29
Jan
2012
T.V. Everywhere: Macau!
Escrito por Adriana Miller

Mais um “episódio” da nossa viagem a Asia – dessa vez é Macau!

Aumenta o som e segurem as carteiras!

Créditos do video:

Edição: Final Cut Pro X (software da Apple para iMac)

Câmeras: Canos S100 (Aaron) Sony DSC-HX5V (Adriana)

Música: “Price Tag” (Jesse J)

Categorias: China, Macau, T.V. EveryWhere
29
24
Jan
2012
Os Cassinos de Macau e a Cotai Strip
Escrito por Adriana Miller

Nao é de hoje que Macau tem chamado atencao do mundo por causa de seus cassinos e seu apelo de “Las Vegas da Asia” – mas nos ultimos anos a cidade tem crescido de tal maneira que alem de ter multiplicado o numero de cassinos e quartos de hoteis, o faturamento proveniente de jogos em Macau ja ultrapassou os valores de Las Vegas e se tornou o novo big player da jogatina mundial! (vou lançar o slogan: Las Vegas, a Macau do Ocidente, pra ver se pega!)

Tudo comecou com o Hotel & Casino Lisboa na decada de 60, ainda na era colonial Portuguesa, e o ate então único cassino começou a atrair dinheiro da Asia.

Com o devolução de Macau a China e sua maior abertura a negócios internacionais a popularidade de Macau como destino de jogos tem crescido cada vez a cada ano, atraindo ainda mais visitantes e por sua vez, também atraindo os mega cassinos que hoje em dia ocupam e se distribuem por suas duas ilhas.

A principal diferença entre os cassinos Americanos e os Chineses é principalmente seu estilo. Las Vegas é muito mais que apenas jogos e cassinos. Sao shoppings, restaurantes, shows, baladas…. todo um mundo de entretenimento, para todas as idades. A jogatina é apenas a fachada da cidade.

Porem o estilo dos Asiaticos é muito diferente dos ocidentais e Americanos, e por lá, a grande maioria das pessoas que vai aos cassinos de Macau, vai pra jogar.

O pessoal se concentra mesmo, e gasta (e ganha) uma grana serissima. A primeira coisa que estranhamos foi que na grande maioria dos cassinos a musica eh bem discreta, e nao tem aquele ambiente barulhento louco das sirenes das maquinas de slot!

Outra diferenca crucial eh a ausencia de bares dentro dos cassinos. Alguns ate tem, porem sao discretos, e um pouco separados. nas mesas de jogos, garrafinhas de agua mineral e cha a vontade, enquanto que LV entorna bebidas alcoolicas (afinal, quanto maior seu teor etilico, maiores chances de que voce vai perder e a casa vai ganhar).

- Ilha Macau:

A principal eh a ilha Macau, a “capital” colonial e onde se encontram oa primeiros e mais tradicionais cassinos da regiao.

O principal eh o Hotel & Casino Lisboa (que ja ganhou post exclusivo aqui), cuja fachada luminosa é tambem um dos principais cartões postais da cidade e sua marca registrada.

No inicio dos anos 2000, para fazer frente a nova onde de cassinos internacionais (e mais modernos), alem de uma reforma geral no predio antigo, tambem foi inuagurado o Grand Lisboa, hotel adjacente e complementar.

O Grand Lisboa eh definitivamente mais moderno e mais na linha dos cassinos modernos que encontramos em varias partes do mundo, mas principalmente em Las Vegas.

Sua torre possue mais de 2000 quartos e em sua base um mega cassino em plano aberto com varias opcoes de bares e restaurantes.

No mezzanino acima do cassino existe uma restaurante Asiatico e uma Deli estilo americano, mas com uma carta de vinhos Portugueses de dar gosto!

Exatamente em frente ao complexo Lisboa de hoteis estao a primeira leva de novos cassinos com bandeira e investimento internacional (que foram justamente os impulssionadores da construcao do Grand Lisboa), entre eles o Wynn e Encore, MGM, Mandarin Oriental, Grabnd Hyatt e Galaxy.

Todos eles sao hoteis enormes, mas apenas o Wynn e o MGM sao tambem cassinos, ambos seguindo o modelo de seus predecessores Americanos.

O Wynn segue a mesma pomposidade de sua versao Vegas, com uma decoracao exagerada, porem em cores claras.

