06
Feb
2014
Mantendo a forma
Escrito por Adriana Miller

Volta e meia eu posto alguma foto dos meus exercicios no Instagram e sempre tem alguem que me pede “dicas”, coisa que nunca me animei muito em fazer… Acho que nesse momento de “Instafitness” e “Insta-fitness-neurose” que a blogsfera esta passando eu tenho muito pouco a acrescentar. Ate que uma leitora comentou que era isso mesmo que ela queria saber: como eh a rotina de alimentacao e exercicios de uma pessoa “normal” – e nao uma socialite que tem todo tempo do mundo pra malhar, fazer tratamentos esteticos mil, gastar fortunas com suplementos e ter todo acompanhamento de profissionais, personal trainers etc.

20140206-093642.jpg

Bem, nao sei nem por onde comecar, pois nao estou querendo re-inventar a roda, mas essa eh mais ou menos minha rotina e o que da certo pra mim.

O principal de tudo eh que eu gosto de me exercitar e de esportes, e isso sempre fez parte da minha familia e da minha vida, entao fazer exercicios, ginastica, malhacao ou “treino” (essa eh a nova palavra da moda neh?!), entao nao eh uma coisa que faco apenas pra atingir uma “meta”, e sim uma coisa que – na medida do possivel – faz parte do meu dia dia assim como tomar banho, escovar os dentes etc.

E isso inclui ser muito ativa no dia a dia tambem, e acho que uma coisa leva a outra – por um lado sempre estou me exercitanto (faco tudo andando em Londres), mesmo quando nao estou malhando propriamente dito, que por sua vez faz com que eu tenha muito mais disposicao pra fazer as coisas que gosto no meu tempo livre (como caminhar bastante nas minhas viagens, nadar e mergulhar, fazer trilhas e escaladas, esquiar etc).

Mas claro, seria muita hipocrisia dizer que a malhacao nossa de cada dia nao tem um fim estetico, por que claro que tem – e quem falar que quer “apenas saude”esta mentindo! Todo mundo quer ser saudavel, mas todo mundo tambem quer ficar de bem com o espelho… entao acho que os dois se complementam (ate por que, muito mais dificil que alcancar um objetivo de corpo ou de peso, eh conseguir mante-lo pra vida toda!).

Entao eh o seguinte: eu faco exercicios aerobicos todos os dias de manha, antes do trabalho. E sempre que da (pelo menos umas 2 ou 3 vezes por semana) vou na academia do escritorio fazer musculacao.

As vezes nao rola. Durmo mal, estou mais cansada que o normal, estou viajando, trabalhando muito ou simplesmente sem saco. Muitas vezes passo semanas, e as vezes meses sem me exercitar (no sentido “malhacao” da palavra, mas meu dia dia eh sempre muito ativo), o que tambem nao eh o fim do mundo. Assim que as cosias voltem ao normal, volto pra minha rotina numa boa.

E a musculacao, infelizmente, acabo fazendo bem menos do que gostaria, pois nao tenho como controlar minha agenda e sempre estar livre na hora do almoco (porque viajo muito, tenho que participar de reunioes e calls com escritorios em fuso horarios diferentes, tenho prazos e afins… nao eh um dia a dia muito regrado e previsivel).

Engracado que enquanto escrevia esse post eu parei pra pensar e realmente nas minhas melhores fases de atividade fisica, saude e estar de bem com o corpo, sempre foi nesse esquema de me exercitar de manha e depois na hora do almoco, desde que comecei a estagiar numa empresa no Rio de Janeiro que tinha academia (e ai entre faculdade, estagio, familia, amigos e namorado, eu chegava na academia no centro do Rio as 6:30 da manha pra correr na esteira ou fazer spinning e na hora do almoco fazia musculacao ou aula de localizada/body pump, etc). E principalmente nos ultimos dois anos essa foi a rotina ideal que tem dado MUITO certo pra mim: pra comecar que sou uma pessoa matinal. Tenho muuuuuito mais disposicao pela manha, nao sofro de mau humor cronico e nem sofro pra acordar cedo…

20140206-093717.jpg

E convenhamos que aquele momento que o despertador toca eh sempre horrivel, seja as 6 ou as 7 ou as 8 da manha… entao ja que voce vai sofrer mesmo pra levantar da cama, aproveita e ja acorda logo mais cedo e se livre das “obrigacoes” do dia!

Alem disso, nao tenho hoooooras no meu dia para me dedicar a academia, entao fica muito mais facil encaixar 1 ou 2 sessoes de 30 ou 40 minutos de exercicios por dia, do que ficar naquele compromisso de que preciso de 2 horas pra ir na academia.

Entao a uns anos atras eu montei uma mini academia em casa, bem basica, mas que supre minhas necessidades, onde tenho uma maquina eliptica/transport, caneleiras, pesinhos livres, bola de pilates, elasticos de resistencia, colchonete de ioga e etc.

E foi a MELHOR coisa que fiz por mim mesma!

TAO pratico pular da cama e ja ir direto me exercitar, sem ter que gastar tempo me arrumando, indo pra academia, exibindo a figura com os marombeiros, me preocupar (e gastar $$$$) com o tenis da moda, a roupa da moda e afins, nem ter que revesar equipamento, colocar o nome na lista da aula da modinha etc, etc, etc.

Ah, eh uma liberdade!

Entao acordo, me exercito por uns 30/40 minutos, depois ja pulo direto no banho, me arrumo voando, e quando a Isabella acorda, la pra umas 7 da manha, ja estou prontissima para meu dia, e de quebra ainda tenho tempo pra brincar com ela, tomamos cafe da manha juntas, nos arrumamos juntas etc.

Claro que por outro lado isso tambem significa que eu nao tenho acesso a alguns equipamentos mais especializados, acompanhamento profissional etc, entao umas 2 ou 3 vezes por semana vou na academia da empresa fazer musculacao.

Obviamente meu objetivo com essa rotina nao eh ser marombeira e muito menos saradona, e muito menos vou sofrer porque minha barriga nao eh trincada coma as modelos da Victoria’s Secret, nem minha bunda eh dura como a madrinha da bateria – mas aprendi a respeitar meu biotipo e ser feliz com o que tenho (ja passei aaaaaanos sendo rata de academia, fazendo todas as aulas e exercicios da moda, tomando suplementos, dietas de engorda e sonhando com pernas grossas e musculosas – coisa que obviamente nunca aconteceu porque simplesmente esse nao eh meu biotipo. Entao hoje sou feliz sendo magrinha da perna fina e ponto final).

