08 Sep 2014
8 comentários

Capri: Beach Clubs e Restaurantes

Capri, Costa Amalfi, Dicas de Viagens, Italia, Viagens pela Italia

Uma outra “experiência” de Capri são seus beach clubs – porque não adianta tentar me convencer do contrario, mas Capri não é destino de “praia”.

Sim, o mar esta logo ali, tem uma cor turquesa incrível, e tudo aquilo. Mas não tem praia! E as poucas que tem, são pequenas, de pedrinhas e sem infraestrutura nenhuma.

Na verdade essa é uma coisa bem comum entre os destinos de verão e praia no mediterrâneo (como Santorini na Grécia, e Positano, por exemplo), mas como fomos no auge do verão e eu sabia que estaria muito calor, não queríamos deixar de pelo menos curtir um pouquinho de mar!

Então apesar de termos nos hospedado num hotel que ficava bem em frente a uma das praia publicas da ilha, não queria ter que me preocupar em levar canga/toalhas, barraca, carregar bebidas etc, etc então comecei a pesquisar sobre os beach clubs da ilha.

IMG_6547.JPG

Eu sei que isso é um conceito as vezes estranho pra Brasileiros (já que no Brasil praia é praia, sempre livre, sempre aberta e sempre democrática!), mas muito comum no sul da Europa, e confesso que adoro! Apesar dos pesares, gosto de não ter que me preocupar em levar nada, apenas chegar e ficar no maior conforto curtindo o sol! (outras experiências com beach clubs em Nice, Cannes e St Tropez, e em St Kitts no Caribe).

Mas mesmo os Beach Clubs de Capri não tem praia! A grande maioria são apenas “plataformas” de pedras e concreto, onde ficam espalhadas as espreguiçadeiras, e com escadinhas que descem ate o mar.

Fica lindo nas fotos, mas que coisa mais desconfortável e não-pratica minha gente?! (mesmo problema que tivemos em Bodrum, na Turquia).

Ai soma-se a isso o fato de estar com um bebe andante a tira colo, e pronto. Não ia conseguir curtir a “praia” se na verdade estivesse pegando sol num penhasco beirando o mar!

Então encontrei o La Canzone del Mare. Era relativamente perto do nosso hotel (na Marina Piccola, o lado oposto de Capri) e fácil de chegar, com a incrível vista dos Faraglioni e além das plataformas de concreto eles também tinham uma (micra) praia.

Mas o que me convenceu mesmo foi a infraestrutura do lugar!

Muito espaço com sombra, áreas enormes e espaçosas de jardins e plataformas com cadeiras de praia e espreguiçadeiras, restaurantes e lanchonetes, e duas piscinas de agua salgada do mar (uma menorzinha e ótima para crianças, e outra maior, onde ficavam apenas adultos).

Pronto, convencida! E quem estiver com um grupo (ou família) maior, também é possivel alugar um de seus quartos (os Diva Suite), onde você também tem um quartinho (cama e tals), ar condicionado, banheiro privativo, etc.

Adoramos a experiência!

O lugar a lindo, super bem cuidado e bonitinho; a vista não da nem pra comentar!!! Você esta ali na piscina de agua do mediterrâneo e de cara com o principal cartão postal da ilha, e a “praia”, além de microscopica, deu pro gasto e pelo menos a Isabella conseguiu brincar um pouco com as pedrinhas, nadou no mar, encheu seus baldinhos num boa!

E a mordomia né? Se não quiser, não precisa nem levantar de sua espreguiçadeira pra nada! Era só pedir e os garçons continuavam trazendo baldes de gelo com Prosecco e cerveja…

 

– Restaurantes:

O que não faltam na ilha são ótimas opções, e na verdade diria até que comer é uma das principais atrações turísticas em Capri!

Seja os mais badalados e maravilhosos restaurantes, até o mais simples café na pracinha… não tenha dúvidas de que você vai comer, e muito! E muito bem!

E justamente porque a lista é enorme, impossível testar todos, provar todas as recomendações e tudo que te falarem que é “imperdível”.

Mas na semana anterior da viagem estava numa reunião com a Gerente de RH de Milão quando comentei que ia para Capri, de onde ela tinha acabado de voltar de férias, então imediatamente ela recomendou: Da Paolino!

O engraçado é que eu já tinha meio que ouvido falar, e visto muitas fotos (pra quem acompanha sites e blogs de fotografia, já ouviu também! O lugar é muito fotogênico e único! As mesas são todas disposta num jardim de limoeiros, então você janta com os mega limões sicilianos bem em cima de você!), mas não sabia se era uma daqueles lugares de “modinha”, sabe?

Mas nada melhor do que a recomendação de uma Milanesa descolada pra me convencer! Na mesma hora liguei lá pra fazer reserva! (na alta temporada, só com reserva!).

E não decepcionou! A comida é tão boa quanto o lugar é lindo! O serviço foi impecável, e todos muito simpáticos com a Isabella, que ganhou muitas gracinhas e caretas dos garçons, almofadinha pra deixar o cadeirão mais confortável e uma cestinha de pães só pra ela (e desespero da mãe dela, porque claro que com aqueles pãesinhos deliciosos ela não quis saber de jantar!).

