09 Feb 2012
15 comentários

Cingapura: Marina By Sands

Cingapura, Dicas de Viagens

Quando você vai a cidades como Cingapura e Dubai, por exemplo, por mais ou por menos tempo que fique por la, provavelmente voltara pra casa com aquela sensação de que “um dia tenho que voltar”.

E muitas vezes nem importa se voce morreu de amores pela cidade a ponto de querer voltar não, mas ao visitar essas “cidades do futuro” você sabe que esta presenciando um lugar em constante mudança e evolução, e portanto essas cidades acabam virando um daqueles lugares que voce pode voltar varias vezes ao longo dos anos, e com certeza sempre encontrara uma cidade, e uma paisagem muito diferente.

Em Cingapura especificamente, um dos principais culpados por essa transformacao eh o novissimo complexo Marina Bay Sands, com sua proposta e arquitetura ultra revolucionaria, que ja entrou pra lista de icones arquitetonicos do mundo.

E eu ja falei aqui outras vezes né, que sou uma admiradora da arte arquitetonica, e acho que entre todas as inovações e revoluções tecnologicas que nossa geração tem presenciado, os impactos na arquitetura, e o poder que arquitetura moderna tem de transformar lugares ao redor do mundo eh incrivel!

Afinal, oque seria do skyline de Londres sem o London Eye? Ou Dubai sem o Burj Al Arab, e claro: Cingapura sem o Marina Bay Sands?

Sim, eh verdade que a cidade ja existia e ja era bem legal sem esse predio, mas quanta gente ao redor do mundo passou a prestar mais atencao nessa micro-ilha depois que as noticias da inauguracao do marina rolaram pelo mundo?

Mas enfim.

O Marina Bay Sands ocupa o lugar no podio de Cingapura: sozinho e imponente na beirada oposta da baia de Cingapura, a construção domina completamente a paisagem da cidade, e sua arquitetura arrojada nao passa despercebida de jeito nenhum!

Leigamente falando, sao 3 torres, com uma plataforma que parece ser uma mistura de uma nave espacial e uma prancha de surfe! Impossível nao apontar todas as lentes pra la, o tempo todo!

A construção custou alguns (muitos) bilhões de dolares, e é parcialmente controlado pela rede de cassinos Americano Sands.

E a estrutura do complexo tambem impressiona: na sua base, o mais novo maior shopping de Cingapura, e como nao poderia deixar de ser, um cassino gigantesco.

Em suas torres estão um hotel de super luxo, apartamento e escritórios.

E por fim, em sua “prancha” no topo de tudo, a area de recracao do hotel (com uma piscina “infinita” com a vista la de cima!), varios bares e restaurantes e uma plataforma de observação.

O Shopping é realmente gigante, do ponto que chega a ser irritante pois é bem facil se perder la dentro! Mas para os que vao pra cidade com as carteiras recheadas (Cingapura é bem cara, e no geral, achei os preços por la – roupas, sapatos, eletronicos e afins – mais caros que Londres) oque não faltam sao opcoes de compras no Marina, variando entre opcoes como H&M e Zara, ate todas as maisons de alta costura do mundo, incluindo a recen inugurada maior Louis Vuitton do mundo, que se conecta ao shopping, mas que foi construida numa plataforma flutuante na baia de Cingapura!

Entre os corredores do shopping tem tambem um “canal” com laguinhos e barquinhos.. entao se voce se cansar de tanto gastar, pode pegar uma gondola ate seu proximo destino!

Mas o lugar onde passamos a maioria do nosso tempo entre as opcoes do complexo Marina foi sem duvidas o Cassino!

O Cassino do Marina Bay Sands ocupa toda a area central da base do predio, e eh impressionantemente enorme!

A primeira coisa que reparamos? O clima bem mais “Americano” doque as opcoes de Macau por exemplo. A impressao que tive foi que a comunidade de expatriados estava em peso no cassino naquela noite (que pra quem nao estava de ferias como nos, foi em plena semana!), e inclusive varios dos dealers (os carinhas que trabalham nas mesas) eram Americanos ou Ingleses, e claro, com a musica tocando alto e muito barulho das maquininhas de slot!

Foi sem duvidas o cassino que mais nos divertimos entre todos que conhecemos na Asia.

Mas boa parte dessa “clima expatriado” esta relacionado a politica de jogos de Cingapura.

Cassinos e jogos de azar sao permitidos e legais, porem altamente restritos a cidadãos e residentes (permanentes) de Cingapura. Por isso, para entrar no cassino é obrigatório a apresentação de seu passaporte, e caso voce tenha o passaporte de Cingapura ou um visto de residente paramente, antes mesmo de entrar, tera que pagar um imposto de 100 dolares por cada 24 horas. E se voce “lucrar” mais de 10 mil jogando, também terá que pagar (lá mesmo) mais uma seria de outros impostos.

Entao essa foi mais uma maneira que o governo achou de permitir o fluxo de dinheiro e progresso que os cassinos levam a qualquer destino, mas inibindo os efeitos secundarios desagradaveis, como sonegacao de impostos, mafias e vicios.

E por fim, la no alto de tudo esta o SkyPark que eh a “prancha” no alto do Marina, e que é absolutamente imperdível!

