14 Oct 2011
50 comentários

Onde comprar roupas de inverno em Londres?

Aleatorios, Compras, Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Dicas Uteis, Fazendo as Malas, Inglaterra, Moda, viagem

Todo ano vai chegando essa epoca e a historia se repete: turistas com planos de viajar pra Londres entre os meses de Novembro a marco se desesperam quando se dao conta que vao pegar muita chuva e temperaturas baixa e nao sabem exatamente como se vestir. Ou pior, sabem com se vestir (que eu ja dei umas dicas aqui e aqui) mas se deram conta que as roupas made in Brasil nao vao dar conta do recado.

Uma opiniao unanime eh: roupa de “inverno” no Brasil (ou qualquer lugar no hemisferio sul) nao funciona no frio daqui, e as roupas vendidas em lojas especializadas no Brasil oferecem baixa qualidade/e ou precos exorbitantes.

Entao fica a duvida: onde comprar roupas de frio em Londres?! Oque devo fazer assim que chegar na cidade?!

Bem, em primeiro lugar, lembre-se que nessa epoca do ano (entre outubro/novembro a marco) o pais inteiro esta submerso em frio e chuvas, entao na verdade qualquer loja vai vendar (quase que exclusivamente!) roupas de frio. Entao na hora do desespero, qualquer loja na esquina serve.

Mas pra quem quer um guia mais certinho, pra ja chegar com enderecos na mao e sabendo oque comprar e onde, aqui estao minhas dicas.

Baseado nas dicas que ja dei sobre como se vestir e fazer sua mala pro inverno Ingles, voce precisa concentrar sua lista de compras em alguns pontos e pecas essenciais e indispensaveis:

Bota: de preferencia de couro impermeavel com solado de borracha.

Blusas de la e/ou termicas: de manga curta e manga comprida, para serem usadas em camadas.

Sobretudo/casaco de frio: que pode ser um sobretudo mais formal e classico, ou um casaco com recheio de plumas.

Acessorios: Luva, gorro, cachecol e meias.

Todo resto eh o resto. Uma blusinha mais assim ou assado, variacoes de cores, de modelos etc. Se vista como voce se sentir confortavel fashionisticamente, e como quiser aparecer nas fotos!

Enderecos:

A coisa mais facil a fazer, caso voce saiba que vai chegar em Londres sem nem um casacao pra te proteger do vento cortante, eh largar suas malas no hotel, e pegar o metro em direcao ao Shopping Westfield.

Esse eh o maior shopping da ciade e la voce vai encontrar TODAS as lojas, com as mais variadas marcas e variedad de produtos que voce possa a precisar. A grande vantagem? Por ser um shopping, sera um ambiente fechado e aquecido, entao voc nao precisa passar aperto nem frio enquanto faz suas compras.

No fim do dia, ja volta pro hotel com o guarda roupa de inverno renovado e quentinho, pronto pra turistar a vontade pela cidade!

 

Outra opcao, caso vc ache muito contramao ir ate o Westfield (que ficam no extremo oeste e extremo leste da cidade) eh ir direto pro centrao consumista da cidade, a Oxford Street.

Ali no burburinho da Regent Street, Oxford Street e Carnaby Street voce tambem vai achar todas as lojas e marcas possiveis e imaginaveis, com milhares de opcoes de preco, qualidade e variedade de roupas de inverno.

A desvantagem dessa regiao eh justamente ser ao ar livre, e por mais divertido que seja fazer compras em Oxford Street, se voce ainda nao tiver nenhum casaco pra te proteger, o passeio de loja em loja sera um tanto quanto torturante!

Mas uma boa opcao sao as lojas de departamento, que funcionam como mini shoppings, e voce tambem vai encontrar um otima variedade de marcas, num ambiente aquecido.

As principais dessa area sao: John Lewis, Debenhams, House of Frasier, Browns e Selfridges.

Mas entre tantas opcoes e variedades, quais lojas/marcas oferecem as melhores opcoes?

Bem, isso eh uma questao bem pessoal, de gosto, de bolso. Se voce quer comprar alguma coisa mais basica e baratinha soh pra sobreviver as ferias, ou pretende gastar um pouco mais pra investir numa peca que vai durar varios outros invernos e viagens?

Se questione antes, e venha com uma lista mental das suas prioridades e vontades, e principalmente, seu orcamento. Roupas de inverno sao naturalmente mais caras, e “montar” um guarda roupa de inverno todo de uma vez soh, pode sair bem caro. Os sobreturdos da Burberry’s sao os melhores que existe, mas o custo-beneficio da peca nao vai ser muito vantajoso caso voce soh pegue frio alguns poucos dias por ano, por exemplo.

