25
Oct
2013
Como se vestir no outono e inverno em Londres: os detalhes que fazem a diferença
Escrito por Adriana Miller

Eu ja postei varias vezes sobre como se vestir no Outono e Inverno em Londres (e na Europa), mas todo ano vai chegando essa epoca e o pessoal que esta de passagem marcada para os meses mais frios acabam ficando sempre com as mesmas duvidas: qual vai ser a temperatura em Londres no mes tal? Vou pegar muito frio no dia X? Como esta o clima por ai? Chego dia Y e nao sei oque levar na mala!

As dicas na verdade continuam as mesmas (como esses posts aqui), e eh assim mesmo que me visto no meu dia a dia durante o inverno, ano após ano.

Mas nas ultimas semanas tenho postado (no Instagram e Facebook) algumas dicas “úteis” de coisas que uso bastante durante o inverno e acho que são pequenos detalhes que fazem a diferença no guarda roupa (e na mala!) quando as temperaturas abaixam demais:

- Meia calca e legging com forro de fleece “Super Cozy” da Primark:

Por miseros 6 Libras voce vai comprar a melhor meia calca de frio que ja usou na vida!

20131023-074432.jpg

Por fora, uma meia calca normal, de 300 fios (que tem aquela aparência bem escurinha, e de trama fechada, com as meias de fio 80 ou 100) mas por dentro eh forrada com um fleece super, ultra macio e quentinho!

É uma meia calca, mas vai ser mais confortável, aconchegante e quente que qualquer outra peca do seu armário!

As mais friorentas podem usar por baixo da calca comprida (eu pessoalmente detesto usar meia calca por baixo de calcas, mas as vezes eh necessário), ou então naqueles dias que você quer usar saias ou shorts mas esta com frio do vento nas canelas!

 

- Jaqueta “Ultra light Down” da Uniqlo

Não é a primeira vez que falo na Uniqlo aqui no blog, principalmente quando se trata de roupas de inverno. A marca japonesa esta longe de ser a mais fashionista do mundo, mas é super eficiente, moderna e tecnológica. Todas as peças sao leves e minimalistas, mas super quentes!

A jaqueta de pena de ganso é um achado – pesa miseras 300 gramas e pode ser guardada dentro do saquinho que vem junta, perfeita pra levar em viagens e carregar na bolsa naqueles dias incertos, quando você não sabe se o tempo vai firmar, se vai abrir, se vai fazer mais frio ou mais calor.

Não ocupa muito espaço mas é super eficiente. É daquelas peças pra levar na bolsa, e caso o tempo vire é só vestir por cima (ou por baixo) da roupa que você estiver usando mesmo, sem problemas.

 

- Luvas Touch Screen:

Afinal, não é porque esta frio que você vai querer deixar de usar seu smartphone, seja pra tirar uma foto, atender uma ligação ou fazer checkin dos points da sua viagem!

É fascinante: uma luva como outra qualquer, mas na pontinha a trama da lã é diferente, que permite que seus dedos deslizem livremente na tela do seu celular, tablet, câmera fotográfica, sem que você tenha que ficar colocando e tirando as luvas (e consequentemente com seus dedos congelados!).

Porque afinal, esteja frio ou não, você vai ter que dar check in e postar aquela sua foto em frente ao Big Ben, certo!? mas com aquele ventinho cortante, qualquer minutinho sem as luvas eh uma tortura (sem falar no tanto que as pessoas perdem luvas no meio da rua! Luva é tipo tampa de canta bic e guarda chuva: todo mundo perde, mas ninguém nunca acha!).

20131025-152630.jpg

Aqui em Londres elas esta disponíveis em tudo quanto é canto, e são bem baratinhas (os quiosques e lojas de souvenir da Oxford Street sempre vendem modelos diferentes), mas não duram tanto, e acabo tendo que comprar vários pares ao longo do inverno, então esse ano resolvi investir num par melhorzinho e mais quentinho, e adorei essa opção da Ugg (que além de fazerem as melhores botas de inverno, também fazem acessórios ótimos pro frio!).

 - Guarda Chuva:

Dica meio óbvia pra Londres não? Total #DescobriaAmerica mas o clima é tão instável em Londres, que um dia que começa ensolarado não necessariamente acaba com tempo bom, e vice e versa.

Então é preciso andar com um guarda chuva a tira colo o TEMPO TODO.

Só que entre as muitas cosias que você tem que carregar todos os dias (e quando estamos viajando ainda inclui mapas, Guia de viagem de Londres, maquina fotográfica, etc, etc E ainda ter que carregar guarda chuva, mesmo se estiver sol?

Siiiim!

Então a dica são as opções ultra compactas disponíveis por aqui. Não se deixe enganar pelo tamanho: são pequenos e leves, mas aguentam bem o tranco da ventania que se afunila no Tâmisa como ninguém! Mas com a ótima vantagem de não ocupar muito espaço nem pesar demais.

A Boots e a Acessorize vendem ótimas opções!

 

De resto, as dicas que já dei aqui no blog varias vezes sobre como se vestir no frio ainda são validas e imprescindíveis!

20131025-152723.jpg

Uma boa bota de solado de borracha, cachecol grandão pra proteger bem o pescoço, e gorro pra proteger a cabeça e orelhas!

Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, 34 anos, Carioca. Economista e profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mae da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incánsavel e apaixonada por fotografia e historia.
****
Adriana Miller is Brazilian from Rio de Janeiro and a travel addict! She currently lives in London - and travels the world! - with her American Husband Aaron and daughter Isabella.
Siga me!
Categorias: Clima, Dicas (Praticas!) de Viagem, Fazendo as Malas, Viagens
26
06
Feb
2012
Perrengue Congelado 2012
Escrito por Adriana Miller

Entre os muitos eventos que Londres proporciona anualmente a seus moradores e visitantes, o “snow day” tem se tornado cada vez mais frequente.

A parada é o seguinte: Londres não neva. Eu sei, é decepcionante pra quem se programa de visitar a cidade no inverno e acaba achando que frio = neve, e acabam se deparando com nada mais que dias escuros e chuvosos.

