24 May 2013
32 comentários

Viajando – SOZINHA! – de avião com um bebê

Avião, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens, Viajando com crianças

Além das dicas e experiências que já dei no post sobre como viajar de avião com bebês, eu acabei adaptando algumas coisas para os voos que fiz sozinha com a Isabella (ida e volta da nossa viagem pro Brasil – 11 horas de voo em cada perna!).

A viagem em si não muda muito nem piora… apenas alguns aspectos se tornam mais complexos sem ter mais alguém pra dividir as tarefas de cuidar de um bebê por várias horas seguidas em um ambiente confinado!

– Reserva e escolha de assento:

O básico ainda vale, mas depois de viajar duas vezes com o Aaron do meu lado, me dei conta que a melhor opção seria um assento de corredor (eu SÓ viajo na janela! É mania… mas tive que dar o braço a torcer…).

Porque mesmo nas fileiras frontais, que tem mais espaço pra perna e tal, quando o berço esta posicionado não sobra espaço pra quem estiver na janela/meio sair de sua poltrona, pois as pernas ficam trancadas em baixo da “bandeja”.

Então quando você esta sentada do lado de alguém que conhece, não tem problema pedir pra pessoa se levantar no meio do filme (ou do sono!) pra você conseguir trocar a fralda do seu bebê, mas se vocie tiver que pular o colo de um estranho, a coisa já complica!

Então estando no assento do corredor o seu acesso fica mais livre pra ir ao banheiro, passear pelos corredores se o bebê estiver entediado, caso precise pegar alguma coisa da mala de mão no bagageiro e afins…

– Peça e aceite ajuda!

Eu e o Aaron fizemos a piadinha de que viajar com filhos é como voltar a ser mochileiro: quem já mochilou sozinho sabe numa viagem dessas basta ver outra pessoa com uma mochila nas costas pra virar seu melhor amigo! As mochilas se atraem, vocês trocam dicas de viagem, de albergues, racham o taxi, saem pra passear juntos. Todos unidos pela “doutrina” da mochilagem.

E viajar com bebês é exatamente igual! Bebês, crianças e famílias se atraem!

A anos que não batia tanto papo com tantos estranhos na minha vida! Todos querem saber a idade do seu bebe, se é sua primeira viagem, para onde vai, e sempre tem alguma dica proveitosa!

Na ida pra Denver conhecemos uma mãe viajando sozinha com uma bebe de 9 meses, e acabamos ficando melhores amigos dela!

Claro que você tem que tomar certos cuidados (eu que não vou deixar a Isabella no colo de um estranho no meio do aeroporto!), mas uma vez dentro do avião (que convenhamos, mesmo alguém com a pior das intenções não tem pra onde fugir!) eu pedi e aceitei ajuda sem pudor!

Pedi pra comissária segurar a Isabella enquanto fui ao banheiro, pedi pro passageiro do meu lado colocar minha mala de mão no bagageiro e o que mais precisei!

Lógico que sempre rola algum mau-humorado que te olha de cara feia quando vê um bebê no avião (#EraDessas), mas no geral eu me surpreendi com o quanto as pessoas são super simpáticas com pais e mães viajando com crianças pequenas! Afinal, quem resiste a um sorriso banguela?!?!

– Praticidade!

Eu já fico pra morrer quando vejo #LookDoDia emperequetados em aeroportos (viagem longa tem que ser confortável minha gente!!!), mas com um bebê então nem se fala!

Calça e sapatos confortáveis, para horas sentada numa poltrona apertada (e potencialmente com alguém no seu colo!) e que sejam fácil de trocar.

Não tivemos nenhum acidente com minhas roupas, mas só por precaução fui com calça + regata + uma blusa por cima. A regata por baixo foi simplesmente para que eu pudesse trocar de roupa sem ter que ir ao banheiro caso precisasse trocar alguma coisa.

Afinal, e principalmente viajando sozinha com a Isabella, se ela vomitasse ou tivesse uma fralda explosiva em mim, com que eu a deixaria enquanto vou tranquilamente no banheiro me trocar? Pois é…

Uma coisa é pedir pro desconhecido da poltrona ao lado ficar de olho nela enquanto ela esta de bom humor e sorridente, mas se a coitadinha começasse a vomitar e passar mal, não dava né?!

Outro aspecto que tive que ser bem pragmática foi com minha bolsa de mão.

Assim como falei no outro post sobre viagem com bebês, levei uma bolsa de fralda mais a mala de mão com ítens extras, mas eu sempre fui super fã de viajar com uma super bolsa de mão comigo!