Entao aqui estao minhas dicas:

– Zara:

Eu ja confessei varias vezes que sou uma Zara-holic. Porque gosto do estilo, das pecas, da modelagem, e principalmente do custo-beneficio da loja.

20111012-215201.jpg

Na Zara, durante o inverno, voce vai encontrar de tudo: do sobretudo de la forrada ate embaixo do joelho por cerca de 200 Libras, ate o jaquetinha de pluma mais levinha por cerca de 50 Libras.

20111012-215145.jpg

Eu adoro os sobretudos da Zara, tanto para mulheres quanto para homens, e todos os casacos que ja tive (e tenho!) de la duram uma eternidade e tem uma qualidade otima!

As opcoes de modelos, cores, material utilizado, estilos e precos eh enorme, e com certeza absoluta voce vai achar alguma coisa que goste.

20111012-215153.jpg

Outras opcoes semelhantes a Zara sao: Banana Republic, Massimo Dutti e Mango.

Essas lojas sao boas opcoes pra comprar pecas como sobretudos, cashmere e blusinhas de linho, calca jeans e botas.

– H&M:

A H&M vai oferecer uma grande variedade de pecas tambem, e por precos bem mais baixos que as lojas acima, porem a qualidade e modelagem vai sofrer bastante!

20111012-215210.jpg

Um sobretudo da H&M vai custar uma media de 50 a 80 libras, mas fique de olho no percentual de la da composicao das pecas, pois a grande maioria das pecas da H&M sao feitas de algodao ou materiais sinteticos (que nao esquentam nada!).

20111012-215233.jpg

Porem, a H&M eh uma OTIMA opcao pra comprar acessorios de inverno bem baratinhos: Luvas, gorros, cachecois, meias e afins, numa inifnidade de cores e modelos, todos na casa dos 5 a 30 libras.

20111012-215220.jpg

Outras opcoes de lojas semelhantes a H&M e boas pra comprar acessorios sao: Primark, Top Shop, Forever 21, Accessorize e Claire’s.

– Uniqlo:

A Uniqlo eh uma marca Japonesa que marca por sua tecnologia de ponta. A qualidade de suas pecas e exepcional e os precos sempre acessiveis.

Essa marca eh uma otima opcao principalmente pra quem vai mochilar durante o inverno, e esta preocupado em como carregar as pecas pesadas de inverno numa mochila…

20111012-215134.jpg

A Uniqlo faz pecas termicas finissimas, que usam tecnologia de ponta pra preservar o calor natural do corpo, sem precisar de usar materiais grossos e irritantes.

Suas pecas-simbolo sao as blusas termicas finissimas que custam a partir de 9 libras e as as jaquetas de pluma ultra leves e ultra finas, que pesam menos de 200gr e podem ser armazenadas num saquinho que mede uns 15 centimetros apenas!

Outras opcoes de lojas que vendem pecas basicas: GAP, Benetton e lojas de material esportivo (em Londres procure pelas lojas da Decathlon e Ellis Bringham.

– Botas e sapatos:

Eu gosto muito da minha bota Ugg, que eh de uma modelo diferente do Ugg tradicional, e eh a bota perfeita pro inverno: solado de borracha grosso e anti-derrapante, couro impermeavel e forrada de pelo de ovelha.

A Ugg tem uma loja enorma no shopping Westfield (onde comprei a minha), mas tambem pode ser facilmente encontrada nas lojas de departamento de Oxford Street.

20111012-215124.jpg

Outra marca muito boa eh a Timberland, que apesar de ter um perfil mais “esportista”, eles fazem otimos modelos de botas de inverno, com altas tecnologias pro-conforto e anti-frio e que sao bem bonitas.

Nas na verdade o inverno de Londres não é assim TÃO frio quanto as pessoas imaginam, e raramente neva (media de apenas 1 ou 2 dias por inverno) então botas de “peso” como Ugg e Timberland podem facilmente ser dispensadas, então pra quem quer modelos mais basicos e com precos mais baixos, lojas como a Zara, Mango, Uniqlo e Gap tambem vendem botas e sapatos de inverno de otima qualidade, e ate mesmo lojas como H&M e Top Shop tambem vendem opcoes bem baratinhas (porem de qualidade duvidosa, mas se se voce soh for passar uns dias no frio, nao faz diferenca quantos invernos a bota vai durar, neh?!). Uma sapataria que sempre vende botas e sapatos bem baratinho eh a Barrats, na Oxford street. Voce vai achar Uggs generico por cerca de 50 libras, botas de couro sintetico por 50 a 70 e por ai.

