Brasil e nos EUA.

      Responder
      • Jackie - 26/12/10 - 23h49

        é verdade, tem um monte de feriados, que dá pra pegar uns 3 ou 4 dias – e a gente já começa o ano contando qts serão em 2011 né? rsrs Só que aí temos que escolher destinos que sejam perto por esses dias, já que são viagens de poucos dias, não rola 12 hs de vôo né? E aí tem que ser por aqui – no prpoprio estdo, no brasil msm ou no máximo, Argentina, Chile, Peru. Sem contar que as passagens pra AMerica Latina ainda são caras, exceto pra argentina. Acaba sendo Brasil mesmo, porque pra 3 ou 4 dias não dá pra pagar 2 mil numa passagem. Meu sonho é que as passagens pra america latina caiam bastante, como cairam no BR> Aqui dentro hj em dia conseguimos otimas promoções, o que viabiliza viagens de feriado. Mas pra America do sul ainda não é real isso, exceto mesmo pra Argentina. Eu to louca pra ir a Venezuela e Colombia, e poderia ficar 3 dias só, mas da útlima vez que pesquisei só achei por 1500… Bom o negócio pra essas viagens curtas é estar perto dos destinos que vc quer e conseguir passagens baratas. Aqui no BR eu tô a fim mesmo de ir pra Amazonia – não curto mt praia, ja fui pro nordeste, conheço o Rio e SP de Cabo a Rabo, Sul e Minas. To de olho nas passagens, se aparecer algo barato rola um feriadinho.
        bjs,

        Responder
        • Jackie - 26/12/10 - 23h53

          Ah, depois que postei aqui acabei ganhando um guia de viagens da europa – o guia do viajante criativo. A viagem e ulho vai ser estilo mochilão e estou super empolgada! Já consegui até mais um amigo pra ir junto. Continuo lendo td por auqi pra montar o roteiro.
          beijinhos,
          .-= Jackie´s last blog ..Lonely Christmas =-.

          Responder
  27. Vivi - 23/12/10 - 14h59

    Dri minha querida!
    eu acho que você está certíssima, cada um com suas prioridades, planejamento é tudo. Principalmente, porque me parece que você se diverte bastante fazendo isso, acho muito legal o seu entusiasmo com as suas viagens, sempre com muita riqueza nos detalhes.

    Eu também faço orçamentos anuais para as minhas viagens que sempre calculo que será uma por mês, mas como a minha vida é um pouquinho louca, constantemente aparece viagens inesperadas, quem compra passagem na última hora só se lasca! Tambem, o fato de eu morar na ásia encarece bastante as minhas viagens… só para o Brasil são 3/4 viagens por ano, são 11 horas daqui até Londres e mais 10 até o Brasil e na volta a mesma coisa, no dia em que eu resolvi fazer o trageto de econômica fui parar no hospital… tenho(presente) problema na coluna, no fim das contas o barato saiu caro literalmente.

    Já fiquei em muitos hosteis quando eu era mais nova e adorava, porque fazia muitas amizades, mas hoje em dia não faço mais, um dia fiz essa proposta pro maridão e a resposta foi “I am a MG!” seguida de uma bela gargalhada sem a menor cerimônia, fiquei com tanta raiva que nunca mais toquei no assunto. Tenho certeza que eu ainda vou viajar como “backpacking”, mas com uma malinha pequenininha e de rodinha :-)

    beijo e Feliz Natal!
    .-= Vivi´s last blog ..E neste fim de ano… =-.

