12
Jun
2013
Les Baux de Provence
Escrito por Adriana Miller

Muitos séculos antes de sua fama turística, Les Baux já exercia um domínio na região – só que era um domínio feudal: os senhores feudais que moraram no castelo de Les Baux ao longo de várias gerações dominavam cerca de 79  cidades da vizinhança, controlando o fluxo comercial, de impostos e pessoas da vizinhança.

O feudalismo acabou no século 12, e a cidade foi assimilada pelo reino Francês até que no século 15, a cidade foi doada a família Grimaldi, de Mõnaco, que até hoje usa o título “Marquis des Baux” para identificar o herdeiro do trono (mais ou menos como a coroa Britânica usa o título “Principe de Gales” para identificar o herdeiro ao trono).

Hoje em dia a realidade de Les Baux é muito diferente, mas sua presença na lista das cidades mais bonitas da França (“Les Plus Beaux Villages de France”, assim como Gordes) garante que essa cidadezinha esquecida no tempo continue no topo da lista de quem visita a Provence.

Eles vivem inteiramente do turismo, com uma população oficial de apenas 22 residentes!

Outra característica de Les Baux são seus minérios, principalmente um derivado de alumínio, que foi descoberto nos arredores da cidade (e que portanto em Francês tem o mesmo nome, “Bauxite”), mas que depois de séculos de exploração desenfreada, deixaram apenas grutas e minas vazias…

Mas para uma cidade que vive de turismo, isso não chega a ser um problema, e uma de suas principais atrações atualmente é a gruta-galeria “Carrières de Lumières”, com exposições interativas de arte e música nas paredes da gruta (que foi um sucesso absoluto com as crianças da viagem!).

Eu sei que descrever uma cidade como essas falando que “parou no tempo” é mega clichê, mas realmente não consigo encontrar outros adjetivos!

A autenticidade e o peso dos séculos de história estão em cada esquina, com aquela sensação de tudo ainda esta no mesmo lugar, mas sem estar caindo aos pedaços.

A atração principal é o castelo, que hoje em dia esta em ruínas, mas ocupa uma posição de destaque no topo da cidade, dominando a paisagem e impossível de ignorar!

Lá em cima ha pouco pra ver – mas basta olhar pra baixo e se maravilhar! É de lá que temos as melhores vistas de Les Baux e é possível apreciar o domínio e imponência da cidade em sua vizinhança!

No caminho para Les Baux fica Saint Remy, outra das principais cidade da Provence, mas que infelizmente não conseguimos visitar (preferimos passar mais tempo e visitar Les Baux com calma), mas com um pouco mais de planejamento, pelo pouco que vimos, vale demais a pena parar por lá!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: França, Les Baux, Provence, Viagens
8