25
Mar
2011
A Damasco Bíblica
Escrito por Adriana Miller

Como contei no post sobre Damasco, a cidade é cercada de lendas, metaforas e historias, mas muitas delas são muito bem documentadas nas historias contadas na Biblia.

Apesar de que ao longo dos milenios e seculos, muito doque existia ha 2.000 anos atras já não exista mais, pois foram destruidos pelos Arameus, Omíadas, Otomanos, Mongois, Franceses, Ingleses, Alemaes e afins, ainda assim existe todo um lado de Damasco, que eu nem sabia que existia, e conta uma historia toda diferente da cidade.

A principal, que eu já contei, é a origem da expressão “estrada a Damasco”, onde o entao Judeu Saulo caminhou entre Jerusalem e Damasco, e ao chegar na Rua Direita foi recebido pelo recen-cristao Judas, que o recebeu em sua casa, e o levou a Ananias, que por milagre devolveu a visao a Saulo.

Saulo entao se converteu ao cristianismo, e passou a ser conhecido como Apostolo (e depois Santo)Paulo.

Nao importa qual for sua religiao, e se voce acredita (ou segue) ou ensinamentos da Biblia ou nao, mas em Damasco, Muculmanos, Judeus e Cristaos acreditam que isso realmente aconteceu, e a Rua Direita ainda esta la de prova, assim como a capela de Ananias (a capela foi construida no mesmo lugar onde era sua casa, onde ele recebeu Saulo ainda cego).

A Rua Direita (ou Via Recta) foi construida pelos Romanos, e ha 2.000 anos atras ela tinha cerca de 26 metros de largura, e 1 quilometro e meio de cumprimento, cruzando toda cidade de Damasco de Leste a Oeste, e era conhecida pelos Romanos como a Estrada do Sol.

Hoje em dia a rua ja nao eh tao larga, mas ainda eh bem comprida e em boa parte dela ainda eh possivel ver alguns dos arcos e colunas, que na epoca da dominacao Romana em Damasco, decorava todo quilometro e meio da rua.

Mas uma das principais contribuicoes “Bliblicas” de Damasco nao eh necessariamente alguma coisa que posse ser “visitada”, pois na verdade eh a lingua e o legado deixado pelos Aramaicos, que criaram o primeiro alfabeto da humanidade, e era a lingua falada por Jesus.

No Museu Nacional da Siria, na parte moderna de Damasco, eh possivel visitar a exposicao com os achados arqueologicos com os primeiros registros do Aramaico, e um fragmento de uma peca de barro com o desenho de todas as letras do alfabeto Aramaico que tem cerca de 7.000 anos.

Uma outra coisa que achei bem interessante em Damasco, foi na propria Mesquita dos Omiadas, que como mostrei no video tem como “atracao” principal um santuario onde esta a cabeca de Joao Batista, tambem considerado um profeta Islamico, assim como seu pai, Zacarias.

Ainda na Mesquita, um dos 3 minaretes, e tambem o mais alto, eh o Minarete de Jesus, que tambem eh considerado um profeta Islamico, e os Muculmanos acreditam que no dia do julgamento final, eh ali em Damasco, no Minarete mais alto da Mesquita mais antiga do mundo, que Jesus vai voltar a terra.

Eu nao me considero uma pessao super religiosa nao, e apesar de ter minha fe (fui criada Catolica), na verdade acho que acredito um pouco em todas as religioes, ao mesmo tempo que não acredito muito em nenhuma delas, mas adoro aprender e estudar sobre as diferencas e as similaridades entre eleas.

Principalmente as 3 religioes monoteistas (Judaismo, Islamismo e Cristianismo), me parecem exepcionalmente fascinantes, e depois de ter tido a experiencia de visitar lugares como Jerusalem e Damasco vejo o quao parecidas elas sao, e como no fundo, as tres religioes estao enraizadas nos mesmos principios e possuem os mesmos “personagens”.

E por isso mesmo eu nao consigo entender de forma alguma como essas 3 religioes conseguem brigar tanto entre si, e criar tanto odio, intolerancia e guerras pelo mundo.

Nao sou de forma alguma uma especialista em nenhuma delas, nem mesmo a minha (e a vergonha de nao saber responder nenhuma pergunta sobre a Biblia que meu guia Sirio me perguntava…?! Rolou uma conversa um tanto quanto desconfortavel sobre religiao, enquanto dirigimos de Beirute a Damasco entre eu, o motorista e o casal de Turcos), mas acho inadmissivel quando vejo pessoas ditas “religiosas” (seja um Judeu Ortodoxo, uma Beata Crista ou um radical Islamico ou qualquer outro “intendido”) cometerem atos de intolerancia contra a fe alheia…

Afinal, quanto mais eu aprendo sobre outras religioes, mas eu vejo como no fundo no fundo, todas elas sao tao parecidas, e pregam os mesmo principios de bondade, igualdade e fraternidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Siria, Viagens
23

