22 Oct 2013
58 comentários

Dica de viagem: Cruzeiro com bebês e crianças

Baby Everywhere, Cruzeiro, Cruzeiro no Caribe, Cruzeiros, Dicas de Viagens, Estilos de Viagem, Viajando com crianças

Depois de varias viagens de avião, trem e carro com a Isabella em seus primeiros 6 meses de vida, finalmente tomamos coragem de fazer um cruzeiro – dai que entre as muitas duvidas que tínhamos em relação a viagem (foi nosso primeiro cruzeiro), também bateram muitas dúvidas sobre como seria viajar de navio com um bebê pequeno.

Cruzeiro com bebês

Por um lado eu sabia que seria uma viagem “fácil” e confortável, e foi justamente esse o principal motivo pelo qual nos convencemos a encarar um cruzeiro: não teríamos que ficar trocando de hotel toda hora, muitos elevadores e uma ótima infra estrutura, de hotel 5 estrelas.

Mas ainda assim tivemos o cuidado extra de pesquisar bem e fazer muitas perguntas e certificar que estávamos preparados!

– Reservas:

Pra nossa decepção, bebes e crianças pagam tarifa inteira em Cruzeiros e não recebem desconto, nem pagam preços simbólicos como acontece em aviões e hotéis.

Pois eh, bebes de colo e crianças de qualquer idade pagam o mesmo perco de um adulto, o que foi um certo susto para nos, já que por enquanto não temos tido nenhum gasto extra pra viajar com a Isabella (em aviões bebes ate 2 anos pagam penas as taxas ou um valor simbólico se viajarem no colo dos pais, e geralmente ficam de graça em hotéis, ou então pagam apenas uma taxa de aluguel de berço) – eu ate entenderia que crianças maiorzinhas ou acima de um ano pagassem um preco proporcional (afinal tem muito entretenimento para crianças, comida 24 horas e tal), mas um bebe que mal comia papinhas, nao tinha idade pra participar de nenhum evento ou atividade infantil e tampouco ocupa espaço algum no navio nao deveria ter que pagar preço de adulto…

O unico “desconto” disponível sao eventuais promoções para terceiro ou quarto passageiro na mesma cabine, o que pode ser super vantajoso para famílias com crianças maiores ou adolescentes dividindo o quarto dos pais, pois os descontos podem chegar a 50% da terifa cheia.

Outro fator limitador para viajar com bebes em navios eh a idade mínima, ja que o bebe deve ter pelo menos 6 meses completos na data de embarque. Entao acabamos adiando nossa viagem em cerca de um mês para que ela pudesse viajar sem problemas (o que nao chegou a ser um problema).

– No balanço do mar…

O meu maior receio sobre fazer um cruzeiro era passar mal e me sentir enjoada (geralmente passo mal soh de ver barcos ancorados balançando no mar… blerg!), entao fiquei apavorada que algo do tipo pudesse acontecer com a Isabella!!

Então conversei com o pediatra e pesquisei bastante – além de me acalmar e reforçar que cruzeiros na balançam tanto assim, levei dramim pra mim e Dramim infantil pra ela, que seria apenas em ultimo caso.

20131022-201750.jpg

Acabou que o medo foi infundado e nem eu nem ela sentimos nada – eu confesso que ainda senti um pouco mais o lado psicologico de estar numa “caixa flutuante” em alto mar, mas a Bella ainda eh imune a essas paranoias, entao ficou super bem!

– Espaço e cabines:

Nós tivemos cuidado em escolher uma boa cabine – longe de ser a maior e mais luxuosa do navio, mas também nao foi a menor e mais baratinha. Mas ainda assim eu nao sabia o que esperar em relação ao tamanho e espaço disponível para todos nos e mais as malas e tralhas de bebe.

Para nossa surpresa as cabines acabaram sendo bem maiores do que eu imaginava, e tivemos espaço de sobra para o carrinho e um berço.

