24 Jul 2014
31 comentários

Santorini: Aspa Villas Hotel

Dicas Aleatorias & Genericas, Dicas de Viagens, Grecia, Santorini, Viajando com crianças

Como eu contei no post sobre nossa viagem a Santorini, o planejamento da viagem foi bem simples, pois nao tinha a menor duvida de que queria ficar em Oia – ou nada feito.

Entao o ponto principal foi escolher bem o nosso hotel – localizacao, conforto, comodidade, e claro precos.

20140724-113206-41526393.jpg

Nao ha sombra de duvidas que qualquer viagem a Santorini eh cara, e quando suas opcoes estao limitadas a Oia (que eh a parte mais bonita e bacana da ilha), os precos tendem a se elevar ainda mais. Mas pra falar a verdade, existem MUITAS opcoes bem baratinhas, basta que seus pre-requisitos sejam mais relax.

20140724-093136-34296566.jpg

Mas esse nao foi meu caso: eu tinha uma ideia muito especifica sobre o que precisava ter num hotel em Santorini: O principal, claro, era a localizacao. Nao so estar em Oia, mas bem pertinho do centro do vilarejo, e de preferencia perto da rua/estrada principal, para evitar as escadarias vertiginosas com uma bebe (e seu carrinho, tralhas e afins) a tira colo.

20140724-093135-34295881.jpg

O segundo ponto era uma belissima vista – e nisso incluia a vista pro mar e vista para a cidade (sim, ao mesmo tempo), com uma varandona (so janela nao servia!).

20140724-113206-41526580.jpg

Por um motivo bem simples: nossa nova “tecnica” pra viajar com a Isabella agora nos meses de verao na Europa, inclui apenas ficar hospedado em hoteis que tenham quartos com varanda; assim podemos colocar ela pra dormir numa boa, no seu horario certinho e rotina regradinha, mas sem limitar os nossos horarios e “vida noturna”.

Ou seja, assim que ela dorme, nos vamos pra varanda, abrimos uma garrafa de vinho, uns petiscos, e ficamos namorando e batendo altos papos admirando a vista – sem ter que ficarmos trancados no quarto do hotel, no escuro e vendo TV sem som pra ela nao acordar #realidade #ViajandoComCriancasDaDepressao

20140724-093136-34296999.jpg

Essa tecnica tem dado super certo e estamos adorando (tambem fizemos isso em Bodrum na Turquia e foi otimo)!!! Vai ser dificil quando voltar a fazer frio por aqui!

E por fim, piscina. Primeiro porque crianca adora piscina, e sabiamos que apesar de estar numa ilha Grega, nao iriamos a praia. Mas com o calorao de Junho, precisavamos de uma piscina pra refrescar ao longo do dia.

20140724-093137-34297362.jpg

A verdade verdadeira eh que meu sonho era ficar num hotel que – alem de todos os requisitos acima – tambem tivesse uma piscina de borda infinita. Mas encontrei dois grandes problemas em minha busca: primiro que a maioria dos hoteis que oferecem esse tipo de piscina custam uma pequena fortuna (coisa de 1000 Euros por dia, no minimo, na alta temporada), e os poucos hoteis pagaveis com esse tipo de piscina nao aceitavam criancas, por questoes de seguranca (se pensarmos bem, boarda infinita numa cidade-penhasco como Santorini realmente nao eh seguro).

20140724-093136-34296228.jpg

Entao tive que aceitar que borda infinita em Santorini so mesmo numa futura viagem – sem a Isabella!

Pois bem, quando achei o hotel Aspa Villa quase nao acreditei!

20140724-093138-34298573.jpg

Bem na entradinha da vila de Oia, mas ainda na estrada principal (= sem escadrias!), construcao tradicional de Santorini com quartos estilo “caverna” (sao os hoteis mais charmosos!), piscina, e super varandona de frente pro mar e de quebra com a vista linda de Oia (ja que estavamos bem na ponta de entrada da cidade) com as casinhas brancas e uma igrejinha de telhado azul!

Para completar, os quartos ainda sao “estudios”, e portanto todos tem um mini cozinha (otimo com criancas!)!

20140724-093141-34301610.jpg

Reservei um dos estudios “caverna tradicional” e logo no dia seguinte a dona do hotel, a Nikoleta me mandou um e-mail avisando que como estariamos com uma crianca, ela tinha dado um upgrade na nossa reserva para um estudio um pouco maior!

20140724-093140-34300571.jpg

Para nossa surpresa, ficamos num estudio de 2 quartos (entao a Isabella teve um quartinho so pra ela), um banheiro reformado novissimo, uma cozinha (bem simples, mas deu pro gasto!), com aquela varandona  exatamente como sempre sonhei!!

