29
Jan
2014
Madrid ao vivo!
Escrito por Adriana Miller

Sumi de novo do blog!
Mas dessa vez estou em Madrid, na primeira viagem a trabalho do ano!

O projeto no qual venho trabalhando a quase 3 anos esta quaaaase acabando, e tão ainda tenho algumas poucas viagens pra fechar tudo, mas esta sendo tudo muito corrido e focado – nao sobrou muito tempo pra passear nem curtir a cidade…

20140129-152638.jpg

Dessa vez fiz pouca coisa fora do eixo escritório – hotel, mas conheci um restaurante novinho que esta super bem comentado aqui em Madrid, o “Ana la Santa”, que fica no Hotel ME na Plaza Sant’Ana (que já falei tantas outras vezes aqui no blog! Adoro aquela área da cidade pra sair, comer e tals).

O bar/restaurante tem uma decoração bem simples e muito moderna, com uma parte bem grandona que é tipo um launge com sofás, revistas, livros etc (Ah! E wifi gratix, pra quem estiver de passagem por Madrid e quiser usar as “tapas” como desculpa pra fazer aquele check in básico!).
Achei os tapas excelentes, e as bebidas e drinks tambem (principalmente os vinhos! Muitas opções boas e bem baratos!).

20140129-153133.jpg

20140129-153145.jpg

Lá pras 8 da noite o bar lotou e ficou um clima bem legal de happy hour! Recomendo!

20140129-153257.jpg

20140129-153307.jpg

20140129-153329.jpg

Agora só volto a Madrid lá pra março, o que provavelmente será minha ultima viagem pra cidade por muito tempo!

Posso já ficar triste e morrer de saudade?!

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
6
04
Nov
2013
Madrid: Terraza 360, no Hotel Ada Palace
Escrito por Adriana Miller

Essa eh uma dica rapidinha de Madrid, mas as fotos que postei da vista do Hotel Ada Palace causaram tanto auê no Instagram, que não poderia deixar de registrar a dica por aqui também!

20131031-210144.jpg

Na verdade o Ada Palace eh um hotel relativamente simples em Madrid, porem com uma ótima localização (Gran Via 1), e uma vantagem que o coloca acima de seus concorrentes: no sexto e sétimo andar eles tem uma “terraza” e restaurante com vistas incríveis da cidade!

20131031-210218.jpg

Quer dizer, a vista não se estende por quilômetros não, ate porque Madrid eh uma cidade relativamente “baixinha” e no centro não existem muitos edifícios altos.

20131031-210202.jpg

Ate existem outras “terrazas” na cidade (como por exemplo a Penthouse na Plaza Sant’Ana que ja falei por aqui), mas o Ada Palace fica bem de frente a um dos ícones da cidade, o prédio Metropolis.

20131031-210246.jpg

De lá também é possivel ver o topo do Palacio de las Comunicaciones na Plaza Cibeles e toda a Gran Vida, que vai se iluminando aos poucos a medida que o noite cai.

20131031-210307.jpg

E claro que o por do sol super dramático e colorido ajudou bastante!

Mas fica a dica! Principalmente para os dias de céu azul (que sao muitos) e temperatura agradáveis, a cobertura do Ada Palace é outra excelente opção de um lugar pra tomar umas “copas” e uns “tapas” em Madrid!

 

Ada Palace Hotel

Gran Via 1, Madrid

 

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
4
01
Nov
2013
Madrid: Mercado de San Anton
Escrito por Adriana Miller

Uma das minhas ultimas viagens a Madrid, aproveitei a visita para conferir como estava o Mercado San Miguel depois da reforma, e me surpreendi!

Então enquanto passeava pela cidade com uma colega aproveitamos pra procurar um lugar legal pra comer: queríamos algum lugar que fosse animado, mas não muito formal, e que service comida típica Espanhola e de qualidade!

20131031-205903.jpg

Mas um grande problema de comer bem na Espanha eh que os restaurantes só abrem muito tarde! Muito raro ver um restaurante que começa a servir jantar antes das 8:30 ou 9 da noite, o que eh tardíssimo pra os padrões dos Ingleses e dos Europeus do norte.