Ah! E vale frisar: no ato da reserva, ja aproveite e peca pra reservar também um bercinho para seu bebe. Nao tem nenhum custo adicional, mas como a quantidade de berços disponíveis eh limitada e cruzeiros sempre sao cheios de crianças, eh sempre bom nao bobear e reservar logo o seu.

20131022-201636.jpg

Entao quando fizemos check in e fomos pra nossa cabine, a caminha da Isabella ja estava prontinha esperando!

A cabine tambem tinha muitos armarios e um frigobar de bom tamanho, entao alem de desfazer todas as malas e organizar as nossas cosias e as roupas dela, tambem separamos umas portinhas pra guardar fraldas, lencinhos, leite em po e pronto, papinhas, potinhos, etc.

20130721_173531

E o banheiro, apesar de nao ser muito grande, tinha uma pia espaçosa o suficiente e com bastante prateleiras, entao tínhamos espaço de sobra pra lavar e secar mamadeiras e roupinhas.

– Infra estrutura e atividades:

Quanto maior for seu filho, mas eles vao aproveitar, isso eh fato!

Cruzeiro com bebês e crianças

Cruzeiros sao mesmo um programa bem familia e els fazem de tudo pra manter as crianças super entretidas e seguras e os pais tranquilos!

Entao todos os cruzeiros tem uma area de “kids club” com muitas atividades todos os dias, tipo um playground interno e externo.

Alem disso, todos os dias eles organizam gincanas, aulinhas (de musica, de culinária local, de dança, de pintura, etc) que ocupam parte do dia (para que os pais possam sair do navio e passear nas ilhas tranquilamente) e ate mesmo de noite (para que os pais possam jantar, ir no casino, nos musicais, etc).

No nosso navio a idade mínima para o kids club era 2 anos, entao a Isabella nao pode participar de nada, mas como estávamos com minha sogra, ela foi nossa babysitter quando demos nossas escapulidelas! :-)

Porem eles nao oferecem serviço de babysitter no seu próprio quarto (como muitos hotéis oferecem), mas eles tem um esquema tipo “berçário” para bebes menores durante a noite, e então se os pais quiserem jantar e assistir um musical por exemplo, podem deixar o bebe dormindo no berçário com as “tias” (e também oferecem o mesmo serviço durante o dia, se os pais quiserem fazer um passeio nas ilhas, ou curtir o spa, etc)

O que eu gostei mesmo foi do cuidado que eles tiveram com a segurança das crianças a bordo!

20130722_141427

Logo nas primeiras horas dentro do navio, fomos levados a uma salinha especial com mais algumas dezenas de pais e seus bebes, onde nos explicaram direitinho como proceder em caso de emergência, como usar o berço salva vidas para bebes, como contactar o serviço medico e mais qualquer outra duvida sobre a vida em alto mar com um bebe de colo.

Foi tao tranquilizador! E quando chegamos de volta no quarto o bercinho flutuante da Isabella já estava nos esperando, e ficou guardado junto com nossos salva vidas.

Para crianças maiores, eles dão uma pulseirinha identificadora especial, identificando os pais, a area de emergência, cabine etc. Então caso ocorra uma emergência quando seus filhos nao estiverem com voce, qualquer funcionario saberia identificar seu filho e leva-lo para sua area de emergência.

Uma outra regrinha, mas que me decepcionou um pouco, foi que bebes e crianças de fraldas não podem entrar nas piscinas do navio. Entendo perfeitamente, pois afinal basta um “vazamento” de fralda pra estragar as ferias das outras milhares de pessoas a bordo, mas por causa disso acabamos nao usando nenhuma das piscinas do navio.

De resto, os cruzeiros realmente sao feitos pra bebes e crianças e foi tudo TÃO fácil! Elevadores em cada esquina, corredores largos, ambientes confortáveis e espaçosos…!

– Comida e alimentação:

Quando fizemos nosso cruzeiro a Isabella tinha acabado de fazer seis meses, então ainda estávamos no iniciozinho da introdução de sólidos, papinhas e comidas de verdade, então estar num ambiente diferente nao atrapalhou muito nao, pois na época ela nao fazia mais que 1 ou duas refeições “sólidas” por dia, e o resto era todo leite.