23 Comentários em:
"A Damasco Bíblica"

  1. Julia - 25/03/2011

    Adriana, uma pergunta nada a ver com o post: você aí em Londres está sabendo se está fácil de comprar ingressos para as Olimpíadas? No Brasil, só uma agência de turismo foi escolhida a oficial, aqui no Rio, e quase todos os ingressos estão esgotados…
    Só queria saber se a dificuldade é a mesma aí tbm….
    Bjs

    • Adriana - 25/03/2011

      Pra falar aver dade eu nem sei porque nem tentei, pois o papo é que já esta tudo esgotado tambem…
      Essas coisas em Londres esgotam no primeiro dia!
      Aqui tem muita gente e os Ingleses são freneticos! hahahah

    • helo - 25/03/2011

      oi julia, desculpa me meter, mas to meio por dentro desse assunto! nao, os ingressos nao estao esgotados aqui, na verdade qqer pessoa q mora aqui pode comprá-los até o dia 26 de abril, mas só saberemos se conseguimos mesmo os ingressos entre maio e junho, quando eles fizerem o balanco da demanda. tipo, um sorteio, sabe??? enfim, escrevi sobre isso lá no blog há poucos dias, pois já me inscrevi para os ingressos q quero, e agora é só esperar!!!

  2. Sophie - 25/03/2011

    Oi Dri

    Um post subtil com tremenda delicadeza e maturidade. Amei!

    Abracos, Sophie

  3. Maariah - 25/03/2011

    Adriana, estou a adorar esta série de post. Sou bastante curiosa pelo Médio Oriente, curiosidade essa que também está relacionada com as religiões. Faz-me confusão invocarem o nome de Deus (seja que Deus for) para continuarem com os conflitos. Concordo contigo as três religiões têm bases muito parecidas, aliás só podiam, pois todas elas têm a mesma origem: Abrãao. Abrãao era casado com Sara que não podia/conseguia ter filhos, então sugere que o marido “se deite” comm Agar, uma serva. Agar gerou um filho, Ismael que se diz ser o antepassado dos muçulmanos. Mais tarde Sara acabou também por engravidar e teve um filho, Isaac, antepassado dos Judeus.

    Esta história é, supostamente, contestada pelos Muçulmanos pois não aceitam “ser descendentes de uma serva”.

    Ainda não tive oportunidade de agradecer pelos vídeos, excelente idéia e estão óptimos. Dá para imaginar que também estamos lá.

  4. g. - 25/03/2011

    concordo com suas palavras em relação que toda religião ao final quer uma coisa só!!!
    então…estou tentando fazer teologia na católica e esta muito legal! mais uma vez te digo que estes posts são ótimos para ilustrar o que eu aprendo/leio.
    se vc tiver uma chance tente fazer – obviamente faz toda a diferença com quem vc aprende…..
    tirando o assunto: religião que é muito subjetivo, vc concorda ou não, tem fé ou não, é muitíssimo interessante aprender fatos/história desta época. por exemplo aprendi justo esta semana que os primeiros escritos bíblicos foram feitos em aramaico e que hoje não se tem mais registro nenhum deles somente a traduçao para o grego. a gente vai ligando os assuntos e vendo as fotos acho emocionante…. hahahaha tô empolgada!
    bjs e manda mais aê!

    • Adriana - 25/03/2011

      Na verdade a Siria ainda tem varios registros em Aramaico no museu de Damasco, que são datados de bem ants dos Gregos… Mas realmente não sobrou muita coisa nao… :-)

      • g. - 25/03/2011

        os registros saõ dos evangelhos? se for digo para o padre hahahaha….
        este 1°evangelho que estava me referindo: mateus – 50dC aramaico (nao existe +) e traduzido em 80dC para o grego.
        mas estes registros que vc conta são religiosos? em papel? pele? que detalhista heim??

        • Adriana - 25/03/2011

          Não, não… não são registros religiosos não…. são os registros da lingua mesmo.
          E sao uns retangulos de barro e pedra, com as letras do alfabeto Aramaico e algumas frases entalhadas no barro e pedra. é bem legal.
          É o quadradinho que aparece nessa foto aqui ó: http://www.sacred-destinations.com/syria/damascus-national-museum

  5. Sara - 25/03/2011

    Muito bom ver que é uma mente aberta, acho que toda a gente devia ser assim. Não apelar ao fanatismo e ver aquilo que diferentes culturas podem ter em comum e que possam até uni-las de alguma forma. De facto todas as religiões têm a mesma base, os seus fiéis é que não…e são todos educados de forma diferente, interpretam como querem e daí a confusão toda entre Ocidente e Oriente.

    Eu tenho uma perguntinha a fazer que não tem nada a ver com Damasco ou Síria, mas como você é viajada e tem um marido americano, talvez possa ajudar-me. Estou a tentar candidatar-me ao programa INOV-ART e queria muito ir para os Estados Unidos… Obviamente tenho de ver outras opções e sei que tem aqui no blog uns sites para procurar empresas na Inglaterra. Por isso, eu queria perguntar se conhece algum site onde eu possa procurar empresas nos Estados Unidos.

