21 Apr 2015
1 Comentário

W Hotel Sao Petersburgo

Dicas de Viagens, Europa, Russia, São Petersburgo

Uma de minhas redes preferidas de hoteis no mundo eh a rede W. Eles coneguem, com maestria, criar um ambiente super moderno e conteporaneo, mas sem ser frio. E ao mesmo tempo, um nivel de servicos excelente, onde o foco eh 100% no hospede.

Hotel Sao Petersburgo

Eu já tive o privilegio de me hospedar com o W Hotel em outras cidades, e ate já falei em mais detalhes sobre o programa e “filosofia” de concierge e servico de atendimento que eles empregam: o “Whatever, Whenever”, que se traduz como “qualquer coisa, qualquer lugar”.

 

E todos os funcionarios de qualquer W Hotel do mundo leva isso super a serio.

Quando me hospedei no W de Paris, estava gravida e morrendo de fome (o tempo todo, eh claro!). Um dia a noite pedi uma pizza de room sevice e falei brincando que a pizza era pequena demais pra suprir minha fome de “comendo por dois” – na mesma hora o garcon ofereceu pra levar a pizza de volta e pedir pro chef preparar uma num tamanho maior!

Tive que esperar um pouco mais pra finalmente comer a pizza, mas em compensacao, não fui dormir com fome!

Ou quando nos hospedamos no W de Seoul, na Coreia. Apesar de não ser uma hotel “de familia” no sentido de não ser a rede classica em que as pessoas pensam em viajar com filhos pequenos, resolvemos nos hospedar la assim mesmo, e eles se desdobraram pra nos fazer sentir em casa, e praticamente se “transformaram” num hotel para fmailias so para nos atender.

Como um kit higiene e brinquedos para a Isabella já nos esperando no quarto, cadeirao de bebe na nossa mesa no café da manha, e ate mesmo a sugestao de agencias de baby sitters treinadas pelo W hotel, com Ingles fluente caso precisassemos de uma ajuda (e ate ofereceram encontrar alguma baba em Seoul que falasse Portugues! Não sei se eles iam encontrar, mas se essa pessoa existe na Coreia, tenho certeza que a equipo do W encontraria!).

Hotel Sao Petersburgo

Dica importante: levar o nome e endereco do hotel no alfabeto Cirilico, ja que pouca gente na Russia le o nosso alfabeto.

Entao quando planejamos a viagem para a Sao Petersburgo, na Russia, o W hotel foi a escolha obvia (e na verdade foi o catalizador da viagem, depois que eu achei uma promocao do W St Petersbug on line bem na semana da pascoa!).

O W St Petersburgo segue a imagem da rede, bem moderno, porem aconchegante; funcionarios de ingles perfeito e muito, muito simpaticos.

Alem disso, a localizacao no poderia ser melhor – a 3 quarteiroes do Hermitage e Palacio de inverno, 2 quarteiroes da Nevisky Prophet (avenida principal da cidade), e a 1 quarteira da Catdetral St Isaac.

Entao fizemos tudo, tudo a pe pela cidade, e com a Isabella sempre a tiracolo!

Confesso que um dos meus receios era usar o transporte publico por la – apesar de que o metro de St Petersburgo tem a mesma fama de ser lindo, tanto quanto o metro de Moscou, justamente por já conhecer o metro de Moscou, não estava a fim de ter que enfrentar as escadarias sem fim e trens apertadinhos com um carrinho de bebe.

E se não pudessemos usar o transporte publico, entao provavelmente teriamos ter que pegar taxis, e eu so tive pessimas experiencias ao tentar pegar taxi de rua na Russia, entao seria a ultima, ultima opcao. (os taxistas não falam NADA de Ingles nem nenhum outra lingua, não conseguem ler enderecos que não estejam em Cirilico, entao eh bem dificil conseguir se comunicar numa situacao espontanea de “pega um taxi” e vamos, sabe?).

Entao estar TAO bem localizada foi essencial, pois não usamos nenhum transporte publico na viagem toda, e so usamos taxi para ir e voltar do aeroporto, e quando fomos ao Palacio Peterhof, cujo taxista foi organizado pelo W Hotel, tanto na ida quanto na volta, e uma das recepcionistas do hotel ainda ficou com a gente no telefone o tempo todo enquanto esperavamos o taxista que foi nos buscar na volta pra cidade, ara servir de tradutora e mediadora!

Outra coisa que adorei no hotel foi o restaurante, que não so servia um café da manha maravilhoso, mas ainda serve almoco e jantar com uma comida Russa (ou internacional) maravilhosa!

Acabamos comendo la duas vezes, porque realmente a comida era muito boa!

Mas como comer em hotel eh sempre mais caro, na parte da manha eles tambem oferecem um servico gratuito de “take away”, e caso voce não queira comer o buffet completo, pode passar no bar da recepcao se servir na maquina de café (pra viagem), com opcoes de frutas, iogurtes e croissants, totalmente gratuitos!

E para completar, o W St ptersburgo ainda tem um bar na cobertura com uma vista maravilhosa da cidade!

Demos azar de não ter pego o bar aberto, por ser baixa temporada e por temos pego um tempinho bem ruim por la, mas como queriamos conhecer mesmo assim e tirar umas fotos la de cima, uma das gerentes do hotel abriu o bar pra gente um dia a tarde, e tivemos o terraco todo pra uma secao particular!

Entao pra quem for a Sao Petersburgo numa epoca de clima bom e verao, o bar da cobertura do W eh parade obrigatorai, mesmo se voce nao estiver hospedado por la! Deve ser o maximo!

 

W Hotel St Pertersburg

Voznesensky Prospekt 6,

Admiralteyskiy district,

190000 Saint Petersburg, Russia

Planejando uma viagem para Rússia?

Aqui você encontra todas as dicas e recursos para planejar sua viagem, e podemos cuidar dos detalhes práticos para você:

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
1 Comentário
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
1 Comentário
  1. […] Nosso hotel ficava numa das transversais da Admiralteyskiy Prospekt, a 2 blocos da Nevsky Prospekt e 3 blocos do Hermitage (Palácio de Inverno), então todos os dias nossos passeios começavam por ali. […]

    Responder