Outras opcoes de lojas especializadas em sapatos que tambem oferecerao boas opcoes de modelos com bons precos e boa qualidade sao: Aldo, Clarks, Geox e Campers.

 

Uma boa estrategia eh entrar nos sites da lojas antes de chegar em Londres e fazer uma pesquisa sobre oque combina mais com seu estilo e seu bolso, e assim fica mais facil fazer um plano de ataque e nao gastar tempo demais das ferias comprando meia de la!

na grande maioria dessas lojas voce pode comprar on line e pedir pra recolher a mercadoria na loja – assim, se nao servir ou voce nao gostar, ja pode trocar ou devolver la mesmo!

Quanto custa?! Quanto vou gastar comprando roupas de inverno?

Isso vai depender da quantidade, qualidade, marcas e itens que voce comprar, obviamente. Quem precisar comrpar um guarda-roupa inteiro de inverno, vai gastar bem mais doque quem precisar apenas de um sobretudo aqui, um gorro ali.

Mas se desconsiderarmos todas as marcas de luxo (que obviamente destoariam a media e nem sequer entraram na lista), suas compras de inverno pode ser separada em duas categorias:

– Qualidade media-alta:

Nessa banda de lojas e marcas as medias de precos serao mais ou menos:

  • Sobretudo: entre 100 e 200 Libras
  • Bota: entre 80 e 150 Libras
  • Blusas e casacos de la: entre 20 a 50 (por peca – voce vai precisar de varias) Libras
  • Acessorios: Entre 20 a 50 (por peca) Libras

As lojas que eu classificaria nessa media sao: Zara, Gap, Banana Republic, Uniqlo, Ugg, Timberland, Aldo, Accessorize, John Lewis, House of Frasier.

Qualidade Media-baixa:

  • Sobretudo: entre 50 e 100 Libras
  • Bota: entre 50 e 100 Libras
  • Blusas e casacos de la: de 15 a 30 (por peca)
  • Acessorios: de 5 a 30 (por peca)

As lojas que eu classificaria nessa media sao: Primark, H&M, Forever 21, Top Shop e Claire’s.

E pra quem quiser marcas com mais “peso” fashion, as grandes lojas de departamento (Selfridges, Browns, Harvey Nichols, Harrods, etc) teem todas as marcas possiveis e imaginaiveis, alem de que todas as marcas tambem tem lojas proprias em Londres, seja no Village de Westfild ou nas ruas da regiao de Bond Street ou High Street Kensington e Knightsbridge.

Ou entao tente a sorte num dos outlets da cidade, como a loja de fabrica da Burberry, o Bicester Village e a TK Maxx.

 

Obvio que essa lista não é exaustiva, e oque não faltam em Londres são lugares, lojas e opções pra comprar roupa (de inverno ou em qualquer estação) em qualquer bairro, em qualquer cidade e com variadas faixas de preço!

 

Planejando sua viagem para Londres?

Alem de todas as dicas para aproveitar o maximo de Londres que voce encontra aqui no Blog, planeje tambem sua viagem com servicos e recomendacoes testadas e aprovadas:

E nao perca as dicas de Pubs e Restaurantes, o Calendario de Eventos para saber o que rola de mais interessante ao longo do ano e todas as demais dicas uteis para curtir Londres como um Londrino!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
50 comentários
30 Sep 2011
22 comentários

Oque fazer se você perder seu passaporte durante uma viagem?

Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens

Viajar eh otimo, e seja qual for seu estilo de viagem, ninguem questiona isso.

Mas e quando alguma cosia da errado? Alem de ter que lidar com frustracao (afinal sao meses de planejamento, sonho, poupanca e na hora H da zebra?!) de lidar com os imprevistos nos planos, ainda tem o lado chato burocratico de ter que lidar com oque quer que seja.

Pode ser o voo perdido, o voo cancelado, o visto vencido , a mala que nao chegou ou a gripe que te derruba. Alguns podem ser faceis de resolver, outros podem te custar muito $$$ e alguns podem arruinar sua viagem.

Ha umas semanas atras quando minha irma estava em Londres com umas amigas, logo na segunda noite em Londres aconteceu uma das piores coisas que poderiam acontecer nas ferias de alguem: uma das meninas perdeu o passaporte!

