28 Jan 2012
14 comentários

Bali, Seminyak: Praia, bares e restaurantes

Bali, Dicas de Viagens, Indonésia

A nossa escolha por nos hospedarmos em Seminyak foi bem deliberada, e apesar de Bali ter inúmeras opções, pra todos os gostos e bolsos (que significa que não existe escolha certa nem errada, apenas a escolha que pode ter sido certa ou errada pra você e seu perfil e preferências), então de cara sabia que Seminyak seria nossa praia!

Um fatos decisivo era a noite de revellion, e pra isso, definitivamente queríamos estar por la. Eu sei que vivo comparando os lugares do mundo, com lugares no Rio de Janeiro, mas as vezes fica mais fácil pra fazer a correlação: Sob meu ponto de vista, Seminyak é a junção perfeita da Rua das Pedras com a Praia de Geribá (em Buzios).

A praia esta longe de ter a areais branquinha e aguas cristalinas, mas pelo menos é uma praia de “areia”, com bares, espreguiçadeiras e gente.

O centrinho da “vila” teria muitas opções de cosias pra fazer, comer e passear, além do fácil acesso ao aeroporto (chegamos na ilha bem tarde da noite, e voaríamos embora bem cedo de manhã – fatores sempre importantes na escolha da hospedagem), e as estradas principais que nos levariam a outras partes da ilha.

E o fato de que achamos o hotel perfeito que atendeu a todos os nossos pre-requisitos bem ali no meio do buxixo, selou a decisão! (ficamos no Amadea Resort & Spa, que ja falei aqui).

– Praia:

A praia foi sem duvidas a melhor que vimos em Bali. Logicamente não vimos todas, e nem sequer esse foi o foco de nossa viagem, mas foi a única praia em que minha alma Carioca se sentiu numa “praia”: com uma faixa larga de areia com bastante espaco pra estender a kanga (de Bali! hahahah), espreguicadeiras, bares e servicos.

Mas ao mesmo tempo, por ser uma praia de mar “aberto” na costa oeste da ilha, ela não é muito favorável a pesca, oque significa que os barcos de pescadores (vazando oleo e cheiro de peixe) e os barcos de turismo (vazando lixo e muita gente), passam longe.

Porem, apesar de ter um mar “aberto”, ela nao é das favoritas dos surfistas, e mesmo não sendo aquela piscina de agua calma, as ondas também nao eram fortes o suficientes pra atrapalhar nossa diversão.

E por estar na costa oeste da ilha e ter uma extensão considerável de areia, Seminyak se transformou no lugar ideal para o mais legais beach clubs do mundo! Que se tornam especialmente disputados durante o por do sol, quando a galera se junta na areia e nas mesinhas e lounges dos clubs pra curit o por do sol e os drinks!

– Bares e Resturantes:

Um dos principais e mais disputados (e consequentemente badalados) beach club de Seminyak é sem duvida alguma o Ku De Ta! Foi la que passamos nossa virada de ano, numa festa incrível e animadíssima que por fim pôs por terra aquele mito que só o Brasil sabe produzir boas festas de revellion! (então vai rolar post dedicado, porque o Ku De Ta merece!).

Outro restaurante que encabeça as listas de “melhor de Bali”, também fica logo ali, com os pes nas areais de Seminyak: o Balines/Italiano La Lucciola.

Esse restaurante estava no nossa lista, mas um dia, depois de assistir o por do sol na praia, resolvemos tentar achar um lugar pra comer por ali mesmo e sem saber oque era, avistamos o La Lucciola e pronto!

Apesar de nao termos reserva (alta temporada em Bali tem que fazer reserva pra tudo!), como ainda era bem cedo, conseguimos uma mesa bem na varandinha, com uma vista incrível!

No menu, muitas opções com frutos do mar, que misturam perfeitamente os ingredientes Balineses, com um toque Italiano, resultando em alquimias gastronômicas sem igual!