Quanto a dieta, eu sempre comi muito bem – meus pais tem uma alimentacao otima e super saudavel, entao cresci com otimos habitos alimentares (que nada mais eh do que uma dieta balanceada e equilibrada. Um pouquinho de tudo, e de tudo um pouco), mas confesso que isso mudou um pouco depois que conheci o Aaron (pois ele tem uma dieta pessima e pessimos habitos, entao tentamos nos balencear). E pra mim, ter uma dieta balanceada tambem signifca comer tudo (incluindo refrigerante, doces, gorduras), mas nao todos os dias!

Odeeeeeeio esse auto-flagelo que anda rolando nas redes sociais de “jaquei”, “gordices” e afins. Escapuliu da dieta? Paciencia. Amanha a vida volta ao normal… nao precisa ficar sofrendo em publico!

Entao como muitas frutas, muuuuuuita salada, carne magra, pao integral e todas essas coisas cliche que todo mundo esta careca de saber que faz bem – mas se no fim de semana eu quiser comer 5 pedacos de pizza e um pote inteiro de sorvete, vou comer, sem sofrer por isso.

Jamais sacrificaria minha vida social, e o puro prazer de comer em nome de uma “dieta” – porque dieta nada mais eh doque um estilo de vida. E sei que pra mim jamais daira certo viver uma vida inteira de sacrificos, entao temos que achar um balanco que de certo a longo prazo (ainda que isso signifique se privar de excessos no dia a dia pra poder curtir um pouco mais em outras ocasioes).

E o mesmo eh verdade pra rotina de exercicios; quando viajo a trabalho, geralmente levo meu tenis e tal e tento manter a rotina de me exercitar pela manha (fuso horario e outros eventos na noite anterior permitindo…), mas nem sempre da – temos que reconhecer que as vezes uma horinha a mais de sono faz muito melhor pra nossa saude do que 30 minutos na esteira!

E acho que nunca na vida levei roupa de academia numa viagem a passeio! Minhas viagens ja sao super ativas mesmo (gosto de fazer tudo a pe!), entao nao acho que tenha a menor necessidade de ficar carregando tralhas de academia pra cima e pra baixo mundo a fora.

Vai la, curte sua viagem, seus amigos e familia – experimente a culinaria local, os drinks no fim do dia e as sobremesas – na volta pra casa a rotina volta ao normal!

Outro habito que eu prefiro eh comer pouco… mas comer muito! Heheheh! Ou seja, eu raramente bato um pratao de PF, mas em compensacao praticamente nao paro de comer o dia todo, e sempre vou trabalhar cheia de comida na bolsa, faco marmita no cafe da manha do hotel quand estou viajando e etc. Entao nunca deixo de tomar cafe da manha (ate porque como me exercito de manha, depois do banho to morrendo de fome!), depois faco outro lanche quando chego no escritorio, as vezes faco outro lanche antes de ir na academia na hora do almoco, ai vem o almoco, e a tarde faco pelo menos mais uns 2 lanches. E como durmo cedo, tambem janto super cedo (super entrei na rotina Britanica de ser, e geralmente janto umas 7 ou 7:30 da noite! E geralmente durmo entre 10 e 11 da noite).

Assim evito aquela fome irracional incontrolavel (inimiga numero 1 de qualquer dieta) e fica mais facil fazer opcoes saudaveis sem ter que pensar muito na “dieta”.

Mas confesso que hoje em dia me policio muito mais no dia a dia do que fazia ate uns 2 anos atras (basicamente ate engravidar), pois sempre soube que meio que podia comer de tudo (em moderacao) e conseguia manter tudo numa boa.

Ate que descobri que estava gravida da Isabella e foi um susto atras do outro! Hehheheeh

Foi sim assustador assistir meu corpo mudando tanto, tao rapidamente e nao poder fazer nada!

Eu fui uma gravida suuuuuper saudavel, minha vida e alimentacao continuaram equilibradas (nao tive desejos loucos nem me entupi de porcarias), eu continuei fazendo muitos exercicios, mas eu engordei MUITO e muito rapido!

Como sepre fui uma “magra de ruim”, sempre me imaginei aquela gravida “so barriga”, que nao engorda nada e usa a calca jeans skinny ate o dia do parto, so colocando um elastico no botao da cintura, sabe?

Que nada!

Mesmo comendo tao bem quanto sempre comi, e me exercitando como sempre me exercitei eu engordei 18 quilos (sendo que engordei 6 quilos so no primeiro trimestre, que eh uma fase que a maioria das mulheres nao engorda nada!), e achei tudo muito assustador! Ao mesmo tempo que demorei quase 5 meses pra sequer aparentar que estava gravida, a balanca e a circunferencia geral nao paravam de me assustar!

E sabe aquelas lendas de que “ah, voce vai perder tudo no parto!” ou entao que “amamentar seca! Voce vai emagrecer muito amamentando!”.

Pois eh… Nada disso aconteceu pra mim!

3 dias depois do parto quando voltei pra casa e me pesei eu tinha perdido apenas 5 quilos (tudo bem que eu ja tinha inchado bastante e ja estava transbordando de leite, o que deve ter pesado bastante na balanca), e durante os 4 meses que amamentei a Isabella acho que perdi no maximo mais uns 3 ou 4 quilos.

Foi desesperador!

E o engracado que meu obstetra tinha me alertado pra essas coisas todas (que esse papo que amamentar emagrece eh puro mito, principalmente para mulheres que ja passaram dos 30 – o metabolismo fica muuuuuito lento para poder usar toda sua energia na producao de leite, mas ao mesmo tempo sentimos MUITA fome), alem de nao poder fazer dieta nem me exercitar demais pra nao prejudicar a producao de leite.

Entao tentei continuar a me alimentar com equilibrio como sempre fiz, e voltei a me exercitar 5 semanas depois que a Isabella nasceu (colocava ela no carrinho, tenis no pe e pasava 1 ou 2 horas caminhando por Londres!), mas a verdade eh que so depois que ela parou de amamentar eh que finalente vi as coisas voltarem ao normal – meu organismo e metabolismo voltaram ao normal quase que instanteneamente (assim como a pele voltou a ter brilho, o cabelo parou de cair, a energia e disposicao voltou, o apetite diminuiu…. Aff! Amamentar eh muita judiacao pro corpo da mulher! #prontofalei) e nos 3 meses seguintes perdi os ultimos 8 quilos.

