30 Mar 2015
19 comentários

Apetrechos e Acessorios de viagem – Viajando com criancas

Baby Everywhere, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas Aleatorias & Genericas, Dicas de Maternindade, Dicas de Viagens, Fazendo as Malas, Viajando com crianças

Apesar de ja ter feito alguns posts sobre os acessorios de viagem que costumo usar, quando escrevi a versao mais recente fui me dando conta que algumas coisas mudaram justamente por que agora quase sempre viajo com a Isabella, o que demanda toda uma nova leva de parafernalhas e quinquilharias que facilitam a nossa vida.

E acredite, quando falams de viajar com criancas pequenas, sao esses pequenos detalhes que fazem as grandes diferencas!

Apetrechos com criancas

  • iPad: Eu adoro usar meu iPad em viagens para ler meus livros, baixar revistas, asistir filmes e seriados… mas a realidade eh que hoje em dia quem usa mesmo meu iPad eh a Isabella! Apps, filmes, desenhos, joguinhos… qualquer coisa que a deixe entretida e sentadinha durante (algumas) horas de voo! E claro, sempre levo meu carregador Mophie tambem, porque Deus-me-livre-e-guarde se a batería do Ipad morrer no meio do voo!
  • Fone de ouvido infantil: Esse eh um apetrecho super recente, pois fones nao sao recomendaveis para criancas menores de 2 anos. A principio eu comprei um bem baratinho, na banca de jornal, so para testar e ver se a Isabella ia odiar completamente, ou se ia se adaptar e querer usar o fone numa boa. E nao eh que ela gostou! Entao troquei pelo modelo infantil da JVC que dizem por aquí ser um dos melhores e mais resistentes (afinal precisa sobreviver nas maozinhas destruidoras!), alem de ter controles de volume e fios mais resistentes que nao enrolam.

  • Organizadores de mala: Tambem ja falei deles aqui nesse post e em algumas dicas de viagem com criancas, mas vale relembrar o quao util esses “compartimentos” sao na hora de fazer a mala! Comecei a usa-los justamente para manter uma certa ordem entre as minhas roupas e as roupas da Isabella quando levamos a mesma mala, e continuo usando mesmo quando a mala eh so para ela, e eu tenho outra so para mim (como as roupinhas sao muito pequenas, ajuda a separar po pecas especificas, ou com combinacoes e “looks” ja prontos).

 

  • Sacola ultra light: Como contei no outro post sobre acessorios, eu acabei viciando nessa sacola por acidente e desde entao nao viajo mais sem ela, principalmente quando viajo com a Isabella! Super leve e muito util principalmente na hora de lidar com todas as coisas extras que um bebe/crianca precisam, mais montanhas de brinquedos, roupinhas sujas etc.

 

  • Sacola para carrinho: O nosso carrinho eh um Bugaboo Bee, e apesar de que comprei tambem a mala de viagem do Bugaboo, acabei nunca usando (ela eh pesada e grandona de carregar, nada pratica numa viagem!!). Entao por um tempo levavamos o carrinho sem protecao nenhuma mesmo, ou entao colocava aqueles plásticos de protecao ja no aeroporto. Mas ai acabei comprando a sacola “Gate Check” que eh baratinha, super leve, fecha numa bolsinha pequena, e protege o carrinho super bem! Nao espere a melhoooooor qualidade do mundo, afinal ela eh bem fina/leve e barata mesmo, mas ja estamos viajando com ela ha mais de 1 ano (e nos viajamos MUITO!) e apesar de uns furos aquí e ali, e estar bem surrada, ela ainda esta durando bastante! Outra vantagem eh que essa sacola eh bem “genérica” entao cabem varios modelos diferentes de carrinho (nao eh especifica para Bugaboo Bee). Entao ja usamos essa sacola para viajar com o McLaren por um tempo, e ja recomendei a mesma sacola para amigas que tem o Bogaboo Cameleon (grandao), Phil & Teds Duplos (super grandao) e outros modelos variados.

 

  • Bolsa de fralda para viagem: Ja falei bastante dessa bolsa aqui, e gosto de usa-la principalmente em voos longos, quando sei que tenho que levar muita coisa comigo no aviao. Mas tambem recomendei a compra a algumas amigas que tiveram os segundos ou terceiros filhos recentemente e todas elas dizem estar usando demais! A bolsa/mala eh bem espacosa e grande, mas sem ser um trambolhao, e cheia de compartimentos (ate alguns térmicos) entao perfeito para quem for viajar com uma crianca maiorzinha, mas tambem com um bebe pequeno por exemplo (e tiver que separar tamanhos de fraldas, roupas, mamadeiras e brinquedos, etc).