Foi uma coisa que parecia saida de um filme tragi-comedia. Antes mesmo de sair de casa ele tirou tudo que era “importante” da bolsa, mas como estavamos a caminho de uma balada, ela deixou o passaporte, pois seria sua unica identificacao. Fomos no taxi tirando fotos e nos divertindo, e quando chegamos na porta da boate, juntamos o dinheiro e ela ficou pra pegar o troco. Assim que ela saiu do taxi, deu aquela paradinha de “acho que estou esquecendo alguma coisa” e na fracao de segundo que caiu a ficha, ja era… o taxi virou a esquina com sua bolsa la dentro!

Ainda tentamos sair correndo e parar o taxi, mas ai o taxi ja tinha virado a esquina e entrado num mar de black cabs extamente iguais numa sexta a noite no Soho Londrino.

la se foram cartnoes de credito e passaporte. E como a situacao foi a pior possivel, isso tudo aconteceu numa sexta feira a noite, na primeira parada de uma viagem que duraria 1 mes e passaria por 5 paises – sendoq ue elas iriam embora de Londres na terca feira de manha.

Bateu o desespero na hora, mas conseguimos resolver tudo relativamente facil e simples, e apesar dos pesares, a viagem nao foi afetada.

Entao para estar preparado para emprevistos do tipo, faca sempre a preparacao basica pre-viagem, e uma tecnica que eu faco sempre eh escanear e mandar por e-mail pra mim mesma, copias do passaporte, vistos, cartoes de credito e oque mais possa ser util num caso desses.

O passo a passo foi o seguinte:

– Primeira coisa a fazer, eh cancelar qualquer cartao de credito, debito, VTM, traveller cheques e afins que tenham sido perdidos ou furtados.

– Segundo passo, e o mais importante no que diz respeito a documentos, eh procurar a delegacia mais proxima e fazer uma ocorrencia.

Se isso acontecer com voce em Londres, o procedimento eh facil, os policiais amigaveis e prestativos. Ligue para o numero 101 da Policia Metropolitana, diga onde voce esta, e eles te indicarao o posto policial ou delegacia mais proxima.

Os policiais vao te fazer algumas perguntas simples, voce tera que preencher uma ficha, assinar e pronto. Tudo foi resolvido em questao de 10 minutos.

– Depois eh descobrir onde fica o consulado ou embaixada Brasileira mais proximo de voce.

O consulado do Brasil em Londres eh super organizado e funcional, e ela conseguiu um passaporte novinho no mesmo dia.

Porem, antes mesmo de ir ao consulado, preencha esse formulario AQUI, o mais completo possivel, com toda informacao possivel.

O parte chata do passaporte Brasileiro eh o tal do comprovante de voto e de servico militar (para homens), afinal quem viaja por ai com comprovante de voto?!

Mas nesse caso, voce pode ir no site da Justica Eleitoral e pedir um comprovante “ficha limpa”, ou simplesmente avisar o consulado que voce nao tem essa informacao.

Nesse caso, o unico problema eh que eles te darao um passaporte de emergencia com validade suficiente apenas pra voce terminar sua viagem – no caso da carla, o novo passaporte tinha validade de apenas 7 meses, ou seja, deixava de ser valido uns dias depois que ela voltasse ao Brasil (ja que quase todo os paises do mundo apenas permitem a entrada para passaportes com minimo de 6 meses de validade), entao uma vez de volta pra casa ela teve que fazer tudo de novo.

Por sorte o cnsulado Brasileiro em Londres, processa passaportes em casos de emergencia, mediante o pagamento de uma taxa extra (que no total somaram cerca de 180 libras) e em algumas horas ela estava com o passaporte novinho nas maos.

Foi um baita susto, mas que por sorte conseguimos resolver sem grandes percalcos.

Em casos super extremos, o consulado tambe pode emitir uma “autorizacao de viagem” para que voce retorne ao Brasil, mesmo sem passaporte – mas essa autorizacao eh passagem de ida apenas, e nao te permite viajar para mais nenhum lugar – entao eh melhor tirar um outro passaporte mesmo.

A licao que ficou foi incrementar um pouco a prepacao pre-viagem:

– Levar outros documentos de identificacao (como identidade ou carteira de motorista), que caso perdidos nao vao impedir o seguimento da viagem. Assim o passaporte so precisa ser usado para voos e olhe la! Se voce for Brasileiro viajando pelo Mercosul, ou Europeu viajando pela Comunidade Europeia, tenha em maos sua segunda identificacao tambem (nesse caso uma identidade), pois pelo menos voce nao precisara do passaporte pra seguir viagem.