Mas olha, queria muito poder falar que os quilos extra “desapareceram”, mas nao foi bem assim nao!

Eu voltei a acordar cedissimo pra poder malhar antes da Isabella acordar, fiz dieta (contei caloria, contei carboidratos, contei gorduras e todas as coisas que no “dia a dia” nao faco porque acho que acabam virando neura e nao sao sustentaveis a longo prazo), me inscrevi num grupo de exercicios no parque com outras maes e fiz de tudo pra voltar ao meu normal!

Entao a verdade eh que hoje em dia, apesar de me sentir “de volta” com o meu corpo de antes (sabe que ate passei a gostar mais da minha barriga?! A pela fica diferente mesmo, mas no processo de esticar e depois encolher, achei que minha cintura ficou mais fina e meu etomago menos alto, que sempre foram cosias que me incomodaram bastante!), mas morro de medo de voltar a engordar (mesmo sendo alta – 1,75cm – 18 quilos eh coisa pra caramba!), entao levo essa minha rotina de exercicios e de alimentacao muito mais a serio do que antes!

Bem, falei, falei sem dizer nada ne? Nao acho que eu tenha muitas “dicas” pra dar nao, mas sempre acho que podemos tirar uma ideia daqui, outra dali e achar nosso proprio balanco.

Eu pessoalmente acho que as musa-fitness vivem um realidade que nao eh compativel com meu dia dia e estilo de vida, entao nao da pra ficar sofrendo porque sua barriga nao eh igual a da fulana nem sua bunda eh igual a da ciclana – mas sigo varias, e acho que vale a pena filtrar algumas ideias de refeicao, lanches, e principalmente exercicios pra fazer em casa.

 

Categorias: Beleza, Bobagens, Corrida e Esportes, Dia a dia, Gravidez
64
13
Dec
2010
Beleza vapt-vupt em Londres: os “Beauty Bars”
Escrito por Adriana Miller

Por nao esconder de ninguem minhas tendencias paruais, e escrever sobre beleza, volta e meia recebo mensagens, Tweets e e-mails de meninas que veem pra Londres e querem dicas de manicure, cabeleireiro e tals.

Minha resposta imediata eh: relaxa. Figurativamente e literalmente. A cultura aqui eh outra, e a bitolacao com a aparencia fisica nao chega nem aos pes doque se ve no Brasil. Seja quem vem pra Londres passar ferias ou morar por um tempo, se sua preocupacao eh onde fazer as unhas, meu concelho eh sempre rever seus conceitos… morar fora talvez nao seja pra voce.

Ou entao faca como 99% das Brasileiras que vao morar em outros paises e aprenda a se virar sozinha: pintar o proprio cabelo, fazer a proproa depilacao, manicure, sobrancelha e afins.

Mas nao posso negar que entre os paises Europeus, as Inglesas encabecam a lista de peruagem e no geral adoram uma unha pintada, cabelo escovado e salto alto. (Amem!)

Entao tem manicure, cabeleireiro e depiladora? Tem! Qualquer esquina de qualquer bairro tem tudo isso, mas o problema eh que o servico nao eh tao bom quando estamos acostumadas no Brasil e os precos sao exorbitantes! Entao pra quem faz questao de servicos “profissionais” ou nao leva jeito pra nenhuma DYI belezistico, se prepare pra pagar medias de 30 a 50 Libras pra fazer as maos, entre 50 e 100 pra cortar os cabelos, e 30 e 100 pra fazer depilacao…

Mas colocando os precos e a qualidade do servico de lado, nos ultimos anos uma nova modalidade de “beleza” vem surgindo na cidade, que sao super convenientes pra quem mora por aqui ou pra quem vem passear mas nao quer perder tempo.

Blink e Nail's Inc na John Lewis

Os “bares” de beleza, tem um conceito de “fast food”, onde o servico eh imediato e pratico. Nao precisa marcar horario, nem ficar batendo papo furado sobre a sobrinha da vizinha da manicure.

Hoje em dia quase todas as grandes lojas de departamento em Londres ja tem suas modalidades de beauty bars e as modalidades mais populares sao as manicures, sobrancelha e cabeleireiro.

Nail's Inc

Ou seja, basta entrar na Selfridges, John Lewis, Harvey Nichols ou Top Shop (entre outras) ir direto no “balcao” e pronto! Em poucos minutos suas unhas estao polidas e pintadas, as sobrancelhas alinhadas, e os cabelos escovados.

Eles nao marcam hora, e o servico eh bem padronizado, e voce dificilmente vai conseguir ser servida pela mesma pessoa sempre.

Benefit Brow Bar

Algumas das marcas mais comuns que vemos dentro e fora das lojas de departamento, e sao facilmente encontradas em Londres sao: Nail’s Inc e Opi Bar para manicure/pedicure; Blink para tudo relacionado a sobrancelhas e cilios, Benefit Brow Bar, que eh outro “bar” de sobrancelha criado pela marca de cosmeticos Benefit;

The Powder Lounge na Top Shop

O Powder Lounge (sobrancelhas e cilios) e Wah Nails (ambos lado a lado dentro da Top Shop) e o Hershesons que se especializa em cabelo – nao sao exatamente cabeleireiros, mas praquele dia que vc quer fazer um penteado de festa ou uma escova rapida, eh soh passar lah, sem fila, sem marcar hora, nem grandes frescurites.

Hershesons e Wah Nails na Top Sop

Eh um conceito diferente doque existia por aqui ate pouco tempo atras, e acho perfeito pro estilo de vida “corrido” de Londres.

O "menu" de penteados no Blow Dry Bar da Top Shop

Existem outros “bares” em varias outras lojas de departamento de Londres, e na duvida e no desespero de dar uma “jeito” nas unhas (ou cabelo, ou sobrancelha, ou oque for), basta entre em qualquer das grandes lojas e procurar o servico (geralmente ficam no andar terreo, no departamento de cosmeticos e beleza – nao tem erro!).

Categorias: Beleza, Compras, Conhecendo Londres, Dicas Uteis, Inglaterra, Spa, Viagens
36
26
Apr
2010
Purity Spa @ Hilton Park Lane
Escrito por Adriana Miller

Esse ano, por pura coincidencia duas amigas me deram “experiencias” de presentes, e acho que como resultado de minhas tendencias a peruagem, ganhei “Spa days” (eba!)para comemorar minha entrada nos trinta.