 

  • Babador emborrachado: Agora que a Isabella esta numa fase chata para comer e so aceita comer sozinha, a sujeirada na hora das refeicoes estao fora de controle! Uso muito esses babadores no dia a dia em casa, mas quando estamos na rua e viajando sao fundamentais! Pelo menos nao preciso trocar a roupa dela a cada refeicao e nem ficar carrgenando babador sujo e manchado por ai (eh so passar um pano ou lencinho umido e pronto!).

 

  • Cadeirao portátil: Esse “cinto de seguranca” eh uma invencao genial para criancas naquela idade nem la nem ca (sabe quando a crianca ja fica sentadinha numa boa, mas ai do nada resolve que quer ir pro chao e se joga longe?!). Quando estamos em hoteis e restaurantes que tem cadeirao para criancas isso nao eh um problema, mas esse protetor nao ocupa nada da bolsa de fraldas (eh de pano e dobra bem pequeno, ocupa menos espaco que uma fralda), entao nao custa nada levar. Eh uma otima opcao para quem vai viajar por lugares e destinos onde nem tudo eh “child friendly” e nem super preparado para receber familias, entao pelo menos voce nao precisa ficar se preocupar em so achar restaurantes que tenham cadeirao etc, pois seu filho vai poder sentar e usar qualquer cadeira com seguranca. Foi super uitl quando viajamos com a Isabella pelos Balkans e iamos parando pra comer em qualquer lugar, e ano passado na Franca, pois comemos em muitos restaurants pequenos, bistros e cafes nos vilarejos do Vale do Loire).

 

  • Coberta para amamentacao: Uma das principais renvindicacoes das maes que amamentam eh justamente poder alimentar seus filhos onde bem quiserem. Mas a realidade eh que quando eh o seu peito ao leu por ai, ou viajando para um lugar onde voce nao sabe como amamentacao sera recebida, essas “cabaninhas” sao uma super ajuda! Eu detestava usar um “paninho” pois alem de ser meio enrolado (entre o processo de preparer o pano, posicionar o bebe, colocar os peitos pra fora, ajeitar a pegada e afins… um pesadelo!) achava uma super sacanagem deixar o rosto da Isabella todo abafado na hora de mamar! Eu ia odiar ter que comer com uma fralda de pano na minha cara, entao nao queria fazer o mesmo com minha filha! Entao usei bastante minha tendinha, pois alem de ser super espacosa e confortavel, a dobra que amarra no pescoco da mae tem uma parte durinha, entao o bebe nao fica abafado, voce consegue manter o contato de olho no olho, alem de conseguir enxergar direitinho o bebe, a pegada, se ele(a) dormiu, etc. Tao facil, tao confortavel e tao pratico de usar (e por ser de pano, quando dobra nao ocupa nada na bolsa de fralda ou mala de mao).

 

Outros acessorios e apatrechos uteis que ja fui dando uma dica aquí e outra ali (tanto aquí no blog quanto no Instagram/Facebook) e sao super uteis tanto no nosso dia a dia em Londres, quanto em nossas viagens:

  • Trocador descartavel: Confesso que hoje em dia eu sou tao ninja na hora de trocar fralda que ja nem uso trocador nenhum com a Isabella, mas nos primeiros meses de vida, os trocadores portateis foram fundamentais! E usava muito tambem em nossos passeios perto de casa, justamente para nao ter que carregar aqueles trocadores de plástico dentro da bolsa (Acho esses trocadores portaveis uma invencao super “do mal”, porque e ai se vazar tudo e sujar o trocador, voce ainda vai ter o trabalho de limpar o trocador depois, num banheiro publico, alem de ter que limpar/trocar/cuidar de seu bebe! Aff!). Os trocdores descartaveis duram demais e a pesar de “descataveis” eu so jogo fora quando sujam, que gracas a deus nao acontece com tanta frequencia assim nao! Entao logo que a Isabella nasceu eu comprei um pacote “jumbo” na Amazon com 3 embalagens e ainda tenho 1 embalagem fechada no armario. Valeu a pena! Pra quem nao achar com facilidade essa versao propria pra bebe da Pampers, vale usar as versoes de “incontinencia” de adultos tambem (eh tudo a mesma coisa, so muda o branding). Ja aconteceu de ficarmos sem nenhum trocador descartavel em viagens e sempre foi super facil comprar protetores de incontinencia! (os vendedores devem ter me achado um pouco nova pra sofrer de incontinencia, ne?! mas e dai?! Hehehehe).