    Um beijo *

    • Adriana - 25/03/2011

      Menina, sabe que eu nem sei oque eé INOV-ART?!
      Não entendi oque vc esta procurando…

      • Sara - 25/03/2011

        Tem toda a razão! Mas eu nem expliquei porque achei que não iria lhe interessar…
        Mas resumindo bem resumidinho, é um programa que mobiliza jovens no mercado de trabalho. Os jovens procuram e contactam empresas com quem gostariam de estagiar e se forem aceites o programa dá apoio, nomeadamente financeiro.
        E como um dos sítios onde eu gostava de ir é Estados Unidos, daí a minha pergunta :)
        Estava à procura de um site onde eu pudesse encontrar empresas nos Estados Unidos, tal como aquele que postou aqui, com ofertas de trabalho na Inglaterra.

  6. Adri,
    essa série de posts está fantástica e adorei os vídeos.
    Você está profissional! hehe
    E já que você está se empolgando na nossa próxima apresentação pro #chatdeviagem podemos usar a camera de video.

    • Adriana - 25/03/2011

      Obrigada Clau!
      Quem sabe, né? Ia ser legal!

  7. Si - 25/03/2011

    Pois e Dri, tb vai muito alem da minha capacidade intelectual de entender o pq de tanta guerra religiosa. Afinal, toda e qualquer religiao tem como base a fraternidade, igualdade e solidariedade! Entao, pq achar q como eu escolho p/ fazer isso seja a maneira mais correta?
    Nao sigo nenhuma religiao, embora como vc tenha sido criada catolica. Tento viver sendo solidario com o meu proximo e tento me tornar uma pessoa melhor…
    Enfim, esse assunto e muito abrangente e diversificado p/ nos aprofudarmos aqui!
    Voce mostrou um pouco de como no final das contas, somos todos farinha do emsmo saco. rsrsrs

  8. Lorena - 25/03/2011

    Adorei o post!
    Adriana, onde vc tirou a primeira foto dos livros??
    As imagens, diga-se de passagem, são de um ângulo e beleza impares.Vc ja fez algum curso de fotografia? Qual a máquina que vc usa?
    De qualquer forma, o seu blog é passagem diária obrigatória pra mim, pois sempre visito na certeza de ter um post ótimo com imagens lindas!
    Parabens!

    • Adriana - 25/03/2011

      Dentro da Mesquita mesmo, tinha uma estante com varias copias!

  9. myiska - 25/03/2011

    Mto bom post,eu tb acho q é o q ocorre.

    Abçs

  10. Renata de Freitas - 25/03/2011

    Olá, tudo bem?
    Adorei seu blog, super parabéns pela paciência em escrever tanto. :)
    Eu moro em Portugal há quase 4 anos e tenho viajado bastante, sempre que posso, relembrei vários detalhes das viagens com seus posts, principalmente na Alemanha (onde tbm passei pelo Reno e pela Rota Romantica), Egito, Marrocos, Highlands, Italia (que fiz quase o mesmo roteiro na Toscana!), e outros países…
    Na Turquia senti falta da Capadocia, se vocês não foram, recomento muuuuuuuuuuito, é um dos lugares mais impressionantes que já fui.
    Estou planejando a próxima viagem para Eslovênia, Eslováquia e Croácia, e seus posts foram bem úteis. :)
    Bem, se derem uma passada em Portugal, avise-me, adoramos (eu e o boyfriend) conversar com outras pessoas que têm essa mesma vontade de viajar e conhecer o mundo. :)
    Beijo,
    Renata

  11. Nadia - 25/03/2011

    Sou louca pra conhecer esses Lugares.
    A sensacao deve ser muito doida… estar diante de tudo aquilo que lemos.. e ate duvidamos se realmente existiu.

  12. viviane - 25/03/2011

    Dri,

    Conheci seu blog ontem e já adorei!

    Tanto que coloquei como link no meu. Fiquei com vontade de ir para vários dos lugares que você já postou. Ainda irei!

    Abraço,

    Viviane

  13. DILUZ - 25/03/2011

    Adriana, entrei por acaso nesse endereço e ainda bem! Estava lendo o relato de Isaias onde fala de Damasco e fiz uma pesquisa, de repente encontrei vc aki com tantas informaçoes, muito bom, parabéns. Devemos todo esse magnífico UNIVERSO, AO NOSSO SOBERANO DEUS CUJO NOME É JEOVÁ.

    BJS
    N.B
    manda mais pra nós tá?

  14. Fernanda Guimaraes - 25/03/2011

    Oi Dri! Concordo totalmente com tdo q vc escreveu no post. O que falta é respeito e tolerância dessas religiões, não entendo como o Deus deles prega o amor e eles propagam o ódio…