Mas nao da pra negar que um dos ingredientes principais realmente é o ambiente…. a vista…

O restaurante ocupa os dois andares de uma “casa” bem estilo praiano, todas as mesas tem vista direta pro mar, muitas janelas, muitas flores, muitas velas e os maravilhosos moveis Balineses (queria poder re-mobiliar minha casa toda nessa viagem!), oque criam aquele ambiente de sonho… dando aquela sensacao de que “era essa a Bali que eu sonhei!”.

 

Mas nao podemos esquecer da tal da “Restaurant Street” que é o centrinho de Seminyak, e que ajudou a transformar essa vila, no bairro trendy e cool de hoje em dia.

O nome verdadeiro da rua é Jalan Laksamana, oque explica porque um nome mais turístico foi prontamente adotado… em seus poucos quilômetros de cumprimento  ela sem duvida é uma das mais movimentadas e bem cuidadas da ilha.

Vários tipos de bares, restaurantes para todos os gostos, muitas lojas com roupas praianas (muitas marcas Australianas bem interessantes), algumas galerias de arte, lojas de moveis e design Balines, mercados, agencias de turismo e tudo mais que o turista pode precisar durante sua estadia.

Um dos bares que acabou virando nosso “point” durante os dias que passamos por lá foi o diner fuleiro Soho, que fica aberto 24 horas e tem os melhores (e mais baratos) sanduiches de Bali!

O Soho salvou nossos estômagos na noite que chegamos, e aquele Philly-Cheese-Steak sem igual em plena madrugada nos conquistou de cara!

Lanchinho pós-passeio? Soho. Fazer uma boquinha na madrugada pós balada? Soho (esse horário era exatamente o mais disputado!). Alomoço rapido pré-praia? Soho.

Deu pra entender, né? E mesmo com sua aparência de pé sujo, se esforçando pra lançar um estilo de diner Nova Iorquino, a verdade é que o lugar esta sempre lotado, 24 horas por dia, e os precinhos diminutos do menu dão o incentivo extra pra continuar voltando e voltando…

Mas como nem só de sanduíche sobrevive a Restaurant Street, um outro lugar ótimo que provamos foi o Italiano Trattoria.

Mesmo com uma superlotação e fila na porta (todas as noites), o serviço foi sempre impecável, eles sempre dão um jeito de ir atendendo e servindo todo mundo, e inclusive abriram um “puxadinho” na calçada do outro lado da rua pra atender a quantidade incrivel de clientes disputando uma mesa (e isso porque são duas filiais do Trattoria só em Seminyak, a poucos metros de distância).

A comida chega rapido, deliciosa, muitas opções de vinhos e cervejas, e no final de tudo a conta mal passa 10 dolares por cabeça…!

E pra variar um pouco o paladar, tambem seguimos a recomendação de uma amiga e fomos conferir o L’Entrecôte, um restaurante estilo bistro Francês, vizinho da Trattoria e igualmente disputado.

O melhor? O prato chefe do L’Entrecôte é seu PF de bife, salada e batata frita, que virou a marca registrada da casa. E pelo módico preço de 10 dolares por “menu”, que tambem inclui uma sobremesa!

Para opções mais Belinesas, a melhor opção é o Batu Kali, que por sorte era o restaurante do nosso hotel!

Uma otima seleção de sucos de frutas “exoticas” (mamão, abacaxi, maracujá, manga e afins, que é bem dificil de achar na Europa) que são tipica de Bali além de uma lista bem generosa de pratos asiaticos e Balineses, e mais umas tantas opções “ocidentais” e internacionais para os mais frescos.

Minha recomendação vai pro Nasi Goreng, que é um dos pratos tipicos da ilha e significa, literalmente “arroz frito com frango” e não tem erro!

E ainda existem muitos outros, e seria possível dar a volta ao mundo gastronomicamente sem sequer sair daquela rua!

 

Adriana Miller
14 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
14 comentários
  1. Mariana - 28/01/12 - 13h20

    Dri, que lindo lugar! E me diz, lá vc também foi a atração que as pessoas queriam tirar fotos, ou foi só na Índia mesmo? Bjs.