20131031-205736.jpg

E foi ai que pensei novamente nos mercados – mas como estávamos fora de mão pro San Miguel, fomos ao Mercado de San Anton, no bairro Chueca (ao norte da Gran Via) que também foi recentemente reformado e modernizado e esta super legal!

20131031-205811.jpg

Ele não é tão grande nem tão diversificado quanto o San Miguel, mas tem uma mistura boa de mercado/feira, com restaurantes mais formais e “barraquinhas” de tapas – que é a parte que mais gosto nesses mercadinhos.

20131031-205751.jpg

Assim pudemos provar um pouquinho de cada coisa, pedindo diferentes “tapas” de diferentes lojinhas, provando bastante coisa legal sem ficar empanturrada.

20131031-205827.jpg

E outra vantagem? Ótimo preço, já que cada opção de tapas varia entre 2 e 6 Euros (então o meu jantar completo, incluindo uma taca de vinho, custou 15 Euros).

20131031-205842.jpg

E pra quem também quiser aproveitar a deixa pra levar alguns souvenirs típicos da culinária Espanhola, lá no mercado tem uma barraquinha incrível de queijos e embutidos regionais!

Mercado de San Anton

Calle de Augusto Figueroa, 24 28004 Madrid

 

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
2
27
Jun
2012
Madrid: Marcado de San Miguel, o novo point gastronomico
Escrito por Adriana Miller

No comeco de Maio estive em Madrid a trabalho e tive a tarefa de servir de guia (e tradutora) para dois colegas (uma Inglesa e um Americano) que nao conheciam a cidade.

Infelizmente nao sobrou muito tempo pra explorar a cidade, mas como queria leva-los pra jantar em alguma lugar central e bem “tipico” me recomendaram o Mercado de San Miguel!

20120614-195924.jpg

O engracado eh que eu ja conhecia o Mercado das epocas que eu morava em Madrid, mas nunca dei muita atencao, e na epoca nao pasava de um mercadinho meio caindo aos pedacos.

Ultimamente passei por la algumas vezes e vi que aparentava estar reformado, bem iluminado e sempre lo-ta-do de pessoas, mas nunca tinha parado pra reparar extamente noque estava acontecendo!

20120614-195954.jpg

Apos a reforma total, o Mercado de San Miguel, bem ali na vizinhanca da Plaza Mayor virou o principal point gastronomico da capital Espanhola, e simplesmente imperdivel!

Eh como se fosse um Borough Market, soh que muito mais estiloso, e mais Espanhol impossivel!

20120614-200010.jpg

La dentro eh um mega galpao, tudo no esquema de barraquinhas e balcao de bar.

Sem mesas, sem garcon e sem formalidades – se voce der sorte conseguirah se encostar num balcaozinho; Se nao, coma em pe mesmo.

20120614-200031.jpg

Va passando pelas barraquinhas gourmet e balcoes de bar e va escolhendo suas porcoes de tapas, escolhendo entre croquetas, os mais variados tipos de queijos e frios, frutos do mar, pintxos, paellas, azeitonas temperadas, paes, e oque mais voce conseguir carregar.

20120614-200053.jpg

Depois de uma passadinha no bar de vinos, escolha sua safra (ou va de tinto de verano mesmo!), e listo!

Manjar dos Deuses latinos pra ninguem botar defeito!

20120614-200137.jpg

Sem falar no clima, claro, no maior estilo fiesta que so os Madrilenos sabem fazer. Eh verdade que tinham bastante turistas por la, mas a grandissima maioria mesmo eram Espanhois e Madrilenos a pasarselo bien!

20120614-200204.jpg

Os precos tambem sao otimos, e voce pode gastar mais ou menos, dependendo doque (e quanto) quer comer, com precos por porcao comecando com 1€ ate quase 10€ – mas a maioria das tapas ficam na casa dos 3€ a 5€ Euros.

Meu jantar todo nao passou dos 15€ e comi muito, e muito bem!

20120614-200224.jpg

Mercado de San Miguel

Plaza de San Miguel, s/n,

28005, Madrid

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens
14
17
Nov
2011
Madrid: Ramses. Food & Life.
Escrito por Adriana Miller

Outra descoberta essa semana em Madrid foi o badalado restaurante/bar/club “Ramses. Food & Life“, aos pes da Puerta de Alcala.