Porém, sempre neva em Londres! A diferença é que Londres geralmente tem UM unico dia de neve por ano (por inverno), e é sempre imprevisível saber quando será esse tal dia – já vi em Novembro, em Janeiro, em Março, agora foi em Fevereiro…).

Aí as pessoas comentam: “mas eu sempre ouço falar sobre a neve em Londres…”. E sabe porque vira noticia? Justamente porque nunca acontece, e quando finalmente neva, a cidade vira um CAOS!

Pois é, e na temporada de inverno 2011/2012, o tal dia de neve foi na noite de sabado pra domingo – e como era de se esperar, a “nevasca” foi imprevisível, e gerou o caos que já estamos acostumados!

Por acaso no sabado a noite, estava com um grupo de amigas no Leste de Londres – fomos a uma festa com uns amigos Espanhois, e o plano era, de lá, sair pelo centro de Londres.

A neve nos pegou de surpresa, mas como era bem pouquinha, não imaginamos que viria a ser um problema (além de que estavamos empolgados pra sair, e não ia ser uma nevizinha qualquer que ia atrapalhar nossos planos).

Papo vai, papo vem, quando finalmente resolvemos sair de casa, supresa: abrimos a porta e vimos tudo branquinho lá fora!

Mas estava longe de ser uma “nevasca”, e só nos demos conta de que o caos tinha de instaurado, quando ao ligar para todos as empresas de mini cab da vizinhança, descobrimos que taxi nenhum estava fazendo serviços!

Então toca todo mundo andar até a estação de metro a pé na neve – que ainda estava bem ralinha no chão.

Chagando na estação de Startford, tudo parecia normal e ainda não tínhamos desistido da balada no centro do Londres, até que, no segundo que entramos no trem da Jubilee line, as portas do metrô se reabriram, e o condutor anunciou que por causa da neve, todas as linhas de metrô estava suspensas!

Pânico! E agora, como voltamos pra casa?

Corre pra fila de taxis, e encontramos as ruas desertas. Corre pro ponto de onibus, e mais uma vez as ruas estavam as moscas…

Quando já estavamos imaginando que teríamos que mais uma vez passar a noite na neve (e foi com o mesmo grupo de amigas do “snow day” de 2009!).

Por fim, uma das minhas amigas, ligou pra uma outra amiga que morava pela redondeza e perguntou se podiamos nos abrigar na casa dela…! Que situação! Então por motivos de força maior tivemos que passar a noite acampados no chão do quarto de estranhos, com a esperança de que na manha de domingo as coisas estaríam voltando ao normal…

Eu sei que as pessoas ficam surpresas com esse tipo de situação em Londres – afinal como uma das maiores metropoles do mundo não tem infraestrutura pra lidar com a neve, e alguns míseros centimetros de neve no chão param completamente a cidade?!

Aí que eu volto a repetir: Porque em Londres não neva!

Então todo ano o governo repete a mesma história – não vale a pena investir alguns bilhões de Libras para equipar uma cidade gigantesca como Londres com tratores limpa neve, trocar os trilhos de trem, mudar a infraestrutura do metrô e afins, que serão utilizados apenas um único dia por ano.

Então nos anos em que a neve realmente se torna um problema (como ano passado por exemplo, já que esse ano a neve já derreteu e virou lama no dia seguinte), paciencia, e todo mundo tem que sentar em casa e esperar o caos passar.

Mas realmente não dá pra negar que neve é bontinha, e todo mundo comemora aqueles primeiros floquinhos que caem do ceu – que realment enão tem como ser bonito e hipnotizante!

Só que a realidade de ter que conviver com neve é muito diferente! Neve derrete e faz lama, deixa as calçadas, ruas e estradas perigosas e escorregadias, trens e metrôs atrasam sem explicação e a vida de todo mundo vira um caos!

Por sorte eu tenho a flexibilidade de trabalhar em casa, então hoje ainda nem tirei meu pijama – mas a media de atraso do pessoal do meu time hoje foi de mais de uma hora!

Então realmente neve é linda, mas apenas nas fotos dos outros, ou quando você pode ficar admirando de longe (ou brincando na neve!) no quentinho da sua casa!

E por isso, todo ano quando neve em Londres eu repito: Ainda bem que não neva em Londres!

 

Categorias: Clima, Perrengues, Vida na Inglaterra
26
14
Oct
2011
Onde comprar roupas de inverno em Londres?
Escrito por Adriana Miller

Todo ano vai chegando essa epoca e a historia se repete: turistas com planos de viajar pra Londres entre os meses de Novembro a marco se desesperam quando se dao conta que vao pegar muita chuva e temperaturas baixa e nao sabem exatamente como se vestir. Ou pior, sabem com se vestir (que eu ja dei umas dicas aqui e aqui) mas se deram conta que as roupas made in Brasil nao vao dar conta do recado.

Uma opiniao unanime eh: roupa de “inverno” no Brasil (ou qualquer lugar no hemisferio sul) nao funciona no frio daqui, e as roupas vendidas em lojas especializadas no Brasil oferecem baixa qualidade/e ou precos exorbitantes.

Entao fica a duvida: onde comprar roupas de frio em Londres?! Oque devo fazer assim que chegar na cidade?!

Bem, em primeiro lugar, lembre-se que nessa epoca do ano (entre outubro/novembro a marco) o pais inteiro esta submerso em frio e chuvas, entao na verdade qualquer loja vai vendar (quase que exclusivamente!) roupas de frio. Entao na hora do desespero, qualquer loja na esquina serve.

Mas pra quem quer um guia mais certinho, pra ja chegar com enderecos na mao e sabendo oque comprar e onde, aqui estao minhas dicas.

Baseado nas dicas que ja dei sobre como se vestir e fazer sua mala pro inverno Ingles, voce precisa concentrar sua lista de compras em alguns pontos e pecas essenciais e indispensaveis:

- Bota: de preferencia de couro impermeavel com solado de borracha.

- Blusas de la e/ou termicas: de manga curta e manga comprida, para serem usadas em camadas.

- Sobretudo/casaco de frio: que pode ser um sobretudo mais formal e classico, ou um casaco com recheio de plumas.

- Acessorios: Luva, gorro, cachecol e meias.