Antes mesmo de chegar no cassino voce tem que passar por um mini shopping, com lojas que incluem Chanel, Dior accessories, Botega Venetta, joalherias e afins.

O cassino eh enorme, com certeza entre os maiores de Macau, com areas separadas para os “high players” (que fazem apostas com valores altissimos). Foi la que passamos praticamente toda nossa primeira noite na cidade, e como conseguimos ganhar bastante nas mesas de blackjack, so sobraram boas memorias do Wynn!

Alem disso, ja que Macau nao tem um Bellagio pra chamar de seu (pelo menos nao por enquanto!), o Wynn se encarrega do show de agua e luzes no lago artificial em frente ao hotel – eh uma versao mini do show do Bellagio, mas ainda assim bem legal, principalmente com as luzes do Casino Lisboa como pano do fundo!

 

Logo ali do lado esta o MGM, outra filial do gigantesco hotel Americano.

Logo na entrada, o inconfundivel leao dourado da MGM, e apesar de nao ser tao grande quanto a versao Vegas 9que eh o maior cassino de LV) eles seguem a linha de “estudio cinematografico” MGM.

La dentro parece um estudio cenografico, com entradas secretas e portas camufladas, e antes mesmo de se chegar no cassino voce tem que passar pela “Grande Praça“:

Uma pracinha cenografica tematica, reproduzindo os predios do centro colonial de Macau e a arquitetura Portuguesa, incluindo o chao de pedras portuguesas branco e preto e muitos azulejos nas paredes!

 

Apesar de seu cassino nao ser tao grande, o MGM faz parte do complexo de hoteis e lojas One Central, que inclui um shopping enorme e luxuosissimos e os hoteis Mandarin Oriental e Grand Hyatt.

 

- Ilha Taipa:

Porem eh do outro lado da baia de Macau onde a verdadeira revolução esta acontecendo, e onde o dinheiro da China emergente esta sendo gasto!

A ilha Taipa, que ate poucos anos atras nao tinha nada, eh a responsavel pelo boom imobiliario e hoteleiro de Macau.

Bem no centro de Taipa foi construida a Cotai Strip, concorrente direta da Las Vegas Boulevar, ou “The Strip”.

A intencao eh que daqui a uns anos ambas Strips serao equivalentes em tamanho, enquanto que Macau ja esta ganhando na categoria faturamento!

A principal atracao da Cotai Strip eh sem sombra de duvidas o megalomaniaco Venetian!

Mais um hotel da leva Las Veguiana, construido sob a mesma marca e estilo: decoracao estilizada Italiana, e toda uma estrutura tematica de Veneza, inlcuindo canais e gondoleiros, as casinhas tipicas e a Piazza San Marco!

Dizem ate que o Venetian de Macau eh maior que o de LV, mas eu achei que sambos sao igualmente gigantescos!

E o venetian tambem esta lancando uma nova “moda” Las-Veguiana para o universo de entretenimento de Macau, lancando o primeiro espetaculo fixo do Circo de Soleil da regiao, o show Zaia !

Em Macau o venetian nao tem o co-hotel Palazzo, mas em compensacao tem um Four Seasons, que nao tem cassino proprio, porem usufrui da mesma estrutura, alem de adicionais mais alguns milhares de quartos 5 estrelas ao complexo – e sem esquecer eh calro de seu luxuosserimo shopping “The Shoppes”!

Exatamente oposto ao Venetian na Cotai Strip esta o complexo City of Dreams, que incluiu os hoteis e cassinos City of Dreams e Hard Rock Cafe, alem de outro hotel Hyatt.

O cassino do Hard Rock foi o nosso preferido, por seguir um estilo mais Americano de jogatina = festa = diversao, enquanto que os outros cassinos tem um estilo e estrutura bem diferente.

Musica alta, o tilintar das maquinas de slot/jackpot, garconetes usando poquissimas roupas (todas ocidentais) e um bar bem no meio do cassino! Alem de que, assim como nos cassinos Americanos, enquanto voce esta numa mesa de jogos, pode beber a vontade, sem pagar!

Nao eh por acaso que pelo menos 80% dos turistas jogando no Hard Rock eram ocidentais, principalmente Americanos, Australianos e Ingleses!

Nos divertimos demais, e passamos praticamente o dia todo por la!

Anexo ao Hard Rock fica o City of Dreams, que eh uma mistura de parque de diversoes, com hotel, cassino, centro de entretenimento e shopping.

