26 Mar 2012
14 comentários

Rocky Mountain National Park

Colorado, Dicas de Viagens, USA

Na manhã de sábado antes do casamento que fomos em Estes Park o noivo organizou um programa anti-nervosismo: juntou seus padrinhos e amigos mais próximos e organizou um passeio e snowshoeing pelas trilhas (soterradas de neve) do Parque Nacional Rocky Mountain!

Eu não sabia exatamente oque esperar, mas quando ele nos convidou pra ir junto, eu sabia que provavelmente iria adorar! Então fizemos nossas malas preparados com roupas de neve e ski, e o pessoal do Mary’s Lodge nos ajudou a pesquisar sobre as trilhas e alugar os snowshoes!

Mas oque é snowshoeing?! É um esporte de inverno onde se usa um sapato especial, específico para caminha e fazer trilhas na neve.

Sabe quando nos desenhos animados os personagens amarram uma raquete de tênis nos pés e saem andando na neve? Então, é exatamente isso!

Só que na vida real não usamos raquetes, e sim os tais dos sapatos de neve, que são estruturas de plástico com “garras” na sola, que aumentam a tracção no gelo e por difundirem seu peso numa area maior que seu pé, eles diminuem a pressão feita na neve fofa, e assim impedem que você afunde até os joelhos (ou queixo, dependendo do quão profunda esteja a neve!) #AulaDeFísica

 

A maioria dos parques nacionais nos EUA fecham – totalmente ou parcialmente, depende do parque – durante o inverno, mas o parque Rocky Mountains, por ser no meio do Colorado e ter um perfil bem específico de esportes de inverno, fica aberto o ano todo, mas é importante saber onde você vai dentro do parque, se manter nas trilhas assenhaladas e manter todas as regras gerais de segurança.

E no inverno todos esses cuidados ficam ainda mais importantes, pois se você se perder, terá que lidar não só com os (muitos) animais selvagens dos parques, mas também com a neve de metros de altura e temperaturas (muito) abaixo de neve.

Nós não tivemos muito tempo de explorar o parque a fundo, afinal foram apenas algumas horas, mas o lugar realmente é lindo!

E fomos seguindo as instruções da trilha até chegar na entrada do Bear Lake Trail, que é uma das trilhas que ficam abertas durante o inverno (pois todos os lagos do caminho congelam 100% e portanto são super seguros) e que é perfeita para praticar snowshoeing!

E como foi divertido! E pra quem não sabe, ou tem medo de esquiar, o snowshoeing são outros 500, pois vocês apenas anda o tempo todo na neve.

Não tem que controlar velocidade, nem curvas nem inclinação enquanto se equilibra nos esquis. Tudo bem que os primeiros passos são meio de “pato” porque você tem que se acostumar a andar sem entrelaçar os sapatos, mas depois que você pega o jeito, fica facílimo e você nem percebe!

E porque a sola da plataforma tem umas garras, você se sente sempre seguro na neve, sem levar escorregões nem aquele sensação de que você vai cair a qualquer momento, mesmo em subidas e decidas.

 

E claro, pra mim, o que valeu mesmo foram as fotos e a paisagem!

Que lugar lindo!

Uma coisa assim meio Narnia com paisagem de cartão de Natal! Os pinheiros são altíssimos, todos cobertos de neve, e a neve super fofinha e profunda!

Confesso que fiquei meio com medo de cruzar os lagos, mas foi frescura mesmo – o difícil foi enfrentar o vento violento que batia assim que começávamos a caminhar nas planices (os lagos congelados), pois sem as arvores nos protegendo, o vento encanado do alto da montanha vinha carregado de neve em (quela neve sequíssima do Colorado, tão diferente de Londres!) que não só se infiltrava em todos os buraquinhos da roupa, mas ainda vinha arranhando a pele sem dó!

Apesar do super frio que pegamos, como estávamos nos exercitando o tempo todo não sentimos frio (na verdade morri de calor, mas tinha que manter o cachecol enrolado no rosto por causa do vento e da neve cortante), mas é super importante não só usar snowshoes apropriados pra neve que você vai pegar (e de acordo com sua altura e peso – afinal as leis da física não mentem, e você não quer ficar atolado na neve, quer?!), e com roupas especificas para neve e muito vento.

Eu adorei a experiência e agora queremos achar alguma lugar aqui pela Europa pra fazer snowshoeing no próximo inverno!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
14 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
14 comentários
  1. Márcia Abrantes - 26/03/12 - 12h57

    Nossa Dri que lugar lindo!!! Eu nunca tinha ouvido falar em snowshoeing, muito legal. Amei as fotos.

    Responder
    • Adriana Miller - 26/03/12 - 13h34

      Eh super divertido! Uma otima opcao pra quem nsao sabe, nao quer ou nao pode esquiar!
      Eh super facil e bem mais barato tambem, claro.

      Responder
  2. Daiane - 26/03/12 - 15h14

    Que cenário incrível! tantos lugares maravilhosos que nem fazemos ideia que existem…

    Responder
    • Adriana Miller - 26/03/12 - 15h18

      Essa eh a beleza das viagens! :-)
      Obrir os olhos para o mundo!

      Responder
  3. Nathalia T. - 26/03/12 - 15h29

    Adorei! Não conhecia o snowshoeing e achei o maior barato. Você vai amar ir pra El Calafate fazer trekking no Perito Moreno. Amar! =)

    Responder
    • Adriana Miller - 26/03/12 - 15h43

      Nem fala!!
      To ate querendo comprar meu proprio Snowshoe, pra poder fazer todos os invernos! :-)

      Responder
  4. Mari Campos - 26/03/12 - 16h01

    Pois é, eu fiz em Valle Nevado (lá são “raquetas” ;) ) e me comportei muuuuuuito melhor que sobre dois esquis :mrgreen:

    Responder
  5. Li - 26/03/12 - 17h57

    ops, assenhaladas = assinaladas. :)

    Responder
  6. Larissa - 26/03/12 - 20h31

    Dri, adorei seu post e as fotos!
    Vim te oferecer meus serviços de revisora! rsrs Não faço isso profissionalmente, mas pensei em te ajudar, fazendo a revisão ortográfica do blog. Afinal, já fui tão beneficiada por suas postagens maravilhosas, que seria uma forma de retribuir. Se você preferir, pode postar normalmente, e eu te envio alguma correção, caso haja, para você modificar posteriormente.

    Um abraço,
    Larissa

    Ah, e claro que não precisa postar esse comentário.

    Responder
  7. Marta FG - 26/03/12 - 20h44

    Que lugar lindo! Nem conhecia esse local (virtualmente é claro) e nem esse desporto. Obrigada por compartilhar!

    Responder
  8. Óleo de Cártamo - 27/03/12 - 00h07

    Muito lindo esse lugar!!! As fotos estão muito bonitas também, quero conhecer agora!!

    Responder
  9. […] (Nesse post aqui, onde fizemos snowshoeing no Colorado também dá pra ter uma idéia de como nos vestimos para a neve – botas especificas a prova d’agua, calça e jaqueta de gore-tex, gorro, luvas, oculos escuros, etc) […]

    Responder
  10. […] No final de Fevereiro fomos pros EUA, para o casamento de um amigo do Aaron e aproveitamos pra curtir a neve nas montanhas do Colorado! […]

    Responder
  11. […] Alpes Franceses, e nossa escolha foi simples: queriamos esquiar, ou fazer algum outro esporte (como snowshoweing que fizemos no Colorado, ou as trilhas que fizemos na Suica) mas não sabíamos se isso seria possivel com a Isabella a […]

    Responder