08 Sep 2007
8 comentários

Portobello Market

Compras, Dicas de Londres, Mercados

Hoje (sabado) fui pela primeira vez no Portobello Market, que é um dos mercados mais tradicionais de Londres.

A diferença entre o Portobello e os outros mercados, é que lá é tradicional e famoso pelas antiques. Pessoas viajam da Europa toda pra ir lá todo sabado de manha, atras de antiguidades raras e autenticas.


Muuuuuuitas lojas de quinquilharias, algumas bem legais, outras apenas juntando poeira. Eu perticularmente detesto antiguidades, mas reconheco o charme.

Os pais do Aaron sao fissurados por todo e qualquer tipo de antiguidade e raridade. Sabendo usar, acho que fica legal… com estilo…

Porem estava doida pra ir conhecer o mercado. Tava dificil de acreditar que já estou aqui ha 2 anos e nunca tinha ido lá. Entao fomos!

Demos uma olhada nas lojinhas, sondamos umas opçoes de presentes de natal pra familia dele e ficamos andando pra cima e pra baixo. No final do mercado tem uma feirinha estilo feira brasileira mesmo, com frutas, verduras etc. Com direito a manga, figo e varias frutinhas boas.

Mas oque mais achei legal no mercado foi na verdade ficar passeando pelo bairro, pois a Portobello Road fica bem no coracao de Notting Hill, que é bem fofo, e um bairro bem tipico de Londres!

 

Adriana Miller
8 comentários
17 Oct 2006
1 Comentário

Na medida

Bares & Baladas, Batendo perna, Dicas de Londres, Mercados, Museus, Pub & Restaurantes, Vida na Inglaterra

Esse finde foi na medida, como deveria ser.

Um fim de semana comdescanso na medida certa, diversao na medida certa e cultura na medida certa.

Depois da saida na sext, dormi tudo que tinha direito no sabado de manha. Dorme, acorda; Acorda, dorme, como eu sempre sonho a semana toda.

Mas quando finalmente me motivei a sair de casa, me encontrei com as meninas em Angel, mas acabamos nao ficando por lá. Andamos pela cidade e fomos almoçar no Noddles King da Bethnal Green Road.

E como a vida ‘dura e todas nós queremos que o mundo acabe em barranco pra morrer encostada, voltamos pr casa da Andrea pra descansar, que acabou virando uma sessao babozeira com festival de funk.

E já que estavamos na area, decimos fazer uma noitada ali por Old Street mesmo. Depois de analisar as opçoes, e perambular pelas ruas, acabamos indo parar no The Pool: boa musica, boa cidra e um otimo grupo de amigos.

Domingo entao nao poderia ser melhor…

Acordei relativamente cedo e fui com a Deia no Columbia Market, que fica na area de Hackney e é um mercado de flores. Foi facil achar o caminho por causa da quantidade de gente com flores, plantas e arranjos andando na rua naquela area…

Que vontade me deu de ter uma casa “de verdade” pra encher de plantinhas e florzinhas!!

Ficamos andando pelo mercado, vendo as pessoas, tirando fotos, e depois fomos tomar café d manha num dos café da rua. Comemos Bagel e café e sentamos no jardinzinho os fundos. O dia estava maravilhosos em todos os sentidos: sol, temperatura agradavel, gente na rua.

Sai de lá com vontade de ter uma casa “de verdade” pa encher de flors e plantinhas!!

Na sequencia fomos pra o National Gallery, o museu que fica em Trafalgar Square. Esse museu,na minha opiniao é um dos mais fracos em Londres, mas sempre tem boas exposiçoes, entao sempre é uma boa opçao por sempre ter coisa nova pra ver.

Vimos a exposicao de Cezánne, pintor frances, que eu já tinha ouvido falar mas nao sabia como era sua arte. Saimos de lá com um banho de cutura! Continuo sem saber muito sobre Cezánne, mas pelo menos sei que ele era um pintor polemico e conturbado, visto por muitos como impressionista (mas a exposicao defende que nao), e dono de um estilo proprio de repetiçoes de paisagens (uma colina no sul da França) e temas (pessoas tomando banho).

Pra completar o dia, ainda almoçamos uma bela comida Indiana e fizemos uma sozial no Vibe Bar em Brick Lane.

