25
Jul
2005
Formentera
Escrito por Adriana Miller

Como nao tinhamos saida na noite anterior, acordamos cedo e fomos pro porto de Ibiza pegar o barco pra Formentera.

Formentera é a menor das quatro Ilhas Baleares. Povoada por pouco mais de 6.000 pessoas, praticamente desertica, pouca vegetaçao, cercada por prias paradisiacas e rochedos por todos os lados e um pequeno lago no meio (onde estao as salinas).

A viagem foi curta, mais ou menos meia hora e chegamos lá. Primeira coisa a fazer: alugar uma bicicleta; segunda cois a fazer: passar filtro solar, MUITO filtro solar!

O sol estava de rachar e iamos pasar o dia todo pedalando de uma praia a outra, sol na carcaça sem piedade…

Pegamos nosso mapinha e fizemos um roteiro com a ajuda da menina da loja de bicicletas. Decidimos pelo roteiro que da a volta no lago (norte da ilha) e onde estavam as praias mais bonitas.

Logo na primeira praia nos deparamos com o paraiso! Uma para Caribenha de agua quentinha e transparente, com areia branca como talco de bebe!

Nos jogamos na agua e ficamos que nem crianças nadando, fazendo palhaçadas, tirando muitas fotos!!! Tiramos tb umas fotos com uma camera descartavel a prova d¿agua, mas ainda nao revelei).

Mas nao queriamos perder tempo! Pausa pra beber agua, recuperar as forças e voltamos pra estradinha de terra com nossas super bikes!


Mais uma prainha, um penhasco com a vista de outra praia paradisiaca com zilhoes de mega barcos ancorados, e resolvemos parar numa outra praia, que tivemos que deixar as bikes pra tras e encarar a trilha a pé.

O caminho até lá tb era bem legal, e a medida que vc ia chegando perto, a paisagem ia ficando mais e mais legal.

Realmente a praia era linda, mas tinha um porem… NUDISMO! Nosssa recepçao no final da trilha já foi uma senhora, já com certos anos de vivencia, uns quilinhos a mais e peladona; até ai tudo bem, se ela nao estivesse se esticando toda de joelho na areia tentando arrumar sua toalha… Uma visao altamente dispensavel… uns minutos de trauma e resolvemos desbravar a praia assim mesmo.

Seguimos caminhando, e a cada metro a praia ia ficando mais bonita. E a quantidade de peladoes iam aumentendo.


Eu até me considero uma menina moderninha e tal, mas eu e Nienke chegamos a conclusao que nossa vã filosofia de 25 aninhos nao imaginava que existem tantas formas, modelos, cores e tamanhos diferentes nesse mundo…(o papo era sobre isso mesmo que vc esta pensando). Algumas gargalhadas (discretas) às custas dos peladoes.
Nao era uma praia nudista propriamente… tb tinha gente com roupa (nós duas, por exemplo), mas em compensaçao tinha muito mais gente sem nada. Assim tipo, “to afim de curtir a natureza” e pronto. O biquine foi parar na bolsa.

Acho legal que as pessoas se sintam tao confortaveis com sigo mesmas a esse ponto. Apoio total. Mas dispenso ser plateias pra familias-peladonas inteiras, curtindo as ferias na praia, sem roupa como se nao estivesse acontecendo nada. A vovó, o vovô, a mamae o papai e os filhinhos. A mamae lendo um livro enquanto o papai joga um frecobol com o filho, e os dois lá peladoes, correndo de um lado pro outro atras das bolas (olha a piadinha de mau gosto!!). Hahahahaah. Aceito, mas nao, obrigada. Recuperadas as energias, seguimos nosso caminho.

Nesse ponto do dia já estavamos do outro lado da ilha, onde as praias sao mais rochosas, e tem tb mais civilizaçao, restaurantes e hoteis (apesar de que nao muitos).


No laguinho que fica no centro da ilha, na verdade funciona uma grande Salina, que a Nienke nunca tinah visto na vida!! Ela nao sabia que era assim que se ¿fazia¿ sal…

Tentei resgatar do fundo do meu ser as explicaçoes que meu pai nos dava quando iamos ver as salinas na regiao dos lagos no Rio, e dei uma explicada mais ou menos pra ela.

Já cansadas de pedalar por horas e horas a fio debaixo do sol, achamos a primeira vila de pescadores, e resolvemos parar pra dar uma olhada e relaxar um pouco.

De presente, uma praia, nao tao linda assim a primeira vista, mas andando uns metros pra onde nao se via desda calçada, descubrimos uma piscina de agua natural, entre as pedras e corais!!