Um ambiente mais familia, com muitas atracoes pra criancas, e um shopping mais ecletico, com lojas que variam tranquilamente entre Chanel e H&M!

 

A Cotai Strip esta longe de estar concluida, e a expectativa eh que na proxima decada a “Strip” vai se multiplicar, abrindo novas dezenas de hoteis, cassinos, shoppings e centros de entretenimento, todos interconectados por monorails e tuneis, criando uma cidade unica e fluida.

Ja eh possivel ver quais serao as proximas inauguracoes, com um novo Shangri-La, que se conectara a um Sheraton e um St Regis atravez de um outro complexo de cassinos e shoppings com uma tematica Asiatica (“The Traders”, que ja da pra ver que vai ser lindo e extremamente suntuoso!), alem de um Hilton, um Conrad, Fairmont, Intercontinental e Holiday Inn… alem de uma novissima arena esportiva e (alguns) campos de golfe. Uff…

Entao Macau esta naquela lista de cidades a visitar varias vezes ao longo da vida e ir presenciando suas transformacoes!

Definitivamente os investidores de Macau nao estao dormindo no ponto e ja estao se preparando para a dominacao Chinesa do mundo!

 

 

Categorias: China, Macau, Viagens
12
21
Jan
2012
Hotel & Casino Lisboa
Escrito por Adriana Miller

Nao da pra negar que apesar de toda historia milenar, o passado colonial etc, oque relamente atrai turistas para Macau hoje em dia sao os cassinos.

E no fundo, no fundo, esse foi o principal motivo pelo qual resolvemos passar duas noites na cidade: o Aaron adora uma jogatina, e desde nossa ultima viagem a Las Vegas (onde nos divertimos horrores!), ficamos na vontade de voltar ao ambiente dos cassinos.

Oque nao faltam sao opcoes em Macau, e o Aaron foi catagorico: temos que nos hospedar em um cassino bacana! E eu concordei na mesma hora, afinal, em cidades como Macau (assim como Las Vegas e Dubai por exemplo), boa parte da diversao esta justamente na hospedagem!

A nossa escolha foi o tradicionalissimo Hotel Lisboa. Foi esse hotel onde tudo comecou, e onde a fama da jogatina de Macau cresceu, ainda nos formatos de cassinos Portugueses.

Esta longe de ser o mais luxuoso, e muito menos o mais caro, mas eh sem sombra de duvidas o mais historico e o mais tradicional!

O Hotel & Cassino Lisboa eh o epicentro da cidade e tem uma localizacao imabativel! Fica apenas a cerca de 10 minutos do terminal de Ferry que chega de Hong Kong, e cerca de 20 minutos do aeroporto (que fica na outra ilha).

Nas ultimas decadas, para fazer frente a nova safra de mega cassinos que estao invadidno Macau o Hotel Lisboa passou por uma reforma multi-milionaria, alem de inaugurar tambem o Grand Lisboa – um predio muito maior e mais moderno, que se conectam por uma passarela futuristica e um cassino enorme.

O Hotel Lisboa faz o estilo velho mundo Europeu (porem autentico, ao contrario de seus novos concorrentes, porque realmente eh antigo), com escadarias suntuosas de marmore, candelabros vertiginosos e eh um verdadeiro labirinto – que nos remete a uma epoca onde a imagem dos cassinos passava longe da imagem de Las Vegas moderna.

Os quartos mentem o clima de velho mundo, beirando o kitch e brega, com suas cores sobrias e tecidos pesados, mas possuem dois atrativos que o tornam irrestiveis:

O primeiro eh o novissimo banheiro da ala reformada (West Wing) que alem de todas as maenidades modernos imaginaveis, ainda inclui uma confortabilissima banheira de hidromassagem, jatos multiplos e uma sauna a vapor!

E o segundo eh o frigobar, que eh 100% gratis e incluido na diaria do quarto! Verdade seja dita que nao eh aquela fartura de marcas internacionais e safras raras, mas inclui uma boa selecao de bebidas nao-alcoolicas e cervejas. Uma daqueles pequenos detalhes que fazem toda diferenca!

