14 Jul 2016
6 comentários

Pick Your Own – Fazenda de morangos em Londres

Baby Everywhere, Dicas de Londres, Inglaterra, Londres com Criancas, Parques, T.V. EveryWhere, Tradicoes Inglesas

Ano passado nós levamos a Isabella numa fazenda de abóboras bem na época do Halloween, o que foi uma experiência super divertida! E quando estávamos lá, eu vi que a fazenda funcionava o ano inteiro no esquema de “Pick your own”, ou “colha você mesmo”.

 

Ou seja: eles mantém as plantações ao longo do ano, de acordo com a estação (para frutas, legumes, flores, etc), e a fazenda é aberta a quem quiser visitar e colher seus próprios produtos.

A lista de frutas,verduras,legumes e plantas disponíveis ao longo do ano é impressionante, e eles abrem praticamente todos os dias, então muita gente vai lá como se estivesse fazendo feira, por exemplo, só que direto da terra!

Mas o que me chamou a atenção mesmo, foram as safras de verão!

Os morangos e “berries” Inglesas são as melhores que eu já provei, e morangos em particular são praticamente um símbolo do verão Inglês – e de quebra, ainda são uma das frutas preferidas da Bella!

Então fiz a anotação mental de que seria um ótimo programa de verão leva-la para colher seus próprios morangos e framboesas!

Até que uns dias atrás, numa sexta feira a noite, estávamos naquela de “o que fazer” no fim de semana, e a previsão do tempo parecia ser promissora (o verão esse ano está pessimo! Um dos piores que já tive por aqui), então resolvemos acordar cedo e e passer a manha por la!

A Crockford Bridge Farm fica na cidade de Weybridge, a cerca de 40 minutos de Londres (de trem, a partir da estação de Waterloo), mais uns 10/15 minutos de taxi até a entrada da fazenda.

Lá eles também tem uma mega loja de produtos para casa e jardim, com direito a restaurante e playground interno (que aproveitamos bastante quando fomos no Outono).

Mas dessa fez curtimos demais a parte externa da fazenda, com o playground externo, casinha de chá e sorveteria, que foram um super sucesso com a Isabella!

Foi um programa tão simples e rapidinho, mas tão gostoso! E tão diferente, principalmente para uma família tão cidade grande como a gente!

A Isabella adorou colher os próprios morangos e framboesas, andar (correr) pelos campos e aprender um pouco sobre plantas e fazendas!

O sistema do “Pick your Own” funciona assim: Logo na entrada da fazenda (na parte do “campo” e lavoura mesmo) tem uma casinha, que te dá uma cestinha própria deles e explica as regras.

É tudo na base da honestidade, não tem fiscalização nem ninguém tomando conta, mas todo mundo obedece as regrinhas básicas: não comer/consumir nada nos campos, antes de pagar por sua colheita; Não colher frutas/vegetais verdes, e caso os tire do pé, você deverá pagar por eles; e apenas colher os produtos listados em cada época.

Na saída, você tem que passar pela mesma casinha, onde pesam tudo que você colheu, e você paga por peso.

Não é suuuper barato não (colhemos quase 3 quilos de frutas e saiu por 14£), mas considerando que eles não cobram nada pela entrada na fazenda, e você está colhendo frutas orgânicas fresquíssimas, realmente acaba saindo mais barato (e de melhor qualidade) do que no supermercado.

Mas claro, nós não fomos até lá pelo fator “compras da feira”, e sim pela experiência, então valeu demais!

Eles funcionam o ano todo, e vale a pena conferir a programação da temporada e quais produtos estão em época durante sua visita à Londres, principalmente pra quem vier com crianças e quiser fazer um programa diferente!

 

Outro programa super legal para se fazer no verão em Londres é visitar um dos campos de Lavandas Inglesas no sul de Londres!

 

Crockford Bridge Farm

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

 

Planejando uma viagem para Londres?

Além de todas as dicas para aproveitar o máximo de Londres que você encontra aqui no Blog, planeje também sua viagem com serviços e recomendações testadas e aprovadas:

E não perca as dicas de Pubs e Restaurantes, o Calendário de Eventos para saber o que rola de mais interessante ao longo do ano e todas as demais dicas úteis para curtir Londres como um Londrino!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
6 comentários
12 Jul 2016
2 comentários

Legoland Windsor – Parque de diversões da Lego no sul de Londres! (Com TV Everywhere!)

Atrações Turisticas, Baby Everywhere, Dicas de Londres, Inglaterra, Londres com Criancas, T.V. EveryWhere, Viagens pelo UK, Windsor

Desde que fizemos nossa primeira visita ao parque da Peppa Pig ano passado, já sabíamos que assim que a temporada dos parques começasse de novo esse ano, iríamos levar a Bella ao Legoland UK!

(E tambem teve Vlog do nosso dia por la!)