 

 

  • Esterilizador liquido/tabletes: Esse eh para as maes mais germo-fobicas (eu pessoalmente nao esterilizo nada. Apenas lavo tudo muito bem lavado e pronto. Anticorpos sao necessaries minha gente!) para nao acharem que tem que carregar o esterelizador eletrico toda vez que saem de casa!

 

  • “Segurador” de brinquedos/copos/potinhos: Nada mais eh do que uma “coleira” pros brinquedos e acessorios de seu filho, para que ele(a) possa segurar e brincar numa boa no carrinho ou na cadeira do carro, mas sem o risco de ficar deixando cair no chao o tempo todo. Eu uso todo dia, para tudo: para segurar o copo de agua, o potinho de frutas, o ursinho, a boneca, etc.

 

  • Mochila para carregar criancas grandes: O canguru (baby Bjorn afins) foi um dos acessorios que mais usamos quando a Bella era pequenininha! Eh tao pratico e ela adorava! Nas viagens entao, nada melhor pra deixar as maos livres pelo aeroporto, na hora do embarque, desembarque e qualquer outra situacao onde precisasse ficar com as maos livres. Porem os cangurus tem validade super curta, pois depois de uns meses o bebe fica gordinho demais pra caber confortavelmente. Mas a necessidade dos pais ficarem com as maos livres permance, entao quando a Isabella tinha uns 8 ou 9 meses compramos essa mochila para carrega-la, que dura ate hoje e usamos muito! Existem muitos modelos e marcas diferentes, mas eu gosto demais dessa da LittleLife justamente pois tem cara de mochilinha mesmo, eh super confortavel pra ela (ela ate dorme nela as vezes, apesar de nao ser a melhor opcao do mundo!) e ainda tem batante espaco pra guarder as coisas que ela precisa pra um passeio (substitui numa boa a bolsa de fraldas).

 

P.S. Alguns dos links desse post sao de empresas de afiliados e parceiros do blog, e a minha politica eh simples: nao me associo nem me afilio com empresas que nao utilize na minha “vida real”. Entao essas sao minhas dicas pessoais, mas ao reservar seu carro, ou hotel ou comprar seu acessorio ou seguro de saude/viagem pelos links e baners do blog eu ganho uma comissao. E voce nao tem custo a mais nenhum!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
19 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
19 comentários
  1. Isadora - 30/03/15 - 13h02

    Dri, não penso em ter filhos ainda por muito tempo, mas SEMPRE leio seus posts de viagem com os pequenos porque acho suas dicas preciosas! Com certeza vou viajar muito com meus filhos e é ótimo já ter um ‘head start’ nas informações! Hehe. Nunca tinha ouvido falar desse babador de borracha, por exemplo, e parece ser super útil na hora da comilança. Obrigada por compartilhar :D

    Responder
  2. juliana - 30/03/15 - 17h21

    Comparando os valores dos itens que vc indicou no post, me assustei com a diferença dos preços daqui do Brasil e daí. É impressionante!!!
    abs

    Responder
    • Adriana Miller - 30/03/15 - 21h31

      Muito chocante né?!
      Por isso sempre tento colocar links de sites que entreguem no Brasil também. Pois mesmo sendo taxado a 100% e mais as loucuras do câmbio, ainda vale a pena não comprar no BrasiL!

      Responder
  3. Sonia - 30/03/15 - 18h20

    Super-super-util, Adriana! Estou a planear a primeira viagem longa de aviao com a minha filha de 15 meses e estas dicas sao excelentes (alias, acabei de encomendar 2 dos items via os links que colocaste aqui!). thanks!

    Responder
  4. Naira - 30/03/15 - 18h43

    Acabo de ler e comentar o post anterior e já tem um novinho sobre o mesmo assunto! Que maravilha! Parabéns, de novo! Beijos!

    Responder
  5. Rodrigo Matos - 30/03/15 - 20h51

    Muito legal suas dicas viajar com crianças apesar de ser muito bom. Deve dar um trabalho danado.

    Responder
  6. Giovanna - 30/03/15 - 23h43

    Dri, adoro suas dicas, pois sou uma mãe viajante de uma ‘bebê’ viajante de 2a5m. Daqui a duas semanas, vamos para Londres (encontrar minha cunhada) e Paris (encontrar meus pais) e eu estou morrendo de aflição porque será a primeira viagem longa sem chupeta e sem fraldas. Mãe é tudo louca, não é? Estou pensando como levar a pequena no bwc nojento do avião…sai a bolsa de fraldas e entra o carregamento do alcool em gel e desinfetante…beijo grande!

    Responder
    • Adriana Miller - 31/03/15 - 10h14

      Hahahaha!
      Ainda nao cheguei nessa fase! E ja estou com medo!
      Ms como tudo nesse mundo de pais&filhos, nada eh tao assustador quanto parece ser! Tenho certeza que voce vai tirar de letra!

