29
Jun
2005
Tarifa III, IV
Escrito por Adriana Miller
To meio de saco cheio de falar todo dia sobre a mesma viagem, entao vou contar logo tudo de uma vez… Vai ficar super longo, mas se cansar é só ler por partes…

TARIFA III

Na sexta feira eu estava meio rabugenta, pq além de ter dormido super mal na barraca, ter sido devorada pelos mosquitos e morrido de frio, ainda fui mais uma vez acordada cedo pela Johanna que queria madrugar na praia tostando como um frango assado, pq enquanto eu estava totalmente ardida do dia anterior, ela estava em pleno desenvolvimento do projeto “norueguesa negona vai abafar na volta à escandinavia”. Mas tudo bem… o mau humor durou pouco, afinal eu tb nao ia querer ficar bundiando no camping o dia todo. Se é pra nao fazer nada, que seja boiando no oceano atlantico querido do meu coraçao.
Muito contrariada, fomos pra Playa Bolonia. Eu estava contrariada pq queria ter ido pra outra praia, onde estava a “galera”. Mas tudo bem, só reclamei um pouquinho, pq afinal concordo que tinhamos que conhecer todas as praias.


Playa Bolonia

Eu odeio dizer I told you so (Mentira! Adoro!!), mas chegamos na praia e era exatamente como eu tinha previsto: Apesar de linda de morrer, a praia era povoada por familias alamãs farofeiras e cor de rosa. Nada contra. Fiquei na minha, tirei meu cochilo, joguei meu frescobol, e de quebra (já que a praia estava vazia e tinha clima de farofa no ar) ainda protagonizamos uma seçao de fotos estilo garotas do fantastico que ficou absolutamente hilaria!!!


Quando eu digo farofa, I really mean farofa!

No fim do dia fomos conhecer o porto/farol de Tarifa, que já foi um dos portos mais importantes do mundo, que ligava o ocidente ao oriente, e turisticamente falando é uma coisa de te fazer suspirar de emoçao. Me senti literalmente “no mapa”. É exatamente ali que os dois mares de encontram… do lado esquerdo o mediterraneo, do direito o atlantico, com um por do sol caindo direto na agua, e como o dia estava super limpo, ainda tinhamos a vista da Africa ao fundo… Queria poder conseguir escrever todos os sentimentos e emoçoes que passaram por mim enquanto estava naquele porto. Quem gosta de historia e geografia como eu, sabe o quanto esses miseros metros quadrados foram importantes pra humanidade.

Nosso jantar como nao podia de ser, foi peixe fresco e muito marisco! Como o vento nao dá tregue por essas bandas, fizemos nosso botellón dentro do carro mesmo, e fizemos uma bagunça e uma sujeira incrivel!! Ainda bem que o carro era alugado!

A night foi tranquila, alguns bares, fechando com a maior (e unica) discoteca da cidade, mas o ritmo noturno aqui nao é toa havy quanto Madrid.

TARIFA IV

Hj acordamos cedo com um incentivo a mais!!! Iamos fazer um Whale Watching (avistamento de cetáceos) no estreito de Gibraltar!!!
Nem sabiamos disso, conhecemos por acaso o dono da empresa, e como tinhamos duas biologas no grupo (Johanna e Arianna) e as outras leigas adoram um golfinho nao resistimos ao passeio, apesar do salgado preço…
Por azar nosso, o vento estava muito forte de manha e nao pudemos sair na lancha… Que decepçao… iamos ter uqe esperar até as 5 da tarde pra sair com o barco grande.

Pra passar o dia, fomos (finalmente) pra Playa Punta Paloma, que é, de longe, a mais bonita e mais agitada de Tarifa. Na verdade teriamos pouco tempo pra ficar lá, e decidimos que hj nao era dia de bundiaçao.

Reperem na quantidade de Kites e Velas de wind no agua!!

