26 Nov 2013
16 comentários

Newcastle College – cursos de inglês na Inglaterra!

Cursos de Ingles, Dicas de Viagens, Estudos, Inglaterra, Newcastle, Viagens pelo UK

Não é de hoje que uma dos temas que mais aparecem por aqui sao cursos de Inglês na Inglaterra e Londres – e geralmente geram certa polêmica: qual curso, onde ir, os custos, poder ou nao poder trabalhar durante os estudos etc.

cursos de inglês na Inglaterra

Então quando a Newcastle College entrou em contato comigo sobre seus programas e cursos de Inglês, na mesma hora sabia que seria uma boa! Afinal, por mais que eu ame Londres, sempre sou super sincera na hora de aconselhar que Londres na verdade nao é um bom lugar pra estudar Inglês.

E digo isso porque acho que para aprender uma língua é preciso imersão – na cultura, nos costumes, na história e claro, o contato com os nativos da língua. E se o propósito é sair do pais pra aprimorar os estudos e abrir oportunidades, é justamente essa convivência com a “Inglaterra de verdade” que vai fazer toda diferença no resultado final do aprendizado.

20131122-092715.jpg

E Newcastle é perfeito pra isso!
A cidade é a “capital do Norte”, então oferece o melhor dos dois mundos: ao mesmo tempo que é uma cidade grande, cosmopolita, cheia de cultura e vida, ainda mantém uma autenticidade “britânica” de ser, que as vezes é difícil encontrar em Londres.

Newcastle é uma cidade super jovem, com muitas universidades e colleges que atraem estudantes de todo pais e de todo mundo.

20131122-092752.jpg

E o Newcastle College é um deles, e estão investindo bastante em sua área internacional, oferecendo cursos de Inglês mas com a infra-estrutura de universidade.
Isso porque eles também oferecem cursos de graduação, pós graduação, MBAs e cursos profissionalizantes, e todos podem ser conciliados com os cursos de Inglês.

E principalmente pra quem ainda está construindo uma carreira, dando base ao currículo, ter um nome e educação de peso por trás de um curso faz uma grande diferença!

cursos de inglês na Inglaterra

Duas coisas que achei importantíssimas nos cursos da Newcastle College: eles receberam a pontuação máxima dada pelo British Council (a divisão do consulado Britânico que regulamenta cursos de Inglês) e o College esta entre os top 10 centros educacionais para professores do pais .

E isso nao faz diferença só na hora de colocar no currículo não, mas sobretudo em coisas mais práticas, como por exemplo conseguir o visto de estudante e poder trabalhar durante seu curso (pra quem faz cursos mais longos – o “Home Office”, orgao do governo Britanico que regulamente vistos e imigracao esta cada vez mais rigoroso com essas coisas).

20131122-092924.jpg

A Anna Connors, que é a consultora para América Latina do College (e leitora do blog! Yay!) me levou pra fazer o tour completo dos diferentes campus do College espalhados pela cidade – todos acessíveis tanto para alunos de cursos de graduação e pós, mas também dos cursos de Inglês.

E claro, nao posso deixar de falar no lado pratico da coisa né?! Afinal todo mundo sabe que a Inglaterra é um lugar caro… Porém, existe Londres, e existe o resto do pais!
Então Newcastle é muuuuito mais acessível que Londres, em tudo: desde o preço dos cursos, passando pela acomodação, e ate coisas como transporte do dia a dia, o pão no supermercado e a pint no pub!

20131122-092734.jpg

Outra vantagem é que os cursos são “moldáveis” para a situação de cada aluno. Então quem tem muito tempo disponível e quer fazer um programa completo, de vários meses, é possível planejar uma carga horária e cursos extras que complementem a experiência.
Mas se você nao tem tempo (ou dinheiro) pra passar meses estudando Inglês, no Newcastle College é possível frequentar cursos com o mínimo de 2 semanas, e as aulas começam todas as segundas feiras do ano – o que é perfeito pra quem já trabalha ou tem outros compromissos profissionais ou pessoais que limitariam seu tempo (com 2 ou 3 semanas de ferias no trabalho você já pode fazer um curso intensivo e melhorar/aperfeiçoar o inglês!).