O presente da Tati, foi um presente duplo (ou triplo?), porque alem de ir num spa com direito a cha da tarde, ainda tive o privilegio de fazer isso com minha melhor amiga!

Entao no domingo finalmente chegou nosso dia de dondoca: Massagem relaxante nas costas e ombros, e depois de bem relaxadas e embonecadas, passamos o resto da tarde no salão de chá do hotel tomando um afternoon tea!

O Spa escolhido foi o Purity Spa no hotel Hilton de Park Lane, bem em frente do Hyde Park no centro de Londres, e o pacote incluia um “couple’s massage” com o chá.

O Spa na verdade é bem simples, com uma academia, cabeleireiro, manicure e algumas salas de tratamento (acho que por isso tivemos que esperar mais de 2 meses por uma vaga de fim de semana!), e na nossa salinha “dupla” (que tinha claramente a intenção se ser uma ambiente romantico pra casal!), musica relaxante e luz de velas.

Estavamos morrendo de rir na hora de tirar essa foto!

Logo depois fomos encaminhadas para o restaurante/salão de chá “Podium“, onde tomamos o “Golden Chocolate Tea”, com direito a champagne Pommery, e os tradicionais finger sandwiches, scones (recem saidos do forno!), cup cakes e muitos chocolates! E claro, uma infinidade de opções de chás.

Comemos tanto, que no final ainda sobraram uns chocolates!

A tarde foi absolutamente perfeita, e na verdade a unica parte chata foi que tivemos que passar meia hora caladas durante a massgem! :-) (praticamente torturante, atá porque estavamos morrendo de vontade de cair na gargalhada!).

Uma otima dica pra quem quiser uns deals em Spas em Londres (e toda Inglaterra) e experiencias em geral (para presente ou uso proprio), o site Lastminute.com é uma otima opção! Mas se vc quiser aproveitar as promoções durante suas ferias em Londres, compre os vouchers e marque seu horario com bastante antecedencia, porque geralmente os Spas sao bem lotados por aqui.

Categorias: Beleza, Cha da tarde, Conhecendo Londres, Hotel & Albergues, Spa
18
25
Mar
2010
The Spa @ Marriott
Escrito por Adriana Miller

Ha uns dias atras a Mari Campos fez um post sobre a tendencia de dar “experiencias” como presente. O post foi uma coincidencia, pois umas semans antes, no meu aniversario eu ganhei de duas amigas diferentes, e nao-relacionadas, “experiencias” de presente!

Eu sou super adepta a esse tipo de presente, e achei a ideia um maximo! Aliais, seja moda, tendencia, com site especializado ou nao, acho esse tipo de presente, o melhor presente que algum pode me dar. Mas acho que é uma questao de costume e de nivel de consumismo.

Nao me considero muito consumista, e cresci ganhando “experiencias” de presente, coisa que aprendi com meu pai que varias vezes ao longo de nossas vidas nos deu a opcao: “presente de aniversario ou passeio no lugar tal?”. “Presente de natal, ou viagem pro Lugar tal?”. Pra quem já leu mais de dois posts nesse blog, a resposta a essas perguntas é bem obvia… :-)

Ano passado mesmo, nosso presente de natal foi uma viagem ao Chile, e tambem ano passado dei de presente de aniversario de casamento pro Aaron uma viagem pra Republica Checa.

Mas na verdade o post nao era sobre isso, e sim sobre o Spa do Marriott de Westminster, que ganhei de presente da Fla!

Estava ansiosíssima pra usar, mas quis esperar o momento certo… entao como entreguei um projeto do mestrado essa semana, achei seria um bom pretexto pra relaxar…

O Spa fica dentro do Marriott Westminster, que é o redio adjacente ao Aquarium de Londres e de frente pro Big Ben!

Eu cheguei lá meio atrasada pq o transito estava um caos (que me deixou ainda mais estressada!), e a atendente de voz Prozaquiana me levou pra salinha de relaxamento e me ofereceu cha verde ou agua mineral com limão.

Me preparei na minha sala de tratamento, e quando ja estava confortavelmente vestindo meu roupão felpudo e deitada na maca com um buraco no rosto, e massagista chegou pra começar a massagem ultra relaxante.

Foi dificil conseguir me manter acordada, e ao mesmo tempo manter a mente livre pra conseguir relaxar mesmo, o maximo possivel.

Mas é incrivel como o tempo passa rapido nessas horas! Quando a massagem acabou, voltei pra salinha de relaxamento, bebi mais um cha e me preparei pra voltar pra casa!

Com um cheirinho delicioso do oleo de massagem da Decleor e bem zen….

Obrigada Fla! Amei o presente!

(fica a dica para outras amigas, irma, mae, pais, marido e afins que queriam me presentear no futuro!)

Categorias: Beleza, Conhecendo Londres, Hotel & Albergues, Spa
8
01
Feb
2010
Guia de Compras em Londres: Cosmeticos
Escrito por Adriana Miller

Varias meninas teem me mandado e-mails e deixando comentarios pedindo dicas de onde comprar cosmeticos e makes em Londres, e onde achar certas marcas.

selfridges_logo

Na grande maioria das vezes eu compro minhas coisas on line, pq acho muito mais facil e pratico, e na maioria das vezes com preco melhor, mas certos produtos realmente soh dah pra encarar ao vivo, pra sentir cheiro, textura, cor etc.

Bem, pra comecar, nao esquecam que Londres eh CARA, uma das cidades mais caras do mundo, e a Libra eh uma das moedas mais valiosas da atualidade. Mas mesmo assim eu sei que comprar cosmeticos aqui sai MUITO mais barato doque comprar qualquer coisa no Brasil, onde os lojistas sao sem-nocao e cobram precos exorbitantes, com impostos absurdos e lucros desumanos!

Entao vou dividir minhas dicas em “categorias”: os produtos que valem a pena, e os que nao valem tanto a pena assim.

usalogo

Por exemplo, se vc esta de viagem marcada pra Londres ou qualquer outro lugar da Europa, por mais que a Sephora ou a Selfridges sejam tentadoras, guarde suas compras “main stream” pro Free shop. Ou seja, marcas como Lancome, Dior, Chanel, Clarins, etc vendem em qualquer free shop do mundo e sao facilmente encontradas em sites que tambem entregam no Brasil, e se comprados aqui serao mais caros, pura e simplesmente por causa da conversao do cambio.