Todo resto eh o resto. Uma blusinha mais assim ou assado, variacoes de cores, de modelos etc. Se vista como voce se sentir confortavel fashionisticamente, e como quiser aparecer nas fotos!

Enderecos:

A coisa mais facil a fazer, caso voce saiba que vai chegar em Londres sem nem um casacao pra te proteger do vento cortante, eh largar suas malas no hotel, e pegar o metro em direcao ao Shopping Westfield.

Esse eh o maior shopping da ciade e la voce vai encontrar TODAS as lojas, com as mais variadas marcas e variedad de produtos que voce possa a precisar. A grande vantagem? Por ser um shopping, sera um ambiente fechado e aquecido, entao voc nao precisa passar aperto nem frio enquanto faz suas compras.

No fim do dia, ja volta pro hotel com o guarda roupa de inverno renovado e quentinho, pronto pra turistar a vontade pela cidade!

 

Outra opcao, caso vc ache muito contramao ir ate o Westfield (que ficam no extremo oeste e extremo leste da cidade) eh ir direto pro centrao consumista da cidade, a Oxford Street.

Ali no burburinho da Regent Street, Oxford Street e Carnaby Street voce tambem vai achar todas as lojas e marcas possiveis e imaginaveis, com milhares de opcoes de preco, qualidade e variedade de roupas de inverno.

A desvantagem dessa regiao eh justamente ser ao ar livre, e por mais divertido que seja fazer compras em Oxford Street, se voce ainda nao tiver nenhum casaco pra te proteger, o passeio de loja em loja sera um tanto quanto torturante!

Mas uma boa opcao sao as lojas de departamento, que funcionam como mini shoppings, e voce tambem vai encontrar um otima variedade de marcas, num ambiente aquecido.

As principais dessa area sao: John Lewis, Debenhams, House of Frasier, Browns e Selfridges.

Mas entre tantas opcoes e variedades, quais lojas/marcas oferecem as melhores opcoes?

Bem, isso eh uma questao bem pessoal, de gosto, de bolso. Se voce quer comprar alguma coisa mais basica e baratinha soh pra sobreviver as ferias, ou pretende gastar um pouco mais pra investir numa peca que vai durar varios outros invernos e viagens?

Se questione antes, e venha com uma lista mental das suas prioridades e vontades, e principalmente, seu orcamento. Roupas de inverno sao naturalmente mais caras, e “montar” um guarda roupa de inverno todo de uma vez soh, pode sair bem caro. Os sobreturdos da Burberry’s sao os melhores que existe, mas o custo-beneficio da peca nao vai ser muito vantajoso caso voce soh pegue frio alguns poucos dias por ano, por exemplo.

Entao aqui estao minhas dicas:

- Zara:

Eu ja confessei varias vezes que sou uma Zara-holic. Porque gosto do estilo, das pecas, da modelagem, e principalmente do custo-beneficio da loja.

20111012-215201.jpg

Na Zara, durante o inverno, voce vai encontrar de tudo: do sobretudo de la forrada ate embaixo do joelho por cerca de 200 Libras, ate o jaquetinha de pluma mais levinha por cerca de 50 Libras.

20111012-215145.jpg

Eu adoro os sobretudos da Zara, tanto para mulheres quanto para homens, e todos os casacos que ja tive (e tenho!) de la duram uma eternidade e tem uma qualidade otima!

As opcoes de modelos, cores, material utilizado, estilos e precos eh enorme, e com certeza absoluta voce vai achar alguma coisa que goste.

20111012-215153.jpg

Outras opcoes semelhantes a Zara sao: Banana Republic, Massimo Dutti e Mango.

Essas lojas sao boas opcoes pra comprar pecas como sobretudos, cashmere e blusinhas de linho, calca jeans e botas.

- H&M:

A H&M vai oferecer uma grande variedade de pecas tambem, e por precos bem mais baixos que as lojas acima, porem a qualidade e modelagem vai sofrer bastante!

20111012-215210.jpg

Um sobretudo da H&M vai custar uma media de 50 a 80 libras, mas fique de olho no percentual de la da composicao das pecas, pois a grande maioria das pecas da H&M sao feitas de algodao ou materiais sinteticos (que nao esquentam nada!).

20111012-215233.jpg

Porem, a H&M eh uma OTIMA opcao pra comprar acessorios de inverno bem baratinhos: Luvas, gorros, cachecois, meias e afins, numa inifnidade de cores e modelos, todos na casa dos 5 a 30 libras.

20111012-215220.jpg

Outras opcoes de lojas semelhantes a H&M e boas pra comprar acessorios sao: Primark, Top Shop, Forever 21, Accessorize e Claire’s.

- Uniqlo:

A Uniqlo eh uma marca Japonesa que marca por sua tecnologia de ponta. A qualidade de suas pecas e exepcional e os precos sempre acessiveis.

Essa marca eh uma otima opcao principalmente pra quem vai mochilar durante o inverno, e esta preocupado em como carregar as pecas pesadas de inverno numa mochila…

20111012-215134.jpg

A Uniqlo faz pecas termicas finissimas, que usam tecnologia de ponta pra preservar o calor natural do corpo, sem precisar de usar materiais grossos e irritantes.

Suas pecas-simbolo sao as blusas termicas finissimas que custam a partir de 9 libras e as as jaquetas de pluma ultra leves e ultra finas, que pesam menos de 200gr e podem ser armazenadas num saquinho que mede uns 15 centimetros apenas!

Outras opcoes de lojas que vendem pecas basicas: GAP, Benetton e lojas de material esportivo (em Londres procure pelas lojas da Decathlon e Ellis Bringham.

- Botas e sapatos:

Eu gosto muito da minha bota Ugg, que eh de uma modelo diferente do Ugg tradicional, e eh a bota perfeita pro inverno: solado de borracha grosso e anti-derrapante, couro impermeavel e forrada de pelo de ovelha.

A Ugg tem uma loja enorma no shopping Westfield (onde comprei a minha), mas tambem pode ser facilmente encontrada nas lojas de departamento de Oxford Street.

20111012-215124.jpg

Outra marca muito boa eh a Timberland, que apesar de ter um perfil mais “esportista”, eles fazem otimos modelos de botas de inverno, com altas tecnologias pro-conforto e anti-frio e que sao bem bonitas.