    Responder
    • Adriana - 23/12/10 - 15h19

      Nossa! E como me divirto! Planejar viagens eh praticamente meu hobby! :-)
      Mas como ja disse aqui em outros posts, “mochilar” eh um estilo de viagem, e nao tem nada a ver com carregar ou nao uma mochila nas costas, ter ou nao ter dinheiro na conta bancaria. Eu sou “mochileira” mas viajo com minha mala de rodinha preteada e com minhas bolsas grifadas no ombro! :-)
      Uma coisa eh uma coisa, outra coisa eh outra coisa! Hahahaah
      E mesmo sendo VP de banco de investimento continuo adorando viajar pra albergues! :-)

      Responder
      • Vivi - 23/12/10 - 16h36

        Então, eu já lí e indiquei um post em que você escreveu exatamente sobre isso, só não estou achando :-( sobre a imagem errada que muitos tem sobre esse assunto. Concordo que é apenas um estilo de viagem. Em abril o meu amigo saiu da Austrália e foi para NY nos encontrar “mochilando”, sendo que ele vem de família rica e ainda ganha bônus anuais de 6 dígitos… ele também é VP só que do Nomura.
        Meu marido que é um chato mesmo! mas só neste quesito :-)
        .-= Vivi´s last blog ..E neste fim de ano… =-.

        Responder
  28. Vivi - 23/12/10 - 16h39
    Responder
  29. Gutie - 23/12/10 - 18h22

    Oi Dri
    Muitas dicas legais.
    to anotando todas, vou fazer uma viagem no meio do ano q vem pra Europa, ai vou precisar.
    Mas desculpe a ignorancia o q é VP?

    Responder
  30. Dri, meu marido é super mal acostumado…prefere viajar menos e melhor. Eu sou o contrario. Quando estou sozinha, não esquento a cabeça, quero mais é curtir e fico em qq lugar usando praticamente os mesmo criterios que vc usa. Mas com crianças, ele se recusa a ficar em albergues. Por sorte, tenho conseguido preços otimos em hoteis, pelo menos aqui nos EUA… entao da pra viajar legal com menos. Eu gosto de uma mordomia, preciso confessar, mas pagando o mínimo sempre. Priceline é um dos meus sites favoritos. Mas viajei pra Europa por 10 dias no esquema albergue total e foi maravilhoso! Aqui nos EUA já consegui quartos até por menos de US$5.00 e o marido jurando que a gente ia dormir na casinha do cachorro, mas teve até cafe da manha.. haha
    De qualquer maneira, o post está excelente e bem detalhadinho! Parabens! :)
    .-= Claudia Beatriz – Aprendiz de Viajante´s last blog ..3×4- Budapeste com a Liana =-.

    Responder
    • Adriana - 24/12/10 - 10h40

      Realmente eh uma questao muito pessoal, e nao eh pra todo mundo mesmo.
      Mas eu ainda acredito na minha teoria de que isso eh meio mentalidade de Americano e Brasileiro! Os Europeus sao muuuuuito mais relax com essa coisa de viajar com criancas.
      Quando estavamos no Egito, no nosso albergue no Cairo (que custou 7 dolares a noite!) tinha uma familia Sueca com 3 criancas pequenas, e o Aaron ficou horrorizado de ver a mae dando banho nas criancas no banheiro do corredor do albergue. Ja eu tava achando o maximo! Acho legal ter esse desprendimento.
      MInhas melhores memorias de viagens com meus pais foram justamente nas viagens inusitadas, quando ficamos sem reserva num revellion em Paris e acabamos numa pensao com goteira dentro do quarto, ou quando estavamos dirigindo pela Alemanha e tivemos que entrar “escondido” no hotel de beira de estrada pois o hotel soh tinha um quarto disponivel! (que nao permitia um casal com duas filhas pre-adolescentes dividindo 1 unico quarto)
      Tambem viajamos pra muitos hoteis 5 estrelas com meus pais, mas sao esses momentos “improvisados” – que meus pais nunca tiveram medo de nos levar junto – que mais ficaram guardados na memoria.