      Claro, leve muitas mudas de roupa extra e se o “medo” dos germes for muito grande, voce pode tentar levar aquelas “min” tampas de privada,sabe aquelas que adaptam em privada normal, pra crianca mesmo? Eh um trambolho ue nao desejo ao meu pior inimigo, mas sei la ne? Eu nao sou nada germofobica, entao nao me preocuparia muito com isso….
      (e pra falar a verdade ainda me lembro bem de viajar com meus pais quando era pequena e minha mae “segurava” a gente no ar, tipo fazendo uma cadeirinha com os bracos, pra usar banheiro publicos! heheheh)
      Provavelmente usarei a mesma tecnica com a Isabella um dia! :-)

      Responder
      • Livia - 31/03/15 - 18h16

        Esses redutores de assento não são trambolho de jeito nenhum, são super úteis. Existem modelos dobráveis que são muito práticos e super leves, ocupam menos espaço que uma fralda XG e vem numa bolsinha que cabe na nossa bolsa. Não sou nada fresca com limpeza e detesto carregar tralhas, mas existem banheiros e banheiros e criança desfraldando não segura até o próximo banheiro mais ou menos limpo. Outra opção são aqueles forros descartáveis, parecidos com os trocadores descartáveis. Claro que dá pra ficar segurando no ar, mas se a criança resolve querer fazer algo mais que um simples xixizinho fica muito cansativo e desconfortável para ambas. Pra quem passou mais de dois anos carregando fraldas e todos os apetrechos de bebês, carregar isso não é nada.
        As primeiras viagens depois do desfralde são ligeiramente tensas, dá um medinho porque uma coisa é uma fralda vazar outra coisa bem mais complicada é um xixi escapulir sem fralda alguma na poltrona do avião, no chão do avião, no meio do restaurante… tenso. E minha filha não aceitava colocar fralda só por segurança de jeito nenhum, então eu levava o tempo inteiro no banheiro. Mas depois que a coisa se estabiliza (em geral é bem rápido) é uma liberdade viajar sem fraldas :-)

        Responder
        • Adriana Miller - 31/03/15 - 20h57

          Ótimo saber!!
          Eu fiuei traumatizada depois que assisti uma amiga sair pra passear com o filho com pinico na bolsa pra cima e pra baixo, parar no meio da rua pro menino fazer cocô e depois ainda ter que andar com o pinico “cheio” procurando um lugar pra limpar e descarregar a “carga”!! HAHAHAHAH
          Trauma de vida define!
          Bom saber que hoje em dia existem opções mais práticas!
          Ai ai, daqui a pouco é minha vez de começar o processo de desfralde e não estou nada feliz com essa possibilidade… hehehehe

          Responder
          • Carol S - 08/04/15 - 00h49

            Dri!!! Encontrei uns protetores de assento descartáveis, mega baratinhos! Estava pesquisando justamente isso pois vou viajar para EUA longas horas com criança sem fralda! Achei o máximo e vou comprar!!!

            Responder
  7. Mariana Alcântara - 31/03/15 - 01h55

    Dri!

    Não sei se o problema é com meu navegador/internet ams as imagens postadas acima não abriram/carregaram…

    Mas msm assim adorei as informações (apesar de ainda não estar nesta fase)…

    Att,

    Mariana Alcântara

    Responder
  8. Ana C - 31/03/15 - 08h07

    Amei o post. Não tenho filhos ainda mas amooooo esses apetrechos! E amo a Amazon hahahaha

    Responder
  9. ana carolina lima - 01/04/15 - 13h16

    Dri, adorei!! mt bom saber q estamos no mesmo barco, o cadeirão portatil é ótimooo mesmo, uso bastante, e a mochila coleirinha nem se fala, só quem tem filhos mega ativos sabem oq é poder andar tranquila na rua sem ficar correndo atrás da criança em uma hora q realmente não dá p deixa-la tão livre. Mas sem querer abusar e ja abusando, faltou só os apps q vc prometeu ;) aguardo um post sobre isso, bjo

    Responder
  10. Renata - 01/04/15 - 14h29

    Humm Dá vontade de ter mais um… (o 3º!) :)
    Ótimas dicas de acessórios! E bom saber que os links são de sites que vendem no Brasil.
    Palpite da tia: aproveita o verão europeu pra tirar a fralda da filhota.
    Bjs

    Responder
  11. Fernanda Leitão - 29/04/15 - 15h00

    Estou no grupo do “medo do desfralde” kkkkkk! Suas dicas são pra lá de completas.

    Responder