Eu fui no clássico: Insalatta Caprese de entrada.

E Ravioli Da Polino al Limone de principal.

O Aaron pediu uma buratta com Bruschetta de entrada e Fetuttine ai funghi de prato principal.

Acompanhados de um maravilhoso vinho branco geladérrimo e finalizados com o buffet de sobremesa da casa!

Durante o dia, as melhores recomendações de almoço são os beach clubs (nós almoçamos no Canzone del Mare no dia que passamos por lá (aí em cima, no mesmo post!). Sente a vista do lugar para seu almoço!), mesmo para quem não tiver tempo suficiente para ir a “praia” em Capri. É uma boa oportunidade de conhecer o outro lado da ilha e ter uma experiência mais “Caprese”, mesmo se você estiver na ilha só pra passar o dia e não puder jantar num lugar mais bacana.

 

O bar do hotel Quisiana também é uma boa opção pra um almoço rápido, ou uns drinks ou café no meio da tarde.

O Hotel domina todo o centrinho de Capri, e seu café tem uma varandona de cara pra ruazinha de pedestres. Ótimo para relaxar e fazer um pouco de “people watching”, mas sem perder a ação e climinha “gente bonita” de Capri. Os preços do Quisiana são assustadores (!!), então um almoço (eles tem várias opções de salada e sanduíches) pode ser uma boa opção (além de que é nesse horário que a ilha esta mais cheia).

 

Na nossa última noite em Capri fomos jantar no “Ristorante Villa Verde“, uma pizzaria super bonitinha, com uma jardim interno que ficava bem do lado da pracinha onde estávamos brincando com a Isabella.

Estava meio vazio, não tínhamos reservas nem nada…. mas me surpreendi com a quantidade de fotos de estrelas Hollywoodianas e celebridades jantando por lá enfeitando as paredes! hahahahah

Então pelos vistos eles são populares entre as estrelas! Não vimos ninguém famoso, mas comi a melhor pizza Capricciosa da vida!

 

P.S. E de sobremesa, ou lanche, ou qualquer hora do dia ou da noite…. vá de gelatto!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
8 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
8 comentários
  1. Dani Bispo - 08/09/14 - 17h51

    Dri,
    Deprimi agora! rs
    Esse ano não curti quase nada do verão italiano e lendo seu post me bateu uma saudade…

    Sou realmente apaixonada pela Itália.

    Acho a combinação praia, prosecco, gelato e comida italiana imbatível rs

    E a Costa Amalfitana é linda né?

    Vc não tem vontade de conhecer a Sicilia? Por lá também tem praias (e comida) de tirar o folego.

    bjs
    Dani Bispo

    Responder
    • Adriana Miller - 08/09/14 - 18h31

      Muita vontade! Nem me fale!
      Mas nunca coincidiu…
      São lugares demais e tempo de menos pra conhecer todos os lugares de minha listinha…

      Responder
  2. Larissa Lyra - 09/09/14 - 00h21

    Gostei de ver as propagandas no blog!! Senti firmeza! rs Grande abraço

    Responder
  3. […] durante o dia usei muitas saídas de praia quando fomos aos Beach Clubs ou na piscina do hotel, e para passear no centrinho de Capri durante o dia, usava shorts + […]

    Responder
  4. Cibele Porto - 12/09/14 - 13h06

    Oi Adriana, pelos post sobre Capri, to achando bem parecido com Malta. Seria mais ou menos isso mesmo? Eu curti mto Malta e pelos seus posts to desejando conhecer Capri tbm…

    Responder
    • Adriana Miller - 12/09/14 - 13h20

      Na verdade eu acho todos esses lugares no Mediterrâneo meio parecidos mesmo… Itália, Croácia, Malta, Chipre…
      Mas Capri é bem mais badaladinho que Malta, com certeza.

      Responder
  5. jorge - 01/01/15 - 20h37

    Adriana, li suas postagens sobre Capri e já que estamos com viagem pra lá em setembro, gostaria de saber quanto cobram por dia (ou por hora) nesse beach club que vc mencionou no blog.
    Tambem já tinha reservado hotel no Capri Inn.
    Abraços,

    Jorge

    Responder
    • Adriana Miller - 02/01/15 - 09h38

      Isso vai depender de qual “pacote” voce escolher: se quer espreguicadeira ou apenas cadeira de praia, se quer ficar nas plataformas do mar ou perto da piscina, se quer sombra ou sol o tempo todo, se quer alugar toalha, guarda sol etc…
      Acho que nos pagamos cerca de 50 Euros por pessoa com tudo (excluindo comida e bebida, que acho que saiu mais uns 100 Euros pois ficamos o dia todo por la).
      Daqui ha uns meses quando chegar mais perto da temporada de verao eles devem atualizar o site com os precos da temporada 2015, ai voce pode verificar as opcoes e os precos certinhos (eu coloquei o link no post).

      Responder