Nas na verdade o inverno de Londres não é assim TÃO frio quanto as pessoas imaginam, e raramente neva (media de apenas 1 ou 2 dias por inverno) então botas de “peso” como Ugg e Timberland podem facilmente ser dispensadas, então pra quem quer modelos mais basicos e com precos mais baixos, lojas como a Zara, Mango, Uniqlo e Gap tambem vendem botas e sapatos de inverno de otima qualidade, e ate mesmo lojas como H&M e Top Shop tambem vendem opcoes bem baratinhas (porem de qualidade duvidosa, mas se se voce soh for passar uns dias no frio, nao faz diferenca quantos invernos a bota vai durar, neh?!). Uma sapataria que sempre vende botas e sapatos bem baratinho eh a Barrats, na Oxford street. Voce vai achar Uggs generico por cerca de 50 libras, botas de couro sintetico por 50 a 70 e por ai.

Outras opcoes de lojas especializadas em sapatos que tambem oferecerao boas opcoes de modelos com bons precos e boa qualidade sao: Aldo, Clarks, Geox e Campers.

 

Uma boa estrategia eh entrar nos sites da lojas antes de chegar em Londres e fazer uma pesquisa sobre oque combina mais com seu estilo e seu bolso, e assim fica mais facil fazer um plano de ataque e nao gastar tempo demais das ferias comprando meia de la!

na grande maioria dessas lojas voce pode comprar on line e pedir pra recolher a mercadoria na loja – assim, se nao servir ou voce nao gostar, ja pode trocar ou devolver la mesmo!

Quanto custa?! Quanto vou gastar comprando roupas de inverno?

Isso vai depender da quantidade, qualidade, marcas e itens que voce comprar, obviamente. Quem precisar comrpar um guarda-roupa inteiro de inverno, vai gastar bem mais doque quem precisar apenas de um sobretudo aqui, um gorro ali.

Mas se desconsiderarmos todas as marcas de luxo (que obviamente destoariam a media e nem sequer entraram na lista), suas compras de inverno pode ser separada em duas categorias:

- Qualidade media-alta:

Nessa banda de lojas e marcas as medias de precos serao mais ou menos:

  • Sobretudo: entre 100 e 200 Libras
  • Bota: entre 80 e 150 Libras
  • Blusas e casacos de la: entre 20 a 50 (por peca – voce vai precisar de varias) Libras
  • Acessorios: Entre 20 a 50 (por peca) Libras

As lojas que eu classificaria nessa media sao: Zara, Gap, Banana Republic, Uniqlo, Ugg, Timberland, Aldo, Accessorize, John Lewis, House of Frasier.

- Qualidade Media-baixa:

  • Sobretudo: entre 50 e 100 Libras
  • Bota: entre 50 e 100 Libras
  • Blusas e casacos de la: de 15 a 30 (por peca)
  • Acessorios: de 5 a 30 (por peca)

As lojas que eu classificaria nessa media sao: Primark, H&M, Forever 21, Top Shop e Claire’s.

E pra quem quiser marcas com mais “peso” fashion, as grandes lojas de departamento (Selfridges, Browns, Harvey Nichols, Harrods, etc) teem todas as marcas possiveis e imaginaiveis, alem de que todas as marcas tambem tem lojas proprias em Londres, seja no Village de Westfild ou nas ruas da regiao de Bond Street ou High Street Kensington e Knightsbridge.

Ou entao tente a sorte num dos outlets da cidade, como a loja de fabrica da Burberry, o Bicester Village e a TK Maxx.

 

Obvio que essa lista não é exaustiva, e oque não faltam em Londres são lugares, lojas e opções pra comprar roupa (de inverno ou em qualquer estação) em qualquer bairro, em qualquer cidade e com variadas faixas de preço!

 

Categorias: Aleatorios, Clima, Compras, Conhecendo Londres, Dicas Uteis, Fazendo as Malas, Inglaterra, Viagens
46
04
Apr
2011
O fim de semana em Londres
Escrito por Adriana Miller

Ultimamente meus fins de semana “livres” em Londres tem sido mais e mais raros, então quando eu estou na cidade, faço questão de aproveitar cada momento.

Se isso se juntar a um fim de semana de tempo “bom” (que no caso foi um fim de semana de temperaturas amenas e ceu nublado, mas sem chuva nem garoa), então fica melhor ainda!

Então meu fim de semana foi assim, em fotos:

20110403-165340.jpg

O sol se pondo bem atras do Parlamento

 

20110403-165354.jpg

Parlamento e London Eye vistos do "outro" lado de Westminster, na ponto de Lambeth

 

20110403-165509.jpg

Piccadilly Circus

20110403-171414.jpg

A primeira tarde que o sol esta quentinho o suficiente pra sentar na varanda do pub, e sem casaco, a gente nunca esquece...

20110403-165410.jpg

Tarde de parques lotados - Clapham Common

 

20110403-165526.jpg

Parlamento no fim do dia

 

20110403-171430.jpg

Caminhada noturna no Southbank

Será que dessa vez a primavera chegou pra ficar?

As fotos foram tiradas com meu iPhone, que tem uma camera pessima. Mas fui tirando ao londo do dia, sem segundas intenções. Como a qualidade das fotos sempre deixa por desejar, eu dei esses “efeitos” usando a App Instagram, que dá um ooooutro visual!

 

 

Categorias: Batendo perna, Clima, Conhecendo Londres, Dia a dia, Fotografia, Inglaterra
16
18
Jan
2011
Qual a Temperatura na cidade X no mes Y…?
Escrito por Adriana Miller

Uma das perguntas que eu mais adoro aqui no blog são os pedidos de adivinhação de temperatura e se vai chover em determianda epoca do ano…

Porque se eu tivesse poderes paranormais e fosse capaz de prever a previsão do tempo, eu não sairia dando essas dicas de graça! Eu venderia minhas previsões por uma fortuna e a esse momento estaria blogando diretamente a bordo de um Iate 15 estrelas.

