15 Jul 2010
29 comentários

Transporte em Londres: Andando de Ônibus em Londres

Ônibus em Londres, Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Dicas Uteis, Inglaterra, Transporte

O sistema de Metro Londrino, nao soh tem uma das marcas mais reconhecidas do mundo, como tambem eh famoso por sua rede multi-ramificada e eficiente.

Mas sem sombra de duvidas, a maneira mais divertida e “turistica” de conhecer Londres eh andando de Onibus!

Ônibus em Londres

Alem de igualmente eficientes, os Duble-Deckers sao uma atracao turistica a parte! Ateh hoje, sempre que ando de onibus a primeira coisa que faco eh correr pro segundo andar e tentar pegar um dos assentos na primeira fileira!

Mas andar de onibus eh sempre uma experiencia meio assustadora numa cidade nova e gigantesca como Londres… No metro, pelo menos voce sabe exatamente qual ponto descer, oque voce vai encontrar em volta… e caso se perder pelo caminho, eh soh descer numa estacao qualquer, dar meia volta e pegar a mesma linha no sentido contrario.

Ônibus em Londres

Com onibus nao eh bem assim, e por isso mesmo muitos turistas deixam de andar de onibus e acabam perdendo a oportunidade de conhecer um pouco mais da cidade.

Porque afinal, o metro pode ser mais eficiente, mas voce fica trancado naquela lata de sardinha (e as vezes fede a sardinha mesmo!) sem ver nem um ponto turistico, nem uma paisagenzinha pra admirar… no maximo, se for horario de rush, vai ter a vista pro cangote de alguem!

Alem disso, o mapa do metro, que eh o mapa usado por muito pra se guiar pela ciadade, nao tem proporcoes corretas, e as vezes pode parecer que voce esta super longe de determinado lugar, ou acabar trocando, desnecessariamente, de linha de metro 3 vezes, quando na verdade, bastava pegar um onibus em linha reta por 5 minutos pra fazer o mesmo trajeto.

Basta entender como funciona o sistema, e pronto! Voce vai conhecer a cidade do alto de um Double Decker!

– Ponto de Onibus:

A regra numero 1 eh que onibus SÓ param no ponto de onibus. Nao adianta o quanto voce peca ou implore pro onibus parar pra voce, soh porque esta atrasado pro trabalho. Volte pro ponto e espere o proximo. Mesmo quando o onibus esta parado no transito, ou no sinal. O motorista simplesmente vai te ignorar solenemente. E o mesmo vale quando vc esta preso dentro do onibus, atrasado no transito, o onibus esta parado e vc quer descer logo. Se nao estiver no ponto, pode esquecer!

Os pontos sao numerados (ou identificados por letras) e tem nome proprio, que gerealmente identifica algum landmark na redondeza, ou nome da rua da esquina. E nao eh porque vc esta num ponto de onibus que qualquer um vai parar pra voce. Cada ponto tem seus onibus muito bem organizados, e cada bus soh para no seu proprio ponto.

– Horario dos onibus:

Ainda no ponto, repare que muitos pontos tem um “placar” eletronico que dah atualizacoes e uma contagem regressiva dos onibus que estao se aproximando, quantos minutos falta pro proximo onibus passar, etc. (Muito util no inverno, quando vc esta congelando esperando um onibus noturno pra voltar pra casa!!)

E jah que falei sobre onibus noturnos, alem da lista com os destinos e numero dos onibus que passam nas redondezas, eles ainda tem umas “tabelas” que indicam a frequencia de cada linha (se passam de 5 em 5 minutos, 10 em 10, 12, em 12, etc) os horarios dos primeiros e dos ultimos onibus (util pra quando voce precisa sair de casa – ou do hotel – super cedo ou bem tarde. Eh sempre bom verificar quando eh seu primeiro e seu ultimo onibus).

E caso aquele ponto seja servido por algum onibus noturno, fique de olho tambem nos horarios. Alguns onibus sao 24hrs, oque significa que passam em horario regular durante o dia e a noite toda (mas reduzem a frequencia a noite), porem algumas outras linhas sao apenas “noturnas”, e durante a noite fazem uma rota completamente diferente da rota que fazem durante o dia.

Nesse caso, a rota noturna passa em horarios super especificos, e acredite, a pontualidade Britanica tambem se aplica aos onibus! Principalmente nas rotas noturnas, quando nao ha transito nem nada que posso atrasa-los! Uma vez eu tinha que pegar um onibus no meio da madrugada (pra pegar um trem pro aeroporto) e o onibus passava no ponto perto da minha casa as 3:47 da madrugada. Acreditem, as 3:46 em ponto eu vi o onibus virando a esquina!