Mas eu sei tambem que certas colecoes soh chegam aqui, e certos produtos vivem esgotados nos free shops Brasileiros. Mas eh soh dar uma pesquisada on line no site da Brasif antes de viajar (pode ateh pre-encomendar pra recolher na viagem de volta pra casa).

bootsnew

Entao maquiagem de marcas main stream, perfurmes etc saem mais baratos no free shop.

Mas entao oque vale a pena?

Deixe pra comprar aqui as marcas que nao sao facilmente disponiveis em lojas/perfumarias comuns, free shop, sites etc, como Nars, Bobbi Brown, Frederic Fekkai, Bumble & Bumble, Laura Mercier, Benefit, Soap & Glory, Lush, Jo Malone, L’Ocitane, Molton Brown, OPI, Nails Inc, Shu Emura, The Body Shop, Giorgio Armani, MAC, Khiel’s etc.

spacenk

O lugar mais facil de achar isso tudo sao as lojas de departamento mais high end tipo Selfridges, Harrods e House of Frasier. Aqui na Inglaterra nao temos Sephora, mas sinceramente nao faz tanta falta… A unica diferenca sao os produtos “genericos” da Sephora, que sao bem bons e  baratos, que nao existem nas grandes lojas.

Uma loja Beauty specialist que seria a versao alternativa “prima rica” da Sephora eh a Space NK, onde vc encontra produtos da Laura Mercier, Nars, Stila, velas Dyptique, Chantecaille, Bumble & Bumble, Fredeic Fekkai, Shu Emura, e muitas, muitas outras. Basicamente, tudo de exclusivo voce encontra nas Space NK (no site tem uma lista de marcas).

Os produtos da Jo Malone, Lush e Khiel’s sao uma experiencia a parte, mas os produtos sao facilmente encontrados nas lojas de departamento mais “luxury”.

Mas uma otima opcao sao a Boots e Superdrugs que sao redes de drogarias que vendem de TUDO! Desde as marcas mais bratinhas de farmacia (Rimmel Maybeline, L’Oreal, Revlon, etc) ateh as marcas mais carinhas tipo Chanel, Lancome, Benefit, Clarins, YSL etc.

Como jah disse, serao os mesmos produtos encontrados em qualquer free shop ou loja de departamento, mas geralmente a Boots tem bastante estoque e volta e meia tem umas promocoes bem legais – alem de dar muitos brindes e amostras gratis!

Aqui estao os sites das lojas recomendadas, assim vcs podem dar uma olhada na lista de produtos que eles vendem, e dependendo de onde vc vai se hospedar, pode procurar onde fica a loja mais perto de voce (todas essas marcas sao redes com varias lojas espalhadas pela cidade e pelo pais):

Space NK: http://www.spacenk.co.uk/

Selfridges: http://www.selfridges.com/

Boots: http://www.boots.com/

Superdrugs: http://www.superdrug.com/

House of Fraser: http://www.houseoffraser.co.uk/

Lush: http://lush.com/

Categorias: Beleza, Compras, Conhecendo Londres
5
03
Dec
2009
Esporte nacional: Compras! Compras! Compras!
Escrito por Adriana Miller

A verdade eh que ha meses jah sabiamos que esse dia ia chegar, entao ao longo do ano fomos guardando um budget para ser gastando em compras nos EUA e fomos deixando de comprar varias coisas em Londres com a desculpa de que “daqui a pouco” estaremos nos EUA e lah vai sar tudo mais barato.

Acabou que a viagem foi adiada algumas vezes e decidimos viajar soh no final de Novembro, que entao somou a fome com a vontade de comer: a necessidade de adquirir varias coisas com o maior fim de semana de compras e descontos do calendario Americano!!

Entao sabado, o Black Saturday, comecou ceeeedo! E as 7 d amanha jah estavamos na estrada em direcao a Grove City Prime Outlets, o maior shopping Outlet da regiao de Western Pensylvannia!

Um outro detalhe muito importante eh que o estado da Pensilvania eh um dos poucos nos EUA que nao cobra imposto em roupas, entao todos os shoppings da regiao atraem muitos turistas e visitantes – quando eh outlet entao, a coisa fica fora do normal!

A sogrinha, que eh entendida do assunto, jah tinha avisado, que tinhamos que chegar lah antes da multidao, ou entao jah era! Esse shopping eh conhecido na regiao por ter otimas lojas (Banana Republic, Guess, Gap, J. Crew, BCBG, Calvin Klein, Ralph Lauren, Coach, Tommy Hilfiger, Aldo, Nine West, Clumbia, NIke, Adidas, etc, etc) e recebe diariamente milhares de turistas que chegam em onibus fretados vindos dos estados vizinhos (que cobram impostos em roupas – Ohio, NY, Virginia) e ateh mesmo do Canada!

As 7:30 da manha chegamos e conseguimos estacionar o carro na PORTA da Banana Republic! Estrategico! Ficamos fazendo hora e comendo no Eat’n’Park (eca!) do estacionamento e as 8 em ponto fomos os primeiros a entrar na Banana Republic!

Outro detalhe eh que alem de jah ser uma shopping outlet, as lojas ainda estavam com descontos extras de 50% de desconto e pra cima! Em cima do preco jah de desconto das pecas!

Perdicao! Jah na primeira loja estourei metade do meu orcamento e renovei o guarda roupa social!

No fim das contas, comprei o dobro e gastei 1/3 doque gastaria pra compras as mesmas coisa em Londres!!! Foi uma daquelas situacoes que voce precisa gastar pra poder economizar!

Carregueitor-Sacolatronics Tabajara! Cara de saco cheio eh vendido separadamente!

Cada um de nos 4 tinha sua listinha de prioridades de compras: Eu precisava de roupas pra trabalhar e Aaron tambem, a cunhada precisava de sapatos, e a sogra roupas de inverno.

Varias partes da nossa manha foi passada separados dos outros 3, pois simplesmente nao dava tempo de todo mundo ficar passeando por todas as lojas. O shopping eh enorme, e distribuido tipo do “Down Town” na Barra da Tijuca, com varias casinhas separadas por jardinzinhos (ainda bem que o tempo tava bom!).