Porém eu sei que essa é uma duvida que aflige a muitos turistas, inclusive e principalmente, essa que vos fala. Acho que saber oque esperar em relação ao clima é primordial antes de sequer cogitar um destino para suas ferias, e sempre tento considerar se determinado lugar, vai estar muito frio/calor/chuva/furacão etc em determinada epoca do ano. Ora bolas, eu adiei minha lua de mel por 5 meses só porque cismei que queria ir pra Asia, mas teria que esperar que passasse a epoca das Monções!

Mas então como prever/planejar a temperatura de sua viagem?

Antes de mais nada, lembre-se que em tempos de aquecimento global, qualquer previsão é imprevisivel. Não é porque voce vai pro Caribe na epoca de verão que não vai ter chuva, não é porque voce vai pro Oriente Medio no inverno que vc não vai pegar calor – e ainda pode pegar chuva torrencial na epoca de seca na Tailandia e neve no verao Africano!

Mas é sempre bom ter uma ideia doque é mais provavel de acontecer, então esse é meu processo de planejamento:

Em primeiro lugar, lembre-se das aulas do colegial. As estações do ano são diferentes no hemisferio sul e norte, enquanto as temperaturas são sempre moderadas na linha do equador.

Em segundo lugar, quanto mais alta a altitude de um lugar, mais frio fará, mesmo no auge do verão.

Meu site preferido é o BBC Weather, onde é possivel não só consultar a previsão do tempo imediata (nunca faça as malas antes de verificar a previsão do tempo nas vesperas da sua viagem) mas eles tambem disponibilizam medias anuais, oscilações historicas de tempratura por mes (maximas e minimas registradas), numero de horas de sol por dia, umidade relativa e probabilidade/quantidade de chuva.

E voce pode verificar as medias por cidade (com quase todas as principais capitais mundiais) e por país.

Então, usando o site pra pesquisar as medias de temperatura e chuva em Londres, por exemplo:

Então voce pode ver que se for programar uma viagem para a Inglaterra em Março, as medias de tempratura ficam entre 3 e 10 graus, com oscilações (extremas) que podem ir do -8 ao 21 graus, bastante umidade no ar e chuvas moderadas (media de 11 dias de chuva por mes).

Ou então usando o grafico abaixo, que mostra as oscilações de temperatura e chuva ao longo do ano:

Então dá pra ter uma ideia que ao longo do ano, o clima em Londres é sempre bem mediano: tem sempre uma chuvinha pra contar historia e a temperatura oscila muito pouco.

Mas digamos que voce vai viajar passando por varios paises da Europa, onde independente da epoca do ano, as regiões variam muito entre si. Então como saber qual a melhor epoca do ano para viajar, ou que tipo de roupa levr na mala:

Então nesse site da BBC voce pode comparar, por exemplo, Estocolmo, Paris, Madrid:

Estocolmo:

Paris:

Madrid:

Essas tres cidades são extremos no continente, mas representam a dificuldade de viajar, na mesma epoca do ano, por varias cidades e paises tão diferentes.

Entao nesse caso, nesse roteiro ficticio, antes de sequer planejar sua viagem e muito menos fazer as malas, voce já sabe que, no mes de Agosto, por exemplo, é o mes em que mais chove (em media) em Estocolmo, com temperaturas que variam entre os 15 e 20 graus.

Já em Paris, Agosto é um dos meses mais quentes, mas na media ainda pode chover bastante, com temperaturas ficando na media dos 25 graus.

E no outro extremo esta Madrid, que em Agosto tem seu mes mais seco, com temperaturas medias que ultrapassam os 30 e poucos graus.

Ou seja, pra essa mesma viagem, voce pode vir a precisar de capa de chuva, bota, guarda chuva, biquine e chinelo! Complicado?! Taí uma boa oportunidade pra repensar seu roteiro.

Alem disso, voce pode usar o site para identificar epocas de monções, furacões e tornados e evitar surpresas na sua viagem!

Mas nunca, nunca esqueça, que por mais que seja extremamente util fazer essa pesquisa previa pré-ferias, lembre-se que o clima é louco mesmo, e nunca feche sua mala antes de dar aquela ultima olhadinha na previsão do tempo!

Esse ano mesmo, por exemplo, em Novembro, que é um mes de temperaturas temperadas na Inglaterra, nós tivemos nevascas recorde, e em Janeiro em Madrid, que é um mes que geralmente tem varios dias de temperaturas negativas, eu peguei um solzão e media de 16 graus durante toda semana!

Categorias: Aleatorios, Clima, Conhecendo Londres, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas Uteis, Fazendo as Malas, Inglaterra
17
11
Dec
2010
Como se vestir no inverno II
Escrito por Adriana Miller

Todo ano vai chegando essa epoca de inicio de inverno e as perguntas sobre oque vestir numa viagem a Europa comecam a aparecer por aqui.
E nao eh a primeira vez que escrevo dando dicas de cómo se vestir adequadamente para o inverno Europeu, mas sempre ficam algumas duvidas.

Esse ano em particular, o frio impiedoso chegou mais cedo na Europa, e com as noticias das nevascas fora de Epoca em cidades como Londres, Paris, Madrid e outras capitais consideradas “moderadas” no quesito frio, deixou os turistas que estao de passagem marcada mais preocupados ainda.

Entao mais uma vez, esse post nao eh necesariamente sobre qual marca eh melhor, ou se as roupas que voce usou nas ferias na Argentina dao para quebrar um galho… (ate porque ja falei sobre tudo isso nesse post AQUI), e sim para dar mais umas dicas que para mim fazem tooooda diferenta!
Porque quando esta frio MESMO, todos os detalhes sao importantes, e nao adianta nada voce comprar o casaco mais caro do Shopping da marca mais especializada de esqui se vc nao se preocupar com essas pequenas dicas.

