06 Jan 2012
18 comentários

KowLoon: o outro lado de Hong Kong

China, Dicas de Viagens, Hong Kong, Natal

KowLoon é o pequeno bairro, na pontinha da península Tsim sha Tsui, no lado oposto da ilha de Hong Kong.

Mas apesar de bem menor geograficamente, Kowloon tem quase o dobro da densidade populacional da ilha, atingindo quase 150.000 habitantes por quilometro quadrado em algumas áreas!

Kowloon é também uma ótima opção pra começar qualquer passeio pela área de Hong Kong, pois é de lá que se tem as melhores vistas da cidade!

Logo na pontinha da penisula esta a “Avenue of the Stars”, que é uma especial de calçada da fama da China – que por sinal tem a terceira maior industria cinematográfica do mundo, só ficando atras de Hollywood (EUA) e Bollywood (India)! – com estrelas com as assinaturas e impressão das palmas de seus principais atores e atrizes nacionais, incluindo alguns nomes internacionalmente conhecidos como o Bruce Lee, Chon Yun Fat e Jackie Chan!

O Bruce Lee tem tatus tão elevado, que sua estrela na calçada da fama é a mais disputada pra fotos, e ele ganhou até um estatua, fazendo pose de artes marciais, que os turistas – Chineses e não só! – ficam fazendo pose de “luta” na frente dele. Então entramos na onda também!

A “Avenida das Estrelas” é enorme, e sem duvidas é dali que tivemos as melhores vistas da cidade!

E é ali também que fica o terminal do Star Ferry, de onde regularmente saem as barcas que cruzam a baia de HK e levam os locais e turistas de um lado pro outro na cidade. A viagem de ferry dura apenas uns 10 minutos e a vista é incrivel e imperdivel!

E bem ali do lado do Star ferry fica também o ICC (International Commerce Centre) que é o prédio mais alto de HK e tem uma plataforma de observação no 100º andar, oferecendo ótimas vistas da cidade e da ilha de HK!

Mas que eu gostei mesmo foi do interior de KowLoon, pois achei que foi a parte de Hong Kong com mais “personalidade” – uma área mais autenticamente Chinesa, e menos internacional.

Então a maneira mais fácil de navegar pelo distrito é pela Nathan Road (que por sinal é onde fica a Chung King Mansion também), que começa lá na pontinha da península (quase na Avenue of the Stars) e sobre até lá em cima, cruzando vários outros bairros, e um afinidade de mercados.

E acho que foi justamente por isso que gostei tanto de KowLoon.

Depois de passear por Hong Kong, ver todas as lojas e grifes internacionais em lojas e fachadas suntuosas, a Nathan Road é um mundo a aparte.

Subimos a rua toda, sem pressa, nem destino especifico, tirando foto dos prédios antigos, os sinais de néon em Mandarin e entrando nas ruelas paralelas, descobrindo um mundo que nem imaginávamos que existia!

A medida que fomos subindo e nos perdendo pela Nathan Road, descobrimos uma infinidade de mercados divertidissimos, de colocar qualquer China Town do mundo no chinelo!

O mais divertido foi o “Ladies Market”, que em alguns quarteirões repletos de bancadinhas de feira, conseguiu exemplificar todos os estereótipos do Chineses e seus mercados no mundo!

O tal “mercado das Mulheres” é feira que vende de tudo, de comida pronto, a artigos de feira, roupas, sapatos objetos pra casa, souvenirs… E tudo “Made in China”! Mesmo!! :-)

Os preços, baixíssimos, e a qualidade idem – um prato cheio pra muambeiros e sacoleiros do mundo!

Mas para minha grande surpresa, a grandíssima maioria da pessoas comendo a fazendo compras por ali, eram realmente os locais, e além de nós dois, apenas um o outro gato pingado aqui e ali tirando fotos.

