31 Aug 2016
21 comentários

Principado de Andorra – Spas e esqui para famílias!

Andorra, Dicas de Viagens, Europa

Desde que não conseguimos chegar a Andorra no inverno de 2015, conhecer o país e finalmente cruzar a fronteira tinha virado praticamente uma questão de honra!

Andorra

Então quando começamos a pensar em opções de viagens pra fazer no inverno de 2016, eu nem cheguei a pesquisar mais nada: iríamos pra Andorra!

A principal mudança dessa vez foi fazer a viagem via Barcelona, e cruzar os Pirineus pelo lado Espanhol, em vez do trajeto via França que fizemos ano passado, que tende a ser mais frio, mais incidências de nevascas e estradinhas piores. E além disso, se por acaso a viagem não desse certo de novo, o plano B seria um fim de semana em Barcelona, o que não é nada mau!

Mas dessa vez correu tudo bem! Bem até demais, pois as estradas estavam tao boas para chegar lá, que na verdade significou que até então os Pirineus tinham recebido muita pouca neve, e as condições de esqui estava péssimas…

Acabou não nos atrapalhando muito não, pois nossa viagem foi logo depois que eu descobri que estava grávida, então não teria esquiado mesmo, mas o Aaron estava empolgado pra esquiar, e queríamos ter inscrito a Isabella numas aulinhas de esqui também, que acabou não rolando…

Aliais, isso pra mim foi um dos principais atrativos de Andorra: é um local super família e eclético!

O que os vilarejos perdem em termos de charme em comparação com os Alpes (claro que as cidadezinhas dos Alpes são muito mais fofas e autênticas!), eles oferecem em opções de atividades para quem quer curtir o clima de inverno e montanha, mas sem a pressão ou exclusividade do esqui.

Engraçado falar disso, mas sempre que falo aqui no blog sobre destinos para ski, recebo muitas perguntas sobre o que tem que fazer pra quem não quer ou não sabe esquiar, ou pra quem vai viajar com famílias, ou quem até queria viajar, mas depois de tudo planejado, se deu conta de que esquiar sai caro (roupas especiais, aluguel ou compra de equipamentos, aulas, passes de esqui, etc) e busca outras opções sobre oque fazer na montanhas.

E nisso, Andorra é uma opção perfeita!

Pra começas que suas pistas e slopes são menos agressivas do que nos Alpes. Se você é um super esquiador, OK, você terá opções de boas pistas negras e diamantes também, mas não em tanta abundância quanto nos Alpes.

A maioria dos resorts tem a maioria das pistas com classificação para iniciantes e intermediários, então mesmo pra quem esta começando, as opções de pistas são sempre boas e fáceis.

E sem esquecer que claro, Andorra, e os Pirineus como um todo, é bem mais barato do que os Alpes Franceses, Suíços ou Austríacos, então um tipo de viagem que geralmente é bem cara, acaba saindo mais “pagável”, e aí já vale a pena para quem quer apenas tentar algumas aulas, tirar belas fotos de esquis nas mãos e curtir o clima das montanhas! #quemnunca

Mas o principal mesmo são as atividades não-esqui que Andorra oferece!

Quase todos os resorts de esqui da Europa oferecem opções tipo snowshoeing (como fizemos em Chamonix, na França e no Colorado, EUA), snowmobile (aquelas motos/carros de neve) e afins, mas o que pouca gente sabe é que na verdade Andorra é conhecida mesmo por suas termas naturais!

Então os Spas termais e os mega complexos de piscinas naturais são o que mais atraem turistas para Andorra ao longo do ano todo, e quase todas as cidades e os principais hotéis oferecem serviços de spa.

Os maiores e e mais conhecidos são o Caldea, Inuu e o Sport Hotel (onde nós ficamos), que funcionam o ano todo, e principalmente são uma ótima alternativa aos esportes de inverno.

Para nós, oque nos atraiu para Andorra mesmo, desde a primeira vez que (tentamos) fomos, foi o suporte às famílias com crianças pequenas, que ainda não esquiam.