– Mapas e listas de destinos:

Cada ponto de onibus sempre tem um mapinha explicativo de suas linhas, origem e destino de cada um, bem como seus pontos vizinhos, te dando todas as cordenadas de como chegar onde voce quer ir.

Nao sabe pra onde vc quer ir? Eh soh procurar na lista de nomes (organizados em ordem alfabetica, e pode ser um bairro, uma rua, uma estacao de trem ou metro), conferir qual onibus vai praquele lugar, qual o ponto que aquele onibus para (e qual sentido) e onde esta o tal ponto em relacao ao ponto onde vc esta agora (eh soh procurar a letra de seu ponto no mapinha, e ver qual a letra do ponto que voce esta procurando).

– Passagem:

Antes de subir no onibus, verifique que voce jah comprou a passagem: pode ser um Oyster card, Travel Card, ou passagen individual comprada numa das maquininhas disponiveis no ponto, ou direto com o motorista – mas atencao, nem todos os onibus (ou linhas) aceitam que voce compre sua passagem jah abordo, entao eh importante verificar antes de viajar.

Entre sempre pela frente do onibus, passe seu Oyster no leitor, ou mostre seu travel card pro motorista (nao temos trocador nos onibus aqui) e ache um lugar pra sentar (de preferencia no segundo andar, lah na frente!).

– Onde/quando saltar:

Uma vez que voce jah esteja no onibus, repare que quase todas as linhas anunciam qual eh o proximo ponto, e assim voce pode ficar de olho, pra saber quando chegar no seu destino.

E se por acaso voce estiver meio perdido e nao souber qual ponto ou qual parte da cidade esta, eh soh reparar que no proximo ponto, ele tambem tera um nome, uma letra e uma indicacao dos destinos na direcao daquele ponto!

Vai por mim, nao tem como se perder!

– Na vida tudo eh passageiro, menos o motorista (ja que nao temos trocador!):

O unico “problema” eh que caso tudo de errado e voce nao souber mesmo onde esta, provavelmente o motorista nao vai te ajudar. Nem todos sao antipaticos, mas na verdade ele snao sao autorizados a falar com os passageiros e vice versa. Alguns nao ligam e sao sempre bem dispostos pra judar os perdidos, enquanto outros vao te deixar falando sozinho e te ignorar solenemente.

Mas nesse caso, apele para outros passageiros! As pessoa sempre se referem aos Ingleses como “frios e antipaticos” mas nao poderia existir no mundo um estereotipo mais equivocado que esse!

Talvez sejam os estrangeiros “Londrinados”, mas a verdade eh que os Londrinos (sejam eles “da gema” ou nao), sao muito simpaticos, e sempre, sempre prontos a ajudar!

Entao se bater o desespero dentro do onibus e voce nao souber onde esta indo, basta perguntar pra alguem, mesmo sem falar Ingles, apontar pro mapa, pro guia de viagens, ou oque for. Com certeza alguem vai te ajudar!

E caso voce nao venha pra Londres, quase toda as outras cidades do Reino tambem tem Double-Deckers em suas ruas (apesar de que eu acho que vermelhinho soh em Londres!), e usam o mesmo sistema de pontos, horarios, passagens etc.

Planejando uma viagem para Londres?

Além de todas as dicas para aproveitar o máximo de Londres que você encontra aqui no Blog, planeje também sua viagem com serviços e recomendações testadas e aprovadas:

E não perca as dicas de Pubs e Restaurantes, o Calendário de Eventos para saber o que rola de mais interessante ao longo do ano e todas as demais dicas úteis para curtir Londres como um Londrino!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
29 comentários
10 Jun 2010
86 comentários

Viajar de trem pelo Reino Unido

Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas Uteis, Inglaterra, Transporte, Viagens pelo UK

O Reino Unido é, na verdade é um arquipelago, pois inclui não só a Inglaterra, Escocia e Pais de Gales na ilha principal, mas tambem inclui a Irlanda do Norte, a Ilha de Man, a Ilha Guerney, Jearsey, Douglas e algumas outras (as ilhas do Canal da Mancha)

Essa dinamica geografica pode dificultar bastante a viagem pelo reino, mas para o propósido desse post vou considerar o Reino Unido como Inglaterra, Escocia e Pais de Gales – pois são as areas mais visitadas por turistas, anyway (os 3 paises da Ilha “mãe”).

O interior de um trem voltando pra Londres

A ilha não é tão grande assim, a a Inglaterra, por exemplo, pode ser cruzada de norte a sul em apenas algumas horas. E por isso eu considero que viajar de trem é a maneira mais facil e eficiente de viajar pelo pais.