20140724-093139-34299937.jpg

Um ponto negativo eh que o hotel nao tem cozinha, logo nao servem cafe da manha, nem refeicoes; mas em compensacao tinha um mini-mercado a cerca de 30 metros de distancia que vendia de tudo – alem de termos comprado nosso cafe da manha la (para comer na nossa varanda todas as manhas, claro), ainda compramos quantidades vergonhosas de azeitonas temperadas, vinhos produzidos na ilha, saladas gregas, e uma inifidade de delicias! E claro, como estavamos a 5 minutos do centro de Oia, o que nao faltaram foram otimos restaurantes bem pertinho.

20140724-093135-34295531.jpg

A piscina era pequena, que eh normal em Santorini, e apesar de nao ter a borda inifnita que sempre quis, supriu nossa necessidade, brincamos bastante com a Isabella, e nos refrescou nos momentos de desespero sob o sol Grego! (Ah, e tambem tem uma jacuzzi/hot tub no andar de cima, que acabamos nao usando).

20140724-093137-34297715.jpg

O hotel Aspa Villas nao esta entre os top hoteis de luxo da ilha, nao mesmo, mas foi essencial para que nossa experiencia em Santorini tivesse sido TAO boa! Pois foi exatamente como sempre sonhei que seria!

20140724-093139-34299401.jpg

E pra completar nosso caso de amor com o hotel, ainda descobrimos que o melhor por do sol da ilha, na verdade, estava a poucos degraus de nosso quarto, no patio do hotel (entre o Aspa Villas e o Nikko Villas), que alem de nao ter as massas de turistas se acotovelando, ainda tem a vista perfeita do sol se pondo no mar de um lado e o centinho de Oia do outro! Sensacional!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
31 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

31 comentários
  1. Luisa - 24/07/14 - 13h06

    Eu usava a mesma tecnica com a minha filha (3 meses mais velha que a Bella), mas limitava muito as opcoes de hoteis em lugares menos ortodoxos como, por exemplo, o Azerbaijao que fomos no mes passado, ou em lugares frios, como o Jungfrau e sua neve eterna, ou mesmo no inverno, como vc mencionou.. Entao aprimoramos a tecnica: comprei uma iCam, uma camera que funciona com o Skype do telefone, e agora precisamos só de hotel com wifi gratis e um bar ou restarante legal. Enquanto a herdeira dorme tranquila no quarto, nós podemos aproveitar a infra estrutura do hotel sem perde-la de vista.

    Responder
    • Adriana Miller - 24/07/14 - 13h12

      OPA!!!!!
      Obrigada pela Dica Luisa!! Ja tinha pensado em comprar uma camera (nao uso baba eletronica em casa…) mas acabei desistindo pois achei que nao daria certo de levar em viagens e ja estava sofrendo por antecipacao por nao poder curtir a noites nas futuras viagens ja marcadas…
      Meus problemas acabaram!! Vou providenciar dja!!

      Responder
      • Livia - 24/07/14 - 13h43

        Dri, meu marido baixou um aplicativo que faz isso sem nem precisar comprar câmera, só precisa de dois celulares (imagino que vcs tenham). Um funciona como câmera (só tem que tirar o toque, porque vai que alguém liga) e o outro como monitor. Dá certinho.
        Eu uso muito a técnica da varanda, mas quando vou para algum lugar frio ou mais “urbano”, que não combine com varanda, uma alternativa é buscar quartos que tenham cômodos separados, tipo uma salinha, ou que tenham dois quartos, tipo um estúdio. Não tem o mesmo romantismo da varanda, mas em termos práticos funciona do mesmo jeito.

        Responder
        • Adriana Miller - 24/07/14 - 14h34

          Me passa o nome desse aplicativo? Vou pesquisar tambem!
          Nos tambem usamos essa tecnica de quarto com salinha ou ambiente separado, mas geralmente esse tipo de quarto/suite em hoteis mais bacaninhas sao o dobro (se nao o triplo) do preco de um quarto comum, e ai ja nao rola mais… Mas ja alugamos villas, apart hoteis, e tals e sempre deu certo, apesar de ser mais limitante, ja que as vezes mesmo em ambientes separados, ainda temos que conversar baixinho, nao acender as luzes e tal (e convenhamos que uma varanda com o ventinho do mediterraneo eh sempre mais gostoso ne?!)