Então levei bastante papinhas prontas de sabores já testados e aprovados, e no café da manha e no almoço aproveitava para dar alguma papinha de fruta amassada, ou creme de espinafre, pure de batata, caldo de sopa etc, pra ela comer um pouco de comida “de verdade” também – mas hoje em dia as papinhas disponíveis são tão saudáveis e gostosas que nao me estressei muito não! Estávamos todos de ferias e eu queria era ser prática (e nem sequer sou a mãe neurótica da papinha orgânica-feita-na-hora-esterelizada-filtrada-benzida).

Se fosse hoje em dia, que ela ja come varias vezes por dia, mas ainda não tem dentes nem mastiga comida sólida mesmo, acho que a alimentação seria mais complicada.

Teríamos que usar muito mais papinhas prontas, muitas frutas e legumes, e pedir pra cozinha “liquidificar” alguns pratos pra ela.

Mas para crianças maiorzinhas eh o paraíso, pois as opções de pratos para todos os gostos sao realmente muito boas, e deve ser impossível não achar alguma coisa que seu filho adore comer num navio!

– Lavanderia:

O cruzeiro foi a primeira viagem “longa” (mais que um fim de semana) que fizemos com a Isabella em que não ficamos numa casa (alugada, apart hotel ou casa de amigos e família) então eu não sabia direito o que esperar em relação a falta de infra estrutura de “casa”, e meu maior receio era não ter uma maquina de lavar e secar roupa a mão!

Porque não tem como negar: criança se suja mesmo (e tem mais eh que sujar mesmo!), rola no chão, baba tudo, entorna comida, a fralda vaza.

E por mais que você leve roupas suficientes pra viagem toda, o volume de roupa suja eh muito grande, e raramente conseguimos reaproveitar alguma peca.

20130725_020546

Mas para minha surpresa navios sao super bem equipados nesse quesito!

Além do esquema de lavanderia de hotel (que você coloca sua roupa suja num saquinho da lavanderia e a camareira leva embora, e eles lavam, secam e passam e devolvem no seu quarto tudo prontinho no dia seguinte – por um preço bem alto!) eles também tinha varias lavanderias espalhadas pelos corredores das cabines, como se fosse uma laundromat mesmo:

Maquinas de lavar, secar e tábuas de passar roupa operadas com moedinhas de livre acesso para todos os hospedes, além de maquinas que vendinham porcões individuais de sabão em pó e amaciante. Super pratico!!

– Outras dicas praticas:

Pegando carona no tópico acima, outras dicas de viagem que eu sempre uso, mas que foram especialmente úteis no navio foi montar um kit “copa-cozinha” para a Isabella para levarmos em viagem.

20131022-201541.jpg

Esse kit inclui uma esponja de lavar mamadeira, um frasco miniatura de viagem com detergente de pia, frasco miniatura de detergente de roupa (caso precise lavar alguma coisa a mão rapidinho na pia do banheiro) e aquelas canetinhas com detergente anti-manchas (para aplicar nas roupas antes de lavar para evitar manchas de comida, fralda, de brincar no chão, etc).

Esse kit tem viajado conosco para tudo quanto é canto, porque mesmo quando alugamos uma casa, sempre precisamos de “instrumentos” específicos para coisas de bebe (tipo, lavar mamadeira sem uma escovinha própria eh impossível!) e tem sido muito pratico e muito útil!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
58 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
58 comentários
  1. Priscila - 22/10/13 - 21h24

    Excelente post, Dri! Adorei a parte “papinha orgânica-feita-na-hora-esterelizada-filtrada-benzida”. hahahahaha Ri um bocado!