A receita de sucesso foi simples e atende por um nome: Philippe Starck. O designer Frances tem o poder de dar fama e glamour instantaneo em todas as suas criacoes, e sobretudo em suas colaboracoes na decoracao de restaurantes e hoteis (como por exemplo o “Asia de Cuba” em Londres, ou o “Kong” em Paris).

Com o novissimo Ramses em Madrid nao poderia ser diferente.

O Ramses tem a filosofia de ser uma area recreativa, nao apenas um restaurante. Seus tres ambientes se complementam, mas ao mesmo tempo tem estilos e propostas bem diferentes: Bem na entrada esta o “Cocktail Bar“, que tem um estilo que poderia ser facilmente identificado como Starckiano, com as “Ghost Chairs” com o bar branco, liminarias gigantescas e muita luz neaon.

Ja o “Pettit“, que eh o restaurante principal, tem um estilo bem diferente, uma coisa meio favela-chic-barroca: mesas e cadeiras bem altas, uma arte meio grafitti nas paredes e teto, cores escuras e tudo descombinado aqui-e-agora num ambiente escuro e com muitas velas e vidro.

E o “Club” no andar de cima que eh onde rolam as nights nos fins de semana e as festas privadas fashionistas. Ah! E tem tambem o “Bistro”, que eh um salao/restaurante para grupos particulares, onde voce pode reservar todaa  (pequena) area para um jantar prive.

O menu nao poderia ser menos espanhol, e segue a linha “internacional”, e apesar do sucesso que esta fazendo em Madrid, a critica culinaria nao eh seu ponto forte – eu pedi o “Bacalao Negro” e a-do-rei, mas no pais da paella, realmente o tamnho das porcoes deixa a desejar!

Mas como era de se esperar num lugar desses, apesar de realmente ter uma comida minuciozamente preparada e de padrao internacional, o Ramses eh o tipo de lugar onde voce vai pra ver e ser visto e nao necessariamente pra encher a panca de jamon!

A unica coisa que eu nao gostei foi que eles nem sequer abrem suas portas antes das 9 da noite – que super normal na Espanha, mas depois de tantos anos na Inglaterra eu sofri de fome ate finalmente chegar a hora do jantar – e soh quando fomos em bora, la pras 10 e pouco da noite eh que o restaurante finalmente estava ficando cheio!

Para jantares em fins de semana, acho recomendavel fazer reserva com antecedencia.

http://www.ramseslife.com/

Pza. independencia, 4

Puerta de Alcalá, 28001 Madrid

 

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
6
15
Nov
2011
Madrid: El Sobrino de Botin
Escrito por Adriana Miller

Essa semana aqui em Madrid esta sendo movimentada com vários eventos com a equipe, oque geralmente significa ótimas dicas dadas pelos “locais”.

20111115-131151.jpg

Acho que talvez essa seja a principal vantagem das viagens a trabalho – se por um lado nao tenho muito tempo pra “aproveitar” as viagens, por outro lado acabo conhecendo lugares aos quais nao conheceria caso estivesse apenas de passeio. E em Madrid nao eh diferente, principalmente porque a turma daqui eh super animada, e qualquer motivo vira motivo de comemoração, que por sua vez vira motivo pra sair “de marcha”.

20111115-131157.jpg

Entao ontem fomos norestaurante historiaco “El Sobrino de Botin“, que nao so eh o restaurante mais antigo de Madrid, mas tambem esta no livro Guiness de Recordes como o restaurante mais antigo do mundo!

20111115-131224.jpg

Estabelecido em 1620 como uma hospedaria para comerciantes que viajavam por toda Penisula Iberica para participar dos festivais e mercados na Plaza Mayor de Madrid, o Botin acabou se estabelecendo como uma instituicao, ate que em 1725 foi reconhecido como restaurante e assim permanece ate hoje.

20111115-131237.jpg

Alem de ser reconhecido como ainda ter uma das melhores cozinhas tradicionais Espanholas (eles ainda usam o mesmo forno a lenha do seculo 18!), o Botin tambem faz parte da historia do pais.

20111115-131311.jpg

Por exemplo, foi aqui que o pintor Francisco de Goya trabalhou como garcon antes de ser aceito na “Academia Real de las Artes” (e que o transformou no pintor oficial da Corte Espanhola no final do seculo 18), alem de ter aparecido como “cenario” em varias obras classicas da Literatura Espanhola, e mais tarde tambem na literatura Internacional.