Comecando pelo basico, no outro post que fiz sobre roupas de inverno eu falei sobre a importancia de se vestir em “camadas”.Eh bem mais eficiente contra o frio, e bem mais pratico, pois vc pode ir adaptando de acordo com o ambiente que esta (na rua, dentro de um restaurante, no metro, etc).
Eu tambem comentei sobre a importancia dos materiais, e como no inverno eh mais importante que nunca usar pecas “tecnologicas” que mantem a temperatura do corpo e repelem umidade, como por exemplo as “base layers” (“Camadas de base”) feitas de La Merino ou Capilene.
Depois veio a dicas de proteger bem as extremidades – nao adianta nada estar com 17 camadas de roupas e com o tronco super quentinho, se seus dedos dos pes e das maos estao congelando!
Eh importantísimo usar um bom gorro ou chapeu para proteger a cabeca (que a perte do corpo que mais perde calor) e principalmente orelhas – eu uso muito umas faixas de fleece ou de la que cobrem apenas a testa e as orelhas (como tenho muito cabelo, dependendo do casaco e do cachecol que uso, os gorros nao ficam no llugar certo, entao as faixas sao mais confortaveis, a pesar de nao serem tao quentinhas).

As luvas sao importantes, mas eu nao as considero tao essenciais nao, pois oque esquenta mesmo suas maos sao os bolsos do casaco (NUNCA compro casaco que nao tenha bolsos!). Mesmo com as maos nos bolsos eu sempre uso luva – no dia a dia, por mais frio que esteja, eu acabao usando luvas mais fininhas mesmo, que apenas protegem as maos, sem esquentar muito – pois assim nao perco totalmente a sensibilidade dos dedos para as cosias normais do dia a dia – tipo achar meu Oyster dentro da bolsa, atender o celular, virar a pagina do livro. Mas quando viajo e sei que vou ficar o dia todo na rua (logo, sentindo mais frio por mais horas doque o normal) eu prefiro usar luvas de couro com forro de la ou fleece.

O couro por si so nao esquenta muito, mas eh um bom “corta vento”, e impede que o ar frio do vento (porque no inverno SEMPRE venta muito, princiapalmente em Londres!) congele seus dedos, e o forro de la, pelo ou fleece, ajuda a manter a temperatura e os dedos quentinhos. Para quem for MUITO friorento (EU!) ou nao acostumado com o inverno, uma boa dica sao os “Hand Warmers” que sao fácilmente encontrados em lojas de esporte por aquí. Eu usei os Hand warmers nos dias finais do Kilimajaro, e nao teria voltado de la com todos os 20 dedos se nao fosse por eles! O calor dura umas 10 horas e eh uma delicia.

Nao eh baratinho, entao nao da para usar isso no dia a dia o inverno todo, mas se vc sabe que algum dia (ou cidade) em particular vai estar especialmente fria, eles sao uma boa solucao (deveria ter levado um par para Suica…!).

E por fim os pes, que para mim sao os mais importantes! Nao tem nada que destrua mais meu humor doque pes congelados! Entao no inverno eh importante considerar algumas coisas: calor, umidade e sola.

Calor porque eh importante usar sapatos/botas que sejam bem revestidos e forrados. Entao alem de confortaveis, seus sapatos precisam ser quentinhos por dentro – e claro, sempre compre um pouquinho maior que seu pe, para que vc possa usar seu sapato/bota com meias extra grossas (e muitas vezes, mais de um par de meias!), que so vao contribuir para manter a temperatura de seus dedos.

Depois eh importantísimo que o sapato/bota seja bem vedado e de um material ipermeavel – seja nylon/Goretex, couro ou borracha. No inverno chove, neva, e todo dia tem geada. O chao e calcadas estao constantemente molhadas, e nao adiante usar 3 pares de meia, se na primeira poca de gelo, a agua vai entrar na bota e molhar suas meias e dedos!

Por fim, a sola, por doi motivos: o primeiro eh o mesmo motivo acima – evitar que a umidade do chao entre na sua bota/sapato, para que seus pes estejam sempre quentinhos, e servir de barreira entre a sola de seus pes e a calcada coberta de gelo. E o segundo motivo segue a mesma linha: solas antiderrapantes (borracha) vao garantir sua seguranca nas mesmas calcadas cobertas de gelo que ja falei acima. Um bom exemplo sao as botas Ugg – todo mundo adora falar como elas sao feias e tals, mas o motivo porque sao tao populares nao eh por seu fator fashion e sim por serem TAO uteis em baixas temperatura!

Sao ultra confortaveis, tem sola de borracha, revestidas de pelo de ovelha e eh garantido que vc nao vai senti nem um pingo de frio! As botas tipo galocha (como as que eu usei nas fotos da Suica) sao boas mas nao sao ideias… Elas protegem bem os pes, sao antiderrapante e anti umidade, mas em compensacao nao sao nada quentinhas! Na viagem para Zurique minha preocupacao principal era a neve e o gelo nas calcadas, mas por outro lado, passei o dia todo, todos os dias com os dedos congelados! (e isso porque estava usando minha meia ultra-mega grossa de La Merino que usei no Kilimanjaro e mais uma “Wellie sock” que eh um meiao de fleece grosso que vai ate o joelho!).

E para completar todas as dicas acima de “camadas”, “materiais” e “extremidades” tem a dica final que he a “vedacao” do pacote final (sim, porque vc vai ficar igual e sentir empacotado com tanta roupa!).

Isso quer dizer que voce nao pode ter NENHUMA fresta na sua roupa que deixe o frio entrar, e o minimo possivel de pele ao léu.

Porque vai por mim, nao adianta nada seguir a risca todas as camadas, gorro, luvas, botas e afins se quando bate um vento de sensacao termica de -10 graus o vento congelado entra pelo seu pescoco, pelo punho, pelas costas e parece que voce vai desabar congelado no meio da rua!!

Entao essas sao as coisas que eu uso/faco para me “vedar” no frio:

Meias de “cano alto” – uma por baixo da calca, outra por cima da calca. Por um motivo simples: eu nao gosto dessa historia de usar meia calca por baixo da calca jeans – nao acho que contribua em nada no aquecimento do corpo e acho muito desconfortavel! Deixa suas roupas mais apertadas, a meia vai escorregando nas pernas ao longo do dia, o elastico aperta a cintura… enfim! Nao gosto mesmo! Entao prefiro usar duas meias.
As meias tem que ser altas (acima da panturrilha), para nao correr o risco da meia escorregar e enrrolar no tornozelo dentro da bota, e a meia que vai por fora da calca, alem de ajudar a manter tudo no lugar, serve como vedacao extra, caso sua bota seja mais larguinha na batata da perna (trauma de perna fina).