Porque afinal, o que fazer com seus filhos enquanto você esta nas pistas?

Nós demos sorte de estar com minha sogra cuidando da Isabella quando fomos a Chamonix (que é um lugar zero-infantil), e desde então eu estava procurando outros destinos na Europa onde poderíamos esquiar e curtir o dia nas montanhas enquanto a Isabella tinha outras atividades durante o dia.

Então Andorra usa esse gancho de resort-família para atrair cada vez mais famílias com crianças e bebês pequenos.

Claro que depois de uma certa idade (geralmente 3 ou 4 anos) as crianças já podem começar a fazer aulas de esqui também, mas  até essa idade, ou durante o resto do dia (as aulinhas infantis só duram uma horinha, porque é cansativo!).

Mas seu seu filho(a) já tem mais de 12 meses, quase todas as principais pistas da região de Soldeu/Grandvalira em Andorra oferecem serviço de creche para crianças entre 1 ou 2 anos e 12 anos, que podem ser reservados por hora, dia inteiro, só pela manhã, só a tarde etc…

Acabou que não usamos o serviço deles, pois não esquiamos, mas subimos até algumas pistas da região de Grandvalira em Soldeu (afinal, é lá de cima que estão as melhores vistas!), e fui visitar a creche/escolinha e adorei!

Tem uma parte interna, aquecida e aconchegante, com muitos brinquedos e atividades para diferentes idades, e também uma área externa, com brinquedos de “playground”, e onde as crianças podem fazer bonecos de neve, brincar na neve, etc. Estava bem cheio de crianças! Acho que a Bella teria adorado!

Nós ficamos hospedados na região de Soldeu, que foi recomendação de uma amiga Espanhola que ia sempre pra Andorra com os pais quando era mais nova, e realmente adoramos a cidadezinha!

Ficamos hospedados no complexo do Sport Hotel (são 3 hoteis: o Sport Hotel, o Village e o Hermitage) que é lindíssimo e tem um spa fenomenal (e vai ter post separado porque gostei demais do hotel!!), e além de passear pela cidade e montanhas, também curtimos bastante o hotel, apesar da cidade não ser lá grandes coisas…

Por fim, acabamos nem passeando pelas outras cidades do principado não, pois seria um pouco mais do mesmo, e seus grandes atrativos são as compras sem impostos (duty free ou free shop), mas que não era nossa vibe do momento.

Fomos pra os Pirineus para um fim de semana prolongado de 4 dias, mas acabamos ficando só 2 em Andorra, e como a neve não estava boa, encurtamos a programação e fomos curtir o resto da nossa mini-férias em Barcelona!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
21 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
21 comentários
  1. Ana - 31/08/16 - 13h39

    Adoro suas dicas, Dri! Obrigada por compartilhar sua experiência. Quando vocês foram? A neve estava tão tão ruim que não dava pra esquiar nem um pouquinho pra matar a vontade?! Se bem que vocês moram perto e não precisam esquiar a qualquer custo porque deu a volta ao mundo e encontrou a neve mais ou menos, o que às vezes acontece comigo!rs Um beijão

    Responder
    • Adriana Miller - 31/08/16 - 13h50

      Nós fomos no final de Janeiro de 2016.
      Tava bem ruim a neve! Mas claro que mesmo assim tinha bastante gente esquiando.
      O problema é que como eu não sou boa no esqui, e para a Bella seria a primeira vez, esquiar em neve “dura”/derretida é muito perigoso!
      Se você sabe o que esta fazendo, vai ser mais difícil, mas se quiser e estiver com muita vontade de esquiar, dá pra encarar sim.

      Mas Além de ser mais difícil de esquiar, qualquer queda pode ser mega perigosa (porque em vez de cair na neve fofinha, você esta caindo num gelo duro! Pode quebrar ossos e afins).
      Então não quisemos arriscar…
      Eu fiquei com medo de cair na neve dura pois tinha acabado de descobrir que estava grávida, e não quis que a Bella tivesse sua primeira experiência de esqui com condições tão ruins de neve…. vai que ela cai, se machuca feio e fica com trauma né?
      E aí o Aaron apesar de ser um ótimo esquiador, acabou não querendo esquiar sozinho…

      Responder
      • Ana - 31/08/16 - 19h34

        Neve dura é fogo mesmo, só para quem está muito desesperado para esquiar!rs Nossa, final de janeiro e ainda sem neve suficiente? Achei que lá fosse um dos lugares que a estação de esqui começava até mais cedo. Obrigada pela resposta e atenção!