A minha estrategia nao foi das melhores, pois eu sou do tipo de consumidora que gosto de ver tuuuuudo primeiro, comparar precos, produtos, experimentar, sair pra dar uma voltinha, pensar a respeito, e soh depois voltar e abrir a carteira. Dessa vez nao deu! Foi uma coisa afobada mesmo! Gostou? Leva! E a medida que viamos os onibus de turismo desovando mais algumas centenas de Canadenses, apertavamos o passo mais ainda! Acabei comprando varias coisas por impulso que depois acabei vendo a mesma peca, em outras lojas (os precos estavam bem homogeneos, mas os tecidos, modelagens, cores etc mudam bastante. Comprei uns 7 pares (??) de calca social na Banana Republic e depois descobri que a Calvin Klein tambem esava tendo uma super promocao de calcas de alfaiataria! No final deu no mesmo, mas tive que me conter pra nao sair de lah com 14 (??) pares de calca social!!!

Quando nos demos conta de que algumas lojas jah estavam com fila na porta, decidimos seguir viagem e encarar o segundpo shopping do dia: Ross Park, que eh um shopping “normal”, mas que memso assim estava transbordando de promocoes e descontos! Nao deu tempo nem pra tirar fotos! No unico segundo que consegui juntar os 4 pra tirar essa foto ai em cima, logo pararam uns 3 carros a nossa volta perguntando quando iamos sair da vaga e buzinando sem parar! Tudo muito tenso!

Chegando em Ross Park foi cada um pro seu canto fazer suas compras, mas eu estava com tanta encomenda pra catar, que acabei nao tendo muito tempo de fazer uma pesquisa de campo das cosias que EU queria, e soh beeeem depois eh que me dei conta que simplesmente nao deu tempo de procurar alguns produtos que tinha na minha listinha, nem deu tempo de simplesmente bater perna no shopping e ver oque tinha por lah, se acasse alguma cosia legal.

Nao deu! Nos encontravamos a cada hora na praca de alimentacao, e entao eu pedia mais uma hora!

Passei uns 45 minutos na Forever 21 catando umas blusinhas bonitinhas, mais sei lah quanto tempo na fila da Victoria Secrets comprando encomenda pros outros, depois na Abercrombie & Fintch, depois na Sephora, depois da Expressa, etc, etc. Tentei ao maximo priorizar justamente as lojas que nao temos em Londres, mas nao deu tempo de nem seuqer entrar nas lojas de departamento.

E qoeu fizemos depois? Terceiro shopping do dia! Paramos o carro num strip mall e enquanto o Aaron correu pra Best Buy, eu corri pro Target, e de listinha na mao fui passando direto nos corredores chave, e nem tive tempo de ficar olhando com calma e pensando noque eu queria comprar, oque nao tem por aqui, as novidades do mercado, etc… Quando me dei conta o Aaron jah estava de volta, nervoso do meu lado perguntado porque eu estava comprando 6 Carmex!!! hahahahahah

E quando saimos de lah, exaustos e falidos, jah estava de noite!!!

Parte das aquisicoes (de beleza) do dia – ainda nao tive tempo (nem paciencia!) de desfazer as malas, entao as roupas ainda nao foram fotografadas!

Soh deu tempo de encarar um Wendy’s drive through e jah fomos direto encontrar com uns amigos do Aaron – mas ai jah eh oooooutra maratona de conhecer a casa nova, brincar com os bebes novos, relembrar os velhos tempos, atualizar as fofocas da galera do high school…. e quando o papo comecou a se encaminhar pra futebol americano, eu entreguei as pontas! Jah estavamos na rua ha 15 horas, sem parar um segundo e estava morta!

P.S. Repararam que uma das “categorias” do Post eh “Esporte e Corrida”?? Hahahaha! Maratona-Shimona! Quero ver aguentarem um dia como esse! Hahaha

Categorias: Beleza, Corrida e Esportes, Feriados e afins, Pittsburgh, USA, Viagens
20
25
Nov
2009
Salvação na mala/bolsa de mão
Escrito por Adriana Miller

Viajar sempre é o maximo, mas na grande maioria das vezes, encarar a viagem em si, pode ser uma grande tortura…

A grande maioria das viagens que faço ao longo do ano são bem curtinhas e rapidinhas, e voos de algumas horas pela Europa. Mas sempre que viajo por mais que 4 ou 5 horas, tenho meu kit-salvação que me ajuda a sobreviver ao tedio, longas horas, desconforto, frio, e secura do ar do avião.

De uns anos pra cá esse costume foi totalmente adaptado por causa da restrição de liquidos nos aviões, mas hj em dia estou já tão acostumada, que ∆ea nem percebo a diferença e comprar embalagens menores jah é uma coisa automatica pra mim.

Mas sempre faço questão de carregar algumas coisas que garentem que vou sobreviver a viagem e vou chegar lá do outro lado do mundo inteira pra aguentar as programações freneticas de viagem.

Dentro de uma necessaire de plastico transparente, ou num saco zip-loc carrego:

- Lenços de limpeza que limpam desde suor e nhaca do rosto até eventuais acidentes com a comida/bebida do avião

- Hidratante (para maos e outro mais potente pro corpo)

- Escova e pasta de dentes

- Hidratantes para o rosto

- Desodorante (o seguro morreu de velho!)

- Alcool em gel (acho avião um ambiente um tanto quanto nojento…)

- Lixa de unha, granpos e elasticos

- Lip balm ultra potente

- Maquiagem emergencial (corretivo, base/pó, blush, rimel, corretivo – opções que nao precisem de muita habilidade de apetrechos (tipo pincle, espelhos super bem iluminados, etc)

- Remedios, multi-vitaminicos etc que vc precise tomar durante o voo (oque que queria tomar pra te ajudar a dormir…)

No final fica assim, arrumadinho bonitinho, e facil de achar qualquer coisa!