O Hotel Lisboa tambem tem inumeras opcoes de bares e restaurantes, incluindo uma pastelaria Portuguesa (Lisboa Cafe)que atrai hospedes de todos os hoteis ao redor (a pastelaria sempre tem uma fila gigante!) com seus pasteis de nata, bolos e paes de encher os olhos! Alem de claro, um cafe de primeirissima qualidade que te faz dar conta o quanto o cafe do Starbucks eh ruim demais! E o recem aberto Guincho a Galera, o unico restaurante de culinaria Portuguesa com estrela Michelin a abrir uma filial no exterior.

Pra completar nos ainda ficamos num quarto da ala Oeste com a vista da baia de Macau, bem de frente para a Macau Tower, a torre de comunicacoes que virou simbolo da Macau moderna!

Alem disso, por sua posicao super central o Hotel Lisboa fica a poucos minutos andando da area antiga e historica da cidade, e de varios outros cassinos localizados na ilha Macau – e por estar exatamente em frente a Ponte da Amizade (que conecta Macau a Taipa), o Hotel Lisboa tambem fica a cerca de 10 minutos (de taxi) dos mega cassinos modernos da Cotai Strip.

 

 

Categorias: China, Macau, Viagens
5
20
Jan
2012
Como ir de Hong Kong a Macau?
Escrito por Adriana Miller

Macau e Hong Kong sao regioes administrativas vizinhas no sul da China, e cada qual com seus atrativos, tem atraido cada vez mais visitantes, tanto dentro da China quanto do mundo todo.

Se por acaso voce for visitar uma das duas cidades, provavelmente a outra tambem vai acabar entrando no seu roteiro. Seja sua intencao passar alguns dias em uma ilha ou outra, ou simplesmente fazer um bate volta rapido!

E realmente nao tem como evitar. Sao internacionais o suficiente pra nao assustar os China-fobicos, porem exoticas e diferentes o suficiente pra atrair os que gostam do diferente (tanto para Chineses e Asiaticos quanto para Ocidentais). Alem de ser incrivelmente facil de viajar entre as duas cidades!

Existem duas maneiras de viajar entre as duas regioes: Se vc tiver pouco tempo e muito dinheiro, servicos de helicoptero estao a sua diposicao a qualquer hora do dia, fazendo o trajeto em apenas 20 minutos.

Porem se vc tem um pouco mais de tempo e pouco dinheiro, um ferry moderno e confortabilissimo te leva de uma regiao a outra em cerca de 1 hora por modesto 15 dolares.

Um terceira opcao, por terra tambem eh possivel, mas isso significa cruzar a China “de verdade” por terra (trens ou onibus) oque nao eh recomendavel, a nao ser que vc tem visto de residente e livre transito entre as regioes – ou seja, nao eh um metodo valido para turistas.

O ferry foi o transporte que utilizamos e nao poderia ter sido melhor.

As barcas saem de cada terminal a cada 30 minutos, 24 horas por dia e as passagens nao precisam ser compradas com antecedencia (a oferta eh muito maior que a demanda – pelo menos em epocas normais de turismo).

Pegamos uma taxi ate o terminal de ferries de Macau em Hong Kong e fomos direto para o guiche de passagens no terceiro andar. O proximo trem saia dai a 15 minutos, compramos duas passagens soh de ida, e pronto!

Tambem eh possivel comprar sua passagem nas maquinhas automaticas espalhadas pelo terminal.

Sao duas empresas principais que fazem o trajeto, a TurboJet conecta HK a ilha principal de Macau (que se chama Macau) e a linha Cotai Jet Ferry que conecta HK a ilha Taipa, que eh a segunda ilha que faz parte da regiao adminstrativa de Macau, e onde os novos cassinos estao sendo construidos (mais sobre isso em breve).

A viagem eh tranquilissima, o ferry eh confortavel e o servico excelente!

Quem estiver viajando com bagagem volumosa existe um servico para despachar malas, ou entao voce pode carregar sua bagagem com voce e deixa-las num compartimento especial dentro do ferry. Como nos viajamos com mochilas, achamos mais pratico (e mais rapido pra embarcar e desembarcar) carregar nossas coisas e deixar nossa bagagem sob nossas vistas dentro do barco mesmo.

Eles tambem tem um servico de entretenimento de bordo, assim como bebidas e comidas a venda.

Uma vez chegando em Macau, tivemos que passar pela imigracao e alfandega, pois apesar de tecnicamente tanto macau quanto Hong Kong nao serem mais paises independentes e serem parte da Republica Chinesa, esses dois territorios sao independentes administrativamente, portanto nao exigem vistos de seus visitantes.

