09 Jul 2015
9 comentários

Restaurante Les caves de la Genevraie – as cavernas Trogloditas do Vale do Loire

Dicas de Viagens, França, Saumur, Vale do Loire

Tao bizarro escrever sobre os Trogloditas da Franca, pois em Portugues essa palavra tem uma conotacao tao estranha ne?

Afinal, qual a primeira coisa que te vem a cabeca quando se fala em Trogloditas?

Bem, sua conclusao provavelmente esta errada, pois os Trogloditas, pelos menos os da Franca do seculo 11 nada mais eram do que plebeus que habitavam essa regiao do vale do Rio Loire (sobretudo na regiao de Saumur), e como meio de sobrevivencia, habitavam em cavernas.

Nao se sabe exatamente porque ese costume comecou, mas tudo leva a crer que as caverna nas rochas do leito do rio Loire ofereiam opcoes seguras e baratas de moradia, para uma populacao que vivía permanentemente em estado de miseria e a merce do clima, guerras, fome e seus senhores feudais.

15807323479_88026db37b_z

A maioria das cavernas que sobraram dos Trogloditas Franceses estao na regiao de Saumur, onde nos ficamos hospedados no Loire, pois por ali as rochas esbranquicadas do leito do rio eran as mais procuradas para as construcoes dos castelos e palacios da regiao, entao a maioria da populacao trabalhava em minas  de extracao de rochas – entao a moradia nas caveras resultantes dessa extracao foi uma consequencia natural.

Alem disso, rapidinho eles descobriram que as cavernas de limestone, conjugado com a umidade natural do leito do rio eran as condicoes perfeitas para o amadurecimento de vinho branco e para o cultivo de cogumelos (champignon Frances) – eu nao tinha a menor ideia, mas Saumur eh responsavel pela producao de mais de 50% dos cogumelos consumidos na Franca!

15805939668_5692ec0601_z

No comeco do seculo 20 a comuniade de trogloditas da regiao foi se dissolvendo aos pouco, e as cavernas abandonadas em prol de moradias mais convenientes e modernas – mas hoje em dia ainda existem uma infinidade de vilarejos e casas trogloditas que aos poucos estao sendo transformadas em hoteis e restaurantes, entao queríamos muito conhecer um por dentro!

E como estavamos ali perto, escolhemos o restaurante Les caves de la Genevraie a cerca de 20 minutos do nosso hotel, construido numa antiga vila Troglodita e que mantem a tradicao dos fornos a lenha e serve apenas a comida tradicional desse sub-cultura Francesa!

O prato principal eh o Fuee, um pao feito na hora e assado no forno a lenha da caverna, servido com recheios variados, feitos de cogumelos e carnes, e que formavam a dieta básica do dia a dia das familias trogloditas.

As cavernas sao absolutamente fascinantes, realmente um mundo subterráneo, e eh difícil imaginar que familias e comundades inteiras moravam ali, naquele emaranhado de corredores, com diferentes ambientes, escadas, cozinhas, areas de congregacao e tudo mais que uma comunidade precisa para co-habitar.

E o restaurante tira otimo proveito disso e re-cria uma experiencia super interesante e única!

As mesas sao espalhadas em diferentes ambientes das cavernas, somente iluminados por luz de velas (assim como era desde o seculo 11) e aquecidos por fornos a lenha e fogueiras.

A refeicao eh servico seguindo a tradicao Troglodita, e tendo como base o pao Fuee e as carnes, que eram os principais ingredientes disponiveis a populacao.

Eu pedi para conhecer o resto da caverna, e prontamente me deram um tour guiado ate a cozinha, e pude asistir o proceso de assar o pao Fuee direto na brasa (por isso eh tao gostoso!!) e pasar por outras areas e corredores.

Muito, muito interessante!

A experiencia valeu demais a pena, e foi tao diferente de tudo que fizemos na Franca e imaginamos que seja o “típico” do país!

A pesar de termos ido na baixa temporada, o restaurante estava bem cheio, entao acho que fazer reserva eh sempre recomendavel!

Les caves de la Genevraie 

13 rue du musée

49700 Louresse-Rochermenier

+33 2 41 59 34 22

P.S: Obrigada a organizacao “Pays de la Loire” pelo convite e sugestao de restaurante.

Planejando uma viagem para o Vale do Loire?

Aqui você encontra todas as dicas e recursos para planejar sua viagem, e podemos cuidar dos detalhes práticos para você:

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
9 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
9 comentários
  1. Betinha - 10/07/15 - 03h09

    Olá , Dri ! Bem , já que vc foi a cozinha, estou curiosa para saber : Como fazem pra lavar os utensílios sem água encanada , e refrigerar os alimentos, que suponho não haver eletricidade dentro da caverna ? Ou será uma caverna mais do que moderna com todas essas ” comodidades ” já inseridas no século 11 ? Bjks pra vc ;)

    Responder
    • Adriana Miller - 10/07/15 - 08h38

      Eles tem todas as instalacoes modernas normais de um hotel/restaurant aclopado as cavernas tambem. Tem geladeiras, cozinha industrial pra Limpeza, caixa registradora, aceitao cartao de credito e o que mais for preciso.
      So la dentro da caverna/restaurant eh que mantiveram a experiencia autentica, e a cozinha onde preparam as comidas ainda sao como as originais.

      Responder
  2. Luciana Cruvinel - 10/07/15 - 13h42

    Dri, as caves não tem cheiro forte não? Estive em locais parecidos na Itália e o cheiro de mofo (talvez pela umidade e falta de sol…) eram bem fortes… Como sou muito alérgica não consegui ficar…

    Responder
    • Adriana Miller - 10/07/15 - 14h54

      Nao, nao tem cheiro de nada nao, muito pelo contrario! Tudo super bem cuidado!

      Responder
      • Luciana Cruvinel - 10/07/15 - 15h13

        Ai que bom! Obrigada!!! :)

        Responder
  3. Mariana Morais - 11/07/15 - 22h43

    Amei, amei, amei! Que experiência mais bacana!!

    Responder
  4. Alessandra - 01/04/16 - 17h53

    Olá!! Adorei essa dica, parece ser muito legal! Vi na foto que tem cadeirão, é um lugar viável para ir com criança? Viajarei em junho com meus filhos de 3 e 4 anos, será que é um lugar legal para uma refeição com eles? Obrigada!

    Responder
    • Adriana Miller - 06/04/16 - 09h17

      Sim, eles tem cadeirao, mas nao eh um restaurant “de familia”.
      Como voce pode ver pelas fotos, eh “viavel” e eu fui com minha filha, mas nao eh o tipo de lugar que tera entretenimento para criancas, menu infantil, etc, etc, entao esteja preparada.

      Responder
  5. Leonardo Avelar - 23/06/19 - 18h54

    Onde é a melhor região para se hospedar e ir almoçar neste local?

    Responder