Viajando confortavelmente de trem a caminho de Stratford-Upon-Avon

A malha ferroviaria é extremamente extensa, e literalmente todas as cidades e vilarejos do pais tem uma estação de trem. Os trens sao novos e modernos, confortaveis, o serviço é eficiente e (relativamente) barato.

Mas o principal custo / beneficio é realmente o tempo. Pense bem – a ilha é pequena, e nenhum voo leva mais de 1 hora no ar. Mas ai voce tem que considerar o tempo de chegar no aeroporto (se estiver hospedado no centro de Londres, chegar em qualquer dos aeroportos vai demorar pelo menos 1 hora), mais o tempo de check in e embarque (mais 1 ou duas horas), mais o tempo de voo, mais desembarque, imigração, retirar, bagagem, e chegar no centro da cidade de seu destino.

Interior do trem

Potencialmente, um passageiro poderia gastar facilmente 5 horas pra chegar de Londres a Newcastle de avião.

O mesmo trecho, de trem, demora 2 horas e meia – e de bonus ainda cruza o pais todo, garantindo paisagens lindas! (o interior da Inglaterra é lindo demais).

Então aqui vão algumas dicas:

No trem a caminho de Oxford

Comprar passagens com antecedencia: Assim como as cias aereas, comprar passagens de trem nos horarios de rush (quando os locais estao indo e voltando do trabalho), sexta a noite, domingo de noite, e de ultima hora sempre sai mais caro doque se voce comprar passagens com algumas semanas (ou mesmo dias) de antecedencia.

As passagens dos trens Ingleses

Alem disso, por causa da concorrencia das cias de low cost, as empresas de trem estão sempre fazendo altas promoções e reduzindo bastante as tarifas de horarios não-pico.

O site oficial da British Rail é: http://www.nationalrail.co.uk/ onde voce pode encontrar informação sobre toda a malha ferroviaria do pais – todas as conexões, todos os horarios, os preços e informções de serviço (atualizações sobre atrasos e problemas nas linhas em tempo real), e é uma fonte inigualavel de informações sobre viajar de trem no Reino Unido.

Dentro do trem

Porem, a melhor dica para de fato comprar suas passagens de trem é o site Train Line que é um site que reune todas as cias ferroviarias e (quase) sempre tem otimas promoções!

Além disso, uma vez sabendo qual o trecho que voce quer viajar, sempre vale a pena dar uma olhadinha no site propria da empresa que oferece aquela linha – geralmente eles tambem oferecem desconto para passageiros que comprar direto com eles. Como por exemplo é o caso da Virgin Trains e East Coast.

Ah! E além disso, comprar a ida e a volta ao mesmo tempo (Return Trip) sempre sai bem mais barato que comprar duas passagens separadas.

Quando você compra sua passagem com antecedencia, gerealmente tem que alocar um horario de partida (que é oque determina sua tarifa promocional), mas o trem da volta, mesmo que tenha um horario marcado, na verdade voce podem voltar em qualquer trem.

Bagagem: Teoricamente, uma outra grande vantagem de viajar de trem é que não existe restrições na quantidade ou peso da sua bagagem.

Bagageiro em cima das poltronas do trem

Poréeeeem… ao mesmo tempo os trens não tem bagageiro, então voce pode levar tudo que quiser… desde que voce consiga carregar com voce, ou colocar no bagageiro acima da sua poltrona.

A alça da minha mala esperando o trem...

Alguns vagões tem espaço suficiente no corredor para colcoar mala,s bicicletas, carrinho de bebe e afins, mas isso significa que sua mala vai lietralmente ficar abandonada na porta de entrada do vagão. O pais é relativamente seguro, e duvido que alguem vá sair correndo do trem arrastando sua mala de rosinhas cheia de muamba, mas é bom saber que voce tem que se sentir confortave o suficiente pra deixar sua mala abandonada por varias horas.

Estações centrais: Ainda no mesmo capitulo sobre a economia de tempo, a grande vantagem entre estações de trem em vez de aeroportos, é que as estações sempre são centrais. Londres tem varias, cada uma num canto da cidade, e todas bem centralizadas e com conexões com as linhas de metro. Em cidades menores, geralmente as estações já estão logo ali – voce pode sair do trem é já andar direto pro seu hotel, pra uma atração turistica, etc, etc.