    Responder
    • Adriana Miller - 23/10/13 - 10h56

      Mas não é?
      Cada mãe sabe o melhor pro seus filhos, mas essa coisa de passar a vida esterilizando tudo que a criança encosta, tudo tem que ser orgânico, tudo tem que ser educativo… ai, cansa minha beleza, e acho muito hipocrisia. Não quero criar minha filha numa bolha não :-)

      Responder
  2. Barbara - 22/10/13 - 22h41

    Muito bom o post, adorei recordar os cuidados que são precisos para com um bebé num cruzeiro. Gostaria só de fazer uma ressalva, viajei com a companhia Costa Cruzeiros e com uma bebé de 14 meses e ela pagou apenas 300€! Nem todas as companhias cobram o preço de um adulto para um bebé. Assim recomendo a quem tem bebés o Costa Cruzeiros. Porque de resto as facilidades são as mesmas!

    Responder
    • Adriana Miller - 23/10/13 - 10h54

      Obrigada Barbara!
      Mas então, a Isabella também acabou pagando só isso mesmo, pois teve o desconto de 3º passageiro na nossa cabine, mas ainda assim achei absurdo cobraram cerca de 50% do preço de um adulto para um bebê de colo.

      Responder
  3. Beatriz - 22/10/13 - 23h22

    Adorei o post, mesmo não tendo filhos ainda :} Fiquei curiosa: as caixinhas azuis na prateleira são de papinha/leite? Não me lembro de já ter visto aqui no Brasil comida para bebê em caixinha estilo tetra pak!

    Responder
    • Adriana Miller - 23/10/13 - 10h52

      São caixinha de leite, já prontos! Suuuuper pratico!
      Usamos demais em viagens e quando vamos passar muito tempo na rua com a isabella. Não precisa ficar carregando agua + pó, fazendo misturas, dosador, etc. Uma mão na roda!
      Mas infelizmente no Brazil ainda não existe…

      Responder
  4. Mariana - 22/10/13 - 23h27

    Bellinha é amor. Sem mais.

    Responder
  5. Flávia - 23/10/13 - 01h07

    Oi Dri…. acho que nunca vi um post sobre amamentação, pq vc não escreve isso no blog?
    Bjos

    Responder
    • Adriana Miller - 23/10/13 - 10h50

      Eu acho amamentaçnao um tema muito delicado, onde todo mundo se ofende rápido, se sente julgado ou já começa a julgar, então prefiro não falar sobre isso.
      Já respondi muitas perguntas a respeito sobre como foi a minha experiência, o que deu certo e o que deu errado, mas como quase tudo na area delicada da maternidade, acho que cada qual que cuide de seu cada um, e prefiro ficar fora dessa. :-)

      Responder
  6. Regiane - 23/10/13 - 12h14

    Oi Dri, tenho um bebê de 1 ano e 3 meses e já tive a experiencia de ir pro Nordeste com ele (moro em MG). Gosteimuito do seu post e tenho só uma perguntinha: achei super prático esse detergente de roupas “travel mode”. Aí na Inglaterra é vendido em supermercados? Vc já viu algo parecido aqui no Brasil?

    Responder
    • Adriana Miller - 23/10/13 - 12h19

      Sim, encontramos em supermercados ou na seçnao de produtos/embalagens pra viagem das farmácias.
      NUnca vi disso no Brasil, mas pra falar a verdade nunca procurei.
      Se você não encontrar nada que já seja assim “pronto”, você podo colocar o detergente liquido num potinho menor, proprio pra viagem (foi o que fizemos com o detergente de louça – aqui vende em tamanho pequenininho também, mas não achei a tempo, então usei o detergente normal que tinha em casa e coloquei num potinho de shampoo pra viagem).

      Responder
      • Regiane - 23/10/13 - 12h48

        Obrigada.. Realmente é uma boa dia. Na nossa viagem, levamos nossa escova de mamadeiras (que se acabou ao final e jogamos fora)mas compramos detergente de louça num mercado local (e eventualmente desperdiçamos, largando o resto pra trás). Vou seguir essa dica a partir de agora. Abraço.