20131122-092650.jpg

A hospedagem dos alunos é com famílias locais, pra quem fizer cursos rápidos, ou na residência estudantil ou em apartamentos alugados, pra quem fizer cursos mais longos.

E como falei acima, por ser uma faculdade e não apenas uma escola de Inglês, é possível conciliar outras áreas e interesses com seu curso de Inglês, como por exemplo frequentar um dos módulos do curso de MBA ou fazer um curso profissionalizante e Business English (dependendo do seu nível de inglês).

E isso eu tenho que mostrar porque foi minha parte preferida do tour!!
Um dos campus do College é a “Lifestyle Academy” (academia de estilo de vida), um prédio super moderno onde estão alguns dos cursos profissionalizantes oferecidos pelo College.

20131122-092808.jpg
E sao super ecléticos: de turismo e hotelaria, a culinária, educação física, estética e mais um monte de outras coisas legais.

20131122-092941.jpg
O Lifestyle Academy é aberto a todos os estudantes do College, e são os próprios alunos que utilizam da infraestrutura para colocar o que aprenderam na prática, então eles oferecem aos seus alunos comodidades como uma academia de ginástica super moderna a preços irrisórios, um Spa completíssimo (e de babar, diga-se de passagem!!) a preços simbólicos, cabeleireiro e manicure, um bistrô e um restaurante “chique” (e como uma vista linda da cidade) por quase nada (nos almoçamos lá, comemos muitíssimo bem, com direito entrada, prato principal e sobremesa por 8 libras!!!).

20131122-092821.jpg

Mas voltando ao curso de Inglês, é possível escolher a carga horária que melhor se encaixe no seu perfil e nível de Inglês, com cursos com 15, 21 e 25 horas semanais (deixando o curso mais ou menos intensivo, dependendo de quanto tempo você tem disponível), e os cursos são classificados como “general english”, com foco no vocabulário, gramática e conversação, ou cursos mais formais, como as certificações Cambridge e IELTS.
E pra quem sonha em fazer faculdade ou mestrado na Inglaterra eles também tem um curso de inglês acadêmico, que foca mais nas necessidades dos alunos de cursos superiores.
Ou se você já trabalha e quer melhorar o nível de Business English, as aulas do programa também podem ser planejadas de acordo com sua carga horária.

20131122-092859.jpg

E por fim, outra coisa que eles oferecem aos alunos dos cursos de Inglês, é o “social program”, que inclui varias programações, passeios e viagens pela região (Inglaterra e Escócia), que ajuda na integração entre os alunos e com toda essa coisa de “absorver a cultura” que é tão importante num curso de línguas! (O meu curso de Italiano e Espanhol, a muuuuuitos anos atras, também tinham esses programas “sociais” e de passeios com os alunos, e faz uma baita diferença na adaptação longe de casa!).

O Newcastle College tem uma página especialmente em Português, onde é possível encontrar algumas informações atualizadas sobre preços, datas e programas, e o contato das meninas do curso internacional (todas gente finíssima!!) para esclarecer mais duvidas e tratar de detalhes!

Ah! E claro, como eu sei que as coisas que impactam na decisão sobre fazer um curso fora do pais vão muito além da sala de aula, nos aproveitamos pra passar o fim de semana inteiro em Newcastle, pra explorar bem a cidade e a região e poder responder as duvidas mais comuns: como é a cidade? Vou me adaptar? Tem coisa legal pra fazer? O que mais vou poder visitar?

(Vários posts virão por ai!)

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
16 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
16 comentários
  1. Anna - 26/11/13 - 13h16

    Foi um prazer recebe-la e poder ter a oportunidade de conhecer a fofa da Bella! ;)

    Responder
  2. Verônica R - 26/11/13 - 15h20

    Gostei muito do seu post. estou procurando por curso de inglês e depois de tantos anos sonhando, quero o melhor do melhor. Saber que o social program é bom para o auno, me fez colocar mais um critério na escolha da instituição que vou estudar.
    bom saber que a cidade também é importante, e pode baratear um programa desses.