Mas nos voos em que estava sozinha isso mudou… Senti falta de muita coisa, mas nada que não conseguisse sobreviver algumas horinhas (e numa emergência, esses itens estavam todos na mala de mão no bagageiro!).

Então comigo estava apenas uma bolsinha pequena (e com fecho de ziper que eu pudesse abrir e fechar com uma mão só!) com um porta cartões, passaportes, celular, fone de ouvido, protetor labial e lençø de papel. E só. De peso nos ombros já bastou meu pacotinho de 6 quilos!

Equipamento:

Achei super cômodo levar o carrinho até a porto do avião, porém nos voos sem o Aaron, despachei a mala junto com a bagagem, numa tentativa de diminuir a quantidade de tralha a carregar.

Como a Isabella ainda é novinha, ela foi confortavelmente no canguru, e eu fiquei com as mãos livres!

Se seu bebê já for maiorzinho, talvez valha a pena ficar com o carrinho, pra evitar ter que carregar uma criança de muitos quilos nos braços aeroporto afora!

– Entretenimento a bordo:

O voo de ida pro Brasil foi durante o dia e minha principal preocupação era como entreter a Isabella durante o dia sem uma pessoa a mais pra fazer caretas, cantar musiquinhas e pegar no colo…?!?!

E isso sem dúvida foi a parte mais difícil!!

Os voos noturnos foram uma beleza, como se ela nem sequer estivesse lá comigo – em todos eles, dormiu antes de embarcar e só acordou depois de pousar!

Mas nos voos diurnos, ao contrário do que esperava, ela ficou muito mais alerta que o normal (achei que ela fosse dormir bastante por causa do barulho e movimento, mas não!), o que me causou muitas rugas de expressão de tanto fazer caretas, caras e bocas pra ela, chacoalhar o mesmo bonequinho preferido gazilhões de vezes, e depois de ser vencida pelo cansaço, colocar ela de frente pro iPad com alguma cosia passando (ela ainda é muito novinha pra assistir TV, desenhos e tal, então só tinha Downton Abbey no iPad! Hahahah! mas ela gosta mesmo é da claridade da tela!). Se seu bebê já assiste alguma coisa, tenha seus desenhos ou filmes preferidos a mão!

 

De maneira geral voar sozinha com a Isabella foi muito mais fácil e tranquilo do que imiginava, e bastou um pouquinho a mais de preparação para que não passássemos por apertos!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
32 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
32 comentários
  1. Renata - 24/05/13 - 15h22

    Olá, adoro seus posts e falando em viajar com bebês e crianças eu estou na fase de preparação, pois vou fazer um vôo em junho de Lisboa para São Paulo sozinha, mas não com uma criança e sim com duas, minha filha de 21 meses e meu menino de 9 anos, sei que nesta fase da minha filha de 21 meses e com um vôo diurno terei que levar muito entretenimento, lápis, gis de cera, livros para colorir, bonecas, tablet, play station portatil. eu também pedi com muuuuita antecedência os lugares da frente/corredor e já com meu filho quando ele era mais novo e já não cabia no bercinho eu levava sempre um edredon de berço forrava o chão e ee passava horas ali sentado a brincar e até nuns cochilos e eu nem me importava com a vergonha rsrsr… o importante era ele ficar confortável e tranquilo. bjs

    Responder
  2. Nidia - 24/05/13 - 16h03

    Dri,sempre comento que organização e planejamento fazem toda a diferença para você aproveitar qualquer viagem e a Isabella parecer ser bem tranquila, além de muito sorridente.

    Responder
  3. Fernanda - 24/05/13 - 18h41

    Dri, ótimas dicas, como sempre. Também moro aqui em UK e viajo com minha filha desde que ela tinha 4 meses (hj tem quase 3 anos), algumas vezes sozinha. Minha única observação é que nem todos os aeroportos/cias aéreas devolvem o carrinho na porta do avião. Então vale realmente checar com a cia. Você teve uma decisão super acertada em levar o canguru. No entanto, quando eles crescem um pouquinho mais, passa a ser um perrengue que pra falar a verdade não tem muita solução (eu pelo menos não encontrei). Porque segurar criança mais bagagem até a hora de pegar as malas (e durante todo o processo de imigração) é complicado! Depois que minha filha cresceu um pouco, comprei aquelas malas de mão que são meio que um carrinho e a criança vai em cima. Nào é a coisa mais prática do mundo, mas já ajuda… Parabéns pela filhota, ela é uma boneca! :)

    Responder
  4. Nathalia - 24/05/13 - 18h42

    Tô morrendo de rir imaginando a Bella “vendo” Downtown Abey no ipad com 4 meses! hahahahahah

    E tô super animada para chegar a minha vez de viajar com o meu pacotinho… mas como ainda falta muito, vou curtindo seus posts por aqui!