Alem disso, sempre teno levar uma bolsa bem espacosa (a nao ser nos voos low cost, que a bolsa tem que caber na mala de mao), que caiba todas as outras coisas e que seja espacosa e facil de localizar oque eu precisar quando o avião estiver no escuro, ou quando a bolsa estiver embaixo do banco e meu vizinho da frente com o banco reclinado:

Então, além do necessaire transparente ai de cima, tambem entre:

- Revistas e livros

- Carteira

- Carteira onde carrego passaporte, endereços, compravação de voo, comprovação de visto, etc

- Oculos de sol e grau

- Lenço de papel

- Pente/escova

- Maquina fotografica e mini tripé

- Bolsinha com fone de ouvido e carregador pro celular

- Chiclete

- Caneta (para preencher os papeis da imigração ou qualquer outra coisa)

- Ipod / iPhone / MP3 (qualquer coisa que toque musica e/ou filmes)

- Tapa ouvido (criança chorando), Tapa olhos (voo diurno ou luz acesa) almofada inflavel de pescoço (depois que descobri essa maravilha, nao vivo mais sem!)

- Uma cardigan ou lenço/pashmina  e meia extra (sempre morro de frio)

E pronto!!

As 10 horas de jornada vao passar voando!!

Categorias: Beleza, Dicas (Praticas!) de Viagem, Fazendo as Malas, Viagens
37
06
Jul
2009
Nobody said it was easy…
Escrito por Adriana Miller

Esse blog anda meio chato, e bem paradao… o verao esta passando em camera lenta pra mim, pois nao estou podendo aproveitar NADA da estacao que esperei por tantos meses… mas por outro lado, o tempo anda passando rapido DEMAIS pra quantidade de cosias que tenho que fazer.

Ha muito tempo que nao me sentia tao estressada com alguma coisa, como ando me estressando com minha dissertacao! Geralmente eu sou uma pessoa bem calma e tranquila, e mantenho a cabeca no lugar pois sei que no final tudo dah certo, mas por algum motivo essa dissertacao esta totalmente under my skin e nao paro de pensar nisso o tempo todo.

Tenho ido pra cama bem tarde todos os dias, tentando aproveitar ao maximo meus neuronios e cada minuto sao linhas a mais que consigo escrever e refletir. Quando finalmente vou dormir, tenho tido pesadelos atras de pesadelos…

Nao sou muito chegada nessa coisa de interpretacao de sonhos, mas nao eh normal (pelo menos pra mim!) sonhar todas as noites com perseguicoes, desgracas, sustos e tombos, e isso deixa bem claro o quanto meu estresse esta afetando meu subconciente.

O pior eh que nem sei explicar o porque. Tenho uma ideia bem definida do que estou escrevendo, o grosso da pesquisa jah esta feita, e agora tenho basicamente 2 meses pra por tudo no papel. Mas acho que o fato de que minha supervisora eh uma imprestavel tem me deixado muito pra baixo, seus comentarios negativos duvidando de minha capacitade tem afetado minha auto confianca, num nivel que nao sei explicar, nem sei entender.

Infelizmente uma das regras para ser elegivel ao programa de Supervisao de tese na minha universidade 9que eh voluntario) eh saber que uma vez designado o supervisor, o aluno nao pode trocar, a nao ser que o assunto do topico seja modificado a tal ponto que o supervisor inicial jah nao pode mais ajudar. Oque nao eh meu caso. E sinceramente, nao vou comprar briga com ela, pois sei me colocar no meu lugar de “aluna” e se a corda arrebentar pra algum lado, serah pro meu!

Por sorte, uma amiga que terminou o mestrado dela ha pouco tempo tem me ajudado demais, me dado altas dicas, e tem sido minha conselheira-ombro-amigo-supervisora que eu tava precisando. Entao passamos as horas de almoco debatendo ideias, conselhos, oque deu certo e oque deu errado com ela.

Entao agora soh me resta tentar o sobre-humanoe conseguir fazer um trabalho que supere suas exectativas 9que no momento, parece estar bem baixa…).

Semana que vem tenho minha primeira reuniao oficial com minha supervisora, e a partir dai vai ser tudo ou nada: ou ela me arrasa e tenho que comecar do zero (oque basicamente significa que mi fu), ou entao ela vai comprar minha ideia e a coisa vai engrenar. Estou tentando correr atras do tempo perdido, e poder apresentar um rascunho semi pronto pra ela, mas sinceramente, nao sei se vai dar tempo.

Acho que vou ter que dar um tempo no treino da maratona ateh setembro, porque as duas coisas juntas nao tah dando certo! Mas por outro lado, correr tem sido meu unico “lazer” e unica maneira de aproveitar o raro tempo bom que tem feito. nem estudar no jardim nao estou conseguindo, pois sempre tem um vizinho ouvindo musica, fazendo churrasco, batendo papo com alguem, que atrapalha minha concentracao.

Por outro lado tem o estresse no trabalho, que tem me deixado ridiculamente ocupada ultimamente, trabalhando tarde, muitas entrevistas e reunioes, que por sua vez significa que nao posso ficar estudando ateh muito tarde, porque tenho que estar descansada no dia seguinte, mas nao consigo chegar em casa cedo pra comecar a estudar num horario decente!

AHHHHHH!!!! Deu pra sentir o caos, certo?

Porem, como nem tudo nessa vida sao reclamacoes, sabado de manha, resolvi que iria levar meus livros pro salao e ia mudar o visual de novo. Mudei um pouco o corte (mais repicado), aparei a franja (estava na duvida se encarava a franja por mais um tempo ou se deixava crescer), e decidi mudar a cor tambem. Ha muito tempo estava pensando em escureceu meu cabelo, mas enquanto decidia, a raiz ia crescendo, crescendo, crescendo. Entao decidi que nao tah na hora de gastar 5 horas do meu precisoso tempo com papel aluminio na minha cabeca refazendo luzes! Entao, aeth o final dessa tese, serei dark-brunette!



 A cara de sono continua a mesma, mas os meus cabelos, quaaaanta difereinca!

Alem disso, fim de semana que vem eh a despedida de solteira de uma amiga, e a mulherada vai passar o fim de semana na praia, em Brighton. Os ingleses nao sao o maximo? Sao necessarias 3 semanas de antecedencia pra combinar de ir pra praia! Hahahahaha! provavelmente ateh lah, o verao jah acabou e vamos eh mofar no pier…

Ah! Em menos de 1 mes completamos 1 ano de casados!!! E a comemoracao sera em grande estilo, com um fim de semana de merecidas 5 estrelas em Praga!

 

Categorias: Beleza, Bobagens, Clima, Estudos
22
27
May
2009
Hamam – Banho Turco
Escrito por Adriana Miller

Tomar um banho Turco, na Turquia, era uma daquelas experiencias que nao dava pra deixar passar. Eh uma experiencia pros sentidos, pro corpo e pra alma, e sem falar na aula de historia!!