20111115-131302.jpg

Suas principais “aparicoes” foram na novela do escritor Espanhol Benito Perez Galdos, e depois foi alcado a fama internacional ao servir de “escritorio” a Ernest Hemingway, que tinha sua mesa cativa no canto do salao, onde ele almocava todos os dias e escrevia seus textos, e usou o Botin como cenario de algumas cenas no livro “The Sun Also Rises”.

20111115-131215.jpg

Mas o principal motivo pelo qual o Botin esta nos livros dos recordes nem eh por sua data de inauguracao, e sim pelo feito de estar ha quase 300 anos sob direcao da mesma familia (nunca foi vendido nem comprado, e ainda eh 100% um negocio familiar), mas principalmente por nunca ter fechado suas portas, no mesmo endereco na Calle Cuchilleros mesmo durante varias guerras mundiais, Guerra Civil Espanhola, ditaduras e incontaveis crises economicas.

20111115-131205.jpg

Sua especialidade sao os assados (principalmente cordeiro e lombo), que ainda sao feitos diariamente no mesmo forno a lenha original (que inclusive por ser visitado, como “atracao turistica” durante algumas horas do dia) e a carta de vinhos Espanhois tradicionais que ainda sao armazenados na adega (assustadora) cavada no sub-solo da casa, tambem parte da estrutura original de 1600.

20111115-131251.jpg

 

A comida nao decepcionou, e apesar de nao comido a “especialidade” da casa, as espanholas da mesa concordaram que mesmo que a quantidade incrivel de turistas e a fila na porta, o Botin nunca perdeu sua essencia Madrilena e ainda serve os melhores assados da capital.

O restaurante esta sempre MUITO cheio, entao reserva eh essencial!

C/ DE LOS CUCHILLEROS, 17 28005 Madrid, Spain

+34 913 66 42 17

 

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
10
23
Jan
2011
Finos Y Finas – Madrid
Escrito por Adriana Miller

Mais uma dica de restaurante em Madrid, que as meninas do escritorio me levaram pra jantar da ultima vez que estive por lá.

O Finos Y Finas fica no bairro Salamanca, que é um bairro cercado de predios e lojas de luxo por todos os lados. Mas na verdade, o Finos Y Finas, apesar de sua localização privilegiada, é um restaurante relativamente simples, e que tem atraido atenção da midia e dos Madrileños por ter criado um novo conceito de “tapas” e comida tipica Espanhola.

Eles foram descritos pela restaurante El Mundo como uma “hobby” e centro de experimentações culinaria, pois os donso do Finos y Finas tiveram uma ideia genial e tem um menu “aberto”.

Eles tem um livro de sugestões de receitas onde qualquer cliente pode dar sugestões de melhoras nos pratos servidos, ou sugerir novos pratos, ou até mesmo deixar uma receita a ser experimentada pelos chefs!

Não é uma ideia genial?!

Então mais ou menos toda semana o menu tem alguma coisa diferente, ou então pode ser um menu completamente diferente da semana anterior, e eles descrevem exatamente como o prato foi preparado, ou então usam a mesma linguagem usada pelo cliente que sugerir a receita (é bem engraçado ler o menu e ver como eles descrevem a comida, pois definitivamente não é uma coisa comum entre restaurantes…).

Além disso o menu varia de acordo com a epoca do ano, e eles só utilizam ingredientes locais que da epoca, então no inverno os pratos usam ingredientes exclusivamente invernais, e no verão é tudo bem veronil.

O Finos Y Finas é bastante popular em Madrid, então sempre faça reserva (nós tivemos dificuldade pra conseguir mesa, mesmo no meio da semana, na baixa temporada…)! E eles tem dois restaurantes em Salamanca (Madrid):

Calle Espartinas, 6. Madrid.

Metro: Goya, Príncipe de Vergara

Tel: 91 575 90 69

Ou

Calle Don Ramón de la Cruz, 49. Madrid

Metro: Núñez de Balboa

91 577 93 79

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
7
14
Jan
2011
La Fuencisla
Escrito por Adriana Miller

Que eu adoro viajar nao eh novidade pra ninguem. E por mais jacoh que seja, eu (ainda) adoro viajar mesmo que pra trabalhar.