        Responder
        • Adriana Miller - 23/10/13 - 13h06

          Eu gosto desse tamanho pequeno porque ai podemos levar na mala de mão – nunca se sabe quando um voo vai atrasar, ou se teremos um acidente de percurso, então gosto de ter esses produtos a mão (que precisam ter menos de 100ml).
          Ja aconteceu de ter que lavar mamadeira no aeroporto, e uma vez a Isabella derramou um copo inteiro na minha roupa (era vinho, então pra não manchar, já fui correndo no banheiro lavar com o detergente de roupas! Foi a sorte! Eu tinha uma outra muda de roupa pra vestir – também sempre levo – mas pelo menos consegui salvar minha blusa!)

          Responder
  7. Leticia - 23/10/13 - 16h15

    Fiquei com uma dúvida, pode ser boba pq ainda não tenho filhos, e o banho? No chuveiro mesmo? Ou vcs levam banheirinha (tralha!)!
    Bjs

    Responder
    • Adriana Miller - 23/10/13 - 17h01

      ótima pergunta! Esqueci de falar sobre isso!
      No navio, e em todas as viagens com a Isabella levamos uma piscininha inflável, dessas de praia mesmo e usamos no chuveiro/banheira dos hoteis, casas alugadas, cruzeiro etc.
      São confortáveis pro bebê, leves e fáceis de carregar. É só desinflar e colocar na mala!

      Responder
      • Beatriz - 23/10/13 - 22h54

        Que máximo! Nossa, Dri, você é tão prática em tudo hahaha estou aprendendo muito.

        Responder
  8. natalia bulhoes - 24/10/13 - 14h55

    Obrigada pelas dicas..vou ir a um cruzeiro internacional com meu baby e ja estava desesperada. Ele tem apenas 6 meses. Um beijo sua linda.

    Responder
    • Adriana Miller - 24/10/13 - 15h10

      Foi super tranquilo Natalia!
      A Bella tinha cabado de fazer 6 meses quando viajamos e ela ficou numa boa!
      Faremos muitos outros cruzeiros com ela com certeza!

      Responder
  9. Boia Paulista - 28/10/13 - 14h17

    Oi, Dri. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.

    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    Responder
  10. Daiana - 08/11/13 - 02h33

    Oi Dri. Ótimo post! Meu filho tem um ano e dois meses. Já viajamos um bocado com ele. Na próxima semana vamos a Miami e de lá sairemos para um cruzeiro de 7 dias. Lendo seu blog fiquei um pouco mais tranquila. Minha preocupação maior é com a comida e com itens que possam faltar, como por exemplo, fraldas (levo sempre um horror de coisas). Minha pergunta é: tem no navio alguma loja para comprar estes itens de higiene para o bebê? Vamos no Carnival também. Beijo grande.

    Responder
    • Adriana Miller - 08/11/13 - 02h40

      Nao, nadinha a bordo. Tem que levar tudo mesmo (tambem levo um horror de coisas).
      Mas nao esqueça que a cada dia você vai desembarcar numa ilha diferente, e nelas encontrará supermercados, farmácias e tals. Alguns lugares são ótimos, outros péssimos, mas sempre da pra quebrar um galho (mas eu levei tudo, pra nao passar aperto e nem gastar tempo das ferias catando supermercado…)

      Responder
  11. RENATA KNABE - 11/11/13 - 18h32

    Olá, tenho dúvida em relação ao carrinho…vi que a Isabella está dormindo em um…é do navio ou seu? E se pode levar…Grata, Renata

    Responder
    • Adriana Miller - 12/11/13 - 12h15

      Esse carrinho eh o meu mesmo.
      Voce pode levar o seu proprio carrinho sem problemas, e que eu saiba o navio nao fornece carrinhos para bebe (mas eles fornecem berco, basta fazer reserva com antecedencia).