Infelizmente, ha uns meses atras eles passaram a restringir o acesso a piscina a nao-hospedes do hotel (antes voce podia comprar uma “passe” para algumas horas e usar a piscina tambem), entao hoje em dia a nao ser que voce esteja hospedado no Marina Bay Sands, voce só podera visitar a piscina (mas sem usa-la) em passeios guiados e agendados com antecedência.

Como nos nao sabiamos dessa mudanca nas regras, ficamos a ver navios (la de cima, literalmente) e so conseguimos conhecer a plaforma de observacao.

O mesmo eh verdade para os restaurantes que ficam la em cima, e quase todos soh permitem a entrada a hospedes do hotel, ou convidados externos com reserva previa.

A excessão a regra é o bar-restaurante Ku De Ta, o mesmo de Bali, que abriu uma filial em Cingapura e rapidinho se tornou a balada mais cool de Cingapura, com a vista e a localizacao mais privilegiada da cidade!

Mas ainda assim, mesmo estando apenas da plataforma de observacao, a visita vale a pena, e da pra ver bem o resto da area, e se surpreender com o tamanho do lugar!

E sem contar, claro com a vista deslumbrante da cidade inteira, e a vista dos navios que dominam os arredores da ilha, e o cais do porto mais movimentanto do mundo!

Nos deixamos pra visitar o Skypark apenas durante o dia, pois apesar de imaginar a vista noturna la de cima deve ser sensacional, nao é permitido subir com tripés (ou utilizar qualquer tipo de tripe na plataforma de observacao), e como fotos noturnas sem tripé geralmente no ficam boas, preferimos não arriscar.

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
15 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
15 comentários
  1. Sara - 10/02/12 - 00h05

    Visto na perspectiva do Marina Bay Sands, Singapura promete encantar. Já fiquei curiosa para visitar :)

    Responder
  2. Gra - 10/02/12 - 01h38

    Adriana, o Ku De Ta no Marina Bay Sands não é uma filial do restaurante de Bali, inclusive há uma disputa na justiça pelo uso indevido da marca Ku De Ta de Bali. Todo mundo pensa que é o mesmo, não é a toa que os donos do restaurante em Bali estão super irritados com isso.

    Responder
    • Adriana Miller - 10/02/12 - 07h59

      Mentira?!??!?! Serio?
      Zeeeenti que babado! Eu não sabia disso não…. mas engraçado que eu jurava que vi o endereço das duas filiais no folhetos em Bali…

      Responder
  3. Patricia A. - 10/02/12 - 05h22

    ahhhhh adorei!!!! to indo pra la em Abril graças as suas ideias hahahahaha.Hey vi que vc esta usando a chave da Tiffany, fazia tempo que vc nao usava, sou auela que repara em tuuuudo ne? LOL hahahah beijos quero mais!

    Responder
    • Adriana Miller - 10/02/12 - 10h30

      :-)
      Adoro ser uma pessima influência!

      Eu uso bastante esse colar no dia a dia, mas acho que realmente não aparece por aqui ha bastante tempo mesmo…

      Responder
  4. Márcia Abrantes - 10/02/12 - 12h14

    Dri amei seu relato de Cingapura, estou louca para conhecer!!!

    Responder
  5. Wanessa - 12/02/12 - 20h56

    Também adoro arquitetura e achei a idéia dessa plataforma suspensa fantástica, mas, esteticamente falando, não gostei muito do resultado… Me da uma impressão de que foi improviso colocar aquele “barco” lá no topo!

    Responder
  6. Bóia Paulista - 13/02/12 - 12h15

    Oi, Dri! Tudo bem?

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia

    Responder
  7. Rafael - 13/02/12 - 12h55

    Adorei o post. Vou em Cingapura em Maio. Mas fiquei triste ao saber dessa nova regra. Queria muito ver a piscina, mas me falta verba para ser hóspede no hotel. Pena.

    Responder
  8. Viagem para Mulheres - 13/02/12 - 19h13

    Ai que delícia! Nessa viagem a Ásia abri mão de Cingapura para ir lá com mais calma tanta gente dizendo que vale a pena que eu quero ficar hospedada nesse hotel!

    As suas fotos como sempre lindas!

    Beijos

    Responder
  9. […] atracao eh recente, e quase que instantaneamente transformou a paisagem da cidade (que ja falei aqui!). A melhor visao do Sands eh justamente dali do Merlion, que fica exatamente do lado oposto da […]

    Responder
  10. Grasiela - 15/10/16 - 21h21

    Passarei o Natal e o ano novo por lá com hospedagem nesse hotel. Fugindo do frio de Zürich!

    Responder
  11. […] falamos de hotel em Cingapura, a primeira coisa que nos vem a cabeça é o Marina Bay Sands, e sua arquitetura marcante. Mas ser um dos edifícios mais icônicos do mundo (e a maior e mais […]

    Responder
  12. Daniela - 21/01/17 - 12h26

    Dri, Minha experiência em Cingapura foi a pior possível. Cheguei ontem, 20/01/2017 e hoje fui a Chinatown. Do nada, por causa de empurra empurra na aglomeração, um chinês agrediu meu marido com um soco no rosto. Depois descobrimos que é comum aqui, um golpe usado para roubar turistas. Minha dica é: fique bem longe de Cingapura. Não é seguro como eles tentam mostrar!

    Responder
    • Adriana Miller - 21/01/17 - 13h53

      Que pena que vocês tiveram uma ma experiência.
      Mas de fato não se deve generalizar o pai todo por causa de um episódio isolado e raro.

      Responder