O unico problema de viajar a trabalho eh que eu acabo trabalhando mais que o normal, e a nao ser que seja uma cidade que vc ja conhece bem (que meu caso em Madrid), raramente da pra ver nem conhecer nada da cidade onde vc viajou pra trabalhar.

E digo que trabalho mais que o normal, porque alem do dia a dia do trabalho, ainda tem todo o clima de eventos e socializacao profissional que nao acaba!! Sabe aquela coisa de estar morta pra chagar em casa e se jogar no sofa? Entao, geralmente, numa viagem profissional, isso naoa contece, porque depois de um dia todo de reunioes, conference calls e afins, voce ainda tem que sair pra entreter clientes, conhecer fornecedores, ou fazer social com o pessoal do time (e pasar o jantar todo falando de mais trabalho).

Mas volta e meia isso acaba sendo super divertido!

Hoje por exemplo, passei a minha tarde toda com um fornecedor; Algumas reunioes de manha e tal, depois eles nos levaram pra almocar num restaurante tipico.

Ok, ne?! Sempre que venho pra cah, me tratam como uma gringa deslumbrada e tudo que me propoem eh algo super “tipico”. mas dessa vez, realmente eles cumpriram a promessa!

Entao essa dica de restaurante nao eh necessariamente uma dica, pois fica fora do centro de Madrid (e consequentemente, de dificila cesso pra quem esta de passeio pela cidade), mas eh o tipo do lugar, que por si soh, jah vale a viagem!

Entao eles nos levaram ao La Fuencilla, que esta nos “afueras” de Madrid, na cidadezinha de Mostoles.

Ja na entrada voce percebe que aquilo ali nao eh um lugar comum! O dono (o Don Gregorio) eh um viciado em Touradas e a cultura Tauromaquia da Espanha, e como seu sonho de infancia nao se realizou (virar toreiro, que eh uma profissao super tradicional e concorridissima na Espanha), seus restaurantes sao um verdadeiro altar de adoracao a todas as cosias Toradas y Flamenco!

Simplesmente sensacional!

As paredes sao cobertas com fotos dele e toreiros famosos, cantores de flamenco tradicionalissimos, posters “vintage” de muitas das touradas que ele ja assistiu ao longo de sua vida por toda Espanha, e o principal… suas pecas de colecionador: Cabecas de touro!

A tradicao Tauromaquia diz que se um touro matar o toreiro, o touro deve ser morto (e as vezes tambem atam a mae do pobre coitado do touro), entao o Don Gregorio viaja o pais comprando cabecas de touros em leiloes, e depois usa sua cabeca como decoracao de seus restaurantes!

E no canto de maior orgulho esta a roupa do Joselito, que eh um dos grandes astros das touradas na Espanha moderna, e um verdadeiro “Matador” (considerado por muitos como o grau maximo de “maches” entre os machos-latinos-espanholes).

E comida, claro, super tradicional Espanhola, sem frescuras e muito, muito boa! E claro, o fato de ser socialmente aceitavel na Espanha que um almoco profissional em plena quinta feira dure 5 horas e vaaaarias garrafas de vinho Rioja tambem nao cai nada mal.

Enao realmente o La Fuencisla eh bem fora de mao pra turistas, mas mesmo assim vale a pena a viagem (de taxi, ou de trem + taxi) pra quem quiser uma experiencia diferente e ultra tipica em Madrid!

La Fuencisla

Careterra Extremadura, Km 23,200 (Junto al parque Coimbra)

Mostoles

+34 916472289

Categorias: Espanha, Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
19
02
Dec
2010
Direto ao ponto em Madrid: Onde comer, onde comprar, onde badalar!
Escrito por Adriana Miller

Onde comer:

Restaurante St James – Considerado uma dos melhores restaurantes de paella da cidade, e com 3 enderecos diferentes, tamanho o sucesso que faz! O custo fica em torno de 50 Euros por pessoa, incluindo um bom vinho Español, entrada e MUITA paella! Nao deixe de pedir uma paella (de frutos do mar, de frango com coelho, ou a tradicional, que mistura um pouco de tudo!) e Lula a la Gallega e/ou Gambas al alioli (Camarao a alho e oleo) de entrada!