– Se os paises que voce for viajar exigirem visto de entrada, de preferencia aos vistos eletronicos ou vistos concedidos na entrada (se disponiveis, claro!), pois caso seu passaporte for perdido ou danificado, pelo menos voce nao perde tambem os vistos.

– Saiba como entrar em contato com a policia local e consulados/embaixadas. A maioria dos livros e guias de viagem impressos teem esse tipo de informacao, mas eh sempre bom estar prevenido.

– Sempre tenha copias (escaneadas) de seus documentos na sua caixa de entrada de um e-mail web (que possa ser acessado em qualquer lugar do mundo, como hotmail, gmail e afins – nao adianta nada ter seus documentos no e-mail do trabalho quando vc viaja de ferias!): passaporte, identidade, CPF, Titulo de Eleitor (Brasil), Cartao do cidadao ou BI (Portugal), alem de vistos, caso vc precisa pedir uma segunda via.

– E sempre tenha me maos sua carteirinha internacional de vacinacao, caso vc esteja viajando por areas tropicais ou de risco, ou caso voce esteja viajando com passaporte Brasileiro (nunca se sabe quando alguem vai resolver te exigir isso).

– Nunca viaje sem um seguro de viagem; nao soh seguro medico internacional, mas principalmente um seguro generico de viagem (quase todos os cartoes de credito de bandeira internacional – Visa, Amex, Mastercard e afins – oferecem esse tipo de extra) e verifique que eles cobrem situacoes de emergencia no exterior, como voos cancelados, malas perdidas, cartoes roubados, dinheiro de emergencia, taxa para emissao de passaporte, etc. Alguns ate cobrem seus bens pessoais, como laptop, cameras fotograficas e gagets do tipo.

– E no meu caso, eu sempre anoto numeros de contato num papelzinho separado, ou deixo registrado na minha conta de Skype (que tambem pode ser acessado de qualquer lugar) ou e-mail. Infelizmente eu perdi o habito de memorizar telefone das pessoas (nem o celular do Aaron nem o numero do meu escritorio eu nao sei de cor!!) entao sempre fico com medo de ficar incomunicavel caso perca meu celular tambem!

E por fim: fique sempre esperto!

 

Adriana Miller
22 comentários
15 Aug 2011
7 comentários

Viajando pelo Báltico: ônibus

Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens, Estonia, Letônia, Lituânia

A maneira mais facil, econômica e rápida de viajar entre os países do Báltico é de ônibus.

As distâncias são relativamente curtas e as estradas boas. Se você preferir alugar um carro também pode ser uma boa (não esqueça de alugar um GPS!).

Algumas rotas são possiveis em trem (que tem uma qualidade ok, e preços baixissimos), mas de maneira geral a malha ferroviaria dos Balticos foi totalmente destruída durantes as guerras, e nunca mais reconstruídas pelos Russos, que acabaram usando o pouco que sobrou pra outras coisas e roteiros.

Então no nosso caso, depois de fazer alumas pesquisas, realmente decidimos que era muito mais pratico e confortavel viajar de ônibus, usando as rotas da Eurolines que combrem a região do Báltico através da empresa Lux Express.

Os onibus são super confortáveis, as linhas bem compreensivas, muitas opções de horarios todos os dias, o ano todo (até mesmo durante o inverno rigoroso da região) e preços muitos bons.

Nossa viagem entre Vilnius e Riga, que durou cerca de 4,5 horas custou apenas 13 Euros.

Você pode deixar pra comprar sua passagem na hora, direto na estação de ônibus de qualquer uma das cidades cobertas pela Lux (veja a lista completa aqui), ou então comprar on line, se quiser já garantir seu lugar e não correr o risco de não conseguir passagem (mas nós viajamos no auge da alta temporada, numa sexta feira e ainda assim nosso ônibus tava vaziiiiio…).

Para comprar on line, basta clicar AQUI, selecionar o ponto de saída e de chegada, a data que você quer viajar e o numero de passageiros (não tem opção em portugues, mas você pode fazer sua reserva em Inglês, caso não saiba ler Letão, nem Lituano, nem Russo nem Polonês!)

Você verá os horários de saída e de chegada e o preço correspondente por pessoa. O preço final pode ser pago com cartão de credito ou débito, e você recebe instantanemanete no seu e-mail uma confirmação com o seu ticket, que vcê tem que imprimir e levar com você na viagem – essa será sua passagem, portanto se esquecer já era!

E se você quiser esticar sua viagem do Baltico até a Finlandia, a melhor opção é cruzar o golfo entre Tallin e Helsinki de barco – mais dicas aqui.

 

Adriana Miller
7 comentários