Subimos as dunas de areia e tiramos muitas fotos da paisagem. Rolamos na areia que nem croquete e fizemos muita palhaçada!!
Descemos das dunas pelo outro lado e fomos andando até o poço de fango e argila, que dizem, faz bem pra pele. Na verdade eu nao estava nem aí se essa parada fazia bem pra pele ou nao, eu queria era tirar fotos de todo mundo lameado!!!

Na parte da tarde, finalmente voltamos pro porto pra ir fazer o passeio de barco.
OH MY GOD!!! É tudo que posso falar pra vcs! Serio mesmo!
As fotos ficaram pessimas, como eu já imaginava, mas ver uma baleia a alguns metros de distancia, ver varias especies de golfinhos saltando em volta do barco, e estar alí, no meio do estreito, entre doi mares, dois continentes, tantos culturas, tantos mundos… Foi demais pra mim… Emoçao e alegria transbordando por todos os poros, nao aguentei e liguei pra casa! Sabia que naquela hora de um sabado iria pegar a familia toda junta e tinha que dividir com eles a felicidade que estava sentindo! Surreal demais… Bom demais…
E melhor de tudo: consegui passar o apsseio todo sem passar mal (sempre passo mal em barcos!), ao contrario de umas 10 pessoas que vomitaram o tempo todo (gostaram do detalhe?!).

De noite nao teve night… Um jantarzinho mexicano bom e barato pra encher a pança, e cama, pq no dia seginte eu tinha que encarar 8 horas de estrada pra voltar pra casa.

 

 

Categorias: Tarifa, Viagens, Viagens pela Espanha
3
28
Jun
2005
Tarifa, dia II
Escrito por Adriana Miller

No segundo dia da viagem a Johanna nos fez o favor de acordar bem cedo pra irmos à praia; mas tudo bem pq realmente queriamos chegar cedo na praia, aproveitar bem o dia, e num camping é impossivel dormir até tarde mesmo…
Como estavamos a literalmente alguns passos da praia, resolvemos ir na praia do camping mesmo, que era otima! Uma pena que o vento a 300 km por hora nao nos deixava em paz, lutamos durante horas contra o vento e a areia que invade tudo!

Boa parte do dia foi de lezeira total… Un dolce fa niente delicioso… nadando, dormindo, e jogando frescobol. A praia estava meio vazia, provavlemente por causa do vento… mas ficamos lá até nao aguentar mais.

Depois fomos pro centro da cidade comer e comprar umas coisas, e tinhamos que estar prontas relativamente cedo (pros padroes espanhois) pq era a festa de Sao Joao na praia,e ia começar bem cedo.
Depois do alomoço/jantar foi inevitavel uma pequeña siesta, pq essa vida de vagabundagem na praia cansa que é uma desgraça! Mas os poucos minutos que cochilamos foi o suficiente pra deixar as 5 destruidas…

Obviamente chegamos atrasadissimas na festa, mas mesmo asism foi otimo!!
A lua estava super cheia e super baixa… incrivel!!!

A festa foi num hotel na beira da praia, bem estilinho luau, com churrasco e banda brasileira!! Me senti totalmente em casa!! No fim do show fui falar com os musicos e ficamos melhores amigas dos brazucas de Tarifa!

Nao aguentamos o ritmo da galera e nao seguimos pra festa seguinte (em outro hotel)… as 5 totalmente arrasadas de sono, estavamos do lado do nosso camping, e nao ia rolar pegar o carro naquela altura do campeonato pra encarar outra fiesta… Nem precisa dizer que depois nos arrependemos profundamente…!!
Eu e os mosquitos dormimos muito bem, obrigada.
 

