19 Jun 2012
19 comentários

Sidi Abou Said

Dicas de Viagens, Sid Abou Said, Tunisia

Na minha cabeca, a Tunisia sempre teve uma unica imagem: a mistura de azul e branco da cidadezinha litoranea de Sidi Abou Said, no norte do pais.

Esse vilarejo de pescadores que fica a apenas 20km de distancia da capital Tunis, caiu nas gracas do mundo durante a ocupacao Francesa, quando a cidade virou refugio “espiritual” para uma serie de artistas e intelectuais Franceses.

Pouca coisa mudou em Sidi Abou Said (alem do nome, ja que antes dos 1900s a cidade se chamava Jabal el-Menar), e acidade continua pequena e pacata. Suas ruas e construcoes sao patrimonio historico protegido, e portanto existem pouquissmas opcoes de hoteis e ate mesmo de restaurantes na cidade, que apesar da movimentacao durante o dia nas ruas do mercado, matem sua base e historia de pescadores.

E eh mais ou menos isso que tem pra fazer mesmo. Andar pra cima e pra baixo nas ruas do mercado, sentar na varanda de um cafe com a vista do mediterraneo, perambular pelas ruas estreitas…

Sem pressa e sem marcar ponto.

Mas isso nao quer dizer que Sidi Abou Said nao tenha suas atracoes e seu charme – uma de suas marcas registradas sao as grades de ferro ornadas que enfeitam quase todas as janelas das casas.

Essa “arte” tipica dos artesoes da cidade acabaram se extrapolando para outras partes da cidade, enfeitando tambem portoes, caixas de correio e principalmente as gaiolas!

Nem sequer vimos passaros nessas gaiolas, mas elas estao e todos os cantos pela cidade, de todos os tamanhos – e claro, quase sempre em branco e azul.

Impossivel nao se hipnotizar com o trabalho artesanal de ferro e madeira, que vai se mesclando na paisagem de branco, azul e ferros torcidos.

Na area central da cidade esta o Cafe des Nattes, que historicamente era um centro de peligrinagem entre o deserto e as ruinas de Cartago, e o umbigo da cidade.

Gracas ao Cafe a cidade comecou a se desenvolver ao seu redor, e atingiu o apice quase foi tema da pintura de August Macke em 1914.

O cafe ainda esta la, sem grandes mudancas nem atualizacoes desde meados do seculo 19, entao nao deixe de pegar uma mesinha na varanda ou entao se jogue em uma das muitas almofadas espalhadas pela chao do interior do cafe (que ate hoje nao tem mesas e cadeiras) e peca seu cha Tunisio – um cha preto bem doce, mas que vem com sementinhas de pinhao misturadas, fazendo uma mistura bem interessante, misturando o doce com o salgado e as texturas.

Outra atracao imperdivel, e um dos principais cartoes postais da cidade eh o Cafe des Delices, que fica escondidinho num canto da cidade com a melhor vista da Tunisia!

A varanda do cafe tem aquela combinacao perfeita da encosta da montanha, a vista do Mediterraneo e o porto da cidade aos pes, um minarete de uma mesquita em um canto e claro, tudo pintado de azul e branco (e com muitas almofadas coloridas pra gente ir se espalhando!).

A comida eh bem simples, e apesar de toda fama o Cafe des Delicesnao eh badalado nem caro, mas eles servem um kebab otEmo e varias opcoes de sucos de fruta feitos na hora.

(quem quiser assistir o por do sol no Cafe des Delices tem que chegar la no meio da tarde e guardar seu lugar! Eles ficam lotados!)

Mas nem soh de comes e bebes vive Sidi Abou Said, e uma das coisas mais interessantes que fizemos por la foi visitar uma casa historica, numa portinha bem ali no meio do mercado (na mesma rua que acaba no Cafe de Nattes) onde uma casa tipica da cidade, do seculo 17 foi preservada e transformada em museu.

Foi bem interessante ver como aquelas casas sao por dentro, a divisao entre comodos, como eram as cozinhas, os patios internos e tal. E por 3 Dinars, valeu a pena!

Alem das janelas ornadas e as gaiolas espalhadas pela cidade, outro detalhe que vale a pena prestar atencao sao as portas e portoes das casas.

Quase todas sao pintadas em azul, e tem os mais variados tipos de desenho feitos com as cebcas dos pregos – eh sempre interessante observar oque cada casa escolheu pra sua porta.

E tam tambem as rarissimas portas coloridas, onde algumas poucas casas e seus ilustres moradores ganharam autorizacao especial do governo para pintarem suas portas em cores diferentes (mas muitos deles sao museus, ou edificios “oficiais”),  entao volta e meia viamos uma porta vermelha ou amarela (mas elas sao bem raras).

 

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
19 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
19 comentários
  1. Nathalia T. - 19/06/12 - 19h04

    Engraçado… azul e branco sempre me remeteu a Grécia.
    Até agora!