      Responder
  12. RENATA KNABE - 18/11/13 - 13h14

    Bom dia, pelo que li vc levou leite pra filhota né Adriana? Mas poderia levar tb papinha congelada, caseira? É que tenho receio de dar comida do navio pra minha filha, ela viajará com 10 meses, estou um pouco receiosa…o que vc acha?
    E em relação as piscinas, esse cruzeiro que farei é de 5 dias, aqui no Brasil mesmo, mais tranquilo, ela pode usar a piscina, mas vc acha que tem algum problema? Em relação ao uso de mtas pessoas e tal…
    Grata
    Abraço
    Renata

    Responder
    • Adriana Miller - 18/11/13 - 13h51

      Sim, levei muito leite, muita fralda e muito tudo que achei que poderia precisar ) no navio não vende nada pra bebes).
      Quanto as papinhas, olha, eu não levaria.
      Mas isso é individual de cada mãe…
      Acho que daria uma trabalheira desnecessária antes e durante as ferias (afinal onde vc vai manter as papinhas congeladas?! Onde vai descongelar, esquentar? Preparar?), e como são apenas 5 dias, não vejo problema nenhum em dar papinhas prontas + legumes/vegetais/frutas no navio.

      Se o seu navio permite que um bebe de 10 meses use a piscina, então aproveite!
      A minha filha faz aula de natação e frequenta piscina desde os 4 meses e sempre adorou!
      Mas o cruzeiro que fizemos, por questões de segurança e higiene não permitia crianças de fralda (e não esqueça de levar fraldas de nadar mesmo, caso ela possa entrar na água com você).

      Responder
  13. RENATA KNABE - 21/11/13 - 13h39

    Entendi Adriana, mto obrigada pelas dicas!!!
    Bjs a vc e a sua princesa!

    Responder
    • Betina - 20/01/14 - 12h34

      RENATA KNABE qual o navio que você vai (ou já foi) que pode levar bebês na piscina?
      Pretendo viajar com minha filha de 1 ano e 4 meses, mas se não puder usar a piscina, acho que não será tão bom quanto se pudesse…
      Fico no aguardo.
      Grata
      Betina

      Responder
      • Adriana Miller - 20/01/14 - 13h36

        Se nao me engano os navios da Disney possuem uma piscina especifica para bebes e criancas nao desfraldadas.
        (ate porque nos navios “normais” as piscinas sao relativamente pequenas e bem lotadas, com muitos adultos bebedo e criancas maiores brincando/mergulhando etc e nao achei seguro para um bebe pequeno. No navio que fomos nao senti vontade de entrar na piscina, e muito menos levar minha filha na piscina comigo).

        Responder
  14. Aline - 28/11/13 - 12h18

    Oi…
    Adorei o post, porem tenho uma filha de 1 ano e meio e fizemos um cruzeiro com a companhia msc cruzeiros e ela pagou somente proporcional a idade dela!
    Acho que cada cia marítima tem suas regras, portanto essa informação não vale para todos os navios!
    =)

    Responder
  15. Ana Lúcia - 07/12/13 - 17h36

    Uma duvida… Vou fazer um cruzeiro de 7 dias com um bebe e…Aonde lavo as mamadeiras?????

    Responder
  16. Patricia - 05/01/14 - 00h44

    Eu e meu marido estamos pensando em fazer um cruzeiro Zenith com a nossa bebê que terá acabado de fazer 6 meses na época. Pensei em levar a minha sogra também. Como vocês fizeram? Ela ficou em um quarto à parte ou no mesmo quarto que vocês e a bebê?

    Responder
    • Adriana Miller - 05/01/14 - 09h40

      Minha sogra ficou num quarto separado, só pra ela.
      Mas reservamos uma daquelas suites que são conectadas, com dois quartos, o que facilitou bastante a logística com bebe.
      Minha filha ficou no nosso quarto, mas passou algumas noites no quarto da avó também.

      Responder
  17. Fabiana - 07/02/14 - 11h51

    Amei seu post….vou fazer um cruzeiro pela Royal Caribean e gostaria de saber se nos berçarios as babás sao pagas pra cuidar dos bebes, vc chegou a deixar a sua filha? Como funciona esta parte, tem que agendar a entrada no bercario?