Para meu deleite o formulario de imigracao era em Portugues (com traducoes para Ingles e Chines)!!! Assim como as plaquinhas de “Bem vindo a Macau!” por todos os lados!

Ao sair da area de alfandega, o temrinal de barcas de Macau tambem eh super novo e moderno, com uma balcao de “Informacoes Turisticas” (em bom portugues) onde voce pode pegar mapas e informacoes de graca, alem de varios caixas eletronicos (que aceitam cartoes internacionais) onde eh possivel sacard inheiro tanto em Hong Kong Dollars quanto em Macau Patacas.

As moedas sao diferentes, mas ambas igualmente aceitaveis em Macau e com a mesma conversao de cambio. usamos as duas e nunca tivemos problema algum, muitas vezes ate pagando contas parte em HK Dollars, parte em Patacas.

A grande dica que descobrimos no balcao de informacoes turisticas eh que os grandes hoteis e cassinos de ambas as ilhas (Macau e Taipa) oferecem servico de translado gratix, em onibus confortaveis que coincidem perfeitamente com todos os horarios de ferries.

E mesmo que voce va se hospedar na ilha Taipa, mas pegou um ferry pra Macau (ou vice versa), ainda assim o seu hotel (se estiver entre os principais hoteis e cassinos) tera um servico de translado! Basta seguir as plaquinhas e pronto! Nao eh preciso fazer reservas nem nada e o onibus te deixara diretamente na entrada de check in do seu hotel.

 

 

Categorias: China, Hong Kong, Macau, Viagens
15
19
Jan
2012
Macau: Chinesa, ops…, Portuguesa, com certeza!
Escrito por Adriana Miller

Existem alguns lugares no mundo que podem ate nao fazer parte da sua listinha imediata de viagem a fazer, mas que sem perceber habitam no seu inconsciente viajistico.

Seja por um desejo de infancia (como visitar o cenario de um filme favorito de infancia), seja por ter se apaixonado por uma imagem, ou depois de ter lido um livro.

No meu caso, alguns dos lugares que tem esse sabor especial de “sonho realizado” sao as antigas colonias Portuguesas. Eu tenho muito orgulho de minha descendência e a historia da minha familia, alem de ter tido minha formacao escolar (todo o ensino medio e parte do segundo grau) em Portugal.

Minhas materias preferidas sempre foram historia e geografia, e entao eu me deliciava com as historias e relatos dos grandes explorados e descobridores Portugueses, os mapas da colonias, os textos de Luis de Camoes e Gil Vicente e aquele imaginario “exotico” de pensar, por exemplo, em um pedacinho da China que fala Portugues!

E eu me senti assim, embasbacada com a aula de geografia quando me vi cara a cara com o Cabo da Boa Esperanca na Africa do Sul ano passado.

Entao quando surgiu a oportunidade de incluir Macau no nosso roteiro Asiatico, nao pensei duas vezes! Ok, ok que a intencao da viagem foi muito menos nobre doque isso, mas ainda assim nao contive o orgulho de finalmente conhecer essa antiga Colonia.

E o engracado foi que ainda na estacao de barcas em Hong Kong eu rapidinho, inconcientemente achei o caminho certo para o guiche de tickets, enquanto o aaron ainda estava meio perdido sem saber pra onde ir e me questionou “como voce pode ter certeza?!”, e ai que me dei conta: As placas nos davam indicacoes em Portugues e Chines e o chip do meu cerebro imediatamente se confortou na lingua nativa e eu nem me dei conta que eu estava lendo Portugues enquanto o Aaron ainda estava buscando informacoes em Ingles (ja que ainda estavamos em Hong Kong e por la tudo aparece em Ingles e Chines).

Que sensacao surreal! Ler placas com frases como “Balcao de informacoes Turisticas de Macau”, ou “Venda de bilhetes”, “Alfandega e Imigracao” e o confortante “Bem vindo a Macau!”, assim, em bom Portugues!

A Verdade eh que o Portugues ja nao eh mais falado na cidade (Assim como Hong Kong, Macau tambem eh uma Regiao Administrativa Especial que faz parte integram da Republica Popular da China desde 1999), porem a nossa querida lingua “exotica” permanece a lingua administrativa oficial da regiao, pelo menos ate 2049, de acordo com o acordo Sino-Lusitano assinado entre os dois paises quando Portugal devolveu a Colonia a China.