Categorias: Tarifa, Viagens, Viagens pela Espanha
0
27
Jun
2005
Tarifa
Escrito por Adriana Miller

Essa viagem tb vou contar em partes, pq assim tenho assunto para semana toda!!
Era uma vez 5 meninas, uma brasileira, uma norueguesa e 3 italianas, que estavam sedentas por ver o mar, tomar um sol e fazer uma bagunça por aí.
Conversando relaxadamente num fim de semana Madrileño, estas 5 meninas resolveram que iriram viajar pra algum lugar na Espanha, e começaram a estudar as possibilidades.
Na verdade nao me perguntem como a ideia de Tarifa veio a nossa mente, mas acho que alguem conhecia alguem que já tinha ido lá e etc, e ao procurar informaçoes sobre a cidade na internet ficamos absolutamente apoixonadas pelo lugar!

Tarifa é a ponta mais ao sul da Espanha e da Europa, a pontinha do Estreito de Gibraltar. Ponto onde o mar Mediterraneo se junta com o Atlantico, separada do continente Africano por apenas 14 quilometros, e meca europeia do Wind Surf e Kite Surf.
Honestamente falando, as 5 mocinhas estavam muito mais ilusionadas com a ideia de todos aqueles surfistas fazendo Wind surf do que o estreito propriamente dito… Hehe

A viagem começou bem cedo na 4ª feira. Alugamos um carro (que ia sair o mesmo preço que ir de onibus, mas teriamos a liberdade de andar pra cima e pra baixo por lá), e rumamos ao sul do pais. As motoristas eram Francesca e eu, que nos revezamos durante as 8 horas de viagem.
A viagem foi beeeeem longa, eu nao aguentava mais, apesar de que o carro tinha ar condicionado (de presente, pq nao tinhamos lembrado desse detalhe) e que as auto estradas aqui sao otimas.

Quando finalmente chegamos lá, ainda tivemos que escolher qual camping iamos ficar e perdemos algumas horas percorrendo todos, comparando as instalaçoes, preços, proximidade da cidade, das praias, a frequencia (leia-se surfistas), etc… Por fim decidiamos pelo Camping Tarifa, na praia do Lance. O camping era todo bonitinho e novinho, e literalmente na praia, eu via o oceano atlantico da minha barraca.
Nos instalar por lá tb foi muito engraçado, pq pegamos algumas barracas emprestadas, e era mais doque obvio que nao tinhamos a menor ideia doque estavamos fazendo… O camping era altamente profissional, tipo, a gelera que estava lá vive pra acampar, e derrepente chegam 5 perdidas, com duas barracas (sendo que uma delas, a minha e da Johanna, estava incompleta) e nada mais. Mas tudo bem… nossa permanencia no camping seria restringida à tomar banho e dormir. Nada mais.
Uma vez instaladas, barracas montadas, banhos tomados, fizemos um jantar improvizado, um botellón dentro da barraca, rimos horroes e fomos desbravar a noite de Tarifa.

Resolvemos ir de taxi (nao me pergunte porque, já que estavamos motorizadas), desembarcamos direto no casco historico da cidade e fizemos um bar hopping particular. Como era 4ª feira, a cidade nao estava particurlarmente cheia, entao demos umas voltinhas, fomos a alguns bares, e conhecemos uns locais que nos disseram que no dia seguinte era o dia da festa de Sao Joao, com festas e shows na praia, que é a data que oficialmente ineugura o verao.

A volta pro camping foi um parto, pq simplesmente nao tinham taxis na cidade. Esperamos, esperamos e acabamos dormindo num banco na praça, e só acordamos quando a Arianna caiu do banco (dormindo) e rimos tanto, mas TANTO (nao tenho palavras pra expressar como esse momento foi hilario!!!!!) que resolvemos pedir carona pra voltar pro camping.
Uma noite mal dormida numa barraca que caberia meia Adriana dividida por duas meninas, num chao duro e com mosquitos famintos.

Cenas dos proximos capitulos!!!!

 

P.S: Nao tem nada a ver com o assunto, mas nao podia deixar passar: Bruno Motta, OBRIGADA PELO E-MAIL!!!!! AMEI!!!!

Mais fotos aqui

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Tarifa, Viagens, Viagens pela Espanha
0