      Meu “moral da historia” eh sempre que viajar eh um estilo de vida e nao um luxo para poucos… :-)

      Responder
  31. Paula - 27/12/10 - 18h09

    Nossa q legal!!! Amei as dicas e estou planejando meu primeiro mochilao pra Europa, mas naum encontro passagem mais barata da Europa pro Brasil, nem a pau, e o q dificulta mais eh q eu vou sair do EUA para a Europa e de lah visitar minha familia em SP, entao passagem a one way, sempre sai muito cara :(, Como vc sempre tem dicas tao legais e super uteis, sera q vc sabe de algum site pra barganhas de passagem da Europa pro Brasil?? Ou c vc jah tiver citado issso, eu naum encontrei aqui :( Apesar de sempre passar horas lendo o seu blog hahah, Anyway!! Muito obrigada por todas as dicas aqui, e um 2011 com muito mais viajens pra todos nos hahha

    Responder
    • Adriana - 27/12/10 - 18h38

      Ai quem dera q eu tivesse alguma dica milagrosa de passagem barata pro Brasil!!!
      Brasil saindo da Europa é carissimo!

      Responder
      • Juliana P. Galvão - 27/12/10 - 19h01

        O inverso também (Brasil x Europa x Brasil).

        Ano que vem vou fazer um mochilão de +/- 21 dias. Para compensar os gastos com a passagem (que no meu planejamento, está sendo o peso maior), neste caso, eu acho que vale a pena ficar passar mais dias na Europa, já que não vou gastar muito com hospedagem, pois vou ficar em albergues.

        Bjs

        Responder
  32. Carol Moeda - 29/12/10 - 17h57

    Penso assim também mas como não moro na europa e só posso fazer uma viagem internacional por ano ou duas quando divido as férias, escolho ficar o mês todo de férias viajando e como isso custa caro, fico nos hotéis mais baratos e economizo na comida para poder fazer compinhas e os programas pagos (imperdíveis). Adorei as dicas!!

    Dica muito boa de site de busca de hotel: Hotels Combined, escrevi sobre ele no meu blog (http://chadeviagem.com/2010/11/existe-reserva-alem-do-booking-com)

    Beijos
    .-= Carol Moeda´s last blog ..Os melhores destinos e festas de réveillon =-.

    Responder
  33. Paula - 03/01/11 - 21h05

    Que legal esse post.
    Sempre tive informções equivocadas sobre albergue.
    Recordo de pessoas falando que albergue na europa era sempre com varias pessoas no mesmo quarto, banheiro sempre do lado de fora dos quartos e pra todos, que roubavam seus pertences e pior, uso de drogas por pessoas no quarto, enfim tantas coisas que até desanimavam e acabei criando essa imagem negativa.

    Responder
    • Adriana - 03/01/11 - 21h40

      Bem, ha albergues E albergues. Já fiquei em varios onde dividi quarto com um bando de desconhecidos (viajando sozinha, dormitorio é bem mais barato e mais legal pra conhecer gente nova), e já vi uns bem barra pesada – tem pra tudo.
      Mas muito se engana quem acha que albergue é tudo fuleiro e pulguento com drogados caindo pelos cantos! Muito pelo contrario!
      Geralmente sao lugares super culturais, que incentivam turismo sustentavel, para pessoas de todas as idades (tambem se engana quem acha que albergue é coisa de adolescente mochileiro e sujo) e a melhor maneira de conhecer pessoas do mundo todo e conhecer as cidades/paises pela vista dos locais.

      Responder
  34. Marco Aneris - 08/01/11 - 14h22

    Olá Dri.
    Estou encantado com o teu blog. A princípio, comecei uma busca pra saber algumas digas sobre Dubai (pois iremos pra lá este ano) e felizmente encontrei você. Teus comentários são ótimos, bem humorados e inteligentes. Temos também uma forma muito igual de pensar em roteiros, hoteis e lugares visitados. Não me incomodo nem um pouco em me hospedar em hotés simples mas que sejam bem localizados. O único lugar que arrepiei um pouco,foi justamente em Londres quando resolvemos ficar no Piccadilly hostel, o primeiro albergue da minha vida. Foi um pouco assustador mas sobrevivi. Em compensação, a localização era maravilhosa.
    Bem Dri, vou continuar lendo suas dicas e levando todas muito a sério, pois até agora, você não errou em nada. Abraço.