Paella de frutos do mar do St James

Cerveceria Cien Montaditos – Imposival viajar para Madrid e nao comer pelo menos 1 dos famosos “montaditos” espalhados pela cidade! A rede eh super baratinha, e cada “montadito” custa apenas 1 Euro! E nao faltam opcoes… no total eles tem 100 opcoes de recheio para seus mini-sanduiches com mini bisnaguinha assadas na hora, na propria loja. Se for verao, aproveite para sentar nas mesinhas da calcada e beber um “tinto de verano” (mistura de vinho tinto com “Gaseosa”, uma limonada com gas super doce) e se for inverno, opte por uma jarra de sangria!

La Musa: Imposivel pensar em Espanha e nao pensar em “Tapas”, certo? As opcoes sao infinitas e eh quase imposivel recomendar um unico restaurante! As melhores areas para sair para comer em Madrid sao os bairros “La Latina” que tem dezenas de barzinhos de “tapas” e “pintxos” um ao lado do outro, e em “Malasana”, e tem igualmente dezenas de restaurantes super legais um do lado do outro. Porem Malasana tem um clima mais moderno, mas conteporaneo, enquanto que na La Latina eh uma coisa mais boteco mesmo, de comer em peh no bar, batendo papo com estranhos (Madrid eh mesmo uma cidade maravilhosa!). MInha dica em Malasana eh o restaurante “La Musa” que tem otimas opcoes de pratos que fazem uma releitura conteporanea a alguns dos pratos tipicos Espanhois. Lah os esquema eh pedir muitas porcoes pequenas de tapas diferentes, e ir comendo de tudo um pouco. Os precos sao bem amigos e variam entre 5 e 15 euros, entao dah para comer bastante sem ir a falencia!

Tapas do La Musa

Churreria San Gines : Nao ha nada mais Madrilenho no mundo doque terminar a noite (ou comecar o dia) comendo um churros com chocolate quente na Churreria San Gines. O cafe fica escondido numa ruazinha atrás da Igreja San Gines, nos arredores da Puerta del Sol, e serve básicamente churros e chocolate quente. Voce pode escolher se quer o churros mais grosso ou o mais fininho, que deve ser comido mergulhando no chocolate quente, que eh o mais cremoso que vc vai provar na vida! A prova da qualidade eh que a Churreria jah existe a muitas decadas, fica aberto praticamente 24 horas por dia e NUNCA esta vazio, a qualquer hora do dia, ou a qualquer hora da noite!

Churros y Chocolate na San Gines

Já se a intenção não for sentar para comer e apenas “picar”, como disse acima os bares de tapas e Pinxtos da La Latina são os melhores da cidade! A dica não é nenhum lugar especifico, e sim sair do metro La Latina e seguir o fluxo de pessoas bairro abaixo, e entrar em qualquer restaurante que tiver espaço! A area é bastante popular entre os Madrileños e esta sempre lotada, qualquer dia da semana!

La Latina

Pintxos são mini sanduiches abertos adorados pelos Madrileõs!

Compras:

Madrid como uma boa capital Europeia tem todas as lojas e marcas possiveis e imaginaveis! Entao minhas dicas serao divididas por “areas” da cidade e oque vc pode encontrar em cada rua/bairro, jah que as opcoes sao muitas!

Designer descolado: Na Calle Fuencarral estao concentradas todas as opcoes de marcas designer mais moderninhas e voltadas ao publico jovem. A rua, que a principio asusta um pouco (eh bem estreita e meio escura) esconde nomes como Redley, Diesel, Pepe Jeans, e lojas Flagship da Converse, MAC, Sephora, Miss Sixty, Puma, Adidas, etc. Elas estao uma ao lado da outra, tocando musica o tempo todo e com decoracoes super legais!

Calle Fuencarral

Designer deluxe: Jah se voce quiser encontrar marcas mais Premium e deluxe, a melhor opcao eh a Calle Velásquez, perto da estacao de metro “Salamanca”. Ali voce encontra lojas das marcas Dior, Salvatore Ferragmo, Carolina Herrera, Hermes, Luis Vuitton, Gucci e todos os outros designers que vc puder imaginar, incluindo muitos exclusivos Espanhois, que difícilmente serao encontrados em outros lugares do mundo.