    Beijos

    Responder
  2. Helo Muller - 19/06/12 - 21h21

    Tô aqui sonhando! Quero muito poder fazer isso logo, logo!

    Beijos

    http://www.blogheloisamuller.com

    Responder
  3. Loraine - 19/06/12 - 23h08

    Oi Adriana, temos um amigo da Tunísia que não se cansa de falar das belezas de lá. Eu tenho muita vontade de conhecer um país árabe e ando pensando muito na Tunísia. Agora então, depois de ver seu post contando como é tranquilo por lá, acho que vai rolar! Obrigada pelos posts e belíssimas fotos, bjs

    Responder
    • Adriana Miller - 20/06/12 - 10h45

      Eu achei que a Tunisia seria um otimo pais pra ser o primeiro pais Arabe!
      Apesar de que eles sao mais “mediterraneos” do que “arabes” (em relacao a atracoes turisticas), voce ainda acha os mercados arabes, as mesquitas etc, so que sem o choque cultural de outras regioes, oque pra muita gente torna a experiencia mais tranquila e menos “assustadora” (ja que infelizmente ainda existe muito preconceito em relacao a Arabes e Muculmanos).

      Responder
      • Loraine - 20/06/12 - 13h20

        Pois é, rola muito preconceito e ainda por cima, muitos deles ainda estão muito agitados depois da primavera árabe. Eu queria muito, muito, visitar o Ira, mas não dá. E acho que não vai dar por muitos e muitos anos ainda… Tb tenho amigos lá e as fotos e tudo que eles falam me deixam inquieta! Fora que a comida daqule lado do mundo é maravilhosa. Bjs

        Responder
        • Adriana Miller - 20/06/12 - 13h36

          Ha muitos anos atras um dos meu primos em Portugal morou um tempo em Bagdad, e tambem sempre falava de la.
          Eu sempre morri de vontade de conhecer Bagdad e Tehran, ambas cidades que infelizmente viraram sinonimo de guerra pra nossa geracao… So espero poder conhecer esses pais em algum ponto da minha vida…

          Responder
          • Loraine - 20/06/12 - 14h16

            Eu também, tomara!

            Responder
  4. Marília Lucena - 19/06/12 - 23h12

    Já sei qual foi o enfeie de Natal daí… uma gaiolinha, acertei?? Beijo

    Responder
    • Adriana Miller - 20/06/12 - 06h44

      Claro!!

      Responder
  5. Claudia - 20/06/12 - 01h36

    Lugar maravilhoso.

    Responder
  6. TâniaB - 20/06/12 - 09h33

    Tinha a mesma ideia que a Nathalia, azul e branco lembra-me a Grécia, mas acho que também se adapta aqui! :)

    Responder
  7. Neda - 20/06/12 - 19h26

    Adriana, como foi a hospedagem? Em que tipo de hotéis ficaram, resort? Fiquei com tanta vontade que já vou planejando umas férias a dois.
    Neda

    Responder
  8. Bóia Paulista - 21/06/12 - 16h17

    Oi, Dri. Tudo bem?
    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Beijos,
    Natalie – Bóia Paulista

    Responder
  9. Hilda - 23/06/12 - 18h50

    Nossa, Dri! Eu estou tentando ler seus posts sobre a Tunisia desde ontem e toda a hora alguem vem e me atrapalha. Mas consegui e agora soh ver o video. rs
    Legal saber que eles sao mais tranquilos com relacao as roupas por la, pois nao vou fritar com calca jeans e blusa comprida.
    Adorei as fotos! Nos vamos fazer dois tours pela Tunisia e um deles inclui Sidi Bou Said. Voce foi ao coliseu em El Djem? Estou super ansiosa para visita-lo. ;)
    Bjs e agora vou la ver o video. rs

    Responder
  10. Viaje com Pedro - 26/06/12 - 23h15

    Sidi-Bou Said realmente é um lugarzinho muito charmoso mesmo, fácil da gente se apaixonar. Nem parece estar tão próxima de Tunis.

    Responder
  11. Danielle - 27/06/12 - 01h46

    Que lindo, estou apaixonado por esse lugar e por essas fotos!

    http://vulks.com | reinvent-me if you can

    Responder
  12. Monóloga - 28/06/12 - 23h37

    simplesmente lindo!
    e este teu blogue é um espetáculo… tem fotografias lindíssimas, pormenores interessantíssimos…
    continua!
    eu, por minha parte, irei sem dúvida seguir-te!

    Responder
  13. Livi - 12/07/12 - 19h47

    Que lindo! Estou babando com as belas fotos. Ganhou uma nova seguidora!

    Responder
  14. Luciana - 16/07/12 - 22h23

    Lindo! Adriana, que máquina você usou para essas fotos em específico e quais lentes?

    Responder