        Responder
        • Adriana Miller - 31/08/16 - 20h35

          Pois é, mas o clima anda doido né?
          Uns anos antes tb tinhamos ido a Chamonix nesse mesma época (fim de janeiro) e tb pegamos as piscas “secas” de neve e super dura, bem “gelo” mesmo, e acabamos tb não esquiando! Uma pena!

          Responder
  2. Juliana Oliveira - 31/08/16 - 15h06

    Dri, não sei qual o efeito, mas em algumas fotos que vc aparece de batom, os dentes parecem manchados…

    Uma dúvida: que lingua é falada nessas escolinhas/creches? Sempre ingles, além da lingua do local né? Mas o ingles é garantido sempre, não?

    Responder
    • Adriana Miller - 31/08/16 - 15h28

      Sim!! Tava com batom no dente e ninguém me falou nada!! Só reparei quando vi as fotos também!! Hahahhahah

      Geralmente essas escolinhas sempre falam várias línguas, e Inglês é default, sempre tem.
      Em Andorra a vantagem é que eles são super multilingues, e quase todo mundo lá fala Espanhol (língua oficial), Catalão (também língua oficial) e Francês (já que o país esta entre a França e a Espanha), e todos os funcionários falam Inglês super bem.
      Então apesar da Isabella não falar Espanhol nem Francês, ela falou Inglês o tempo todo e não teve nenhum problema.

      Responder
  3. Lívia francesconi - 31/08/16 - 15h32

    Dri, to querendo incluir Andorra na minha próxima viagem. Vc chegou por Barcelona e de lá como fez? Alugou um carro? A estrada é tranquila p dirigir? E existem outras opções tipo translado, trem ou ônibus? Um bjo

    Responder
    • Adriana Miller - 31/08/16 - 15h38

      Sim, alugamos um carro no aeroporto de Barcelona, e dirigimos tranquilamente. Como não pegamos neve, a estrada esta ótima. Ano passado pegamos bastaaaaante neve e não conseguimos chegar… então não tem muito como prever…
      Não existe trem em Andorra, mas existem ônibus entre os aeroportos (Toulouse e Barcelona) e a capital Andorra La Vella – mas achamos os horários péssimos e muuuuuito demorados (quase 4 horas de ônibus pra fazer um trajeto que fizemos em pouco mais de 2 horas de carro), fora que ainda teríamos que pagar um taxi pra chegar no hotel, etc. Então pra gente a melhor opção foi mesmo alugar um carro.

      A desvantagem de Andorra em relação à outras cidades/países nos Alpes é a infraestrutura das estradas, pois o pais é super isolado. Então quando neva muito (como aconteceu ano passado) as estradas fecham de uma hora pra outra e você pode acabar não conseguindo cegar ou sair do país, então tem que levar isso em consideração quando planejar uma viagem pra lá.

      Responder
  4. Mariana - 31/08/16 - 19h24

    Oi Adriana, eu também fui a Andorra na mesma época que você e também via Barcelona. Como eu não sei esquiar e esse não era o foco da viagem, também visitei a estação e me surpreendi muito! Antes de viajar, tive muita dificuldade em achar atrativos sem ser esqui. Mas, além das vistas maravilhosas e preços bem acessíveis, a própria capital Andorra-la-vella também oferece várias atrações legais. Infelizmente não fiquei tanto tempo quanto gostaria, mas recomendei Andorra para todo mundo depois de visitar, super vale a pena.