Fast Fashion: Em se tratando de fast fashion, nao ha melhor lugar do que a regiao da Puerta del Sol, que fica na area bem central de Madrid! Entre as ruas Calle Pricesa, Calle Carretas e Gran Via voce vai encontrar lojas enoooomes flagships de todas as grandes marcas internacionais de fast fashion, e principalmente as marcas Españolas, como Zara, Mango, Bershka, Pull and Bear, Stradivarius, Sfera e Blanco, entre muitas outras, alem das marcas internacionais H&M e Top Shop. A Top Shop de Madrid eh bem pequena, mas mesmo assim vale a pena a visita, e a H&M da Calle Princesa eh uma das mais organizadas que jah fui! (geralmente a H&M eh uma ZONA, mas por algum motivo cosmico, essa de Madrid eh super organizadinha e facil de achar pecas legais – missao imposivel em outras lojas da marca…). Alem disso, bem na praca da Puerta del Sol tem uma Sephora e varias outras perfumarias, uma do lado da outra.

Puerta del Sol: Conectando Calle Princesa, Calle Carretas e Gran Via

Barbabas: A grande dica de compras em Madrid sao os Outlet das marcas Espanholas! Nenhuma viagem a Madrid estara completa se voce nao der uma passadinha na ponta de estoque da Zara e da Mango! Infelizmente, como todo outlet, oque vc vai encontrar eh meio loteria… as vezes dah para renovar o guarda roupa, mas muitas vezes soh tem trapo!Mas jah consegui comprar grandes achados como camisas sociais por 5 Euros, sapatos por 10 Euros, trench coats e sobretudos por 30 Euros, blusinhas de linha por 8 Euros, etc.

Lefties, a versão outlet da Zara na Espanha

A Zara Off eh conhecida como “Lefties” (fazendo um trocadillo com a palavra Inglesa “left over” – sobras) e tem duas super lojas em Madrid: uma na Aveninda Gran Via, bem ao lado da loja normal da Zara, e a outra na rua Calle Carretas, tambem ao lado da loja da Zara. E além da Zara a Lefties vende peças com desconto de todas as marcas da rede Inditex: Massimo Dutti, Stradivarius, Berska, Pull and Bear, entre outras.

Lefties da Gran Via, bem do lado da nova Mango e da nova Sephora

Jah a Mango Off tem mais opcoes de pecas de qualidade em abundancia, mas os precos nao sao assim taaaao mais baixos que a loja normal. Mas sabendo procurar bem, jah comprei clutches por 3 Euros (tipo 1/15 do preco normal), e blusinhas e saias por menos de 10 euros, sem falar nos cintos, lencos, sapatos, bolsas etc. A Mango off esta no segundo andar da loja Mango da rua Calle Fuencarral (nao tem propaganda nenhuma na porta, tem que entrar na loja “normal” da Mango e ir lah pro fundao e subir as escadas).

Loja da Mango na Calle Fuencarral - a loja Outlet esta no andar de cima

Lojas de departamentos: A loja de departamento mais famosa da Espanha, e que pode ser achada em qualquer grande cidade do pais eh a “El Corte Ingles“. Eles tem de tudo: comida, papelaria, cosmeticos, livros, eletronicos, perfumes, e muitos andares dedicados a roupas, sapatos e moda! Se voce esta atrás de alguna marca de make ou perfume que nao conseguiu achar na Sephora ou em perfumarias de rua, vah no El Corte Ingles porque eles terao com certeza!

Mercadinhos: O mais tradicional de Madrid eh o “Mercado del Rastro” que acontece todos os domingos na cidade, na area que vai entre os bairros de Anton Martin e La Latina. Lah eh possivel encontrar de um tudo, desde otimos pecas de arte, artesanato local (alguns muito bons, e outros meio buginganga!), ateh roupas legais e muita porcaria e artigos falsificados… Se voce pretende comprar oculos, carteiras, cintos, bolsas e afins falsificados (Não, desculpe, a moda agora é chamar falsificado de “inspired”…), lah eh o seu lugar!

Baladas:

Madrid eh uma cidade que vive na noite 7 dias por semana. Eh uma coisa que jah faz muito parte da cultura dos Espanhois, sair todo dia, encontrar com os amigos, comer “tapas” e beber “cañas” pelas ruas.