    Beijos

    Responder
  5. Adriana - 24/05/13 - 21h12

    Uma curiosidade! Vc viajou usando botas? Como eles pedem para tirar, no detector de metais, eu parei de usar por viajar com um bb e achar q só embola td! :)

    Responder
    • Adriana Miller - 24/05/13 - 22h48

      Nao, estava de sapatilha

      Responder
  6. Claudia Siqueira - 24/05/13 - 22h29

    A pior idade para viajar com crianças é logo após começarem a andar. É difícil manter uma criança de 1-2-3 anos sentada por muitas horas num avião. Por isso nessa idade só fazia viagens noturnas (graças a Deus os meus sempre dormiam bem em viagens).

    Responder
  7. Neyara - 24/05/13 - 23h16

    Dri, tô adorando os posts! Me diz uma coisa: como você fazia pra Bella dormir no voo? O meu está pequenino ainda (vai fazer dois meses) e só dorme sendo amamentado. Será que rola viajar assim?
    Beijão

    Responder
  8. Bruna - 24/05/13 - 23h26

    Achei muito educado da sua parte sentar no corredor. Não tenho crianças e confesso que detesto gente passando por cima de mim a toda hora para as emergências do bebê. Ah, se todas as mães e pais fossem conscientes como vc…

    Responder
  9. Larissa Lyra - 25/05/13 - 02h45

    Adriana, você viajou na primeira classe nessa vinda ao Brasil, né? o que achou? Valeu a pena a diferença no preço, uma vez que estava com Isabella?

    Responder
  10. Sara - 25/05/13 - 19h03

    Como diz o ditado: Mulher prevenida vale por duas. Certo? :D É um post muito bom este!

    Responder
  11. Paula - 27/05/13 - 15h43

    Drika! É tão difícil ler o teu blog porque bate uma invejinha tããão gostosa! Uma vontade looooouca de viajar! Mas ao mesmo tempo é tãão gosto ler e aproveitar as dicas que tu nem faz ideia!
    Parabééns pela nenê linda! Que com certeza vai adorar viajar também hahahaha Quem não gosta?
    Teu blog é lindo, maravilhoso e é minha inspiração! Além disso, mulher, quero ser que nem tu quando crescer! haha

    Responder
  12. Maitê - 27/05/13 - 16h30

    Eu ainda não viajei sozinha, mas mesmo acompanhada não abro mão de viajar a noite e de ter um ipad, netbook, celular ou qualquer equipamento que tenha a galinha pintadinha e backyardigans (rs……………).

    Minha filhota tem 9 meses, ainda não fica horas vendo desenhos e filmes … mas estes dois são os que mais prendem a atenção dela. Então por pelo menos uns 20 minutinhos consigo distrair a pequena (rs….).

    Dicas perfeitas as suas !!!!

    Beijinhos enormes e ótima semana !!!

    Responder
  13. Marta Alves - 28/05/13 - 16h15

    Ola Adriana!
    Eu vou de ferias com meu filho a Madri em Julho e aluguei pela Airbnb um apto em Madri na Calle de Bordadores, 11 é uma boa localização?e por favor a Airbnb enviou no meu email um recibo do aluguel, isto é o sufiente pasra apresentar no aeroporto ou vou precisar de outro documento referente a estadia?Beijos e agradeço a ajuda.

    Responder
  14. André Luis - 31/05/13 - 17h40

    rindo litros…
    …Downtown para baby?! :D
    Então a maior dica: é nunca viajar sozinho com um bebê.

    Responder
  15. Rafaela - 01/06/13 - 18h49

    Oi Dri,
    Assim como muitos sou super fã do seu blog e também mãe de um garotinho.
    Como eu sei que você influencia positivamente tantas mamães, queria dar uma sugestão para que você falasse em um post de como foi a amamentacao para você, parar e tb dar complemento. Falo isso porq essao pressão para nao da complemento enloquece tantas mamães e você lidou tão bem que acredito que se você falasse ajudaria muito
    Bjss