          Responder
        • Luisa - 24/07/14 - 15h30

          Que aplicatvo vc usa, Livia? Eu provei 3 diferentes e nao medei bem com nenhum deles. O meu problema é que a herdeira dorme no escuro de noite e o celular nao te permite de ver no escuro e quando eu acendia a luz no aplicativo, o quarto ficava iluminado demais e minha filha acordava. Acho que se só o barulho é suficiente pra te deixar tranquila, nao precisa mesmo comprar camera, mas num hotel, num pais estranho, preferi comprar a camera com luz infra vermelha, principalmente pra nao precisar ir pro quarto toda vez que eu ouvia um barulho diferente

          Responder
          • Livia - 24/07/14 - 16h34

            Vou ver o nome do aplicativo com meu marido à noite e coloco aqui. Como ele tem dois celulares instalou só nos dele mesmo. Mas realmente tem esse problema da luz, porque o celular que fica no quarto filma e transmite a imagem para o outro, pela internet, mas obviamente não é infra-vermelho, então tem que ter pelo menos uma luz baixinha ligada. A minha filha, apesar de não ser exatamente uma dorminhoca, não liga muito para quarto escuro e mesmo em casa sempre dorme com um abajur ligado, então nem me dei conta desse problema da luz. De qualquer forma, é uma opção para usar esporadicamente, se esquecer a câmera ou ela quebrar no meio da viagem : )
            Dri, o quarto com dois ambientes tem esse problema do preço, é verdade. Mas dependendo da diferença e se não tiver mesmo a opção da varanda, acho que vale a pena. Minha filha dorme super cedo (tipo umas oito e pouco da noite, mesmo com três anos) e acho um saco ficar sem poder conversar, andando nas pontas dos pés e tal. Ela não dorme bem, mas no começo da noite tem um sono bem firme, então barulhos normais num outro cômodo não a acordam. Quando ela era menor e tinha o sono mais leve, eu colocava ruído branco no celular, aí filtrava bem.

            Responder
            • Adriana Miller - 24/07/14 - 16h46

              Pois eh, a Isabella tambem dorme super cedo (entre 7 e 7:30, dependendo do ritmo e das sonecas do dia), e dorme como uma pedra, entao os barulhos nem sao um problema nao. Eu eh que nao gosto de abusar da boa vontade dela, e sei la ne? Simplesmente nao eh a mesma coisa.
              O aplicatico com barulinho no celular nos usamos ate hoje tambem! Ajuda bastante a “abafar” outros ruidos e sempre acho que ela dorme mais profundo com ele.

              Responder
            • Luisa - 24/07/14 - 17h09

              Ah, outro problema que tive com os aplicativos é que os telefones deviam estar conectados na mesma rede wifi e num hotel onde os quartos tinham uma senha e na recepção outra, o aplicativo não funcionava . Com a câmera ligada no skype esse problema desapareceu e até minha mãe no Brasil consegue acompanhar o sono da neta

              Responder
    • Adriana Miller - 24/07/14 - 13h28

      P.S. Ja estou cobicando os posts sobre o Azerbajao!

      Responder
      • Luisa - 24/07/14 - 13h42

        Meu blog anda abandonado, mas te adianto que é um super lugar para ir com bebes. Todo mundo adora criancas por la. Inclusive organizamos um tour para visitar os arredores de Baku na hora do soninho da tarde. E, como esperado, a herdeira dormiu durante todo o trajeto e, quando chegamos no destino, o motorista se prontificou a ficar com ela no carro, pra nao termos que acorda-la! É um pais muito seguro e com pessoas muito disponiveis! Pense com carinho como destino pq vale a pena!

        Responder
        • Adriana Miller - 24/07/14 - 13h58

          Eba!! Engracado que eu ja tinha dao umas espiadas no Azerbajao porque a BA tem voo direto e sempre tem passagem de milha sobrando!
          mas sempre fico meio na duvida sobre quando ir, pois o clima la eh meio extremo ne? Tipo Russia? 45 no verao e -45 no inverno?
          Acho que vou comecar a ver umas datas pro ano que vem! Posso te pedir umas dicas?

          Responder
          • Luisa - 24/07/14 - 14h34

            Claro! Nó fomos no inicio de junho e o sol ja estava bem forte, mas no finzinho da tarde a temperatura era perfeita e de noite era mais fresquinho. Tipo clima de deserto. Ficamos 4 dias e visitei todos os pontos turisticos da minha listinha com muita calma respeitando os horarios da herdeira (naquele ritmo que vc conhece bem). Eu nao estava esperando encontrar uma Baku tao agradavel de passear, e se eu soubesse que era assim, teria resevado mais tempo para andar sem rumo, principalmente no boulevard

            Responder
      • Luisa - 03/11/14 - 19h49

        Criei vergonha na cara e dei uma renovada no blog e comecei a escrever sobre o Azerbaijao, se te interessar. ;)

        Responder
        • Adriana Miller - 04/11/14 - 09h21

          Eba!!!
          Engracado que esse fim de semana saiu uma reportagem muito legal no jornal aqui em Londres sobre Baku! Abri direto na foto da capa e disse “I told you so!” Hahahahah
          Marido convencido a conhecer o Azerbajao!