Blusas com “dedo”  (que em Ingles se chama Thumb Loops), pois essas blusas tem a manga mais comprida com um buraco que encaixa no seu dedão. Assim a manga da sua blusa sobre até dentro da luva, e voce evita que o ar frio entre pelo punho do casaco pra dentro dos braços ou mãos toda vez que vc tirar as maos dos bolsos, quiser tirar uma fotos etc (faz MUITA diferença!). Outra opção sao as “luvas” sem dedos, que cobrem mais ou menos do cotovelo até o dedão da mão, e podem ser usadas por baixo ou por cima das luvas – oque for mais confortavel pra voce.

Cachecol largo e grosso. Porque pra “vedar” o frio, voce precisa conseguir dar varias voltar com o chachecol no seu pescoço, inclusive cobrindo parte do seu rosto e a parte de tras da sua cabeça. Aqueles nozinhos bonitinhos, ou cachecois fininhos e nada são a mesma coisa…

Dicas finais – Na hora de comprar um casaco de inverno, preste atenção nesses detalhes:

Para casacos tipo sobretudo de lã, o importante é ficar de olho na composição de lã e no forro. Um casaco quentinho tem que ter no minimo 60% de Lã em sua composição (o ideal, claro é chegar o mais proximo de 100% lã possivel), e sempre que possivel um forro duplo.

Composição do casaco 100% lã

A maioria dos casacos de lã de tem forro de nylon/cetin, mas pra garantir proteção extra, alguns temum entre-forro de flanela, que deixa o casaco ainda mais pesado e protegido.

Detalhe do forro: a lã do casaco, o cetin do forro e a flanela no meio

Pra quem prefere casacos de plumas (down jackets), ou para temperaturas super extremas (quando esses casacões são a unica opção) o importante é ficar de olho se o “recheio” do casaco é composto de plumas de ganso (“Goosedown”) mesmo ou se sao fibras de nylon.

Close na etiqueda do casaco com 85% de pena de ganso

Quanto mais alta a composição de plumas naturais de Ganso, mais quente sera o casaco – já reparou que os patos, gansos e cisnes estao sempre nadando despreocupadamente nos lagos congelados?!

Categorias: Clima, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas Uteis, Fazendo as Malas, Viagens
54
03
Dec
2010
Cabin Fever
Escrito por Adriana Miller

Cabin Fever (ou “febre da cabine” numa tradução tosca) é uma expressão em INgles que descreve aquele desespero de quem fica trnacafiado no mesmo ambiente por muito tempo, e supostamente atinge astronautas, marinheiros, caminhoneiros etc que passam dias e as vezes mesmo fechados no mesmo espaço.

E é assim que to me sentindo essa semana, já contabilizando 4 dias sem conseguir sair de casa pra trabalhar por causa da nevasca inesperada que assolou o Reino Unido.

O engraçado é que as pessoas me perguntam “quantos inches” a neve acumulou, e sinto até vergnha de dizer que, apesar de realmente ter neve no chao, ainda consigo ver o verda da grama por baixo… ou seja, não é muita neve mesmo!

Mas as outras partes do pais foram super afetadas, com acumulo de neve que passa do meio metro! E como entra ano, sa ano a Inglaterra não aprende a se preparar pra (pouca) neev que recebe, o pais para.

Esse ano eu fui ainda mais atingida, pois meu atual escritorio fica nos arredores de Londres, que não só neva mais doque aqui no centro da cidade, mas a unica maneira de chagar lá é de trem – mas com gelo e neve os trilhos congelam, as portas não abrem direito, arvores caem no meio do caminho, e tudo para!

Entao desde 3ª feira que eu acordo, levando, me arrumo e quando olho lá pra fora está nevando e todos as minhas possibilidades de caminho e trens estao canceladas, atrasadas sem previsão e a estção fica aquele caos!

Ai mando um e-mail pra todo mundo avisando que mais uma vez não vou conseguir chegar no escritorio…. e tenho trabalhado de casa todos esses dias.

Por um lado é otimo saber que tenho essa flexibilidade de nao ter que passar perrengue pra chegar no trabalho, e melhor ainda é ver a neve caindo lá fora enquanto eu trabalho confortavelmente sentada no sofa, embaixo do cobertor.

Mas isso foi bom no primeiro dia… melhor ainda no segundo… mas no terceiro dia eu já não sabia oque fazer pra não enlouquecer, e hoje já estou subindo pelas paredes!

Obvio que trabalhar me mantem ocupada durante o dia, mas eo tedio de nao ter ninguem em volta pra bater um papo, ir tomar um cafe, almoçar, etc?!?!

Aliais, almoço? Que almoço?

Com esses dias todos trancafiada em casa não sobrou nada na geladeira…

Categorias: Clima, Dia a dia
19
01
Dec
2010
Enquanto isso em Londres…
Escrito por Adriana Miller

Os últimos dias tem entrado para história como o mes de Novembro mais frio dos ultimos tempos.

O problema é que todo ano eles falam isso… Ai cai alguns floquinhos de neve e já fica aquele caos.

Entao os metereologistas estavam prevendo neve desde semana passada, e ninguem colocava nenhuma fé, afinal rarissimas vezes realmente neva em Londres (to falando neve de verdade, que acumula no chao e deixa tudo branquinho… nao apenas flocos que caem do ceu), e quando neva é aquela coisa minguada…

Mas ai ontem eu acordei e do lado de fora da minha janela estava assim:

Ai a ficha caiu… por que realmente raramente neva nesse nivel no centro de Londres (nos bairros mais afastados já é outra historia), e muito menos em Novembro! Se ainda fosse Janeiro, Fevereiro…. tudo bem. Mas temperaturas abaixo de zero em Novembro e temporal de neve realmente au ainda nao tinha presenciado nos 6 invernos que já passei por aqui.

Mas realmente, mesmo assim a neve nem chegou a acumular no centro de Londres, e esta longe de ser realmente uma nevasca (pra mim isso aqui é neve de verdade, que só vi acontecendo duas unicas vezes em Londres)

Mas o bom mesmo, é que como agora trabalho fora de Londres, as estradas foram fechadas e os trens cancelados, entao fiquei o dia todo trabalhando em casa (e hoje tambem!) sentadinha no sofá, embaixo do cobertor, laptop no colo admirando a neve caindo lá fora o dia todo!