    Responder
    • Adriana Miller - 02/06/13 - 21h02

      Pois é, realmente é um tópico delicado, e concordo que toda Mae sofre com esse conflito!
      Mas sei lá, acho pessoal e privado demais pra ficar falando sobre isso na internet… Entao acho melhor nao dar minha opinião.
      Mas minha filosofia hoje em dia é: a Isabella é a prioridade numero 1, mas eu sou a prioridade numero 2! Criança feliz é aquela que tem uma Mae feliz – entao a partir do momento que amamentar nao estava mais sendo legal e 100% prazeroso, fui diminuindo aos poucos ate que ela parou de amamentar por conta própria.
      A decisão é sempre difícil, e cheia de conflitos, como tudo na maternidade, mas estou muito feliz com minha decisão, e acho que foi o melhor pra nos duas! E é isso que importa! :-)

      Responder
  16. Rafaela - 04/06/13 - 21h02

    Dri você e’ uma fofa por responder meu comentário . Pensando bem você tem razão mesmo , esse e’ um assunto além de privado delicado também , mas sua colocação foi muito correta.
    Bjss

    Responder
  17. Adriana Chen - 20/08/13 - 09h30

    Oi Dri, td bem? Vou voltar de NY pro Brasil no final do mes com minha filha de um mes e tenho um bugaboo cameleon. Vi que você tem o bee e não comprou a mala de viagem dele, queria saber se somente com aquele plástico ele fica bem protegido. Estou com medo de ele não proteger bem o carrinho..
    Alias, vc sabe se as cias los cost também oferecem berços?
    Obrigada!
    Alias, parabéns pelo blog, estava super receosa de voltar sozinha com a Melissa, mas depois das suas dicas, acho que não vai ser tão difícil assim!

    Responder
    • Adriana Miller - 20/08/13 - 13h43

      Eu achei que o plástico protege sim, e a das vantagens do Bugaboo é que tudo é lavável, entao se sujar e tal, é so lavar e ta novo! (Ja lavei varias vezes e fica numa ótima!!)

      Mas uma das vantagens do Bee, que foi o principal motivo de ter escolhido esse modelo e nao o Cameleon foi o fato de que o Bee fecha em uma peça só, enquanto que o Cameleon se divide em dois (a cadeirinha ou Moisés e a base), o que realmente complica na hora de despachar o carrinho ou desmonta-lo ja na porta do avião.
      Entao com p Bee realmente nao tivemos mesmo nenhuma necessidade da mala, mas com um carrinho de dias peças talvez seja ima boa odeia.
      Porém eu ouvi vários comentários de amigos e fóruns que se vc usar uma “mala” pra despachar ou levar seu carrinho, algumas cias aéreas vêem iso como uma mala extra e te cobram a mais (ja com o carrinho “pelado” vc tem direito a levar sem pagar nada), entao antes de comprar a mala é bom verificar se vc vai poder leva-lá sem pagar extra.

      Responder
  18. Gisela - 22/08/13 - 18h11

    Que espetaculo seu blog! Com qtos meses estava a sua baby girl qdo vc viajou sozinha com ela pe;a prmeira vez? bjk

    Responder
    • Adriana Miller - 22/08/13 - 19h26

      Ela tinha 2 meses e meio quando voo pela primeira vez, e 3,5 quando viajei sozinha com ela da Inglaterra pro Brasil.

      Responder
  19. Daniela Helena - 23/11/13 - 12h35

    Ola Adriana.adorei seu blog tirei um Monte de duvidas, estou Indo de viagem de portugal ao brasil com Meu bebe de 5 meses e agora ja me sinto mais segura com suas dicas e a tranquilidade q VC passa com suas experiencias…tenho um a duvida, VC deu formula em PO pra Isabella no voo,como faz pra esterilizar a mamadeira?
    obg
    bjos

    Responder
    • Adriana Miller - 24/11/13 - 03h59

      Nao esterilizei.
      O pediatra liberou para de esterelizar tudo com uns 2 meses de idade da Isabella (é uma liberdade se livrar disso!).

      Responder
  20. Renata - 11/01/14 - 02h43

    Olá. Vc levou sua bb no canguru e tb o carrinho até a porta do avião? E em caso de embarque com ônibus e sem finger como faria? Vou fazer uma ponte aérea sozinha com meu bb de três meses e estou na duvida se vou com canguru e despacho o carrinho+bb conforto e uso o canguru ou se vou de carrinho até o avião, mas tenho medo de desembarcar em ônibus ..meu carrinho e o Jogger. Me ajuda?!rs

    Responder
  21. Ana Taleska - 27/01/14 - 02h57

    Oi Adriana… Obrigada pelas dicas… Ja morei 10 anos na Europa, viajava mais de 50x no ano de aviao e nunca tinha parado pra reparar em alguma mae com bebe…

    Agora minha Izabela tem 7 meses e amanha estaremos embarcando pra Cancun. To apavorada!!! Carrinho?? Mala?? Bolsa?? Bebe conforto!!! Meu Deus!!!