Pausa pra nadar, boiar, relaxar, mais fotos de baixo d’agua, e claro, como nao podia deixar de ser, mais uns tantos peladoes e peladonas à nossa volta.

E assim fomos dando a volta no laguinho… No trexo final já estavamos mortas, já nao tinha mais nenhuma praia, só estrada e sol, inclusive com alguma subidas que nao estavam nos planos…

E obviamente, quanod chegamos de volta no porto, pra pegar o barco pra voltar pra Ibiza, que já era o ultimo barco do dia (as 19:45), correndo o mais rapido possivel, com as pernas doendo depois de 7 horas de pedalada, e o barco já estava zarpando!! Pulamos, gritamos e nada… Voltamos na estaçao maritima e afinal conseguimos pagar a diferença de preço e voltar num outro barco, mais caro de outra empresa que saia uns minutos depois.

Estavamos muito cansadas, literalmente mortas… Fizemos uma siesta, mas mesmo assim resolvemos sair, pq hoje era a festa La Troya na Amnesia.

 

Categorias: Formentera, Ibiza, Party, Viagens, Viagens pela Espanha
4
25
Jul
2005
Ibiza: Cafe del Mar, Pacha e a cidade antiga
Escrito por Adriana Miller

O sol nos acordou cedo, transformando nossa tenda numa viagem ao centro da terra… Acordamos suando e só pensavamos em ir pra praia. Hj resolvemos que iriamos fazer uma roteiro por outras praias, em vez de ficar só lagartixando na areia (até pq estavamos muito ardidas depois de todo o sol do dia anterior).
Passamos algumas horas na Playa De’n Bossa, uma das mais urbanas de Ibiza (nao agradou muito). Depois seguimos pro outrolado da Ilha e fomos pra praia Cala Bassa, que na verdade de paia tinha muito pouco, mas tinha altos rochedos e cavernas onde o pessoal faz snorkling y mergulho.
E pra completar o dia, fomos assistir o por do sol na praia de Santo Antonio, no Café Del Mar, um dos icones de Ibiza.

Na beira da praia, dezenas de pessoas sentadas na areia, conversando e relaxando, esperando o sol baixar na agua. Nos momentos finais, a pria toda fica em silencio, só com a musica lounge do Café del mar no fundo, e quando o sol finalmente se esconde dentro do mar todo mundo começa a aplaudir, o fim de mais um dia, e ocomeço de mais uma noite.

Essa noite conseguimos convite pra festa do Jean Paul Gautier, na Pacha.
A pacha é a discoteca mais antiga de Ibiza, existe ha 25 anos, e foi graças a ela que a fama festeira de Ibiza se espalhou pelo mundo. Na minha opiniao, a melhor de Ibiza.
A festa tinha como tema a moda e a França. E claro, o luxo e a perversao que envolve esse mundinho… O nome da festa era bem sugestivo: Fuck me I’m famous. Gogo dancers semi nus se sacolejando, todo mundo querendo se aparecer mais que o outro, muitos famosos, e famosos wanna be. Top models, rock stars, e por ahi vai… Inclusive jean Pual em pessoa, dançando do meu ladinho!!!

Jean Paul Gaultier na pista

O Dj simplesmente demais!! Dançamos e dançamos e dançamos até as 8 da manha! E só voltamos pra casa, porque simplesmente nao dava mais….

SEXTA FEIRA

Nao sei como, acho que foi o acumulo de cansaço, mas dormimos até as 5 da tarde… mais que necessario…
Com o dia de praia já praticamente perdido, resolvemos dar uma voltinha em Dalt Villa, a cidade antiga amuralhada de Ibiza. Acho que a maioria das pessaos que vem pra Ibiza ignoram totalmente o fato de que essa ilha tem tanta historia e tanta cultura…

Ibiza já foi terra de Gregos, Romanos, Arabes e Fenincios, e tudo isso esta refletido na arquitetura da vila. As ruas estreitas, as casinhas brancas de telhadinhos azuis e flores nas janelas. A vista lá de cima e o contraste entre os dois mundos de Ibiza…

De noite decidimos mais uma vez que nossas pernas e nossas carteiras mereciam um descanso, e decidimos ficar no camping jogando conversa fora.

SABADO

Nosso ultimo dia! Nao acreditavamos que já tinha acabado! Tao rapido!!
Mas na verdade eu já nao aguentava mais… No fundo estava louca pra voltar pra minha casa, dormir na minha cama e tomar banho num chuveiro onde chinelo nao era pre requisito pra manter a saude dos seus dedos e unhas.

