05 Aug 2014
10 comentários

Ginkaku-ji: O templo Prateado e a Trilha dos Filosofos

Dicas de Viagens, Japão, Kyoto

Construido com a intenção de seguir os moldes (arquitetônicos) do templo Dourado Kinkaku-ji, o Ginkaku-ji, conhecido como “Templo Prateado”, parece ter esquecido de um detalhe: ele não é prateado!

14267641363_bdc5dd3679

Mas na verdade, essa era a intenção original do projeto de 1482, onde o pavilhão seria forrado com folhas de prata, que acabou não acontecendo depois da morte do Imperador.

14224321866_67989c12c8

Aliais, o templo nem sequer foi concluído, e o que vemos hoje em dia eh apenas sua construção parcial, mantido como visto pelo Imperador pela ultima vez antes de sua morte, e mantido assim por seus descendentes, de acordo com a filosofia “wabi-sabi” do ensinamento budista (que eh muito legal e vale a pena a leitura sobre! O Wabi-sabi prega que devemos aceitar a imperfeição das coisas, e que descreve beleza como uma coisa que seja “imperfeita, incompleta e não permanente” – ensinamento de ouro que o mundo ocidental esta precisando aprender a praticar!).

14245207272_1987737e40

Hoje em dia o apelido de “prateado” permanece, não por causa do templo propriamente dito, e sim por causa do jardim a sua volta.

A começar pelo Ginshadan, uma areai em tons de cinza e prateado e dominam a entrada do templo. Sabe aquelas bandejinhas de areia japonesas, que as pessoas comprar pra “relaxar”? Então, é tipo isso, soque numa tamanho mega.

untitled (315 of 486)

A perfeição do desenho das ondas da area são incríveis, que parece que vão mudando e “ondulando” dependendo do ângulo que você os vê.

E bem no centro esta o Kogetsudai, um “morrinho” feito da mesma areia e que simboliza o Monte Fuji.

E por fim o jardim a sua volta, com aquela perfeição de laguinhos, plantas, flores, e arvores minuciosamente podadas para criar um ambiente praticamente artificial, como se estivéssemos andando pelo set de um filme!

14060882707_b62547cc1c

Mas uma das principais atracoes do templo Ginkaku-ji eh na verdade o fato de que ele marca o inicio do caminho conhecido como “Trilha dos Filosofos”.

14244164331_b0552bfcc9

O nome eh herdado dos estudiosos e filósofos que vinham estudar por lá, na beira do riacho e embaixo das arvores, mas essa area vira visita obrigatória em Kyoto durante a primavera, quando as Sakuras estão em flor, ou no outono, quando as folhas das arvores “Japonese Maple” se tornam incrivelmente vermelhas!

14245275542_077b22f5b5

A trilha completa, tem apenas 1 ou 2 quilômetros de distancia, mas nos passamos horas por lá, praticamente uma tarde inteira, pois o lugar realmente é incrível.

14060830848_5861155664

Mas claro, não esqueçam que nos estivemos por lá bem na época das cerejeiras em flor, que foi um espetáculo a parte!

14060807760_44f5afbe41

14060848759_2c7b4665a0

Mas foi bem legal também ver de perto uma região mais residencial e menos “urbana” de Kyoto, ver casas de famílias Japonesas e entender um pouco melhor como as pessoas vivem por la.

14247090774_0a1137b22a

14060893847_2b76de64b5

O caminho eh repleto de ruas paralelas que sobem as montanhas de Quioto e ponteado de outros templos – então foi difícil manter o foco e tentar chegar ate o fim sem nos distanciar demais do riacho, que marca a trilha principal.

14245216502_9f20c77fdc

Acabamos desistindo de entrar em outros templos pelo caminho, so pra pdoer andar com calma e curtir essa trilhazinha – talvez esse passeio nao seja tao atrativo nem valha tao a pena em outras epocas do ano (afinal sao as flores das Sakuras que deram o toque especial), mas se sua viagem a Kyoto coincide com Primavera ou Outono, separe muitas horas pra passar por la!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
10 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
10 comentários
  1. Janaina - 05/08/14 - 21h31

    Muito bacana o seu blog, as descrições e as fotos! Adoro viajar nestes posts! Keep them coming ;-)

    Responder
  2. Tainnah - 07/08/14 - 02h15

    Lindo o seu batom :)
    Qual é?

    Responder
    • Adriana Miller - 07/08/14 - 10h24

      Eh um gloss da Clinique! Nao sei o nome da cor certinha, mas vou ver e te digo :-)

      Responder
  3. Maria Helena - 08/08/14 - 03h32

    Uau!!! Que templo mais lindo e os tons da vegetação ao redor dele complementam a beleza. Lugar comum dizer que as suas fotos ficaram maravilhosas,né? rsrrs.
    Bjos e como amanhã já é sexta… bom fds!! :)

    Responder
  4. Marília Lucena - 08/08/14 - 05h26

    Foram as japonesinhas que pediram pra tirar foto com vcs? rsrsrsrs. Mais uma vez fazendo sucesso mundo afora!!
    Cada foto beelaaaaa!!
    Teve algum momento de dúvida ou perrengue em relação ao idioma? Foi tranquilo??
    Beijão

    Responder
  5. camila - 08/12/14 - 23h50

    Ola, que mês VC foi?

    Responder
  6. camila - 11/12/14 - 18h14

    Começo ou fim? Tava muito frio?? :)

    Responder
  7. camila - 12/12/14 - 17h02

    Mais um Dri, como vcs usavam NET , conseguiram algum chip? Pois li q lá não tem como comprar chips…..

    Responder
    • Adriana Miller - 12/12/14 - 17h33

      Só no hotel (alguns grátis, alguns pagos), ou se desse sorte de ir num restaurante com wifi e essas coisas.

      Responder