09 Aug 2010
14 comentários

Vai passar o dia em Londres? Oque fazer com suas malas?

Dicas de Londres, Dicas Uteis, Transporte

Passar apenas 1 dia em Londres é quase um desperdicio… A cidade tem tanta coisa, mais TANTA coisa a oferecer, que com certeza voce vai se arrepender de não ter dedicado mais tempo por aqui.

Mas as vezes não tem como evitar, ou simplesmente sugiu uma oportunidade tentadora de esticar uma viagem ou uma conexão pra conhecer a cidade rapidinho.

Mas ai fica a duvida: oque fazer com sua mala?

Antigamente (pré atentados terroristas) quaquer aeroporto ou estação de trem tinha uns lockers onde bastava voce colocar uma moedinha e pronto, suas cosias ficavam guardadas e seguras. Porém a medida que as regras de segurança foram mudando, além das latas de lixo (reparem que não existem latas de lixo em nenhuma estação de metro ou trem de Londres) os guarda-volumes tambem desapareceram…

Mas na verdade essa possibilidade ainda existe, mas as regras mudaram.

Hoje em dia, é um empresa privada, a Excess Baggage que tem o controle de todos os guarda volumes da cidade.

As regras são sempre as mesmas: custa 8 Libras por cada 24 horas e por cada peça de bagagem, e depois custa 4 libras pra cada 24 horas (ou fração) adicional.

Suas malas passarão por um raio x de segurança e etiquedas de identificação serão impressas pra seu controle, evitando qualquer confusão ou problema com seus pertences. Eu já usei o serviço deles algumas vezes e nunca tive problema algum.

Geralmente os pontos do Excess Baggage ficam nos terminais e chegada dos aeroportos e nas principais estações de trem de Londres, mas para mais informações veja esse link AQUI que dá todas as cordenadas de como achar os guarda volumes espalhados por Londres.

Adriana Miller
14 comentários
05 Aug 2010
48 comentários

Alugando carro na Inglaterra (e UK): tudo que voce precisa saber

Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens, Dicas Uteis, Inglaterra, Transporte, Viagens pelo UK

Eu já escrevi posta sobre como viajar de trem, de onibus e de barco pela Inglaterra e Europa, e sempre considerei alugar carro por aqui uma das piores opções de viagem – as ruas são do lado errado, o volante e a marcha ficam do lado errado e as leis e regras de transito são diferentes. Isso sem falar que a grande maioria das cidades são milenares, com ruas e ruelas que não foram construidas para carros, oque torna tudo ainda mais complicado, estacionamento é caro, dificil de achar e tal.

Mas as vezes não dá pra evitar, e algumas viagens e passeios só são viaveis (ou se tornam muito melhores) quando feitos de carro. Além de que viajar de carro dá a liberdade de um slow travel, de parar onde voce quiser, de passar mais ou menos tempo em cada atração turistica e descobrir mais cantos escondidos.

Um bom exemplo foi nossa viagem pela região The Borders na Escocia, que seria impraticavel se estivessemos viajando de trem ou onibus. Pra completar estavamos viajando com o sogro que é americano e gosta de dirigir pra tudo que é canto!

Antes de sequer cogitar essa possibilidade, saiba que a idade limite pra alugar carro no Reino Unido é de 25 anos, e apesar de que a carteira de motorista internacional não seja obrigatoria, ela ajuda, caso voce tenha algum problema; Caso voce não tenha, nem pretenda ter a carteira internacional (porque o Detran é um pesadelo), basta andar com seu passaporte com voce no carro o tempo todo (sua carteira de motorista não-Europeia só é valida acompanhada pelo passaporte).

E não me canso de repetir: esteja psicologicamente preparado pra fazer tudo ao contrario… dirigir é um ato bem instintivo, e enquanto estiver dirigindo por aqui terá que lutar contra seus instintos cada segundo do dia! Claro que quem vem morar aqui e acaba comprando um carro se acostuma facil, mas no caso de um carro alugado numa viagem rapida,  o ato de dirigir por aqui é cansativo!

Em nossa viagem pela Escocia por exemplo, o sogro não conseguiu encarar o carro, e depois de um quase acidente na saida da locadora, foi sua esposa que dirigiu o tempo todo! E ela nao parava de repetir pra si mesma “pela esqueda, pela esquerda”, pois entramos na contra-mão diversas vezes! Na hora foi engraçado e demos altas risadas de nossos sustos, mas potencialmente poderia ter virado um acidente.

Mas vamos ao que interessa:

Onde alugar e locadoras:

Todos os aeroportos e muitas das estações de trem principais da cidade tem balcões de locadoras onde voce pode alugar um carro automaticamente. Porem nesse caso sempre acaba saindo ridiculamente mais caro.