Mas nao da pra negar que macau eh uma cidade Portuguesa com certeza!

As referencias estao por todos os lados – do formulario da imigracao, ao carimbo de entrada, ao nomes das lojas, das ruas… Tudo!

Eu achei aquilo tudo uma comedia, pois afinal como voce traduz o nome da rua “Estrada da Baia de Nossa Senhora, sem numero” para Chines?!?!

Queria muito, MUITO saber Mandarin fluente, ou entao ter coragem de chegar num Chines e perguntar que diabos aquela traducao realmente significa?!?! Acho dificil que as traducoes sejam tao literais…

Mas algumas sao hilarias- e meio Tabajara - Eu adorei a “Holy House of Mercy” (numa plaquinha com o nome em Portugues e a traducao para Chines e Ingles) indicando a praca da Santa casa da Misericordia!

Apesar de todo gltiz & glamour e as luzes de neon dos cassinos, Macau conserva um centrinho historico, ancorado em suas raizes Portuguesas que eh uma cosia fofissima!

Chega a ter ate um clima meio fake, meio parque de diversoes, e da pra notar que a sensacao eh comum a todos os outros turistas… como se fosse a sessao “little Portugal” do Epicot Center no meio de uma cidade Asiatica.

Um pedacinho (tao tipico e tradicional que se torna quase irreal!) da Europa e de Portugal depositado aleatoriamente nessa ilha no sul da China.

Seja pela Igreja de Sao Pedro, ou o Palacio do Senado… a Santa Casa da Misericordia ou o Forto dos Artilheiros. Todos ornados com as calcadas de pedrinhas Portuguesas, com suas curvas em preto e branco e ilustracoes com motivos marinhos, ressaltando ou grandes feitos dos exploradores e o talento nautico Lusitano de outrora!

O auge do turismo Colonial de Macau, e o simbolo da cidade eh sem duvidas as ruinas da Catedral de Sao Paulo, datada de 1600, mas que foi destruida por um incendio em 1835. Hoje em dia soh sobrou a fachada da igreja barroca, oque a torna incrivelmente unica e impossivel nao focar todas as lentes pra la!

Ultimamente Macau tem recebido muito mais atencao internacional devido a seus cassinos doque sua historial colonial, mas adorei ver que a historia da ilha permance muito bem preservada e exibida com orgulho – ainda que seja apenas por sua diferenca tao gritante do resto do pais.

 

Categorias: China, Macau, Viagens
16
27
Dec
2011
Macau ao vivo!!
Escrito por Adriana Miller

A vida on line anda meio parada aqui em Macau e ta mais difícil achar wifi do que ganhar o Jackpot!!

20111227-155415.jpg

Mas estou adorando a viagem!!

Pra começar que é uma coisa meio surreal saber que você esta na China, rodeado de Chineses pórticos os lados e ler todas as placas em Português!! Incrível!

Mas a verdade é que resolvemos vir pra Macau com apenas uma coisa na cabeça! Cassinos!

20111227-155609.jpg

E eles realmente te sao incríveis! Ao mesmo tempo que rola toda uma “vibe” Las Veguiana, os cassinos aqui sao bem diferentes!

20111227-155733.jpg

20111227-155739.jpg

Chegamos ontem a noite e já vamos embora amanha de manha, então estamos aproveitando cada segundo!!
E claro, ganhar nas mesas de Blackjack também não faz mal a ninguém!

20111227-155852.jpg

Mas como sou Portuguesa com certeza, não poderia passar por aqui sem conhecer a parte antiga e histórica da cidade, que só fez com que a experiência fosse ainda mais surreal!

20111227-160053.jpg

Mais alguém acha hilário uma placa que diz “holy house of mercy” para a Santa Casa da Misericórdia??!
Eu morri de rir!

20111227-160309.jpg

E como Macau na verdade é composta de duas ilhas, também estamos explorando um pouco da segunda ilha, Taipa onde estão sendo construídos os super cassinos, bem mais no estilo Vegas de ser do que os cassinos da Macau tradicional.

20111227-160454.jpg

20111227-160459.jpg

A atracão principal é sem duvidas o gigantescamente exagerado Venetian, irmão do cassino de mesmo nome em Las Vegas.

Mas e ai? Oque acontece em Macau, fica em Macau? :-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: China, Macau, Viagens
15