    Responder
    • Adriana - 08/01/11 - 17h27

      OI Marco! Seja bem vindo, e obrigada pelos elogios! :-)

      Responder
    • Juliana P. Galvão - 08/01/11 - 18h50

      Oi Marco,
      Por que vc não gostou desse Piccadilly hostel?
      Tava pensando em ficar nele…

      Responder
  35. Stephanny - 31/01/11 - 06h18

    Oi Adriana!
    Acabei de descobrir o seu site e estou adorando as suas dicas! Vou viajar pra um intercâmbio na Inglaterra no meio do ano, mas pretendia dar uma esticada nos países por “perto” ;)
    Tenho dado uma pesquisada nos sites mas achei tudo tão caro! Eu sou parecida com você em relação a exigência. Não me importo com besteira, uma boa localização, uma cama confortavel e um banheiro decente já está muito bom! Qual seriam as suas dicas de hoteis/hosteis nesse nivel em Paris, Berlim, Roma e Madrid?

    Beijos!

    Responder
    • Adriana - 31/01/11 - 07h54

      Oi Stephany, as dicas estao nos posts de cada uma dessas cidades.
      Infelizmente nao tenho dicas de Paris, pois nas ultimas vezes que fui, fiquei na casa de amigos.

      Responder
  36. […] Quando entao decidimos que o preco da passagem pra determinado lugar eh razoavel, e que portanto a viagem seria viavel, entao comeco a olhar outros fatores, como precos de diarias de hoteis em sites de busca como booking.com, hotels.com e hostelworld.com. […]

    Responder
  37. Thais - 06/03/12 - 00h23

    Olá!! Qual foi o albergue que você se hospedou na Turquia?
    Brigadinha!! :)

    Responder
    • Adriana Miller - 06/03/12 - 09h26

      Nao lembro o nome, mas o link e o nome estao nos posts da Turquia.

      Responder
  38. […] quando as pessoas acham que albergues são sujos, caindo aos pedaços e desconfortáveis. Sabendo escolher, eles podem ser mais convenientes e confortáveis que muito hotel por aí – e geralmente por uma fração do […]

    Responder
  39. Alice - 31/01/14 - 12h17

    Lendo o post lembrei que quando fui a Estocolmo agora em janeiro de 2014 eu lembrei de você ao passar pelo elevador Katrina, que foi uma das suas dicas. Aí fiquei pensando, onde será que ela se hospedou, já que nas fotos ela está no hotel com vista para os fogos? Olhei ao redor e pensei, acho que foi no Hilton rsrsrs

    Responder
  40. Georgia - 09/06/14 - 18h17

    Dri, desculpa fugir do tema mas não encontrei local mais adequado para a pergunta.
    Vc já comprou passagem aérea no lastminute.com? E no expedia.com?
    A passagem que procuro está muito mais barata nesses sites que no nite da cia aérea. Tem alguma pegadinha? A franquia de bagagem sofre alteração? Estou com medinho de comprar. Dá uma luz…
    Obrigada,

    Georgia

    Responder
    • Adriana Miller - 09/06/14 - 19h12

      Sim, geralmente SÓ compro passagens nesses sites, pois sempre sai muito mais barato.
      Os sites são seguros e as passagens verdadeiras! Heheheh
      Mas realmente tem que ler os termos e condições, pois geralmente as passagens são cheias de restrições: as vezes é a franquia de bagagem, as vezes é a inflexibilidade (nao pode trocar nada – data, horário etc. Qualquer mudança na passagem original significa um cancelamento, sem reembolso).
      Então eu sempre acho que a diferença de preço vale a pena sim, e sempre compro por esses sites, mas realmente tem que fica esperta pra saber exatamente quais as condições da sua passagem especifica.

      Responder
  41. Georgia - 11/06/14 - 04h16

    Valeu, Dri! Muitíssimo obrigada.
    Beijos!!

    Responder
  42. […] o Booking.com, que é o único site de reservas de hotéis que eu uso em minhas viagens pessoais (e não é de hoje!), com minha opinião pessoal sobre cada bairro e cada hotel selecionado, separados por bairros e […]

    Responder