E subindo mais um pouco da Nathan Road, já chegando perto do bairro Mong Kok nós achamos o mercado mais inusitado e interessante do mundo: o “Goldfish Market”! Uma feira/mercado/bairro inteiro dedicado a aquários e peixinhos dourados!

Fascinante!

São centenas de lojinhas vendendo suprimentos pra aquarios, peixes e plantas aquáticas de todas as especies, e tuso mais inimaginavel para criar um mundo aquatico no conforto do seu lar!

E apesar de termos ido lá num dia da semana no meio da manha, o merco estava lotado! Nunca que eu ia imaginar que existe uma demanda tão grande por peixinhos dourados e aquários no mundo!

E na mesma seqüência da Nathan road, existem outros mercados também, como o Jade Market ou o mercado de flores.

E claro, como tudo na China, barganhar é a alma do negócio!

E foi também nessa área de Kowloon que achamos os restaurantes mais interessantes e originais. Saem de cena os Starbucks e McDonalds, e entram os restaurantes de comida chinesa, os noodles e Dim Sum.

Um desses achados por acaso foi o Chuk Yuen que achamos que tinha uma cara bem simpática, um menu com uma cara gostosa e preço honesto e entramos na cara e na coragem pra jantar no dia 24 de Dezembro, e comemorar nosso Natal!

Afinal, já que não tínhamos um peru assado, nem bacalhau com batatas, nada melhor que um Pato Laqueado de Pequim!

A comida estava deliciosa, e eu gostei principalmente da experiência ser tão diferente e única!

Pra começar que éramos os únicos ocidentais no restaurante, que por si só já causou uma certa comoção, mas assim que entramos nos deram um menu em Ingles e os dois únicos garçons que falavam inglês vieram nos ajudar.

Ficamos horas lá dentro, e quando saímos toda área de Tsim Sha Tsui estava fechada para pedestres, muita gente nas ruas, muitas luzes e barraquinhas complementando as coloridissimas luzes de néon!

As 23:59:50 começou uma contagem regressiva e exatamente a meia noite do dia 24 pro dia 25 de Dezembro de 2011, Hong Kong se iluminou em fogos de artificio, gritos e abraços e desejos de Feliz Natal!

E se isso não foi um feliz Natal, então eu não sei que seria!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
18 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
18 comentários
  1. Pedro - 06/01/12 - 16h37

    Pela roupa de vocês, tava frio, né?! (Pergunta meio tola, eu sei. haha).

    Mas é que sempre quando penso em Hong Kong a primeira imagem que surge na minha mente é calor e umidade. Achei curioso… :)

    Responder
  2. Pedro - 06/01/12 - 16h37

    Pela roupa de vocês, tava frio, né?! (Pergunta meio tola, eu sei. haha).

    Mas é que sempre quando penso em Hong Kong a primeira imagem que surge na minha mente é calor e umidade. Achei curioso… :)

    Responder
    • Adriana Miller - 16/01/12 - 10h25

      Hong KOng tem um clima bem temperado, com 4 estacoes bem definidas. Entao faz MUITO calor no verao e MUITO frio no inverno.
      No nosso segundo dia na cidade pegamos perto de zero graus, e nao estavamos esperando por isso!
      Nos outros dias pegamos uma temperatura mais amena, na casa dos 10 graus.

      Responder
  3. Mirella - 06/01/12 - 16h56

    Te juro que fiquei emocionada com a parte do Natal. Estourar fogos na virada de ano novo é normal, mas no Natal não. Achei o máximo :). Deve ter sido uma experiência única.

    Responder
    • Mariana - 06/01/12 - 20h21

      Eu também! hahahaha

      Responder
  4. Suelen - 06/01/12 - 17h40

    Dri..faz pouco tempo q descobri seu blog e estou encantada! Todos os dias dou uma passadinha para ver suas atualizaçoes..suas viagens! Quero ir a Portugal, pois minha irma mora lá, e a outros lugares lindos q vi aqui, no seu blog.Parabéns e sucesso pra ti. Abraços

    Responder
    • Adriana Miller - 16/01/12 - 10h23

      Obrigada!