Desmontamos o acampamento e fomos pra pria. Salinas outra vez, pq da outra vez que fomos, estavamos tao destruidas que nem aproveitamos nada…
Ficamos lá um pouquinho, relaxando e batendo papo.

Na nossa ultima noite a discoteca eleita foi novamente a Pacha, com direito a pre-party no Bora Bora.
Dançamos até os pezinhos pedirem arrego, e até a ahora uqe tinhamos que ir pro Porto pegar o barco que nos levaria de volta pra Barcelona as 11 da manha (domingo)…

A viagem foi longa e torturante…. dormia e acordava, mas nao descansava… o barco chaqualhou o dia todo, e todo conteudo do meu estomago passou boa parte das 9 horas de viagem lutando na minha garaganta pra sair pro mundo…
Chegado embarcelona ainda tive que encarar mais 7 horas de onibus até madrid… Quando cheguei na minha casa as 6.30 da manha (segunda feira) nem acreditei…. tudo que eu mais queria era um banho e me jogar de cara na almofada… mas tinha que me arrumar pra voltar ao batende em um par de horas….

P.S.: O unico percalço de Ibiza foi que ROUBARAM MEU BIQUINE!!!!  Como assim digo eu! Alguem já ouviu falar nisso?!?! pra mim, foi um fato inedito… deixei o biquine vermelho secando do lado de fora da barraca e quando acordei…. SURPRESA! Nao estava mais lá… Meu biquine novinho, que mamae tinha me mandado por correio de presente…. Snif… Hippies filhos da $%&¿@#$!!!!!!!

Categorias: Espanha, Ibiza, Viagens, Viagens pela Espanha
1
21
Jul
2005
Ibiza-iza
Escrito por Adriana Miller

Continuando…

DOMINGO:
Depois de um corrido dia, que por sorte estava nublado, entao nao teriamos nada mais pra fazer além de dormir; carro alugado (mas só disponivel no dia seguinte) fomos passear no porto de Ibiza no fim da noite e coseguimos um desconto pra boate Amnesia, uma das mais famosas da ilha e que tem algumas das melhores festas.

A de hoje era a Foam Party. Pois é….
Se começou a tocar na sua cabeça a melodia do funk bagaceiro “banho ba-banho de espuma é muito legal, debaixo da espuma eu vou zoando em alto astral!”, bem vindo ao clube. Comigo aconteceu a mesma coisa, e confesso que fui pra festa um tanto quanto apreensiva…

Nao me decepcionei totalmente, mas pra primeira noite em Ibiza, o resultado foi muito aquém às minhas expectativas. O clima, e a faixa etaria principalmente, estavam muito prarecidos com os da Matiné da Circus nos meados dos anos 90 (sim, eu confesso, eu tb já zoei em alto astral em baixo da espuma da Circus). Mas no fundo isso até dava um clima a mais no momento… Nada poderia ser mais “Ibiza” que aquele bando de gente molhada de espuma, dançando de biquine querendo aparecer pras camaras…. No fim das contas até que eu gostei…

Só fiquei com raiva pq os seguranças barraram minha camera fotografica na porta… Vcs podem reparar que nas fotos de Ibiza tem pouquissimas fotos da night Ibicenca, pq os seguranças nao deixavam entrar de jeito nenhum… e as poucas vezes que eu consegui ser mais experta e camuflar minha camera, eu sempre tirava umas fotos na dichava, com medo de alguem ver e me denunciar…

Mas tudo bem… O DJ estava de parabens, e mesmo mortas de cansaço depois de tanta viagem, correria pra achar camping e alugar carro, nao paramos de dançar nem um segundo, a musica era contagiante!

SEGUNDA

Como era de se esperar, o sol fez o favor de nos acordar super cedo, transformando nossa humilde tenda um uma SAUNA de fazer inveja a muitos finlandeses…

Nao nos animamos a ir a nenhuma praia muito badalada pq isso significaria passar o dia trocando de onibus pra cima e pra baixo (fizemos as contas e o numero de conexoes que teriamos que fazer superaria os dois digitos. Logo, nada feito), entao ficamos na praia do camping mesmo, Playa Es Caná. Muito simpatica por sinal. Alugamos umas cadeiras, um guarda sol e dormimos a tarde toda…

Essa praia era bem tranquilinha, cheia de familias inglesas que habitavam nos 658.937 resorts que disputam cada centimetro da regiao. Isso eu nao gostei. Turismo de massa domina Ibiza, e pouco a pouco estao destruindo o que ainda ha de realmente bonito.