Entao geralmente nao tem erro, pois voce sempre vai conseguir encontrar alguna coisa para fazer a noite, em qualquer dia da semana, que atenda aos mais variados gostos!

Uma das baladas mais famosas de Madrid eh a “Kapital”, que eh uma super-mega estrutura, um predio inteiro de 7 andares, distribuido em inumeras pistas de danca, agradandos aos gostos mais ecleticos! Tem a pista do techno, tem a pista do pop, tem a pista do rock, de musica latina, launges, etc. Imposivel nao achar alguna coisa que te agrade na Kapital, que fica nos arredores do Metro “Atocha”.

Pacha: A Pacha nao soh eh uma das baladas mais famosas de Madrid, mas tambem do mundo. Quase todas as grandes capitais Europeias tem uma filial da Pacha, que comecou em Madrid e tem seu auge todos os anos no verao de Ibiza! A Pacha de Madrid fica na praca Tribunal (metro de mesmo nome) e nao eh tao grande quanto a de Ibiza, mas esta sempre lotada! Uma boa dica, eh que por lah, a balada nao comeca antes das 2 ou 3 da manha! Entao faca como os locais e vah “aquecer” em algum bar na redondeza (Tribunal eh uma outra parte da cidade cheia de barzinhos legais) como o Milenium ou Cherokee, ou entao entre no clima Madrileno e faca um “botellón” na praca com os locais e leve sua propria bebida e fique por lah, ao ar livre!

Palacio de Gaviria: Mas se a sua parada nao for musica eletronica, uma otima opcao eh o “Palacio Gaviria” que fica na Calle Arenal, entre a Puerta del Sol e a Plaza Mayor. Essa boate foi construida num predio historico, uma antiga mansao do seculo 19, e seus 13 quartos/ambientes foram transformados em diferentes pistas de danca, cada uma com seu DJ e estilo musical, e todas animadas por Go Go dancers! Eh o tipo de balada para dancar ateh o peh nao aguantar mais! Tocando muito pop, rock, hip hop, e juro que uma vez jah ouvi o “Bonde do Tigrao” lah! Hahahahaha! Eh uma daquelas baladas para ir com as amigas e dancar ateh nao aguantar mais!

Sala Heineken

Sala Heineken Princesa (Antiga Sala Arena): Fica na Calle Arena, bem pertinho da Plaza de Espana (ao sul da Gran Via) e eh uma das baladas que mais duram em Madrid, e normalmente eh um lugar que tem muitas after parties tambem. Sao duas pistas enooormes, uma onde toca basicamente techno e musica eletronica, e outra onde de toca de tudo um pouco: pop, hip hop, musica Espanhola etc.

Alem dessas dicas “diretas ao ponto” eu tambem já dei dicas de hoteis e albergues em Madrid para agradar a todos os bolsos e gostos, dicas de passeios nos arredores da cidade, e claro, um roteiro de viagem especifico para Madrid e como ir e voltar do aeroporto Barajas.

Categorias: Compras, Espanha, Madrid, Passeios & Roteiros, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
15
29
Nov
2010
The PentHouse – Madrid
Escrito por Adriana Miller

Numa das minhas ultimas viagens a Madrid as meninas que trabalham comigo me levaram pra conhecer um bar super legal no centro de Madrid, na Plaza Sant’Ana – o The Penthouse que é o bar na cobertura do Hotel ME.

O predio do hotel é lindo, num predio historico que domina a paisagem da Plaza, e o bar é sensacional! É uma opção perfeita pras noites calorentas de verão Madrileño mas parece que eles tambem tem uma otima infraestrutura montada para os meses de inverno (e alem do bar na cobertura eles tambem tem uma area fechada com um restaurante).

A vista lá de cima é espetacular, com o panorama do centro da cidade toda!

Sem falar é claro que o bar é bem legal, com opções interminaveis de tapas e cocktails – e apesar das aparencias os preços são na mesma media que qualquer outro tapas bar da cidade.

O terraço do bar é bem grande, mas as mesas são limitadas, então é recomendavel fazer reserva pra quem quiser comer por lá – ou então é uma otima opção pra fazer um esquenta antes de se entregar a noitada Madrilenã da região de Huertas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Madrid, Restaurantes, Viagens, Viagens pela Espanha
7