      Responder
  5. Patricia A. - 07/01/12 - 03h24

    Que triste o jeito que eles expremem os peixinhos naquele saco minusculo…

    Responder
    • helo - 08/01/12 - 16h12

      putz, tbem fiquei com muita dó dos peixes… tomara q eles sejam comprados, ir pra um aquário nao e uma perspectiva lá muito boa, mas melhor q esse saquinho aí… fiquei aqui pensando o q deve acontecer se eles não são vendidos…

      Responder
    • Adriana Miller - 16/01/12 - 10h20

      Hhaahahah!
      Eu falei a mesma coisa!
      Mas os Chineses consideram peixes dourados animais sagrados e que trazem sorte e fortuna, entao eles sao bem cuidados sim…

      Responder
  6. Márcia Abrantes - 07/01/12 - 21h09

    Dri, amei seu relato. Quando fomos a Hong Kong ficamos em Mong Kok e adoramos a área. Agora vc está Shanghai, que na minha opinião é a melhor cidade da China, lá vc vê coisas mega modernas e muito tradicionais tbm, os parques são incríveis e é super comum os velhos irem fazer atividades nos parques (cantar , dançar, tai shi shuan etc), eu não acreditei quando vi isso pq achei o máximo a felicidade deles, e ainda fui chamada para dançar por um senhorzinho muito simpático, todo mundo olhou por eu ser nova e ser ocidental. Espero que vc ame Shanghai. Um Beijão pra vcs.

    Responder
  7. Patricia A. - 20/01/12 - 05h20

    Dri quanto tempo passou em cada cidade da China ? Achou que foram os ideais? bj

    Responder
    • Adriana Miller - 20/01/12 - 11h08

      Bem, eu nunca acho que seja suficiente… quanto mais tempo temos num lugar, mais tempo teremos pra explorar… e a gente sempre descobre um monte de cosias legais depois que chega na cidade!
      mas pode deixar que vou fazer um sumario com o roteiro direitinho!

      Responder
  8. Barbara salis - 31/07/13 - 12h26

    Olá, tenho uma amiga que acabou de chegar lá. Pedi que ela comprasse algumas roupinhas de bebe para mim, você sabe me dizer onde ela pode encontrar esse tipo de produtompor lá? Obrigada.

    Responder
    • Adriana Miller - 31/07/13 - 12h37

      Infelizmente não tenho nenhuma dica específica, mas Hong Kong é lotado de shoppings, e tenho certeza que ela poderá encontrar alguma coisa por lá.

      Responder
  9. Lorena - 30/11/14 - 16h09

    Olá Dri,
    Vou a HK em Dezembro ( 14 a 19) e dia 20 tirei para Macau…minha dúvida é a temperatura, sei que faz frio nessa época do ano la, tenho observado no celular o tempo é só chove estes dias hehe. Mas so para constar o frio de la é tipo daqui da europa ne?! Não queria levar mta roupa de frio, pois de macau vou para filipinas passar uma semana e meia.

    Ai fazer a mala para duas estações me mata sempre hehe.

    Beijo e obrigada

    Responder
  10. Lorena - 01/12/14 - 11h37

    Olá Dri,
    Vou a HK em Dezembro ( 14 a 19) e dia 20 tirei para Macau…minha dúvida é a temperatura, sei que faz frio nessa época do ano la, tenho observado no celular o tempo é só chove estes dias hehe. Mas so para constar o frio de la é tipo daqui da europa ne?! Não queria levar mta roupa de frio, pois de macau vou para filipinas passar uma semana e meia.
    Ai fazer a mala para duas estações me mata sempre hehe.

    Beijo e obrigada.

    Responder
    • Adriana Miller - 01/12/14 - 11h41

      Pegamos um clima bem frio, mas nada comparado com o frio de Dezembro em Londres por exemplo…

      Responder