    Responder
  3. Ana - 26/11/13 - 15h50

    Muito bom o post! Faltava alguém me contando certinho suas experiência lá! Vou em janeiro e estou super ansiosa :3
    Continue escrevendo hahaha Amei!

    Responder
    • Anna - 28/11/13 - 11h15

      Oi Ana, estamos te esperando em Janeiro! Espero que você tenha uma ótima experiência aqui em Newcastle :)

      Responder
  4. Mônica - 27/11/13 - 02h11

    Muito legal esse post. Eu fiz um curso de inglês em Cambridge, pelo LSI – Languages Studies International, e foi uma das melhores experiências que já tive. Pena que foi no período de férias e só pude ficar três semanas. Estou pensando em tirar um ano (ou um semestre) sabático e passar esse período na Inglaterra, estudando.

    Responder
  5. Renata Gomes de Castro - 28/11/13 - 17h52

    Excelente post sobre o Newscastle College. Super completo, com detalhes dos cursos, infraestrutura etc. Amo a Inglaterra, principalmente Londres, mas quando eu fizer o meu curso de inglês, vou considerar tb a possibilidade de fazer fora de Londres, pelos aspectos que vc mencionou, sobretudo, imergir na cultura britânica. Não será fácil deixar de morar em Londres pelo menos seis meses, mas Newscastle estará na lista caso eu mude de ideia!

    Responder
    • Adriana Miller - 02/12/13 - 11h27

      Mas Newcastle é pertinho! De trem demora apenas 2 horas e meia, então é fácil juntar o melhor das duas cidades: morar em Newcastle pra poder aproveitar bastante o curso de Inglês, e fugir pra Londres sempre que tiver vontade e curtir a cidade!

      Responder
  6. Camila - 29/11/13 - 13h52

    Dri, tem muito brasileiro em Newcastle??

    Responder
  7. Fernanda - 29/11/13 - 13h53

    Oi Dri, adoro seu blog! Comecei a ler porque quero fazer um curso de inglês na Inglaterra ano que vem e os cursos que vi em Londres mais o custo de vida aí estavam me deixando um pouco desanimada.
    Vi que o preço desse curso é bem mais barato do que alguns que estava olhando… Mas ainda estou preocupada com as outras despesas, tipo acomodação, transporte… Você pode me ajudar? Sabe falar o preço do metrô, onibus e quanto seria o aluguel em Newcaste?

    Responder
  8. lana - 25/12/13 - 22h49

    O tempo passa… as pessoas mudam… mas a palavra escrita……você se reconhece no comment abaixo?

    Adriana Miller – 21/01/2010
    Nunca morei em nenhuma dessas cidades alem de LOndres, mas conheço quase todas e acho que seriam otimas opçoes, cada uma a sua maneira.
    Porem eu pessoalmente não optaria por Newcastel por causa do frio, pois fica muito ao norte da INglaterra.

    Responder
    • Adriana Miller - 26/12/13 - 00h57

      Pois é, como disse já uns anos atras EU temeria o frio, mas isso não faz da cidade menos interessante, e super útil principalmente pra quem quer estudar inglês.
      Também acho Estocolmo o máximo mas não moraria lá, por exemplo.
      Não confunda alhos com bugalhos! :-)

      Responder
  9. Janaina Vieira - 09/03/14 - 21h59

    Oi Adriana. Adorei seu blog! Comecei a ler por acaso e quando vi que tinha uma “seção” para Estudos, comecei a ler tudo sem parar. Haha. Tudo bem que ainda nem entrei na faculdade, (na verdade, falta só 1 semana para minhas aulas começarem)mas tenho muita vontade de estudar/morar fora. Principalmente na Inglaterra, pois já visitei Londres e me apaixonei. Então, passarei a ler seu blog sempre e pegar todas as dicas possíveis. Sem falar que farei Administração (Na UFBa, em Salvador) e a área é próxima da sua né… Beijos. Ps.: adoro seu humor nos post daqui. :)E sua filha é muito linda, parabéns!!

