10
Feb
2010
Emirados Arabes – Antes de ir
Escrito por Adriana Miller

Dubai eh apenas 1 dos 7 emirados que compoeem a UAE – United Arab Emirates (ou em bom Portugues: Emirados Arabes Unidos) e que tem como capital Abu Dhabi.

Cada uma dessas cidades-estado, ou federacoes, sao independente entre si, governadas por diferentes Sheiks, porem obedecem a mesma constituicao (criada e reconhecida apenas em 1971), mesma religiao (Islamismo) e lingua (Arabe).

O pais/estado/conglomerado de federacoes existe a pouquissimo tempo como conhecemos hoje, e seu boom economico eh inteiramente resultado das reservas de oleo da regiao. Apesar do territorio pequeno, entre a Arabia Saudita, Oman e o golfo da Persia os UAE teem a sexta maior reserva de petroleo do mundo, e a economia mais desenvolvida do Oriente Medio.

Isso nem nem mencionar no Turismo!

Abu Dhabi eh maior, mais rico e mais importante internamente, mas gracas as exentricidades do Sheik Mohammed bin Rashid Al Maktoum (que atua como Primeiro Ministro de Dubai e Vice Presidente dos UAE), acabou virando um dos maiores destinos turisticos internacionais, mesmo sendo praticamente 100% artificial.

Por muito tempo, dubai nao me atraia nem um pouco. Tanta historia, tanta cultura, tanto lugar legal no mundo… nao queria mesmo gastar meu tempo por lah. ateh que li um post interessante no Viaje na Viagem, e alguns do comentarios mencionavam o obvio, mas que nunca tinha parado pra pensar: Dubai eh Dubai. Foi fabricado pra ser Dubai. seu unico atratico eh ser Dubai. E pronto. Uma viagem a Dubai deve ser encarada pura e simplesmente pelo que tem a oferecer: exentricidade, exageros, futilidades. ir a Dubai eh como ir a Las Vegas ou Orlando. Nao espere muito, mas aproveite tudo.

Como meus planejametos de viagem acontecem com dezenas de meses de antecipacao, meses atras vi umas passagens BEM baratas pra lah. Eu queria muito viajar e fazer alguma cosia legal pra comemorar meus 30 anos, mas todas as nossas outras opcoes estavam impraticaveis (esquiar nos Alpes, ou tentar avistar a aurora boreal na Finalandia), e de repente a ideia de fugir pra Dubai no meio do inverno Londrino foi extremamente apelativo.

No impulso… tcharam! marcamos as passagens. Com o passar dos meses comecamos a pensar oque fariamos nos 4 dias e meio que estaremos por lah… oque realmente tem pra se fazer de interessante… e onde ficar.

Seguindo o conselho de varias pessoas que jah conhceram a area, Dubai seria o lugar perfeito pra deixar de lado meu espirito mochileiro pao duro e aproveitar oque a cidade tem de melhor. Resorts na beira da agua cristalina do golfo, shoppings gigantescos, passeios de camelo, esquiar no deserto, o predio mais alto do mundo, o hotel mais caro do mundo, ilhas artificiais, restaurantes de baixo d’agua… e assim sucessivamente.

Entao viajamos quinta feira a noite, para 5 dias de fun in the sun! E por pura coincidencia (mesmo!) ainda chegaremos por lah bem no meio do Dubai Shopping Festival (jah estou com uma lista de encomendas alheias… variando de eletronicos a barra de ouro a designer shoes! mesmo!), que eh um evento puramente dedicado ao consumismo exacerbado e nao necessario em nossas vidas (que por acaso, eh o melhor tipo de consumismo…!).

Essa viagem terah um pocuo mais de “estrutura” turistica doque estamos acostumados, entao vou dando updates e posts aos poucos, e detalhando as dicas e tals.

 ANTES DE IR:

- Vistos: Turistas com passaporte Europeu, Americano, Canadense ou Australiano nao precisam vistos de entrada para visitas ateh 90 dias. Turistas com passaporte Brasileiro, precisam aplicar para um visto diretamente com o consulado de Dubai /UEA (link aqui, na secao “Visa”).

- Epoca do Ano: Os Emirados Arabes estao literalmente no meio do Oriente Medio, e sao provavelmente um dos lugares mais quentes da face da terra. Entao a melhor epoca para ir pra lah eh entre Novembro e Marco, durante o “inverno” onde as temperaturas oscilam na media dos 30 graus. Durente os meses de verao, as temperaturas durante o dia passam dos 50 graus centigrados – impossibilitando boa parte dos passeios ao ar livre.

- Conflitos: Apesar de toda mistica do Oriente Medio, guerras, Islamismo, terrorismo e afins, os Emirados Arabes sao na verdade super seguros e pacificos. O unico “conflito” a se ter em mente eh o fato de que os estados que fazem parte dos EAU nao reconhecem Israel como sendo um estado legitimo, e portanto se alguem tiver um carimbo de Israel no passaporte, sua entrada em Dubai serah negada – e o assunto eh serio, com um aviso gigantesco no site do consulado!

Como tambem estamos planejando uma viagem pra Israel esse ano, propositalmente decidimos ir pra Dubai primeiro que Israel, para evitar problemas. Porem jah me disseram que eh comum em Israel que turistas pecam que o carimbo de imigracao seja dado numa folha separada, e nao necessariamente em seu passaporte. Just in case!

- Na mala: baseada em dicas de quem jah foi, e muito bom senso, vou levar roupas leves, porem bem cobertas e comportadas (nada de muita pele aparecendo – por mais que Dubai seja “liberal” e “ocidentalizado”, nada de sair desfilando sem nocao de mini saia e docotao!) e algumas roupas mais quentinhas para a noite, pois rola um friozinho depois que o sol se poe. Alem disso, filtro solar, filtro solar, filtro solar!

Quando eu voltar e tiver visto com meus proprios olhos, dou mais dicas!

- Orcamento: Dubai esta sendo uma viagem super bem planejada, financeiramente. Conseguimos uma passagem quase de graca, mas no geral as coisas por lah tendem a ser mais carinhas (deve ser pra combinar com toda opulencia da cultura “novo rico” da regiao). Fizemos questao de ficar num hotel legal, com uma infraestrutura digna das Arabias; e como quem tah na chuva eh pra se molhar mesmo, tambem planejamos ir a bons restaurantes, bares bonitinhos e aproveitar o oba-oba tax free dos shoppings. Partimos do principio que esse eh o atrativo da area.

Ir pra Dubai e ficar em Albergues xexelentos (como geralmetne ficamos!) na parte feia e velha da cidade e comendo McDonalds nao valeria a pena, e seria como ir pra Orlando e nao ir pra Disney, pois os parques sao muito caros. Saca? Faz parte da experiencia, e o custo total tem que ser cuidadosamente planejado e calculado, para nao se tornar inviavel. Entao acho uma boa opcao pra viagem de lua de mel, ou viagens mais romanticas e tranquilas, e nada recomendado para uma viagem volta ao mundo que vc tem que sobreviver com 50 dolares por dia!

Watch this space!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Abu Dhabi, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dubai, Emirados Arabes, Viagens
22