    Responder
  5. Shirlei - 01/09/16 - 12h20

    Amei! Gente, eu no início da gestação qse morro (completei 13 semanas e ainda estou malzona – me sentindo doente – num nível q nem desodorante e meu shampoo consigo usar (sinto cheiro!) e vc tava aí, linda e de batom vermelho posando maravilhosa pras fotos!!! Que luxo! (E isso q vc tb fica mal no começo né?) Como diz o Aaron, seus genes de viajante são mais fortes que os da gestação mesmo rs! Beijos

    Responder
    • Adriana Miller - 01/09/16 - 13h57

      Hahaha! Nessa viagemneu estava com umas 7 semanas só, bem no comecinho. Os enjoos começaram de 8 pra 9 semanas e não deram trégua até quase 20 semanas!!
      Essa foi meu last hoooray de “vida” por um bom tempo!!

      Responder
  6. natalia - 01/09/16 - 14h05

    Dri!!!

    Adorei o post, estava esperando por ele desde que vi no insta a viagem de vcs! Andorra é um destino que meu marido quer muito conhecer e foi otimo saber um pouco mais! Esse ano estivemos em uma estação de esqui na Italia e a neve tbm não estava boa, disseram que o ultimo inverno na Europa foi bem menos rigoroso e com pouca neve em algumas estações, Já aprendemos que ir para uma estação de esqui é uma caixinha de surpresas, .. o importante é caso não tenha neve procurar outras formas de diversão ainda mais quando estamos com crianças .
    Agora vou aguardar ansiosa pelo post do hotel!!!

    Beijos,

    Responder
    • Adriana Miller - 01/09/16 - 20h06

      Pois é, caixinha de surpresas! Você pode chegar lá em cima e não ter um pingo de neve, or ter TANTA neve que você não pode esquiar por causa das avalanches…
      Então sempre tem que subir as montanhas com um plano B em baixo da manga!

      Responder
  7. Andre Luis dos Santos - 06/09/16 - 17h40

    Olha não conhecia e/ou dava importância para Andorra e me surpreendi com seus relatos.
    Se mostrou um excelente custo/beneficio.

    Parabéns!

    Responder
  8. kassi - 26/10/16 - 15h49

    Estou marcando uma viagem a Andorra p Fevereiro 2017. Depois de ler suas dicas tks :) resolvemos ir por Barcelona, tenho uma duvida vc alugou o carro no aeroporto e ficou com ele ate o dia de ir embroa? como vc fez p parking?

    Responder
    • Adriana Miller - 26/10/16 - 16h55

      Isso, alugamos o carro direto no aeroporto de Barcelona, dirigimos até Sndorra e devolvemos no final.
      Os hotéis em que nos hospedamos (tanto em Andorra quanto em Barcelona) tinham estacionamento (pago à parte).

      Responder
      • kassi - 26/10/16 - 17h21

        Ah q bom! vamos ficar no Sport Hotel tb, morri de vontade daquela piscina :)
        Vc alugou carro de qual agencia?

        Responder
        • Adriana Miller - 26/10/16 - 20h19

          Nao lembro direito… reservei o carro mais barato que achei no Rentalcars.com! Kkkk

          Responder
          • kassi - 27/10/16 - 09h11

            Hahaha :) eu fui reservar meu voo pela BA e adicionei o carro e a passagem saiu 2 pounds a menos hehehe… Otima promocao :)

            Responder
  9. Juliana Pereira - 09/09/18 - 03h16

    Oi Adriana! Adorei suas dicas! Estamos planejando uma viagem em família para o fim de Janeiro/2019 e na verdade fiquei BEM preocupada em já reservar/pagar o Hotel e não encontrar neve adequada… ( somos todos iniciantes ).
    Me tire uma dívida : se ficarmos no Hotel Sport , é bem tranquilo ( e habitual) descer no fim do dia para as cidades mais agitadas? Achei 40 minutos muito tempo… Em Soldeu existe uma área de lojas/restaurantes também? Porque nosso objetivo é esquiar, mas queremos e gostamos muito de passear pelas cidades. Curtir um bom restaurante, visitar as lojas… Me dê essa dica por favor de onde então é melhor ficarmos! Meus filhos tem 10 e 13 anos! Muito obrigada!! Juliana

    Responder