Acordamos já atrazadas pra ir ao aeroporto buscar nosso tao sonhado carrinho! Nem acreditei quando finalmente botei minhas maos no volante! Agora sim ocmeçam nossas ferias!!
De lá fomos dar mais uma voltinha e almoçar no porto de Ibiza, e aproveitamos pra comprar as entradas pra Privilege, que hoje tinha a epica festa Manumission.

A Privilege, esta no Guiness o livro dos records por ser a maior boate do mundo, com uma ocupaçao de 12.000 pessoas. E believe me, as 2ª feiras, na festa Manumission, a Privilege LOTA!
Voltamos lá no nosso amiguinho argentino que descolava as entradas com desconto pras boates, mas hj era Manumission…. e Manumission, é Manumission… Mesmo com desconto morremos numa facada de 30 euros, bico seco….
Mas isso é Ibiza, isso é privilege e isso é Manumission! A a gente estava lá porque queriamos! Entao nada de reclamar!

A festa realmente merece tuso isso que falam sobre ela, e a boate tb. Vc pode facilmente se perder entrar as dezenas de pistas de dança, ambientes tematicos, bares, restaurantes, etc…. Até o banheiro, é TAO grande, que tem um dj que esta lá especiamente pra nao te deixar desanimar nem quando vc faz um break pro xixi. Um dj e gogo dancers, diga-se de passagem….

Alias, abre parentesis. Ser gogo dancer em Ibiza é uma profissao, um estilo de vida. Todos os anos milhares de meninas (e alguns meninos) da europa toda disputam as vagas para ganahr a vida se sacolejando em mini palcos nas discotecas Ibicencas. Os requisitos? Um corpo to die for, muita energia pq vc estar dançando horas e horas a fio, diariamente, usando saltos finos de 15 centimetros de altura. E claro muito estomago, pra aguentar milhares de espanhois, italianos, ingleses, australianos (e por aí vai), babando, tirando fotos, ando beliscoes e afins todos os dias, enquanto vc dança semi nua (e as vezes, quase 100% nua) num semi palco. Mas mesmoa ssim, ano após ano, milhares e milhares de meninas continuam querendo ir pra lá. Porque? Porque em um verao vc ganha dinheiro suficiente pra se manter o rsto do ano todo. Porque vc passará o verao em grande estilo, hospedada em otimos hoteis, passeando durante o dia em iates de luxo, e recebendo tudo que vc quiser, sem gastar um tostao,e ainda por cima recebendo uma baba por isso. Fecha parentesis.

Voltando à Manumission. A festa tem como atrativo principal um tema, e um show. E além disso, a cada ano eles traem pra Ibiza os melhores Djs do mundo, e isso arrasta multidoes.
O tema desse ano era um “freak show”. Pessoas que se transformam em bichos, animais que se transformam em seres humanos… Tudo muito estranho… com muita lua, muito fogo, muito fumaça, muita musica, muito tudo. Um grande Cirque du Soleil, bem esquisito, mas hipnotizante.

Já lá pelas tantas, resolvemos voltar pro carro e fazer uma siesta,porque tinhamos ganhado do promoter argentino entradas pro after party Space, uma discoteca especializada em after parties e day parties. E com certeza nao iamos aguentar fazer 12 horas seguidas de festa sem um break.
Pois entao. Dormimos. Pergunta se alguem acordou? Ha Ha Ha!
Eu só acordei à 1 da tarde, com o sol batendo na minha cara! trocamos de roupa e fomos diretamente para Praia, a mais badalada de todas, a Ipanema, a geriba de Ibiza: Playa des Salines.

Como praia, estritamente falando, areia e mar, nada demais. A agua quase transparente, mas um tanto quanto infestada com os oleos das dezenas de barcos parados na agua. Como clima de praia, nao podia ser melhor. Musica, esportes, muita gente jovem, promoters das discotecas fazendo mini showzinhos… pena que estavamos tao destruidas pra poder aproveitar algumas dessas coisas… mas uma tarde de praia babando na areia….

De noite a conclusao foi: DORMIR. Como nao faz nosso estilo essas coisa de mergulhar de cabeça nas drogas pesadas e materiais ilicitos em geral (como fazem 95% das pessoas que vao pra Ibiza), descobrimos que nao somos de ferro, e que nao iamos aguentar 8 dias nessa ritmo. Como hj nao tinha nenhuma festa imperdivel, jantamos churrasco e dormimos cedo!!
Entao já que no dia seguinte iamos acordar cedo de todas as maneiras, resolvemos tirar o dai pra ir ocnhecer Formentera, uma mini ilha paradisiaca que esta no sul de Ibiza.

