28 Aug 2012
12 comentários

Windhoek – Dicas da Capital

Dicas de Viagens, Namibia, Windhoek

Nos ficamos pouquissimo tempo na capital da Namibia, Windhoek, e foi uma escolha proposital.

Nao que a cidade tenha alguma coisa errada, mas entre tudo que queriamos ver e fazer espalhados pelo pais, sabiamos que na comparacao, Windhoek saia perdendo feio.

 

Mas ainda assim, devido as conexoes de voos (Nos voamos pra Windhoek, via Johannesburg, na Africa do Sul), passamos duas tardes e duas noites na cidade.

As opcoes de hotel nao sao muitas, mas eles tem varias otimas pensoes e pousadas espalhadas pela cidade, e preferimos ficar num hotel desse tipo, do que em alguma rede internacional mais business. Assim pudemos ficar nas areas residenciais da cidade, numa casinha bonitinha, com piscina, cafe da manha etc e relaxar antes e depois do tour pelo pais.

Nossa escolha foi a Uhrland Pension, que fica pertinho do centro da cidade, e vizinha de varias embaixadas e consulados.

Os donos da pousada moram la mesmo, e sao de descendencia Alema. Tudo super organizadinho, limpissimo e muito simpaticos – inicialmente tinha reservado apenas a noite da nossa chegada, so pra ver como seria. Como gostamos bastante, reservei tambem (ja la mesmo) nossa ultima noite na mesma pensao, e por agradecimento, ganhamos um upgrade na nossa ultima noite, por termos voltado!

Mas oque gostei mesmo da pensao foi que tudo la funciona na base do “Honesty code” (codigo de honestidade), ou seja, o casal aposentado que cuida da pensao e recebe turistas em sua casa parte do principio que todos seus “convidados” sao convidados em sua casa, e fica tudo na base da confianca.

O bar da piscina eh livre, o frigobar do quarto tambem. O armario onde ficam guardados as toalhes ou ate mesmo a chave da porta da entrada. Quer tomar uma cerveja na beira da piscina, ou uma taca de vinho na sala de leitura?

Basta se servir, anotar seu nome na listinha da “honestidade” e no final de sua estadia os valores finais estarao na sua conta.

Nao eh o maximo!?! Nunca tinha imaginado a Namibia sendo um lugar assim, mas como ja disse antes, foram esses pequenos detalhes que nos deixaram apaixonados pelo pais! Ficamos (bem) impressionados com o “honesty code”, e acabamos vendo o mesmo principio em varios outros lugares do pais.

E pra completar nossa escolha de localizacao bem ali do lado, o Felix, nosso guia recomendou um super restaurante: “Joe’s Bierhaus

Ele avisou que nunca ia la, porque era lugar de turista, mas garantiu que a comida era de primeirissima e a cerveja gelada! E ja que somos turistas memso, iamos AMAR a experiencia!

Gostamos TANTO que jantamos la na nossa primeira E ultima noite no pais!

O Joe’s Bierhaus eh um restaurante estilo cervejaria Alema, com tudo quanto eh tipo de cerveja disponivel (o Aaron estava no paraiso!), aquelas mesonas compridas onde todo mundo senta junto, musica e tal.

A diferenca eh que o Joe’s eh uma cervejaria tipicamente Alema, porem made in Namibia!

Oque impressiona logo de cara eh a decoracao! Sabe aquele rede de restaurantes Americana bem breguinha, que imita uma floresta? (A “Rainforest Cafe“?)

Agora imagina tipo isso, so que de verdade!

O menu vem contando toda historinha do lugar, e como o Joe, Alemao dono da cervejaria, adora fazer Safaris e eh apaixonado pela Africa e pela Namibia, e ao longo de sua vida foi colecionando pecas tipicas do artesanato local, “trofeus” de caca, e souvenirs deixados por outros viajantes.

Entao cada peca tem uma historia: da cabeca de Bufalo que foi morto por um crocodilo e ele guardou o cranio, ate mesmo o carro mini usado por dois turistas Portugueses que resolveram cruzar a Africa de carro, mas nao conseguiram passar da Angola e deram seu carro como “trofeu” ao Joe!

