21 Nov 2013
6 comentários

San Marino na pratica: Como chegar, onde se hospedar e onde comer

Dicas de Viagens, San Marino

San Marino é pequena, e não dá pra enganar!
Então dá sim pra fazer o pais todo num simples bate e volta dentro da Itália.
Mas nos passamos o fim de semana todo por lá, e se pudesse teria ficado ainda mais – então vale a pena dedicar mais que algumas horas e não só apenas “passar” pelo pais.

E o acesso a fácil: a Autoestrada Adriática (excelente!) conecta Bologna a San Marino em pouco mais de 1 hora e meia, sendo que Rimini e Ancona (ambos com aeroportos também) são ainda mais perto. (Nos alugamos um carro no aeroporto de Bologna mesmo e fomos direto pra lá).

20131121-065731.jpg

Também é possível chegar ate lá utilizando transporte publico, mas já complica um pouco, além de gastar mais tempo (é preciso pegar um trem em Bologna, trocar de linha nos arredores de Rimini e depois pegar um ônibus ate San Marino, o que também limita a flexibilidade de horários de chegada e saída).

O centro histórico é praticamente todo fechado para pedestres, mas todas os portões de entrada da muralha que cerca a cidade são bem servidos por estacionamentos públicos, então estacionar seu carro não será um problema.

Nos ficamos hospedados no Hotel Rosa (a convite do ministério de turismo de San Marino), uma pensão 3 estrelas bem simpática gerenciada pelos donos da casa e seu pastor alemão (mais dócil que um gato!).

20131121-065650.jpg
Achei a localização do hotel excelente, pois apesar de ficar dentro da cidade antiga e praticamente embaixo da 2• torre, eles ficam bem do ladinho de um dos portões da muralha, e portanto além de ser mais fácil de achar, ainda pudemos entrar de carro ate lá e estacionar no próprio hotel (geralmente esse é o problema de hospedagem em cidades antigas, pois como são fechados ao trânsito, você acaba tendo que carregar suas malas&tralhas pelo labirinto de ruelas de paralelepípedo o que é sempre um problemão!).

20131121-065632.jpg

20131121-065430.jpg

A língua oficial é o Italiano, e assim como no resto da Itália, o Inglês ou outras línguas não é exatamente o ponto forte deles… Mas mesmo quem não fala italiano consegue se virar bem!
Em caso de duvida o posto de informação turística de San Marino tem vários guias cadastrados, falando as mais variadas línguas (a nossa guia, Penny – para entrar em contato com ela: +39 335 7335501
– é Italiana, nascida na França e radicada em San Marino, mas com um filho que mora no Brasil e outro que mora na Colômbia!).

Outra grande vantagem de se visitar San Marino são as compras!
O pais é um paraíso fiscal tax free, então atrai muitos turistas e italianos para suas ruas a procura de boas barganhas: eletrônicos, relógios, jóias, (muitos) cosméticos e perfumes, (muitos) artigos em couro e pele e ate mesmo lojas multi marcas de designer Italianos (e internacionais) vendendo suas peças com bons descontos!

20131121-065847.jpg

Ah! E apesar de ser um pais diferente, San Marino não tem uma fronteira oficial. Mas você quiser (literalmente) carimbar o passaporte pra provar que passou por lá, basta dar uma passadinha no posto de informação turística e eles te são um carimbo de “visto” super bonitinho!

A cidade é cheia de restaurantes e lojas vendendo pizza e paninni a cada esquina, então nao foi difícil achar lugares pra comer bem (nesse aspecto me senti 100% na Itália).

20131121-065456.jpg
Mas sábado a noite queríamos alguma coisa mais autêntica e então fomos no Righi que fica bem no meio da Piazza della Liberta (nao tem como perder)

 

20131121-065523.jpg

20131121-065541.jpg

O Righi tem um restaurante com estrela MIchelin no andar de cima, servindo comida tradicional Italiana e San Marinense, mas no andar terreo, uma otima Trattoria, mais descontraida ,que foi nossa escolha! O vinho Chianti geladissimo com ravioli de ragu bianco foram opcoes sensacionais!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
6 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
6 comentários
  1. Maya Valentina - 21/11/13 - 14h42

    Que legal essa viagem Drih, acho que não foi so uma viagem a San Marino, mas uma viagem no tempo, pois é assim que me sinto (e tenho certeza que também se sentiu) ao visitar essa cidade TÃO ANTIGA, mas com uma historia TÃO VIVA. ”Vivendo seculos passados em pleno sec. XXI”
    Eu e a familia ficamos morrendo de vontade de conhecer. Você acha que um fds (sexta, sabado e Domingo) é o ideal pra conhecer?
    Fique com Deus, beijos
    :*

    Responder
  2. Dani Bispo - 21/11/13 - 16h53

    Hum adorei a dica do Restaurante.
    Dri como te falei no outro post, na minha opinião os preços de San Marino só são bons em se tratando de RayBan. Já fui a vários outlets lojas de eletronicos e achei os preços iguais aos praticados em Rimini por exemplo.
    De qualquer forma vale muito o passeio né? No verão o centro histórico nos oferece uma linda vista e no inverno além das vistas sob as nuvens tem uma feitinha de natal fofa e uma mini pista de patinação para as crianças além de shows quase diários (estive lá no dia 24/12/12).
    bjs
    Dani

    Responder
  3. nidia - 23/11/13 - 01h12

    Dri, estive em San Marino duas vezes e uma delas me hospedei em Rimini no Hotel Card Internacional que fica pertinho da estação de trem. O ônibus para San Marino sai de frente a Estação e os horários e informações estão neste link: http://www.bonellibus.it/. Fica a dica para quem quiser visitar San Marino podendo chegar de trem em Rimini e de lá pegar o ônibus.

    Responder
  4. Renata Gomes de Castro - 23/11/13 - 05h31

    Como esses países minúsculos são lindos! Adorei o post sobre San Marino. A única coisa que me vinha à cabeça quando falava de San Marino era a Fórmula 1, hahhaa. As construções e ruas são lindas e a comida deve ser fantástica em toda a Itália. Mais um lugar pra conhecer! Parabéns pelo post.

    Responder
  5. Ana Carolina - 10/02/16 - 12h46

    Olá
    Gostaria de saber o jeito mais fácil de chegar a San Marine.
    Teríamos que descer em qual aeroporto na Itália?
    Obrigada desde já
    😘

    Responder
  6. Alexandre - 20/01/17 - 12h15

    Bom dia. Primeiramente quero parabenizá-lo pela matéria.
    Estou indo para San Marino em Abril/17 Uma passada rápida 2 dias.
    Vou de transporte publico trem ou Ônibus. Poderia me informar um pouco sobre preços de transporte,Hospedagem e alimentação.
    Desde de já muito Obrigado. Boas viagens..

    Responder