          Responder
  2. Joana Ferrao - 24/07/14 - 13h06

    Oi Adriana,

    Eu e’ que nao acreditei quando vi o preco desse hotel – que ‘achado’!Maravilhoso.

    Na ultima viagem que fiz ‘a Croacia tambem ficamos sempre com quartos com varanda precisamente pelo mesmo motivo. O Alexandre ia para a cama por volta das 8 e nos passavamos o resto da noite ‘fora’ :) Optima dica para quem viaja com os pequeninos e, especialmente, quando esta bom tempo.

    Um beijinho! Joana

    Responder
  3. Vanessa - 24/07/14 - 15h57

    Qual é o blog da Luisa?

    Responder
  4. Amanda Roth - 24/07/14 - 17h57

    Dri,
    que delícia de hotel, adorei!
    Eu ainda não tenho filhos, fico aqui acompanhando essa tua nova fase e planejando…Como estou nos trinta e poucos, tenho várias amigas que estão tendo seu primeiro bebê e fico pasma com algumas atitudes.
    Espero que quando for a minha vez eu consiga levar tudo numa boa como tu levas! Sei que perrengues devem acontecer mas que o blog tb não é um muro de lamentações e que tu fazes um relato bem verdadeiro.
    A propósito, a Bella está linda nas fotos! Que amor.
    Bjs!!

    Responder
  5. Ariana - 24/07/14 - 19h59

    A primeira foto desse post está incrível!

    Responder
  6. André Luis - 25/07/14 - 16h55

    Dicas anotadas. Tô consumindo as matérias sobre a Grécia verazmente. Meu, muito legal seus relatos. Continue.

    Responder
  7. Lu Castro - 25/07/14 - 17h31

    Sem filhos ainda mas a lista de dicas ja esta enouuurme! ;-)

    Responder
  8. Livia - 25/07/14 - 18h53

    Dri, o aplicativo que eu uso é o Dormi – Baby Monitor. Tem que dar uma olhada nessas limitações que a Luisa falou, mas de qualquer forma quebra um galho : ).
    E pesquisando tem outros que fazem a mesma coisa. Pra gente funcionou legal.

    Responder
  9. […] Dri Everywhere – Aspa Villas Hotel […]

    Responder
  10. Saulo G. - 28/07/14 - 18h42

    mas que guliaginha bem lindinha ali na porta :), o lugar aí é realmente lindo mesmo, e aquela pia estilosa ali, bah muito bom, gostei muito!

    Abraços
    Recomendo ~ http://www.bloginteligente.com.br/hotelviagem

    Responder
  11. […] ainda assim queríamos um hotel bem localizado, com uma vista fofa e uma varandinha (já contei em outros posts como aproveitamos os meses de verão para sempre nos hospedarmos em hotéis com varanda. Assim […]

    Responder
  12. nayara - 10/09/14 - 13h34

    Ola! Estou adorando as dicas! Ainda não tenho filhos, então estou pensando no hotel com piscina de borda infinita! Quais são esses que vc disse que são mais em conta?
    Abraços!

    Responder
  13. […] por outro lado, agora que viajamos com a Isabella, sempre dou preferencia a quartos/hoteis com varanda, pois assim colocamos ela pra dormir e ainda conseguimos curtir um pouco mais da noite num ambiente […]

    Responder
  14. Claudia Calvet - 19/05/15 - 15h51

    Quando eu fui em Santorini, eu fiquei em Fira porque foi onde eu achei hotéis mais baratos em cima da hora, já que não sou planejada como você! Foi um hotel simples, com vista para o outro lado da caldeira, que não era tão bonita… Oia é realmente linda, com as vistas matadoras, suas lojinhas e restaurantes, mas também achei o pôr do sol muito muvucado, com disputa de lugar e cabeças andando na sua frente. O pôr do sol mais bonito da ilha pra mim, a gente viu no meio da estrada voltando de uma das vinícolas (aquela que é no alto, acho que é Santo Wines). Paramos o carro no meio da estrada e pulamos a muretinha. Ficamos sentados quase na beira do penhasco, curtindo o pôr do sol, bebendo o vinho recém comprado, sem muvuca, e sem ninguém em volta pra atrapalhar… E sinceramente, gostei mais da vista, porque conseguíamos ver toooda a caldeira…

    Responder
  15. […] Nossa viagem à Santorini uns anos atrás foi assim, a escolha do hotel foi minuciosa, mas ainda assim nos surpreendemos demais com nossa escolha, e até hoje quando penso na viagem à Santorini, penso no hotel – a vista, a localização, o por do sol. Tudo. Se um dia voltar à Santorini, provavelmente ficarei hospedada no mesmo hotel. […]

    Responder