07 Feb 2012
5 comentários

Leonardo da Vinci @ The National Gallery

Atrações Turisticas, Dicas de Londres, Eventos, Inglaterra, Museus

Semana passada, no dia 28 de Janeiro,  finalmente chegou o grande dia de visitar a exposição especial do Leonardo Da Vinci na National Gallery em Londres.

A exposição por si só é um feito rarissimo: a curadoria do National Gallery e seus patrocinadores (entre outros, a realeza Britânica) conseguiram juntar quase  todas as pinturas assinadas por Da Vinci, ao longo de sua carreira como pintor ao serviço da Corte do Ducado de Milão (onde ele teve os Sforza como seu mecena).

Se não me engano, a exposição conseguiu juntar 12 das 14 pinturas de Da Vinci – e as unicas que não fizeram parte da exibição foram a Santa Ceia (que foi pintada – e esta exposta – na parede da igreja Santa Maria Delle Grazie em Milão) e a Monalisa, que esta exposta no Louvre em Paris, mas que não foi concedida (outras pinturas dele e seus aprendizes que também são expostas regularmente no Louvre estavam na exibição).

Mas oque eu achei mais interessante mesmo na exposição não foram exatamente as pinturas, e sim todo o “material de apoio” reunido, que conseguiu mostrar direitinho o quanto Da Vinci era perfeccionista, e mostrando toda sua metodologia de aperfeicoamento para cada pintura.

Então para cada uma das obras expostas, era possivel ver também alguns de seus “rascunhos”, onde Da Vinci e seus aprendizes faziam desenhos que ia aperfeicoando cada tecnica e cada minimo detalhe que fazem dele um dos grandes genios que o mundo já viu.

Foi super legal ver que até ele precisava de “ensaios”, que cometia erros e que ia pouco a pouco tentando melhorar sua tecnica, e que não passava para a obra final até que estivesse com tudo ensaiado e aperfeiçoado!

Foram varios rabiscos e rascunhos com detalhes dos movimentos dos músculos humanos, o drapeado de tecidos, o sombreado da luz no rosto. Detalhes das mãos e pés de seus personagens, assim como animais e paisagens.

E não era preciso ser “entendedor” de arte e nem historiador para conseguir apreciar a força da arte do Da Vinci na humanidade, e principalmente apreciar o privilegio fenomenal que foi estar ali!

Apesar de ter sido uma exposição que realmente estava lotada (um pouco demais pro meu gosto), não deixa de ter sido um fato histórico e raro, um evento disputadissimo (os ingressos esgotaram no mesmo dia que foram postos a venda!) que durou menos de 3 meses, exclusivamente em Londres.

Quase todas aquelas pinturas podem ser vistas individualmente em varios museus ao redor do mundo, mas é realmente impressionante poder ve-las todas ao mesmo tempo, juntas sob o mesmo teto, e ter acesso a todo material de apoio, que são quase todos de propriedade privada (muitos deles são propriedade, e foram emprestados pela Rainha da Inglaterra) e rarissimos!

Mais um daqueles momentos “proceless” que só uma cidade como Londres proporciona, e que me faz adorar ainda mais cada uma das oportunidade maravilhosas que essa cidade me tráz!

P.S. Essas fotos são reprodurções do livro “Leanordo Da Vinci, Painter at the court of Milan” que comprei na National Gallery depois da exposição, pois lá dentro, obviamente não era permitido tirar fotos. O livro eh incrivel e vale a leitura e explicacao dos detalhes e significados por tras de cada uma das pinturas do Da Vinci! Souvenir eterno para os que foram na exposicao e tambem para os que nao foram!

 

Adriana Miller
5 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

5 comentários
  1. Marcia Kawabe - 07/02/12 - 16h41

    Eu tentei comprar ingressos, mas claro que quando fui no site não tinha mais para as datas que eu estaria aí. Mesmo assim fui na National Gallery imaginando que ela estaria lotada, mas ainda bem que no dia estava bem tranquilo e deu pra andar sem esbarrões nos outros lá dentro.

    Responder
    • Adriana Miller - 07/02/12 - 16h45

      A National Gallery eh tranquila, a unica vez que vi o museu tao lotado, foi justamente por causa da exposicao do da Vinci, e ainda assim, so na secao da exposicao. De resto eh um museu delicioso de se passear!

      Responder
  2. Milena F. - 07/02/12 - 22h19

    Estive em Londres esse final de semana justamente para assistir a exposição! Só conseguimos ir no último dia e realmente estava MUITO lotada, impossível se locomover, eu achei que iria passar mal ali fechada com aquela multidão!!!
    Tive sorte pois consegui comprar os ingressos na França (quando comprei em dezembron o site oficial dizia que não tinha mais ingressos, mas ainda tinha na Fnac e no Carrefour). Só achei uma pena terem vendido mais ingressos do que o que as salas comportavam. mesmo na exposição Monet em que as pessoas passaram a noite na fila, eles só deixam entrar nas salas um numero limitado de pessoas, e só pode entrar o próximo quando uma pessoa saiu.
    Mas sinceramente eu esperava encontrar mais desenhos, mais croquis… Quase tudo vinha da coleção da rainha da Inglaterra, aí fica fácil saber porque essa exposição ocorreu em Londres… Mas todos os desenhos e carnets comprados por Bill Gates, por exemplo? Eh uma pena que pelo jeito nós, meros mortais, provavelmente nunca veremos!!!

    Responder
  3. Wanessa - 07/02/12 - 22h19

    Realmente é uma chance só na vida poder ver todo esse acervo reunido. Fiquei com inveja! :)
    Tive a chance de ver esse quadro da capa do livro, Dama com Arminho, na Polônia em 2010. Ele pertence ao acervo de um museu de Cracóvia, que estava em reforma quando passei por lá, e eu pensei que ia perder a chance, mas felizmente o quadro estava exposto em Varsóvia. Como não era nenhuma megaexposição, tive o quadro só pra mim durante um bom tempo!

    Responder
  4. […] Leonardo da Vinci National Gallery (em português). drieverywere.net (fevereiro de 2012). Página visitada em 17 de janeiro de […]

    Responder