15 Feb 2019
1 Comentário

Viagem de Cruzeiro: Oeste do Caribe

Américas, Belize, Cruzeiro, Cruzeiro no Caribe, Cruzeiros, Dicas de Viagens, Estilos de Viagem, Honduras, Ilhas Cayman, Mexico, Tulum, Viajando com crianças

2018 foi um ano onde o foco principal de nossa familia foi a mudanca de Londres para Denver – mas foi tambem um ano de muitas comemoracoes e grandes datas: meu aniversario de 10 anos de casamento, 40 anos da minha cunhada e 50 anos do co-cunhado!

A solucao para nao deixar o ano passar em branco? Uma viagem de cruzeiro para o Caribe com a familia toda!

Eu passei praticamente a vida toda com verdadeira fobia a viagens de cruzeiro – ate que fiz o primeiro, amei a experiencia e virei super fan!

Anos depois fiz um segundo cruzeiro, na Inglaterra mesmo, que so aumentou a vontade de repetir o estilo de viagem…. entao quando minha sogra fez essa proposta para a familia, aceitamos na hora!

Dessa vez fizemos a viagem em um navio da Princess Cruises, e o roteiro foi o Caribe Oeste.

  • O roteiro

Geralmente as empresas de cruzeiro vao organizando e separando seus roteiros pelo Caribe de acordo com as regioes – afinal o Caribe eh uma area bem extensa, e com uma infinidade de paises, ilhas e portos disponiveis. Nos ja tinhamos feito o roteiro “Caribe Leste” ha uns anos atras, entao dessa vez optamos pelo “Caribe Oeste”, que saiu de Fort Lauderdale na Florida e passou pelas Ilhas Cayman, Honduras, Belize e Mexico, com apenas 2 dias em alto mar (o primeiro dia de ida e o dia da volta).

No primeiro cruzeiro que fizemos, eu fiz questao de escolher um roteiro que tivesse o minimo possivel de dias em alto mar, mas agora que ja passei pelo terceiro cruzeiro, e entendo um pouco melhor o quao legal os navios sao (principalmente os mais modernos) e o tanto de coisas eles tem pra oferecer, que agora eu entendo perfeitamente porque os navios “de alto mar” (que quase nao param em porto nenhum e ficam apenas navegando), fazem tanto sucesso! Os navios sao muito divertidos!!

 

  • O navio

Dessa vez nos viajamos no Caribbean Princess, um navio da marca “Princess Cruises”.

Sinceramente? Nao gostei…

O navio em si eh relativamente antigo e nao ofereceia algumas amenidades e modernindades que os navios mais modernos oferecem, mas principalmente por ser uma bandeira/marca de navios que nao eh tao compativel com nossa realdiade de familia jovem, e as necessidades de quem viaja com criancas pequenas.

Apesar de que cruzeiros como um todo sao monumentais e gigantescos, esse navios especificamente nos pareceu bem apertado… eh dificil explicar como uma estrutura flutuante de 16 andares e que hospeda quase 4 mil pessoas pode ser descrito como “apertado”…. mas sei la.

Em comparacao com os outros navios que ja fiz, os quartos eram minusculos (dessa vez nos pegamos uma cabine interna, dessas sem janela nem nada, mas mesmo as cabines “externas” e com varanda etc eram bem pequenas), os restaurantes principais tambem eram menores que o normal, e as piscinas minusculas… E todos os ambientes tinham um leve ar de ultrapassado.

Mas ainda assim, o navio oferecia tudo que poderiamos esperar de um cruzeiro: otimas opcoes de restaurantes (tanto os restaurantes incluidos no preco do cruzeiro, quanto os de pagamento a parte), boas opcoes de shows e entretenimento, varios bares, casino, lojas, cinema, night clubs, sala de jogos, spa, cabeleireiro, etc, etc e mais uma vez foi uma experiencia muito, mas muito legal!

 

  • Viagem de cruzeiro com criancas

Eu ja fiz outros posts bem mais especificos sobre viajar de cruzeiros com criancas e bebes, em diferentes fases (no nosso primeiro cruzeiro a Isabella tinha 6 meses, e dessa vez ela tinha 5 anos e o Oliver 2 anos), onde explico e respondo perguntas especificas sobre alimentacao, seguranca, entretenimento etc para familias que querem viajar com criancas pequenas.

Mas mais uma vez, mesmo apesar de nao ter sido um navio ideal para uma familia jovem como a nossa, as criancas simplesmente adoraram, e de fato um cruzeiro eh uma viagem muito facil, pratica e confortavel para se fazer com criancas, e mais uma vez confirmamos que sim , queremos fazer muitos outros, ainda mais agora morando tao pertinho do Caribe e America Central!

Dessa vez, nesse navio especifico da Princess, as duas coisas que me decepcionaram foram: os kids club era bem limitado (uma salinha relativamente pequena), e apenas com programacoes para criancas acima dos 3 anos. A Isabella adorou assim mesmo, mas foi muito inconveniente nao poder deixar o Oliver brincar por la tambem…

E o outro ponto negativo foram as piscinas, que nao permitiam criancas de fralda na agua.

A realidade eh que esse eh o normal, e a maioria absoluta dos cruzeiros nao permitem bebes e criancas de fralda nas piscinas, mas alguns navios mais modernos tem a opcao de de “splash pads” (parquinho de agua) de agua razinha, onde bebes e criancas menores podem pelo menos brincar na agua e se refrescar um pouco.

Na epoca o Oliver estava prestes a fazer 2 anos, e pra ele, sinceramente nao fez a menor diferenca. Nos dias de paradas em portos, nos iamos passear e levavamos eles para a praia, onde ele podia brincar e nadar a vontade, e nos dois unicos dias que tivemos em alto mar, tentamos coordenar os horarios das sonecas dele, com o horario que iamos pra piscina com a Isabella.

Mas nao deixa de ser uma inconveniencia, ne?

Eu entendo perfeitamente que nao pode e pronto, e sabia bem disso antes de embarcar – eh uma questao de saneamento e seguranca da saude dos outros passageiros, mas de fato recomendaria que outras familias na mesma situacao optassem por navios que tem piscina para bebes.

 

Todos os outros posts detalhados sobre viagens de cruzeiros estao AQUI

 

Mais dicas e videos sobre viagens de Cruzeiro:

 

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
1 Comentário