06 Jun 2011
7 comentários

Battersea Power Station

Atrações Turisticas, Bairros, Dicas de Londres

Battersea nao eh dos bairros mais conhecidos dos turistas que vem pra Londres, mas eh uma otima opcoes pra quem quer fazer e conhecer alguma coisa diferente na cidade.

Talvez a imagem da antiga usina eletrica nao seja tao estranha assim… os fans de musica vao reconhecer as chamines da antiga fabrica da capa do album “Animals” do Pink Floyd de 1976, e os fans dos Beatles vao lembrar das cenas do filme “Help” gravados na Power Staion em 1965.

A unsina, na verdade sao duas fabricas, que foram construidas em decadas diferentes (a primeira em 1930 e a segunda em 1950) mas com o mesmo estilo, e que dao a imagem caracteristica das 4 chamines brancas.

A Unsina foi construida em 1930 sob o comando do arquiteto Ingles Sir Giles Gilbert Scott que entre os muitos feitos de sua carreira, tambem desenhou a iconica Cabine Telefonica Britanica, a outra usina vizinha do Southbank que hoje em dia hospeda o Tate Modern, a Opera de Stratford-upon-Avon e outras tantas igrejas e catedrais espalhadas pelo pais.

Infelizmente, ao contrario doque aconteceu com a usina que virou o Tate Modern, a Battersea Power Station nao tem nada por dentro, e apesar de ser considerado um predio iconico e historico em Londres, sua avaliacao estrutural esta muito danificada, e os muitos (e milionarios) projetos de revitalizacao nunca deram em nada.

Em 2006 o predio foi comprado por 400 milhoes de dolares, e ja quase viou museu, ja quase viou predio residencial, e ja quase viou parque de diversoes, mas por enquanto nada saiu do papel…

O unico inconveniente de battersea eh ser tao contra mao pra quem esta visitando o centro de Londres, mas pode facilmente ser combinado com um passeio a Chelsea e ou Sloane Square.

 

Adriana Miller
7 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
7 comentários
  1. Diego Gouveia - 06/06/11 - 12h47

    Dri, tem um projeto que ja saiu do papel e as obras ja ate comecaram.
    Inclui ate um novo braco pra Northern Line ligando Battersea, que apenas conta com uma estacao de trem ao metro de Londres. Eu nao sei a quanto anda o projeto do metro, mas eu gostei muito do projeto pra area.
    Eu passo de trem por la todo dia pra ir pro trabalho e eh muito triste ver aquilo tudo abandonado.. mas da uma olhada nesse video, o projeto eh gigante.

    http://www.youtube.com/watch?v=J1ah1Ojkx28&feature=player_embedded#at=280

    Beijao

    Responder
  2. Diego Gouveia - 06/06/11 - 13h03

    Esse eh o site com o projeto da expansao da Northern Line :

    http://www.northernlineextension.com/

    Responder
  3. Belita - 06/06/11 - 14h13

    Oi Dri.

    Minha irmã e eu moramos em Battersea quando estudamos em Londres. É um bairro muito gostoso, mas tem uma carinha muito residencial. O parque de Battersea é uma delícia, porém, como você disse, não fica no circuito turístico.

    Bjinhos!

    Responder
  4. Isabel - 06/06/11 - 22h31

    Dri, uma outra coisa que também não fica no circuito tursitico de Londres (mas devia!!) é o mandir (templo hindu) em Neasden!! http://www.mandir.org/
    A melhor maneira é ir de bus, porque o tube mais próximo mesmo assim obriga a andar muito a pé (por umas zonas pouco simpáticas…). Aconselho vivamente!! Adorei quando lá fui!

    Responder
    • Adriana - 07/06/11 - 10h14

      Concordo! Esse templo em Neasdem eh bem impressionante mesmo! Tenho que voltar la um dia soh pra tirar fotos!

      Responder
      • Isabel - 09/06/11 - 00h10

        Óptimo! Estou mortinha por ver esse post (okay, eu estou mortinha sempre por ver qualquer post daqui do blog), mas esse em especial porque quando estive em Londres uma temporada a fazer um cursinho de verão, completamente sozinha pela 1ª vez na vida, adorei visitar a Londres turística toda, e especialmente descobrir pequenos recantos como o mandir! Sentia-me uma turista não tão turista assim… Adorei!! :D

        Responder
  5. […] estiver com tempo e disposição, essa caminhada termina lá na Battersea Power Station e no Battersea […]

    Responder