10 Jul 2011
9 comentários

A Lagoa Azul

Dicas de Viagens, Islandia, Reykjavik

O ponto turistico mais famoso da Islandia nao tem nad a ver com a Brook Shields nem adolescentes perdidos numa ilha deserta (alguem mais ja assistiu esse filme umas 495 vezes?!?! Gente, como meus pais me deixavam assistir aquilo na sessao da tarde!?!), e sim uma lagoa geologica natural com agua perfeitamente azul!

A Blue Lagoon hoje em dia eh um hotel e Spa, aberto a hospedes e nao hospedes o ano todo. A atracao principal, eh claro eh a lagoa/piscina de agua natural com temperaturas eternamente na casa dos 38 graus.

Apesar de ser “natural” a lagoa aconteceu por acidente, resultado a usina geoeletrica da vizinhanca, que precisava de um lugar pra evacuar a agua usada no seu processo de esfriamento, e ao ser depositada no solo da regiao – que por sua vez tambem eh geotermico – teve uma reacao com Silica e Sulfur, que deu esse aspecto leitoso azulado na agua.

A lagoa virou uma atracao local, e ha uns 10 anos atras virou um hotel e um negocio muito lucrativo!

Qualquer um pode entrar (e pagar!) pra usar a area do spa, e ha varios horarios de onibus que conectam o centro de Reykjavik com a o Spa e o aeroporto internacional de Reyflavik. A viagem demora cerca de 40 minutos saindo de Reykjavik, e 20 minutos saindo de Reyflavik.

E a gua realmente eh incrivelmente azul – apesar de que nos achamos a experiencia como um todo meio nojenta, principalmente depois de reparar que nas areas onde nao eh permitido o banho, a agua eh azulsissima, e nas areas abertas a turistas a agua eh meio esverdeada… humm…. suspeito!

Mas com nojinho ou sem nojinho, nos passamos horas cozinhando na agua quentinha e fazendo mascaras de silica no rosto – que supostamente eh otima pra pele, pra se encostar no cabelo, ja era! Palha automatica!

E deu pra entender bem o fascinio dos Islandeses com as piscinas geotermicas, e entender porque as cidades cresceram e proliferaram justamente onde estao localizadas tais lagoas! Que delicia entrar naquela agua quente depois de um dia de frio! Imagina que delicia (e que lindo!) ver esse lugar cercado de de neve, e com a agua azulzinha no meio?!

Na Blue Lagoon tambem eh possivel fazer varios tratamentos de beleza e massagem, alem de ter uma lojinha vendendo produtos de beleza locais com as propriedades naturais da lagoa – que dizem ser otima pra quem tem problemas de pele como psoriase e rosacea.

Mas apesar das propriedades naturais da agua, a lagoa nao tem fonte natural, e sim faz parte do processo geoeletrico da usina, entao a agua eh reciclada/trocada a cada 2 dias (que nao afeta o uso do spa), garantindo uma agua limpa e com propriedades sempre ativas! (mas ainda assim fiquei com nojo daquela “sopa humana”).

Com o preco da entrada da piscina (30 Euros) voce tambem ganha acesso aos vestiarios, salas de relaxamento, toalha e roupao – alem de usar os produtinhos da linha Blue Lagoon pra se embelezar pos piscina!

Blue Lagoon

 

Planejando uma viagem para a Islandia?

Aqui você encontra todas as dicas e recursos para planejar sua viagem, e podemos cuidar dos detalhes práticos para você:

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
9 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
9 comentários
  1. Sara - 10/07/11 - 21h21

    Dri, tenho que concordar que o azulinho é tentador mas esse aspecto leitoso nem por isso :D
    Resolvi fazer uma tour por este blog. Não basta ser fã sem saber o que está para trás. E efectivamente o seu percurso é uma inspiração para mim. Licenciei-me recentemente e olho para o seu percurso e nem sei por onde começar, não sei para onde me virar neste momento. Só espero um dia ter essa experiência optima, porque temos algumas coisas em comum: gosto por linguas, viagens e fotografia. Espero um dia conseguir conjugar essas coisas tão bem quanto vc.

    **

    Responder
    • Adriana - 11/07/11 - 08h57

      Obrigada Sara!

      Responder
  2. ana - 10/07/11 - 23h08

    lindo demais esse lugar (a parte azul) , aquela parte dos turistas mais verdinhas esta meio suspeita mesmo hehehehe

    Responder
  3. Natália M Gastão - 11/07/11 - 13h19

    Uau! Que delícia Dri!
    A gente pensa na Islândia e vem logo frio e vulcão em mente, de repente você encontra uma lagoa mega azul e ainda por cima aquecida! Com nojinho ou sem nojinho: Sensacional! hehehe

    Responder
    • Adriana - 11/07/11 - 16h05

      Pois eh, com nojinho ou nao, eu que nao ia deixar a oportunidade passar!

      Responder
  4. Raquel - 11/07/11 - 17h43

    Tive essa experiência meio “nojinho” agora na Grécia. Tomamos banho nas Hot Springs, que ficam atrás da cratera do Vulcão em Santorini. A água era quente, mas em compensação era meio marronzinha, cheia de “objetos não-identificados” kkk, mas, assim como a sua experiência, foi imperdível! abraços,

    Responder
  5. Marta F - 11/07/11 - 19h41

    Pois…e sempre se ouviu dizer: “O que não nos mata, torna-nos mais fortes”.
    Beijinhos

    Responder
  6. Talita - 11/07/11 - 23h25

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, até hoje a Globo transmite o filme A lagoa azul.

    Responder
  7. […] verdade ele me lembrou um pouco a “Blue Lagoon” na Islândia – aquela abundância de agua quentinha e azul a céu aberto. A diferença é que em […]

    Responder