    Me ajudou bastante, obrigada mesmo… Agora eh so esperar pra ver no que vai dar… :)))

    Responder
  22. Alessandra - 02/06/14 - 19h13

    Ola Andriana!

    Adorei seu blog! Estou devorando ele entre uma soneca e outra das minhas filhotas.
    Eu tenho duas bonequinhas de 6 meses e já viajei com elas para Buenos Aires quando tinham 4 meses, apesar de todos falarem que eu e meu marido éramos loucos de fazer isso. kkkk Deu tudo certo!
    Também sou apaixonada por viagens!
    Agora pretendo voltar a Londres com elas e queria saber se existe o leite NAN ai?
    Obrigada

    Responder
    • Adriana Miller - 02/06/14 - 19h31

      Não existe não…
      Se vocie não quiser trocar de marca, melhor trazer bastante estoque.
      (aqui encontramos Aptamil – que também tem no Brasil – Cow and Gate e SAM, caso você queira pesquisar).

      Responder
  23. Paula - 19/02/15 - 19h00

    Dri, adorei seu blog. Daqui um mês viajo pra Cape Town sozinha com meu pacotinho, que ja tem 2 anos. Estou MEGA ansiosa e preocupada. Será um voo noturno, creio que va facilitar muito. Minha tensao, sinceramente, é mais pras horas de espera, na sala de embarque. Estou com o formulario da policia federal, que o meu marido autoroza a viagem. Fiz 3 vias e uma versao em ingles, todas com copias de passaporte e rg, devidamente autenticados. Informei que precisaria de comida para crianca… Mas nem sei o que sera servido. Meu filho nao é acostumado a comer aquelas papinhas da nestle, mas penso que seria conveniente levar ne? Levar fruta, biscoitinho, danoninho… Sera que é tranquilo? Em um
    Post antigo, entendi que o maximo que pode acontecer é eu ter de provar, ne? Acho que é isso… Se lembrar de alguma coisa, por favor, me de dicas!!! Obrigada bjs

    Responder
    • Adriana Miller - 20/02/15 - 08h38

      A Isabella com 2 anos nao aceita mais papinhas de potinho… entao melhor levar outras opcoes, caso ele nao goste da comida do aviao (se vc pediu comida de crianca, provavelmente vai ser algum potinho ou comida gororoba… eu peco sempre a comida normal, pois assim tem mais chances dela comer, pois geralmente servem macarrao, arroz com legumes e coisas do tipo…).
      Pode levar iogurte, biscoitos, frutas, queijo amarelo… o que seu filho noramlemte come de lanche. Eu as vezes levo tambem comidas mais praticas e mais “de verdade” do que biscoitos, tipo almondegas de frango ou nuggets (que faco no forno), ou salsicha de frango, que sao faceis de carregar na viagem ,feaceis de dar pra crianca em qualquer situacao (nao precisa de prato, talher, babador, etc), e apesar de nao ser a refeicao maaaais saudavel do mundo, pelo menos ele vai ter um pouco de proteina, frutas, carboidratos, etc Entao fome ele nao passa!

      Responder
  24. Taina Fernandes - 20/01/16 - 14h54

    Oi Adri adorei o post, obrigada por compartilhar suas experiências! Tenho uma dúvida se você poder me ajudar=). Vou viajar com minha filha de 4 meses para o Brasil, moro em new jersey então será uma viagem um pouco longa. Na ida meu marido vai junto mas na volta estarei sozinha com a Duda. A minha dúvida é sobre minha bolsa, se é melhor levar uma bolsa ou uma mochila. A Duda não gosta muito do canguru infelizmente! Vou levar o sling para ajudar nas trocas de fralda no banheiro e a bolsa dela. Tenho medo de levar mala de mão e ficar muito coisa para carregar, bebe, bolsa de fralda, minha bolsa e mala de mão! O que você sugere! Ah pensei na mochila pelo fato de no Brasil está 30 graus e aqui -5, então vou precisar trazer na bolsa um casaco. Obrigada! Abraço!!

    Responder
    • Adriana Miller - 26/01/16 - 09h17

      Quanto mais voce conseguir suas maos livres, melhor, principalmente se sua filha nao gosta de sling ou canguru. Entao nesse caso a mochila realmente sera a melhor opcao.

      Responder