 

Os parques da Legoland (ou Legolândia, em Português) são os parques de diversão temáticos da Lego, aquele brinquedinho de encaixar, que existem em cerca de 7 localidades/países. O mais famoso (e se não me engano, maior) fica na Flórida, pegando carona nos parques da Disney, mas na verdade a Lego é uma marca Dinamarquesa, então nada mais lógico do que a presença do parque espalhado por algumas capitais Européias também!

(a Legoland tem parques 7 parques atualmente, com mais alguns já em construção: Billund, Dinamarca; Windsor, Inglaterra; Califórnia e Flórida, EUA; Gunzburg, Alemanha; Malásia; Dubai)

Nós fomos ao Parque de Windsor, que fica mais ou menos a 1 hora de Londres (na mesma cidade do Palácio de Windsor) e a primeira impressão foi que o parque era bem maior do que esperávamos! (o da Peppa Pig é bem pequeno, então acho que estava com isso na cabeça…). Passamos o dia inteirinho por lá e não conseguimos ver tudo!

Além disso o parque é bem mais democrático em termos de faixa etária, e tem atrações para crianças mais velhas e adolescentes. Ainda assim o parque foca principalmente em crianças menores, e acho que a idade ideal seria entre 3 e 5 ou 6 anos – um grupo ou família/casal sem crianças já não curtiria tanto…

Mas aos 3 anos e meio, a Bella estava numa idade perfeita para curtir o parque, apesar de ter ter altura suficiente para entrar em vários brinquedos…

Mas isso não impactou muito não, pois realmente não tivemos tempo pra ver o parque todo!

Não é que seja tão enorme assim não, mas os brinquedos são bem espalhados, e ainda contando com as filas etc, o tempo fica corrido – então muita gente aproveita para se hospedar no resort que fica dentro do parque, ou então nos muitos hotéis e pousadas da cidade de Windsor (opção mais econômica!) para poderem passar pelo menos uns 2 dias visitando o parque.

E além dos brinquedos do parque, eles também tem várias oficinas de construção de Legos e outras atividades mais manuais e culturais para as crianças e adolescentes (e claro, as muitas lojas vendendo todo tipo de souvenir Lego imaginável!).

O parque é dividido em várias seções e “temas”, e os brinquedos seguem essa linha, e genericamente falando, são também segregados por faixas etárias.

A minha parte preferida foi a “Mini Land”, que é tipo um mundo em miniatura, construído totalmente com peças de Legos!

É fenomenal!! O nível de detalhe não dá pra acreditar!

E sim, todas as maquetes das cidades são feitas única e exclusivamente com peças de Legos, e recebem manutenção constante.

Eu sabia que essa era umas principais atrações e marcas registradas dos parques da Legolândia, mas não imaginava que a área era tão grande, que as “cidades” eram tão grandes e detalhadas.

A parte de Londres então, é incrível!

Mas infelizmente, por causa do clima na Inglaterra, o parque só abre durante a temporada de Primavera e Verão (entre Abril e Setembro), com mais alguns dias entre Novembro e Dezembro para as comemorações e especiais de Natal (no mesmo estilo que o parque da Peppa Pig), então quem quiser visitar o parque, terá que planejar uma visita à Inglaterra durante os meses mais amenos do ano.

Mas a boa notícia é que crianças menores de 3 anos não pagam entrada! Mas ainda assim eles dão uma listinha com todos os brinquedos e atrações onde não ha limite de idade, e que mesmo bebês de colo podem participar (até que tem bastante coisa!).

Eu acabei não participando de muita coisa por causa da barriga, mas me diverti assim mesmo, e a Isabella simplesmente a-do-rou o parque, então certamente sera um programa que repetiremos mais vezes nos próximos meses e anos!

Para chegar até o parque, você pode pegar um trem a partir da estação Waterloo em Londres, e depois um táxi ou ônibus entre o centro de Windsor e o parque (uns 15/20 minutos), e repetir o mesmo na volta, ou então contratar um transfer direto até lá (para mais informações sobre recomendação de transfers, mandem e-mail para concierge@drieverywhere.net).

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

 

Planejando uma viagem para Londres?

Além de todas as dicas para aproveitar o máximo de Londres que você encontra aqui no Blog, planeje também sua viagem com serviços e recomendações testadas e aprovadas:

E não perca as dicas de Pubs e Restaurantes, o Calendário de Eventos para saber o que rola de mais interessante ao longo do ano e todas as demais dicas úteis para curtir Londres como um Londrino!

 

 

Adriana Miller
2 comentários
08 Jul 2016
4 comentários

Leeds Castle – Post update!

Castelo Leeds, Castelos e Palacios, Day Trip, Inglaterra, Londres com Criancas, Viagens pelo UK

Nas últimas semanas, a medida que o clima da Inglaterra foi ficando mais primaveril, nós aproveitamos para fazer alguns passeios pelos arredores de Londres com a Isabella, e um lugar que eu estava com muita vontade de voltar, era o Castelo de Leeds.