    Responder
    • Adriana Miller - 07/02/14 - 13h24

      O bercario para criancas menores de 2 anos funciona apenas algumas horas por dia, e eh um bercario de creche mesmo, e os bebes nao tem uma baba especifica, apenas “cuidadoras” que supervisionam varios bebes ao mesmo tempo.
      Nos acabamos nao utilizando esse servico, pois minha sogra estava com a gente, e os horarios que queriamos usar o bercario (por exemplo hora do jantar de gala ou para assistir um musical), o servico nao era prestado.
      E por questoes de seguranca, eles nao oferecem servico de babysitter individual, onde uma baba fica no seu quarto so cuidando do seu bebe…
      Mas sim, todos os servicos do bercario e Kids Club (para criancas mais velhas) sao pagos a parte.

      Responder
  18. Thais - 23/04/14 - 01h51

    Vc então não esterelizava as mamadeiras?

    Responder
    • Adriana Miller - 24/04/14 - 10h38

      Quando ela ja estava com 6 meses de idade, nao esterelizava mais.
      O pediatra so achou necessario nas primeiras semanas de vida (ate uns 2 meses apenas), depois disso se torna um exagero, pois os bebes ja tem um sistema imunologico mais forte (e que precisa ser fortalecido ainda mais).
      E ela nunca, NUNCA teve problemas por causa disso.

      Responder
  19. Fabiana - 09/09/14 - 02h15

    Boa Noite Adriana,gostei muito da sua descrição na viagem,e vou agora no final do ano,por favor vc esquentava onde a mamadeira?Obrigada!

    Responder
  20. Fabiana - 10/09/14 - 01h28

    Muito obrigada Adriana!!!bjs

    Responder
  21. Fabiana - 10/09/14 - 01h35

    Vc está certa,fiz errado,não dou leite quente,dou uma “esquentada” dá uns 15 segundos,em outras viagens que fizemos não tivemos problemas,pela disponibilidade de um micro-ondas nos hotéis,ou a gentileza de comissários e atendentes nos fazer esse favor,como será a primeira em Cruzeiro,fiquei preocupada,mas a Manuela já está tomando no copo,mas uma vez ou outra,principalmente quando viajamos ela pede a mamadeira,muito obrigada pela atenção!!!

    Responder
  22. […] que eu acho que gostei tanto da experiencia no meu primeiro cruzeiro, foi justamente por ter achado uma viagem tão fácil de se fazer com bebe pequeno. Tudo é tão confortável, tão cômodo, sem […]

    Responder
  23. Karla Ortiz - 13/08/15 - 00h24

    Oi Dri. Mais que acompanho seu blog, eu e meu marido AMAMOS viajar também. E agora nosso bebê está a caminho. Queremos acostumar nosso filho desde pequenininho a viajar e nosso próximo plano é fazer um cruzeiro para Buenos Aires. Na data da viagem ele terá 4 meses. As vezes penso que será super tranquilho, cômodo. Mas também fico com um pouco de medo… Qual sua opinião?

    Responder
    • Adriana Miller - 13/08/15 - 08h57

      Bem, tudo muda, e esse eh o melhor conselho alguem pode te dar. Algumas cosias mudam pra melhor, outras simplesmente se tornaram diferentes, e outras serao piores. Aos poucos voces vao descobrindo como a familia se adapta durante as viagens, e sempre lambrandoq ue nao existe “regra” fixa, e a cada nova fase do seu bebe, as necessidades e prioridades serao diferentes.

      Sobre fazer um cruzeiro, com 4 meses ele nao podera embarcar, pois a idade minima para fazer cruzeiros sao 6 meses de idade completes antes do embarque (nos tivemos que adiar nosso cruzeiro por mais de 1 mes por causa disso tambem). Por questoes de seguranca e saude as cias maritimas na aceitam bebes muito pequenos mesmo.

      Responder
      • Karla Ortiz - 13/08/15 - 15h20

        Obrigada Dri. Consegui conversar com um médico pediatra também e ele não aconselhou. Vamos procurar outra viagem. Beijo até mais.