Muito, muito incrivel! Um clima otimo, de confraternizacao mesmo, muitos viajantes e turistas, pessoas do mundo todo indo e vindo para diferentes partes da Africa, e tudo isso regado a cerveja e muito churrasco!

Na verdade acho que o “churrasco” eh a parte mais “autentica” Namibia do local: no menu encontramos tudo quanto eh tipo de carne de caca, locais da Namibia, assados na hora, no mega fogareiro no centro do restaurante!

O Aaron foi de Zebra na primeira noite e de Gnu na ultima noite (preferiu a zebra), e para os mais aventureiros eles tambem tem pratos de “degustacao”, com churrasquinho apenas com carnes “exoticas” (todas controladas na Namibia, soh pra deixar claro), variando entre a Zebra, ao Oryx, Avestruz e crocodilo – e varias opcoes mais normais aos medrosos, com frango, bife, etc (eu sou aventureira a mesa, mas devido a minha condicao, preferi nao arriscar e fui de file mignon mesmo!).

Entaoa conteca oque acontecer, seja la quanto tempo voce for ficar em Windhoek, nao deixe de conhecer o Joe’s Bierhaus, pra ja ir entrando no clima da Namibia!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
12 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
12 comentários
  1. AElitis in Angola - 28/08/12 - 11h17

    Estou a apaixonar-me pela Namibia pelos teus olhos, e olha que la estive e nao tinha gostado muito.

    Responder
    • Adriana Miller - 28/08/12 - 11h24

      Serio?
      Porque nao?

      Responder
  2. TâniaB - 29/08/12 - 12h37

    Oi Dri, fiquei curiosa, como era a história que você na sua foto dos “Portuguese Travellers” ?
    :)

    Responder
    • Adriana Miller - 29/08/12 - 13h39

      É a historia do carro “mini” que contei no paragrafo acima da foto.

      Responder
      • TâniaB - 29/08/12 - 16h07

        Que cabeça no ar! Obrigada Dri :) e desculpa..

        Responder
        • Adriana Miller - 29/08/12 - 16h29

          Imagina!
          :-)

          Responder
  3. Nina - 29/08/12 - 14h39

    Dri, acho que o “honesty code” foi mais uma influência da Alemanha do que da Namíbia. Aqui na Alemanha isso acontece bastante até.

    Responder
  4. Helena - 18/09/12 - 11h28

    Fiquei uma vez num hotel em Rye que tinha um bar assim. Nunca tinha visto na vida, acho que n funcionaria no Brasil, imagina? bj

    Responder
  5. Carla Zen - 31/07/13 - 17h14

    OI, Dri! Primeiro queria dizer que adoro seu blog! É sempre uma fonte de inspiração e também de ajuda na hora de planejar minhas viagens!
    Estamos indo na semana que vem para a Namíbia graças aos seus posts!
    Tenho só uma pequena dúvida, se você puder ajudar. É tranquilo pegar táxi no aeroporto de Windhoek? Ou você aconselha pegar um transfer?
    Muito obrigad desde já!
    E parabéns pela Bella! É é linda e muito fofa!
    Bjos

    Responder
    • Adriana Miller - 31/07/13 - 17h26

      Que legal!! Vc vai amar a Namíbia!
      Eu reservei um Transfer (direto com a agencia “Wild Dogs” que fez nosso tour) na ida e na volta.
      O aeroporto de Windhoek é bem grande e moderno, mas nao prestei atenção de como é essa questão de taxis…

      Responder
  6. Wanderly - 02/04/14 - 12h00

    oi amei seu post, me dá o contato do seu guia, estamos querendo conhecer a Namíbia. Obrigada

    Responder
  7. […] E mesmo quem nao quiser comer fondue (bem, na verdade o que nao faltam sao opcoes no cardapio!) vale a pena conhecer o La Caleche nem que seja so por curiosidade – um dos donos originais do restaurante foi campeao de esqui na equipe Olimpica de inverno da Franca, e colecionava artigos vintage de montanhismo e esqui, que hoje decoram cada centimetro de parede e teto do restaurante (nos brincamos a o La Caleche esta para os Alpes como o Joe’s Beerhaus esta para a savana Africana!). […]

    Responder