    Responder
    • Adriana Miller - 28/01/12 - 16h25

      Hahahah! Fui!
      Não tanto quanto na INdia ou no Egito, mas bastante.
      Não consigo entender… :-)

      Responder
  2. Mel - 28/01/12 - 13h58

    Dri,
    Confesso que esperava praias mais paradisíacas em Bali, água cristalina e areia branquinha haha.
    Mas, vem cá, conta o segredo desse corpinho…

    Responder
  3. Paula Teixer - 28/01/12 - 17h09

    Dri, acompanho seu blog a algum tempo, na verdade meu interesse começou qdo fui morar um tem´pinho na Asia, mais precisamente em Cingapura…agora estou adorando estes últimos posts, pois passei por qse todos estes lugares desde Cingapura até Bali e vc está me fazendo matar a saudade, lindas fotos, lindo passeio, não sei vc, mas eu fiquei encantada com os lugares e principalmente com o povo asiático. Beijos e tudo de bom!

    Responder
  4. ju - 28/01/12 - 18h50

    Também esperava mais de Bali. Temos lugares muito mais fabulosos no Brasil ; )

    Responder
  5. Sara - 28/01/12 - 19h33

    Tal como já disseram em cima, esperava mais de Bali, mas para além da fome que vc já me deu, eu não posso deixar passar em branco o típico comentário que também já fizeram em cima: conta aí o segredo desse corpinho :D Claro que no Brasil há de tudo mas de uma forma geral, brasileira tem sorte mesmo :P

    Responder
  6. Michelle D. - 29/01/12 - 00h58

    Parece muito mesmo com Buzios… Menos a praia, logico! Mas o clima bem informal sem mtas frescuras lembra mto. Bali parece ser mesmo um local bem em conta. To adorando a serie de posts e sua animacao em relatar a viagem. E ah, vc ta linda! Ops… Ta nao, eh! : )

    Responder
  7. Pedro Richardson's Blog - 29/01/12 - 01h13

    Ah, Bali! Eu me apaixonei pela ilha, e pela pequenina Gili Trawangan…

    Responder
  8. Mirella - 30/01/12 - 08h32

    Estou super querendo ir a Bali esse ano, já enrolei muito para conhecer a ilha :)
    Nesse meio tempo vou pegar as dicas que você, a viagem afora e a idas e vindas estão postando!!!
    bjos

    Responder
  9. Rita Cordas - 30/01/12 - 13h35

    Olá Adriana. Tudo bem?
    Aconselhas o Hotel onde ficaste no Bali para Lua-de-Mel?
    O Hotel fica muito longe da praia?, Iam a pé até à praia, não era?

    Estou neste momento à procura de Hotel no Bali para passar a minha Lua-de-Mel e não sei qual escolher!

    Obrigada.
    Beijinhos, Rita

    Responder
    • Adriana Miller - 30/01/12 - 14h34

      SIm! Demais!
      Super fofo e confortavel, otimo serviço…
      A praia fica a cerca de 10 minutos, andando. Achei bem pertinho. MAs como disse a praia não foi nosso foco, então não me preocupei em pagar a mais pra ficar num hotel pé na areia. Se esse for o seu caso, então talvez melhor procurar outras opçnoes…

      Responder
  10. […] no engarrafamento e acabar todos os dias exaustos… (preferimos poder aproveitar bastante a badalação de Seminyak e principalmente descansar e curtir nosso […]

    Responder
  11. Nina Mota - 22/03/12 - 18h23

    Oi Adriana! Simplesmente adorei seus posts sobre Bali. Estou indo para lá próxima semana e não tinha conseguido fazer um roteirinho e programar esta viagem… mas seu depoimentos me acendeu várias luzes. Meu Marido está morando no Timor Leste (ao lado) e estou indo encontrar com ele em Bali. Suas dicas serão preciosas! Bjokas e obrigada! =)

    Responder