Na verdade, ele não fica em Leeds (que é uma cidade no norte da Inglaterra), e sim, no condado de Kent, a cerca de 1 hora e pouco de trem a partir de Londres.

Uma coisa que eu lembrava bem do castelo, era o contraste entre o novo e o antigo: o castelo em si é centenário, e tem aquela arquitetura bem medieval mesmo, com direito a ponte levadiça e fosso cercando o castelo, mas ao mesmo tempo, um interior “moderno”, pois foi habitado até relativamente recentemente, na década de 70.

Mas o que eu lembrava mesmo, eram os jardins!

Aliais, a maioria dos castelos e palácios na Inglaterra são na verdade parques e áreas de conservação (muitos eram, na verdade “casas de campo” de famílias nobres), com jardins hiper bem cuidados, plantas raras, muito gramado e animais, e foi justamente por isso que escolhemos voltar até lá num fim de semana de (relativamente) tempo ameno por aqui.

A caminho do castelo, paramos no supermercado e compramos várias comidinhas para picnic (coisa que a Isabella adora fazer hoje em dia, e é um costume super típico Inglês que nós adotamos totalmente!) e levamos nossos cobertores especiais de picnic (eles tem a parte de trás impermeável), e foi logo a primeira coisa que a Isabella quis fazer quando chegamos lá!

Escolhemos um lugar bem na beira do lago/fosso do castelo, abrimos nosso cobertor, e almoçamos com a vista do castelo!

Pra quem não quiser fazer picnic, o castelo também tem algumas opções de lanchonete e restaurante, com boas opções de comidas e lanches rápidos.

Aliais, isso é outra cosia que ou é novidade, ou eu não reparei das outras vezes que fomos, é que agora parte do castelo funciona como um “Bed & Breakfast” (pousada no estilo Britânico) nas casinhas que antigamente eram parte do estábulo e foram convertidas em hotel! (e o hotel tem algumas casinhas também, para grupos maiores ou famílias que gostem de hospedagem mais no estilo “casa” mesmo).

Essa parte do hotel é lindíssima, bem no meio do jardim e com a vista do fosso e do castelo! Deve ser simplesmente o máximo se hospedar por lá!

Então por causa disso, agora existe uma infraestrutura melhor espalhada pelos jardins e parque do palácio de Leeds, com cafés, lanchonetes e restaurantes, que funcionam o ano inteiro.

Depois, passamos a tarde toda curtindo o jardim e a área incrível para crianças! Estava inclusive rolando um “festival medieval” no dia que fomos lá, bem interessante, onde as crianças (e adultos!) podiam aprender a usar o arco e flecha, comprar comidas típicas da idade média, alguns showzinhos e tal.

Uma das características mais famosas do Castelo de Leeds é seu labirinto natural, e claro que a Bella quis entrar pra conhecer! Nossa, o negócio é serio mesmo!! Foi difícil conseguir sair de lá!! Eu já estava ficando preocupada, quando finalmente achei a saída!

E o fofo é que é tudo super típico, bem feito e bem cuidado, então eles tem uma área de playground enorme, com vários brinquedos para crianças de todas as idades, e todos são “decorados” com um tema meio de castelo medieval! Tão bonitinho!

Nem precisa dizer o que quanto adoramos e nos divertimos né? Eles também fazem alguns shows ao longo do dia para crianças menores, mas não conseguimos pegar nenhum deles a tempo (e a Bella estava mais interessada no parquinho mesmo).

Ah! E vale ressaltar que tudo isso é de graça!

Quer dizer, você paga para entrar no parque/castelo, mas uma vez lá dentro, todas as outras atrações estão incluídas no preço da entrada (e crianças até 4 anos não pagam!).

Para comprar seu ingresso, você pode comprar diretamente no site deles on line, ou direto na bilheteria no dia da sua visita.

 

Leeds Castle

Para chegar até lá a partir de Londres, você pode pegar um trem na estação de Marylebone em direção à estação Bearsted. Uma vez chegando em Bearsted, você pode pegar um ônibus shuttle do prórpio castelo (que só funciona coincidindo com os horários dos trens, então tem que ficar de olho), ou taxis.

Ou então, uma opção mais fácil e confortável é pegar um transfer diretamente entre seu hotel/acomodação em Londres, diretamente até o castelo. (para mais informações sobre transfers e passeios em Londres, entre em contato com concierge@drieverywhere.net)

 

 

Planejando uma viagem para Londres?

Além de todas as dicas para aproveitar o máximo de Londres que você encontra aqui no Blog, planeje também sua viagem com serviços e recomendações testadas e aprovadas:

E não perca as dicas de Pubs e Restaurantes, o Calendário de Eventos para saber o que rola de mais interessante ao longo do ano e todas as demais dicas úteis para curtir Londres como um Londrino!

 

Adriana Miller
4 comentários