Os Hamams foram introduzidos pelos Ottomanos, que sempre valorizaram a limpeza corporal, e acreditavam que a limpeza corporal os deixaria tambem limpos espiritualmente (ritual ateh hoje comum a cultura Islamica, onde as pessoas tem que se lavar antes de rezar).

Alem disso, um Hamam era o local de relaxamento e socializacao – os homens ficavam separados das mulheres (acontece ateh hoje), e na sala masculina eram discutidas estrategias de guerra e negocios, enquanto que para as mulheres era um local onde poderiam se livrar um pouco da sociedade opressora, e de quebra pesquisar potenciais noras ou sogras!

Hamam do Harem do Palacio Topkapi

Nos fomos no Hamam Suleymaniye, que eh lindo, mas ao memso tempo considerado bem turistico, pois deixa homens e mulheres participarem no mesmo ambiente, entoa eh ideal pra familias, casais, etc. Dizem que o fato de ser tao “turistico” acaba um pouco com a experiencia do Hamam, mas sinceramente, porque eu ia querer passar pela experiencia sozinha, trancada numa sauna com um bando de mulher estranha? (e sozinho com um bando de homem turco o Aaron nao queria ir de jeito nenhum). 

O ritual consiste em varias etapas. Tudo comeca com oque vestir. Eu levei meu biquine, por via das duvidas, pois nao sabia muito bem oque esperar do processo. Mas ao chegar no Hamam eles te dao uma roupa tipica – um lenco (tipo uma toalha feita de algodao) para os homens, e um conjunto de short e sutia (feito do mesmo tecido) para as mulhres, e uma toalha semelhante a dos homens, caso vc queria ficar mais ou menos coberta. Tipicamente ambos os sexos recebem a mesma toalinha, mas como fomos num Hamam misto, nao dah pra rolar oba oba peladao. Ah! E alem disso, eles te dao tambem um tamanco de madeira, difiiiicil de andar, mas ajuda a nao escorregar no chao molhado de marmore.

E entao vc eh encaminhado a “sala morna”, onde seu corpo vai se ajustando a temperatura, e te dao as instrucoes doque vai acontecer dai pra frente.

Entrar no Haman tem um baita impacto. Eh uma sla enoooorme, feita de PURO marmore, do teto ao chao, com uma cupula gigante (parece o interior de uma mini mesquita). No meio tem uma plataforma octagonal, tambem de marmore, e eh ali que todos se sentam. os cantos da sala, tem 4 “quartinhos”, tambem de marmore, com “camas” tamebm de marmore, e torneiras.

(Foto de divulgacao – eu nao consegui tirar fotos durante o processo, por motivos obvios…)

Nos outros cantos da sala existem torneiras e bacias de prata, onde vc pode se molhar com agua fria ou morna.

Entao ficam todos ali, socializando, relaxando no marmore quente (mas nao chega a ser tao fervendo quanto uma sauna normal). Volta e meia vc se levante, tenta se equilibrar no tamanquinho e vai ateh uma das torneiras se refrescar.

Ateh que um dos atendentes chama seu nome. Ah! E todos os atendentes sao homens. Sempre homens.

A experiencia como um todo foi um tanto quanto cara (35 Euros, por 1,5 hora), mas ver a cara do Aaron se agarrando naquela toalinha como se nao houvesse um amanha, enquanto um macho Turco esfrega as costas dele e joga agua de bacia na cabeca dela nao teve preco! hahahahahah! Eu ria tanto da situacao, que mal conseguia me concentrar no “relaxamento” da coisa…

Mas enfim. O carinha te chama (estavamos os dois juntos no “quartinho”) e primeiro vc senta no chao, ao lado da torneira de marmore. Eles te molham de cima baixo, e com uma luva de bucha vegetal, te esfregam sem doh nem piedade. Adeus celulas mortas! Esfoliacao ateh a alma!

E entao vc deita na cama/maca de marmore; a cama nao eh nem um pouco confortavel, mas eh higienica, e facilita na hora que eles ficam te puxando de um lado pro outro durante  massagem.

A sensacao eh uma delicia! Eles esfregam uma parada que parece um saco de batata no sabonete especial. Esfrega, esfrega, esfrega, e enchem o saco de ar, como se fosse uma bexiga. E entao colocam aquele “balao em cima de voce e “espremem” toda espuma nas suas costas. mas eh mUITA espuma! Nao dah pra descrever! Uma cosia assim banho de espuma de desenho animado!

(foto divulgacao)

E entao, nessa de espuma pra ca, espuma pra lah, eles vao te fazendo uma massagem, te puxam de um lado pro outro, te escorregam na mesa de marmore (e entao vc entende pra que o marmore), te viram de um lado pro outro, e vc fica literalmente nas nuvens!

Pra acordar, lah vem a bacia de agua de novo! Varias baciadas, enxaguando toda espuma de seu corpo. Entao vc senta de novo no chao, e eles continuam te enxaguando, e de quebra ainda lavam seu cabelo (nos, MUITOS nos pra contar historia depois…).

E pronto, esfoliados, limpos e relaxados, vamos para a sala “morna” de novo, onde trocamos a toalinha molhada, por outra seca e quentinha. Ai o carinha amarra uma outra toalha nos ombros, na cabeca e vc pode ficar lah, relaxando quanto tempo quiser.

E por fim aidna rola um barzinho no terreo, com varias almofades espalhadas onde vc pode beber um cha ou fumar um Narguile…

 

 

 

Categorias: Beleza, Instanbul, Turquia, Viagens
18
12
May
2009
Maio, mes das noivas
Escrito por Adriana Miller
‘ 
Jah estou casada a quase 1 ano, mas pra mim, casamento continua sendo assunto-novidade! (acho que nao vou cansar nunca!)   

logo

Ha um tempinho atras a Ana, a Gemea Ma, me mandou um e-mail/convite se eu nao queria contar a historia de “Beleza” do meu casamento.

Eh pra jah! E lah fui eu me empolgando horrores contando todos os meus detalhes e causos Bridezilla pra elas!

Outras blogueiras tambem foram recrutadas, e agora que estamos no mes das noivas, elas estao fazendo uma seria de posts sobre a beleza das noivas!

O meu depoimento e minhas dicas jah estao lah!

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Beleza, Blog, Casamento, Midia
3
Página 1 de 512345