Vista da estação Liverpool Street

Tickets combinados e descontos nas atrações Turisticas: Muitas das atrações turisticas na Inglaterra, por exemplo oferecem altos descontos, se comprados junto com sua passagem de trem. Todas as estações tem uns folhetos de “2 for 1” que dão descontos em atrações de Londres (Nesse site aqui tem todas as promoções e descontos oferecidos pela British Rail) e fora de Londres. Então acaba saindo mais barato quando voce já compra a entrada do castelo “X” direto no caixa da estação de trem (por exemplo, para os castelos de Windsor, Leeds, Bleheim, Hampton Court, etc)

E isso sem nem falar em não ter que passar por segurança de aeroporto, revistar bagagem, imigração, etc…

Plataforma da estação Marylebone

As regras – e dicas – são exatamente igual em todos os paises Europeus. O post dá dicas sobre o Reino Unido, afinal moro aqui e viajo bastante de trem, mas na verdade o sistema ferroviario Europeu é todo bem parecido e muito eficiente – quase todas as minhas viagens pela Espanha e Italia foram (quase) sempre de trem.

A novissima estação Saint Pancras

Mas em vez de ficar chovendo no molhado, pra quem estiver interessado em viagens de trem pela Europa eu já escrevi esse post aqui com umas dicas genericas sobre viagens pelo continente (e links das cias de trem) e o Riq Freire escreveu esse outro otimo post sobre viagem de trem na Europa aqui.

Adriana Miller
86 comentários
18 Sep 2009
39 comentários

S.A.L. – Aeroporto de Stansted: como chegar?

Aeroportos, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens, S.A.L., Transporte

A Bruna deixou a pergunta nos comentarios:

Quao absolutamente horrivel é o transporte pra Stansed? O meu medo nao é na sexta a noite qdo eu chego (to pensando em comprar passagem pela net do easy bus até Baker street) mas na madrugada de domingo pra segunda, qdo eu vou embora. Entao, repensando na sua experiência, vc acha que vale a pena eu sair de Londres no domingo a noite e dormir num hotel nos arredores do aeroporto?

Indo direto ao ponto: Sim, eh absolutamente horrivel! Hahahaha

Nesse post aqui eu fiz um guia completo com o B-A-BA dos aeroportos de Londres que causam TANTA confusao nos turistas que querem aproveitar os precinhos camaradas das Low Cost e ficam com medo de cair em furada.

O Stansted eh o aeroporto que mais ODEIO em Londres! Mas eh um mal muito necessario, jah que 90% dos voos low cost saem de lah… (viajo pelo Stanted amanha por exemplo…). Eh moderno, eh espacoso, eh bem organizado e tem um free shop maravilhoso, mas morro de raiva do monopolio descarado que rola entre as cias de low cost e as opcoes de transporte publico para chegar ateh lah.

Para chegar e sair do aeroporto voc tem duas opcoes: trem (Stansted Express) ou Onibus (Terravision, National Express ou EasyBus – eu particularmente prefiro o Terravision, pois o ponto de partida eh mais perto da minha casa).

O trem eh mais rapido, mas tambem bem mais caro, e vive tendo atrasos e trens concelados. Entao evito com todas as minhas forcas, pois jah perdi voo e jah vi muita gente perdendo voo por causa do Stansted Express (e se vc perder voo low cost, jah era. Cancela a viagem). Alem disso, o trem soh funciona em horarios “normais” (entre 5 da manha e 11 da noite) entao os voos que saem muito cedo, ou que chegam muito tarde nao sao servidos por esse servico.

Entao se vc vai viajar em voos de “madrugada” (tipo os que saem daqui as 6 da manha!) a melhor opcao eh pegar um onibus da Terravision de madrugada, ou entao dormir no aeroporto na noite anterior (pelos corredores do aeroporto ou em hoteis nas redondezas, depende doque o seu orcamento permirtir).

Amanha vamos pro Porto no voo das 6:20 da matina, e jah comprei minhas passagens pro onibus das 3 da manha. Vai ser horrivel, mas nao eh o fim do mundo!

Ah! Nao esqueca de comprar a passagem de onibus on line, pois eles estao sempre lotados, que quem aparece pra comprar na hora, fica de fora e perde o voo! (jah assisti varias cenas de desespero no ponto de onibus!)

Mas falando serio. O transporte em si nao eh ruim nao. Eh bem padrao Londres, e tao facil e/ou dificil quanto os outros aeroportos (se vc achou chegar/sair de Gatwick tranquilo, nao terah problemas com o Stansted), oque me irrita mesmo eh a falta de opcoes para transporte publico (e consequentemente os precos praticados, que muitas vezes acabam sendo bem mais caros que o proprio voo!).

Adriana Miller
39 comentários
Página 8 de 923456789