27 Oct 2013
5 comentários

Thames River Barriers

Atrações Turisticas, Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Inglaterra

Tai uma coisa que nao vemos todos os dias nos guias de viagem sobre Londres: as barreiras do rio Tamisa. Mas o que fazer de diferente com as visitas que ja vieram a Londres inumeras vezes e queriam conhecer alguma coisa diferente?

Mas antes, uma coisa interessante: o rio Tamisa eh um rio de “mare”, muito influenciavel pela mare e condicoes do mar (tempestades, tufoes etc) no mar do norte (aquele pedacinho do atlantico que fica entre a Inglaterra, o norte dos paises baixos, Dinamarca e Escandinavia) que apesar de nao ser um mar “selvagem”, sofre bastante com os invernos rigorosos da regiao.

Por um lado, foi justamente essa caracteristica que fez com que o Tamisa fosse tao bem sucedido na formacao do pais, sendo altamente navegavel e conectando o interior do pais com o resto do mundo.

Mas ao mesmo tempo, as oscilacoes da mare, enchentes e tempestades traziam incontaveis destruicoes a um dos principais centros comerciais do mundo. So no seculo 20, em 1928 e 1953, duas inundacoes historicas mataram centenas de Londrinos e destruiram boa parte do leito do rio, o que levaram ao governo a tomar providencias mais especificas.

Entao, finalmente em 1982 o governo inaugurou, com tecnologia de ponta, o “Thames Barrier”, uma barragem movel que regula as oscilacoes da mare, “fecha” a entrada do rio em situacoes de tempestade e inundacoes, e permite que embarcagoes maiores tenham um rio mais “profundo” para navegacao.

Alem de toda ciencia e tecnologia de pnta que entrou nessa estrutura, a parte estetica tambem foi caprichada, dando um ar super “futurista” a barragem, o que acabou virando ponto turistico!

(Durante o evento do London Open House eh possivel se inscrever para fazer um passeio de barco pelas barreiras e conhecer a casa de maquinas – um prato cheio para geologistas, cientistas e engenheiros!)

A Barragem nao esta exatamente na lista top 10 de quem vem a Londres pela primeira vez, mas eh uma area super interessante e diferente da cidade, que nunca nos deixa de surpreender!

Esse passeio pelas barragens seria uma boa pedida pra combinar com o novo teleferico de Londres, que sobrevoa a regiao das “Docklands” ate a areana O2 e Greenwich. Da pra fazer os dois durante o dia tranquilamente e fechar a programacao assistindo um show ou um jantar na O2!

Pra chegar la eh super facil tambem! Basta pegar a linhda de metro de superficie “DLR” e saltar na estacao de Pontoon Docks – a entrada do parque ja se estende direto do estacionamento do metro.

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

 

Adriana Miller
5 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

5 comentários
  1. Paula - 28/10/13 - 00h09

    Oi Adriana, não tem a ver com o post, mas é que eu tentei criar um tópico no fórum e não consegui, aparece uma mensagem de erro. Será que eu poderia postar aqui ou te mandar por e-mail e você postar pra mim? É pra parte Ideias e Sugestões de Roteiros. Obrigada!

    Responder
  2. Susana - 28/10/13 - 08h54

    Olá Adriana! Vou pela primeira vez a Londres na 1º semana de Dezembro. O teu blog tem dado muita ajuda para planear a viagem. Tenho duas questões nas quais agradecia a tua opinião. Vale a pena comprar o travel card juntamente com o london pass por 7 dias? A outra questão é que o meu namorado faz anos na altura em que estaremos em Londres. Gostava de ir jantar com ele a um dos restaurantes do Gotrdon Ramsay. Pensei no The Narow… qual é a tua opinião? Vale a pena? Gostava de algo com comida tipica Inglesa e onde não gastasse mais de 80 libras…

    Beijinhos e continua o bom trabalho que o teu blog é fantástico :-)

    Responder
    • Adriana Miller - 28/10/13 - 09h48

      Que bom Susana!
      Acho que o London pass vale a pena se você realmente pretende visitar (e pagar seprado) as atrações incluídas, e se você vai ficar bastante tempo na cidade (a maioria – e melhores – museus da cidade são de graça, e as principais atrações turisticas são ao ar livre, andando pela cidade mesmo). Ai é uma questão matemática mesmo. Não acho o London Pass suuuuper imperdível não, mas se no seu planejamento você quiser incluir algumas das atrações, aí já vale a pena.

      Sobre ao aniversário do seu namorado, se a intençnao é comer comida Inglesa MUITO boa numa ambiente muito gostosinho, recomendo o gastro-Pub Maggie Jones em Knightsbridge (http://drieverywhere.net/2007/12/15/secret-santa/) ou o The Mitre no Hyde Park (http://drieverywhere.net/2008/09/07/the-mitre/).
      Já se a intençnao for jantar num dos endereços do Gordom Ramsay, os preços são bem salgados mesmo. Nunca fui no The Narrow, mas já fui no York & Albany e no Maze Grill, e em ambos vocês vao gastar uns 159 a 200 libras (para os dois, incluindo bebidas e sobremesa) http://drieverywhere.net/tag/gordon-ramsay/
      Os restaurantes do Jamie Oliver são mais baratos…

      Responder
  3. […] dos rarissimos dias de sol desse inverno, e de la de cima conseguimos ver, com clareza, desde as Thames River Barriers ate o estadio de Wembley, com se fossem ali do […]

    Responder