        Responder
        • Adriana Miller - 13/08/15 - 15h43

          Pois eh, melhor esperar mais uns 2 meses mesmo.
          Um cruzeiro eh uma ooooootima opcao com crianca pequena! TAO facil e confortavel! Eu adorei a experiencia nos dois cruzeiros que fiz, e quando fiz cruzeiro com minha filha 9que na epoca tinha 6 meses) realmente foi fcilimo, stress zero, e uma otima “introducao” ao mundo das viagens com criancas!
          Repetirei com o Segundo filho com certeza!

          Responder
          • Andresa - 22/03/16 - 21h07

            Comprei msc cruzeiros pra 2017 e depois descobri que estava gravida. pelas contas o bebe estará com 4 meses no embarque. Liguei lá e falaram que não tem limite mínimo de idade. Também não pagará nada além de taxas portuárias (500 reais). Por enquanto estamos decididos a levar.

            Responder
  24. thais martins - 04/09/15 - 23h48

    Ola Dri gostei muito do seu post estou com viagem marcada de navio para janeiro de 2016, minha bebe vai estar com um ano e ja estou mais tranquila com sua experiencia tirei varias duvidas estou tranquila

    Responder
  25. Karla Ortiz - 10/01/16 - 19h13

    Oi Adri tudo bem? Olha eu aqui de volta rsrs vou levar meu pequeno na primeira viajar internacional, ele vai estar com 11 meses. Estou pensando em levar todas as fraldas necessarias daqui, fica dificil comprar fora? tenho medo de nao achar… Vamos Copenhagem, Amsterdam, Russia, Finlandia, Estonia sera que nos paises balticos fica muito frio em Setembro? Moro em cidade de praia e vou precisar de umas roupas para meu pequeno. E sobre as sonecas do dia como foi com sua filha? Beijo obrigada

    Responder
    • Adriana Miller - 06/07/16 - 15h41

      Nãaaaao!! vende fralda em todos os cantos do mundo! Deixa pra comprar tudo lá!
      Imagina o quanto as fraldas não iam ocupar espaço na sua mala?!?

      Responder
  26. tabata - 11/01/16 - 15h26

    Adorei suas dicas… Vou viajar com um bebê de 1 ano e 10 meses, estava super preocupada… Fiquei mega tranquila em saber q tem toda essa estrutura… só não curti a parte do bb não entrar na piscina com fralda, meu bb é louco por piscina… espero q a cia q iremos não tenha essa regra… rs Tem fralda específica p água…

    Responder
    • Adriana Miller - 13/01/16 - 08h16

      Pois eh, mas mesmo com fralda especifica nao pode.
      Eh melhor pesquisar bem, antes de decider qual a cia maritime (acho que apenas os navios da Disney e da Royal Caribean tem piscinas especificas para criancas de fralda).

      Responder
  27. Roberta - 05/06/16 - 20h34

    Olá! Viajei recentemente com minha filha de 5 meses e o hotel disponibilizou esse berço que você mostrou na foto. Não tive coragem de usá-lo pois, como parecia ser de ferro, fiquei com medo dela rolar e se machucar nas grades. Você não teve esse problema? Quando solicitei o berço ao hotel imaginei que seria de tecido, tipo os berços portáteis que estamos acostumados a ver, e por isso não levei os protetores de berço.

    Responder
    • Adriana Miller - 06/07/16 - 15h16

      Nossa, mas a criança ia ter que se estrebuchar demais pra se machucar nas grandes… :-)
      A grandíssima maioria dos hotéis só disponibiliza berços de metal ou plástico por uma questão de higiene, e são perfeitamente seguros para bebes…

      Responder
  28. Simone - 09/08/16 - 01h25

    Adriana. Adorei a matéria. O cruzeiro foi no Brasil? Qual navio? Tenho um filho que fará dois anos e gostaria que houvesse Club kids para ele já que a maioria começa aos 3. Obrigada.

    Responder
  29. Juliana - 20/09/16 - 01h48

    Obrigada pelas dicas, vamos fazer um cruzeiro e meu filho tem 3 anos e estava preocupada com a alimentação e as roupas!

    Responder