To be continued….
Fotos de Ibiza

Categorias: Ibiza, Party, Viagens, Viagens pela Espanha
0
19
Jul
2005
Ibiza
Escrito por Adriana Miller

Esse era o destino mais esperado dessas ferias! Finalmente conhecer o paraiso das festas in loquo no “world’s party capital”, praias paradisiacas e esquecer que existe um amanha…

Depois de uma noite em claro em Pamplona, uma longa viagem de onibus de volta a Barcelona, ainda tivemos que encarar 9 horas de barco até a ilha. O barco nao era dos melhores, mas tampouco era dos piores. Eu e Nienke conseguimos pegar os bancos da ultima fileira, e asism poderiamos dormir a vontade.

De quebra ainda conhecemos dois meninos super gente fina, da Africa do Sul, que tb estavam vindo de Pamplona (e que por coincidencia maxima do destino sao amigos do Bruno Motta, leitor do Blog!!!) e assim compartilhamos as historias das feridas dos Touros e as expectativas sobre Ibiza!

A chegada no camping foi um pouco dificil… achamos que nos locomover pela ilha seria muito mais facil, entao fomos convencidas de que seria indispensavel alugar um carro. O camping tb deixava a desejar. Nao era tao podre quanto o de Pamplona, mas tb nao era lá grandes coisas. Além de que estavamos cercadas de hippies Argentinos-que-figiram-de-Buzios-depois-da-crise e que foram tentar a vida fazendo bijouteria em Ibiza por todos os lados, e mais umas quantas familas holandesas e Inglesas.

Por falar nisso, a presença dos turistas ingleses na ilha merece todo um capitulo a parte… Os Hooligans dominam totalmente o territorio, nao deixando chance a nenhuma outra nacionalidade…. só os italianos que se atrevem a invadir a (quase) igualmente a ilha… mas a presença dos italianos na ilha tambem merece todo um capitulo a parte…

Bem, vou deixar pra falar de Ibiza e Formentera com mais calma amanha, se nao vai acabar o assunto….

Categorias: Ibiza, Party, Viagens, Viagens pela Espanha
0
10
Jul
2005
IBIZA
Escrito por Adriana Miller

Jah chegui em Ibiza, e nao sei como funciona o teclado desse computador, entao no consegui escrever um titulo pro Post…

A ilha eh show, a viagem a de barco foi bem tranquila, mas a locomocao aqui eh caotica, vamos ter que alugar um carro, oque nao estava nos nossos planos\orcamento, mas compensa pelo custo beneficio. Mas uma vez serei a motorista oficial, pq a Nienke esqueceu a carteira de motorista em Madrid. Adriana no volante perigo constante!!! Hahahaha

Ah! A Febre de Pamplona jah esta curada, mas troquei por uma noca doenca… Gripe Ibiza… Chique…
Em breve volto com mais noticias sobre a viagem o estado de saude dessa aqui que vos escreve… vamos sair agora pra alugar o carro e tentar nos localizar pela ilha… E claro, achar os tais promoters das discotecas…

Inteh!!

 

Categorias: Ibiza, Viagens, Viagens pela Espanha
1
08
Jul
2005
Ainda estou viva…
Escrito por Adriana Miller

Por enquanto estou viva…

Um post rapidinho, só pra ninguem ficar achando que fui atropelada por um toro…


Por enquanto estou em Pamplona, já vou embora amanha, volto pra barcelona pra pegar o barco pra Ibiza.

Semana passada estava em barcelona com minha tia… Que delicia votsr a Barcelona, e ainda mais com familia! Além de matar a saudade ainda rolam umas mordomias que sao pouco comuns durante minhas andanças.


Chegar em Pamplona tb foi show! É impressionante como esse lugar é intensivo demais… Depois de apenas uma noite (a primeira) de festa, já contabilizo uma febre de 40 graus… Agora estou bem melhor… O fato de estar fazendo 13 graus, chuva, e estar dormindo praticamente no relento todos os dias (esse é o esquema de Pamplona) nao ajuda minha situaçao… mas estou bem agora…

Me preparado pra Ibiza!!!

As apostas variam entre o “vc nao vai sobreviver” ao “vc vai morrer!”!! hahahahaha! Entao isso significa que as ferias vao ser boas… hehehehe


Bem, a fila para usar a internet aqui no camping esta grande e o povo já esta me chingando…

Em breve volto com mais detalhes, fotos e afins!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Ibiza, Pamplona, Viagens, Viagens pela Espanha
0