A melhor opção, além do preço, é sempre deixar seu carro reservado e escolhido on line, e assim voce conseguirá otimos descontos e não corre o risco de não ter carros disponiveis ou não ter o carro que voce quer/precisa.

Minha recomendação de site é o Travel Supermarket, onde voce pode selecionar a data, cidade, bairro, tipo de carro etc, e o site faz uma busca em todas as locadoras do pais tentando achar as melhores barganhas. E assim voce pode comprar os preços oferecidos versus os adicionais: ar condicionado, seguro, numero de portas, tamanho do bagageiro, etc, etc.

Escolha a melhor opção que se encaixe na sua situação e a reserva já é toda feita on line mesmo.

Outros links para locadoras que operam no Reino Unido:

http://www.avis.com

https://www.europcar.co.uk/

http://www.hertz.com/

http://www.enterprise.co.uk

http://www.dollar.com/

http://www.budget.co.uk/

Entre varias outras….

Dirigir do lado “errado”:

Mais uma vez repito – esteja preparado(a) mentalmente pra adpação; não é o fim do mundo e todo mundo consegue, mas não dá pra negar que é dificil sim!

Quando o trajeto é numa auto estrada com 2 ou mais pistas a coisa fica mais relaxada pois os carros não estao vindo na direção contraria colados no seu lado direito, mas mesmo assim é bom prestar atenção em regrinhas basicas como a pista de alta velocidade é a pista de dentro, que nesse caso é a pista da direita.

Já em estradas menores e periferais os carros vão estar coladinhos e o grande erro dos motoristas não Britanicos é tentar compensar demais no lado esquerdo da rua, oque sempre acaba em mini acidentes com os pneus do lado esquerdo esbarrando no meio fio (foi isso que aconteceu com o sogro, e tiveram que de cara acionar o seguro e trocar de carro).

Pra facilitar sua vida, de preferencia a carros com marcha automatica, pois assim vc nao precisa ficar tentando entender como passar marcha com a mão esquerda e no sentido contrario – a marcha aqui funciona igualzinho, porém ao contrario! Como se fosse um espelho da marcha “normal”.

Mas não se preocupe – os pedais funcionam exatamente iguais!

Seguro:

Sempre, sempre pague pela opção de seguro! Dirigir num pais ou cidade diferente já tras seus riscos normais, e quando tudo é tão diferente os pequenos acidentes são ainda mais provaveis. E de preferencia opte por seguro total e nacional, pois sao grandes as chances de voce estar no meio do nada quando alguma cosia acontecer com seu carro alugado!

GPS e seguindo placas:

Pra quem gosta de alugar carro o GPS foi a melhor invenção do mundo! As marcas mais comuns por aqui são Garmin e Ton Ton, mas acho que mesmo se voce tiver um no seu carro em casa, dá pra baixar os mapas do Reino Unido e usar seu GPS por aqui.

Mas se por acaso vc quiser dirigir “a moda antiga”, com mapas na mão as placas funcionam mais ou menos como no Brasil (e bem diferente de outros paises na Europa e/ou EUA) e portanto vc tem que ir procurando no mapa qual a proxima cidade na direção que voce quer ir e assim ir seguindo o caminho até seu destino final.

Em momento algum as placas vao mostrar se voce esta indo na direção norte, sul, leste ou oeste da rodovia X. Esse processo pra mim foi facil de entender, mas estar num carro com 3 Americanos foi complicado pois eles sempre se sentiam perdidos, por nao saber se estavam indo na “direção” certa da estrada.

Roundabouts / Rotatórias:

As rotatorias estão em tudo quando é canto nas estradas Britanicas e sempre que duas ou mais estradas se cruzam, em vez de ter viadutos, cruzamentos e sinal de transito, eles usam as rotatorias.

A regra é simples: entre na rotatoria sempre pelo lado esquerdo e caso sua saida seja logo a primeira a esquerda, permaneca no lado esquerdo. Caso contrario, se sua saida for a 2ª ou 3ª ou 4ª etc permaneça na faixa de dentro (direita), vá rodando a rotatoria atá sua saida aparecer e ai sim voce pode passar pro lado de fora, na pista da esquerda e pegar sua saida.

Posto de gasolina e areas de serviço:

Pra quem esta acostumado a dirigir nas grandes cidades Brasileiras ou alugar carro nas ferias nos EUA, as areas de serviço são bastante frequentes. Seja pra parar e esticar um pouco as pernas, comer, ir ao banheiro, reabastecer o tanque do carro.

Já aqui a coisa é bem diferente.

As areas de serviço existem claro, mas são bem mais espalhadas e distantes umas das outras, e raramente estão bem na beira da estrada. Geralmente as placas de aviso para areas de serviço na verdade te levam pra uma cidadezinha nos arredores daquela autoestrada e lá vc encontra postos de gasolina, hoteis, cafe, restaurante, etc.