    Responder
  10. Juliana Claro - 22/04/14 - 03h52

    Dri, parabéns pelo Blog!
    Sou sócia-proprietária de uma agência de intercâmbios e quem indicou o seu trabalho para mim foi uma aluna que estava em dúvida de onde ir: voltar para Londres ou ir para Newcastle…e ela optou por Newcastle :)
    Eu trabalho diretamente com a NC College e quero cada vez mais divulgar outras opções fora de Londres, pois assim como você, tenho certeza de que quem realmente quer imergir na cultura e na língua inglesa tem opções fantásticas dentro do Reino Unido, com a capital Londres acessível!
    O seu trabalho só tem a somar com o que ofereço, e vou indicar seu blog com certeza!
    Um beijo,
    Juliana Claro

    Responder
  11. Andreza Novaes - 01/07/14 - 23h45

    Dri, vou comentar neste post antiguinho já que uma das dúvidas tem a ver com ele.

    A primeira é uma curiosidade mesmo: o teu ingles tem sotaque? Porque depois de tantos anos morando em Londres, sempre imagino você falando inglês mais posh, sabe?! Mas aí entra em contrapartida o fato de você morar com um Americano. E aí?! Ou ainda tem o sotaque brasileiro?

    A segunda coisa é um pedido. Se você puder, claro, fazer um post mais atual com informações para imigrantes que não sejam europeus. Já pesquisei em vários lugares, várias fontes e tudo que achei foi meio inconclusivo e me deixou mais confusa do que já sou naturalmente.

    Está nos meus planos me mudar para Londres para o mestrado. Mas nao tenho cidadania europeia (sniff). E aí, como faz? Como procurar emprego (há alguns posts seus aqui no blog que me ajudaram muito a vencer alguns preconceitos e tal). Enfim, é isso!!!

    MUUUITO obrigada!!!

    Responder
    • Adriana Miller - 02/07/14 - 10h08

      Oi Andreza,
      Tenho, sim, claro que tenho sotaque, e sempre terei! :-)
      Sotaque eh uma coisa impossivel de se perder quando aprendemos uma lingua ja adultos – podemos nos “moldar” a falar com uma certa entonacao (no meu caso, meu sotaque eh mais “Americanizado” pois foi la que aprendei Ingles na adolescencia), mas as raizes na nossa lingua nunca se perdem.
      Para os nativos da lingua, sempre vai existir aquele fundinho de um sotaque que nao some nunca.
      Mas eu acho o maximo ter sotaque! hahahahahha! Faz parte de quem sou, e minha “Marca registrada”! No trabalho por exemplo, raramente tenho que me aprensetar em reunioes ou conference calls, pois pelo sotaque/voz as pessoas ja sabem que sou eu! :-)

      Sobre o processo de imigracao para nao-Europeus, ai ja complica um pouco…
      Afinal essa nao eh minha situacao, e portanto nao estou a par dos detalhes. Alem disso, as regras e leis mudam o tempo todo, entao eh impossivel escrever um post que esteja sempre atualizado e correto.

      Mas esta pra sair uma outra parceria com o pessoal de Newcastle, e ai vou pedir pra elas darem um foco em quem quer estudar no UK e nao tem passaporte Europeu! Boa ideia!

      Mas no geral, para voce estudar aqui, em uma collage ou universidade oficil, voce ganha o visto de estudante, que te dar direito a trabalhar algumas horas por semana (acho que hoje em dia sao apenas 10 horas por semana). Ou seja, o emprego nao sera suficiente pra te manter aqui durante os estudos, mas seria uma boa oportunidade de praticar Ingles, por exemplo, e se integrar melhor na sociedade local.
      Depois do fim do mestrado, a unica opcao pra ficar aqui trabalhando legalmente eh se voce for contratada, em tempo integral, por alguma empresa na sua area.
      Eh um pouco uma faca de “dois legumes”, pois por um lado esta cada vez mais dificil para empresas poderem contratar estrangeiros, e por outro lado cada vez mais dificil que estrangeiros onsigam vistos sem empregos…
      Entao realmente eh uma situacao dificil, e fazer um mestrado aqui nao eh garantia de emprego + visto apos a conclusao do curso, muito pelo contrario.

      Responder