E agora nos resta esperar que caia mais neve no natal, pois minha arvore de natal ficou linda com a neve caindo do lado de fora da janela…

Categorias: Clima, Dia a dia, Natal, Vida na Inglaterra
4
23
May
2010
Domingo de verão no Hyde Park!!
Escrito por Adriana Miller

Esse fim de semana o verão começou oficialmente (até que tudo volte ao normal… claro…) e a cidade simplesmente se transformou!

Eu sempre falo que Londres no inverno, no auge do frio, da escuridão e dos dias cinzentos fica ainda mais charmosa, mas uma coisa não dá pra negar, e quanto o verão finalmente chega, Londres se transforma na cidade mais alegre colorida e apaixonante do mundo!

A cidade inteira vai pras ruas, lotam os parques. As pessoas ficam mais felizes, mais simpaticas e mais bonitas.

Então ontem acabamos passando o dia todo pra cima e pra baixo fazendo coisas aleatorias, mas no domingo não deu pra evitar, e nos juntamos aos outros milhoes de Londrinos e fomos lotar as areias, ops, gramado do maior e mais bonito parque da cidade.

O Hyde Park é enorme, enorme mesmo, com lagos, sub-parques, sub-jardins e tal e chega a ser meio confuso, ainda mais quanto esta tão lotado. Então escolhemos a entrada de Hyde Park Corner (que fica na linha de metro “Piccadilly Line”) e fomos andando em direção a Serpentine, que é o mega lago no centro do parque.

Achamos um cantinho embaixo de uma arvore e montamos acampamento: picnic com frutas, muffins, sanduiches, sucos, livros e revistas, e lá ficamos a tarde toda, batendo papo, tirando fotos e relaxando na grama, assistindo a farofada dos Ingleses.

Como qualquer outra cidade Europeia longe da praia, assim que o sol dá as caras a população poe suas pernocas branquelas pra fora e vão tostar sua pele com marcas de camiseta gola em V.

A pessoal aluga pedalinho, cadeira de praia, fresbee, frescobol e toda e qualquer outra forma de entretenimento ao ar livre.

O mais engraçado são os modelitos “verão” das meninas mais ousadas que arrsicam biquines saidos diretamente das paginas da Heat Magazine ou com pretenção de virarem WAGs, os gangstaaaa ensaiando seus passinhos hip-hop, e a galera do skeat in line, ou os mauricinhos jogando cricket…

É como ver um apanhado completo da população Londrina, com todas as esquisitces que se tem direito, em uma unica tarde…

Mas a verdade é que o dia foi uma delicia, super quente, com um sol inacreditavel que enche todo mundo com aquela felicidade que depois de passarmos pelo mes de maio mais frio da historia da ultima decada, finalmente o verão chegou!!!

Categorias: Clima, Conhecendo Londres, Inglaterra, Parques
29
03
May
2010
Hayfever
Escrito por Adriana Miller

A definição de hayfever é alergia a polem, e é o mal que ataca a população do hemisferio norte nessa epoca do ano.

Eu nunca tive nenhum tipo de alergia respiratoria no Brasil e só passei a sentir alguns sintomas de uns anos pra cá. Mas esse ano, nao sei explicar oque aconteceu! A heyfever me pegou de jeito e ha semanas to sofrendo bastante… nariz permanentemente entupido, dor de cabeça, noites mal dormidas e uma moleza constante… Mas infelizmente hayfever não é doença, então nem rola um sick leave aqui e ali..

As farmacias e mega-drogarias estao com suas preteleiras recheadas de remedios, anti-histaminicos e remedio milagrosos, e até a Vogue UK desse mes tem uma materia sobre como sobreviver a Hyefever em estilo… HA!

Então semana passada quando o Aaron estava preso nos EUA por causa do vulcão, um dia falamos no telefone quando ele estava na casa da irmã, que tem umas tendencias a hippie, é instrutora de Yoga e afins, e ela me mandou um neti-pot, que é essa coisa estranha ai em baixo!

O neti-pot é um tanto assustador. Não passa de um mini bule, que voce tem que encher de agua morna, com uma soluçnao salina e… enfiar no nariz!

A tecnica é que as narinas sao conectadas, e a solução salina “lava” as vias nasais, ou “irrigação nasal” – nao é remedio e sim prevenção, aliviando a longo prazo os sintomas de alergias respiratorias.

Então tá, né? Segui as instruções e lá fui eu, enfiar agua pelo nariz… A sensação nao podia ser mais estranha… passei quase 15 da minha vida fazendo natação e aprendendo que agua no nariz = algo muito ruim e errado, e realmente meu treinador estava certo!

Minha primeira tentativa, foi meio desastrosa… sentia a agua entrando e acumulando dentro da minha cabeça, enchendo meu ouvidos por dentro, até que virei a cabeça um pouco mais e pronto… como passe de magica, a agua fluiu imediatamente pela outra narina! (assiste esse video aqui, pra ver como é bizarro!)

Ah… o alivio… Dessa depois primeira tentativa, ainda fiquei com o ouvido direito meio cheio d’agua por um dia ou dois, mas depois que peguei a mecanica da coisa, é um alivio!

A sensação de respirar pós netti-pot é sem igual! O ar eeeeeeentra no pulmão, não dá pra explicar, mas é bem legal. Aparentemente os beneficios a longo prazo são tão bons que o neti pot esta virando febre nos EUA, aparence em programas como Oprah e Today Show. O Aaron disse que quando comentou com os amigos da “esquisitice” que a irmã tinha me dado, todos confessaram que tambem usam!

O problema é que é uma coisa meio homeopatica, e nao cura nada, apenas ameniza os sintomas e previne os sintomas a longo prazo.

Então oque me resta logo é que essa fase negra da primavera passe logo, as flores parem de produzir pólem enlouquecidamente e minha vida possa voltar ao normal…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Clima, Dia a dia, Vida na Inglaterra
10
Página 1 de 6123456