E caso voce esteja dirigindo nas estradas menorzinhas, aproveite a oportunidade pra parar onde der vontade! As cidades e vilarejos estão muito proximos uns dos outros e se por acaso voce passar na porta de um Inn, Bed & Breakfast ou Pub com uma pinta simpatica, pare por lá!

Ponto de recolha e retorno:

Como falei acima a maioria das cidades grandes do Reino Unido não são muito apropriadas para carro, então a melhor opção é sempre recolher seu carro nos arredores da cidade (no aeroportos por exemplo, em vez de recolher na estação de trem central).

Algumas cidades, como Londres por exemplo, cobram taxas altissimas pra quem quiser dirigir em sua area central (a Congestion Charge de Londres atualmente custa 10 Libras por dia, e se por acaso vc não pagar, a taxa sobe pra 50 Libras por dia), mas muitas ciades oferecem a opção “Park & ride“, que são parques de estacionamento nos arredores da cidade onde voce pode estacionar seu carro e de lá mesmo pegar um onibus que te leva direto ao centro da cidade – evitando ter que lidar com o transito no centro da cidade, onde achar estacionamento, pagar congestion charge, etc.

Estacionamento:

Mas se mesmo assim voce for corajoso(a) e resolver entrar com seu carro alugado no centro das grandes cidades, saiba com antecedencia onde estao os pontos de estacionamento, pois como a grande maioria das ruas foram criadas muito antes da existencia dos carros, estacionar na rua/calçada é praticamente impossivel, correndo serio risco de ter seu carro rebocado (eles usam uns tratores de reboque que literalmente levantam o carro como se fosse um brinquedo e levam embora!).

Para achar areas de estacionamento na cidade mais proxima, cliquei AQUI ou AQUI.

E não esqueca que estacionamento é sempre pago, mas não temos frentistas nem flanelinhas, então não esqueça de passar na maquina “Pay & Display” para pagar seu ticket (de acordo com quanto tempo vc vai ficar naquele lugar, ou quanto tempo é permitido ficar por ali).

E como o proprio nome já diz, pague e mostre, então não esqueça de deixar seu ticket visivel no parabrisa do carro.

Adriana Miller
48 comentários
02 Aug 2010
22 comentários

Cycle Hire – As bicicletas de aluguel chegaram a Londres!

Bicicleta em Londres, Dicas de Londres, Dicas Uteis, Transporte

Depois de anos de promessa e meses de polemica, a prefeitura de Londres finalmente lançou o programa Cycle Hire, que são as bicicletas de aluguel que já fazem tanto sucesso em outras cidades Europeias, como Paris, Bruxelas e Barcelona oferecendo uma forma alternativa, ecologicamente correta e economica de conhecer a cidade.

O programa ainda esta em estado “piloto” e por enquanto apenas residentes de Londres podem se beneficiar das cicicletas de aluguel, mas a expectativa é que até o fim do ano o programa esteja aberto a todos os turistas e visitantes.

Pra quem mora em Londres a parada funciona assim:

Primeiro, registre-se no site do TFL para se tornar membro do programa. Pra isso é preciso ter um endereço valido no UK e um cartão de credito registrado nesse mesmo endereço.

Escolha a opção de membership que vc quer (24hr, 7 dias ou 1 ano), e quantas “chaves de membro” (Member key) voce quer registrar.

Uns dias depois uma chave chega na sua casa, que deverá ser ativada on line antes de usada nas docking stations. Pra achar uma docking station perto da sua casa ou perto do ponto turistico que voce quer passear, veja nesse mapa AQUI.

Com sua chave ativada, é só ir na docking station mais proxima, pagar qual periodo que vc quer usar a bicicleta e sair pedalando!

Os primeiros 30 minutos são de graça, e o preço vai subindo até chegar ao limite maximo de 50 Libras por 24 horas completas. sempre lembrando que a intenção do programa não é passar o dia todo pra cima e pra baixo de bicicleta, e sim para periodos curtos dentro da zona 1 da cidade.

As bicicletas podem ser devolvidas em qualquer outra docking station da cidade, e se por acaso na hora de devolver sua bike o ponto estiver lotado, cada ponto tem um mapinha mostrando onde esta o proximo ponto mais perto de voce (o mesmo vale caso voce queria recolher uma bicicleta e o ponto estiver vazio).

Eu to adorando a novidade, e aqui perto de casa tem varias opções de pontos e já fiz minha inscrição on line! E em breve a prefeitura de Londres vai lançar um app pra iPhone e Blackberry que ajuda a localizar a Cycle Hire mais proxima de voce!

Adriana Miller
22 comentários
Página 7 de 923456789