E o melhor de tudo foi que voltei pra casa cedo e finalmente arrumei a zona que estava a minha casa!!!

Adriana Miller
1 Comentário
22 Jan 2006
2 comentários

Spitafields Market

Dicas de Londres, Mercados, Viagens pelo UK, Vida na Inglaterra

Londres tem mais de 350 mercados espalhados pela cidade, que vendem de tudo, desde antiguidades e bugigangas tecnológicas, até flores, peixes e roupas.
Alguns são mais famosos para os turistas, como o Camden Market (o mais moderninho e alternativo, que foi o cenário do movimento punk dos anos 80, e que até hoje é o mais famoso, mais turístico e mais interessante da cidade), ou o Portobello Road (que é mais tradicional, vendendo antiguidades, livros e roupas vintage, e que fica em Nothing Hill – muito antes da Julia Roberts ter um caso como Hugh Grant naquele filminho água com açúcar).
E tem um, o Spitafields market que fica em East London.
Antes de falar do mercado tenho que explicar um pouquinho da região…
A area de East London (zona leste da cidade) é um dos bairros mais antigos de Londres, porem um dos mais polêmicos.
Essa era a região pra onde vinham os imigrantes das ex colônias Inglesas do oriente (Índia, Blangadesh, Siri Lanka, etc), e que por séculos era a área underground de Londres. Os ingleses tinham (e ainda tem um pouco) um pouco de medo de vir pra esses lados, e se misturar com os costumes e cultura dos moradores da área. O auge da decadência da região foi há algumas décadas atrás, quando o Jack Estripador escolheu a Brick Lane (que era a principal rua do bairro) como cenário dos seus ataques e assassinatos.
Hoje em dia as coisas mudaram, mas não tanto. East London continua sendo o bairro dos imigrantes Hindus (porque hoje em dia tem tanto imigrante em Londres, que cada bairro adquiriu sua característica,e principalmente sua nacionalidade característica), mas perdeu sua fama de underground e virou trendy.
Brick Lane por exemplo, já não é a principal rua do bairro, mas continua lá, igualzinha com seus prediozinhos de tijolinho (pra quem na sabe, Brick é tijolo em inglês) e é o melhor lugar da cidade se vc quiser comprar casacos e acessórios de couro a preços inacreditaveis, ou se vc quiser comer um autentico Curry Indiano, Samossoa Bangladeshi (tipo um pastel de legumes), um cha marroquino, comer o MELHOR bagel (aquele pãozinho judaico) do mundo por 20 cents, ou simplesmente praticar o people watching (um dos meus passatempos preferidos nessa cidade, que é, observar as pessoas ). E aos domingos, Brick Lane se transforma e abriga um mercado de rua, que mistura uma feira livre (onde se pode comprar frutas com gosto de verdade, e não com gosto de vela de 7 dias como vende nos supermercados aqui) com tudo que eu já mencionei, só que no meio da rua.
E aos domingos, se vc seguir o mercado de Brick Lane até o final, vc vai parar em Stitafields, (que esta entre Brick Lane e Livepool Street) que é um armazém Victoriano com barraquinhas que vendem de um tudo. Literalmente.

Comida típica do mundo todo. Roupa moderna. Roupa de segunda mão. Sapatos feitos a mão. Bolsa vintage da Gucci. Especiarias da Índia. Flores. Musica. Sucos de frutas feito na hora. Malabaristas. Roupas de bebe. Etc. Ect. Tudo que vc puder imaginar.

Ultimamente esse mercado esta tão popular que chega a ser quase desagradável ir lá, pq vc não consegue ver nada, de tanta gente amontoada. Mas vale a pena, mesmo que vc nao vá comprar nada, apenas passear.
Passe antes em Brick Lane, compre um Bagel com cream cheese e salmão defumado e um café latte, vá descendo pela rua (não esqueça de reparar nas roupas e cabelos das pessoas que passam, pq vale a pena!) até chegar em Spitafields;

Passeie pelo mercado, pare em todas as barraquinhas, observe tudo e todos, e contemple como o mundo é dieferente de tudo que vc imaginava, e se encante por Londres!


 

Adriana Miller
2 comentários
Página 5 de 512345