14 Jun 2016
7 comentários

TV Everywhere: Mercados de Natal em Estrasburgo e Colmar

Alsacia, Colmar, Estrasburgo, França, Mercados de Natal, Natal, T.V. EveryWhere

Aêêêê!! E viva o vídeo mais atrasado da história!!! (que infelizmente nem é, pois estou devendo tantos vídeos por aqui!)

Estrasburgo e Colmar

Mas já que estou na vibe de atualizar tudo, e deixar o blog em dia, resolvi já postar logo esse vlog que fiz sobre nossa viagem a Estrasburgo e Colmar, na região da Alsácia, fronteira entre França, Suíça e Alemanha, para visitar os mercados de natal em Dezembro de 2015.

Mais dicas e detalhes sobre a viagem e os mercados, estão aqui:

Outros videos sobre mercados de Natal aqui:

E muitos posts e dicas de viagem sobre os mercados de Natal na Europa, aqui:

E como disse, estou aproveitando pra colocar vários vídeos em dia, além de estar gravando vários outros (sobre Beleza, gravidez, maternidade, Londres, etc), então não deixem de assinar o canal no Youtube (sempre posto por lá primeiro, e aqui fica só o aviso), e deixem seu “jóinha” e sugestões!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
7 comentários
21 Dec 2015
3 comentários

Mercados de Natal na Franca: “Marche de Noel” de Estrasburgo e Colmar!

Alsacia, Colmar, Dicas de Viagens, Estrasburgo, Europa, França, Mercados de Natal, Natal

Esse ano a nossa viagem annual para conhecer mercados de Natal foi na regiao da Alsacia, na Franca, bem ali na fronteira com a Suica e Alemanha.

IMG_3697

Eu sempre tinha ouvido falar na beleza da regiao, e o fato de Estrasburgo ter uma dos mercados de Natal mais tradicionais da Europa, mas sempre achava dificil planejar qualquer viagem rapidinha pra la, pois ate pouco tempo atras, Londres nao tinha voos diretos para a regiao.

Ate que no comeco do ano, eu estive na Basileia, na Suica algumas vezes a trabalho e descobri o quanto o “Euro Airport” eh pratico para explorer a regiao, pois fica exatamente na fronteira entre os 3 paises!

IMG_3709

Entao voamos de Londres para Basileia (Basel em Ingles, e Bale em Frances), e de la alugamos um carro (mais detalhes “logisticos” no final do post!).

A primeira parade foi Estrasburgo, a cidade simbolo da regiao da Alsacia!

Sae quando voce passa anos ouvindo falar sobre um lugar, mas acaba nao tendo tempo de pesquisar direito, e meio que nao sabe o que esperar?

Pois eh… a viagem acabou ficando corrida por causa de outros compromissos de trabalho, e nao tive tempo de dar muita atencao ao planejamento da viagem, cosia que de certa maneira acabou sendo otimo: Estrasburgo me pegou de surpresa, e eu simplesmente fiquei embasbacada com a cidade!

IMG_3740

Ja chegamos e fomos direto para a regiao da “Petit France”, onde o rio que cerca a cidade forma alguns canais, e as casinhas tem aquela arquitetura tipica que parece saida de um conto de fadas!

La, demos de cara com o primeiro (de 11!!!) mercados de Natal que pontuam a cidade.

IMG_3745

Fomos seguindo as vielas da Petit France sem rumo, tirando muitas fotos, ate chegarmos na Place Kleber, um dos principais marcos da cidade!

IMG_3741

Na verdade eh meio estrenho falar sobre os “pontos turisticos” da cidade, pois nao foi uma viagem nem uma visita tipica, pois fomos pra la com a unica intencao de visitar os mercados de natal, e nao necessariamente bater ponto em atracao turistica.

Mas ao mesmo tempo, Estrasburgo nao tem um unico Mercado grande, e em vez de concentrar as barraquinhas numa praca principal, ou algo do tipo, eles tem 11 mercadinhos, espalhados pelos principais pontos da cidade.

Entao apesar de que o foco eram as barraquinhas de natal, acabamos conseguindo ver bastante coisa da cidade!

E de ponto em ponto, chegamos tambem na praca da Catedral, onde outro Mercado rodeava a cidade.

Mas posso confessar?

O “Marche de Noel” (Mercado de natal) de Estrasburgo me decepcionou MUITO!

Eh um comentario meio conflictuoso, pois eu gostei TANTO e me surpeendi tanto com a beleza da cidade, voltaria com certeza e recomendaria sem duvida alguma!

Desde que nao seja para o Mercado de natal…

Sim, vale a pena visitar a cidade nessa epoca do ano, e as decoracoes deixam tudo ainda mais lindo e mais “faz de conta”, mas o Mercado eh bem fraquinho e sem graca, e pra quem quer fazer turismo, acaba que a cidade fica lotada e os precos ridiculamente inflacionados…

A principal atracao natalina na verdade sao as proprias casinhas e edificios da cidade, que ficam extremamente decorados, cada um com seu “tema”!

IMG_3759

IMG_3748

Maravilhosos! Chega a ser engracado, pois ninguem nas ruas anda olhando pra frente! hahahaha

Todos os turistas andam olhando pra cima, e com suas cameras apontadas para as fachadas das casas!

 

No dia seguinte fomos ate Colmar, outra das cidades simbolo da regiao – e que consegue ainda mais ser uma versao “mini” e mais fofa de Estrasburgo!

E olha, a ordem das cidades foi meio por acaso, mas que deu super certo! Pois apesar de bem menor, eu acho que se tivessemos ido a Colmar primeiro, e depois Strasbourg, acho que eu teria me decepcionado com Estrasburgo! :-)

Colmar tambem tem como atracao principal o rio, que forma canais e vielas pela cidade, principalmente na regiao conhecida como “La Petit Venise”, ou a “pequena Veneza”, com casinhas saidas de livrinhos infatis e inacreditavelmente coloridas!

E ainda demos muita sorte de pegar um dia de sol invernal maravilhoso, e o contraste do ceu Azul com as casinhas coloridas refletindo nos canais de Colmar, pareciam um mirage, de tamanha perfeicao!

Colmar tambem tem cerca de 5 mercados de Natal, espalhados ao redor de suas igrejas e Catedrais, e pracinhas principais, mas como a cidade eh bem menor, o “Marche de Noel” acabou tendo um clima mais unificado que eu gostei mais.

Mas assim como Estrasburgo, tambem nao achei que o Mercado propriamente dito foi grandes cosias nao.

Porque nao? Ok, ok que eu sei que ja fui a muitos mercados pela Europa, entao a expectative eh alta, mas ao memso tempo, justamente por ja ter ido a muitos otimos (e nao tao bons) mercados de natal pela Europa eu consigo “julgar” melhor o que faz de um Mercado melhor/pior.

Entao tanto Estrasburgo quanto Colmar, os mercados estavam muitos espalhados pela cidade, e alguns deles nao tinham mais de 3 ou 4 barraquinhas aglomeradas, vendendo itens totalmente aleatorios.

Foi quase impossivel achar comida por la que nao fosse paes e bolos (e geralmente as comidas sao a principal atracao desses mercados!).

E o mesmo com bebidas – volta e meia achavamos uma barraquinha vendendo “Vin Chaud” (ou Gluwein, ou vinho quente), mas mesmo isso era raro.

E como eu adoro vinho quente de natal, e adoro colecionar as canequinhas, fiquei ainda mais decepcionada com os copos de plastico em que era servido! Humpf!

Mas nao quero escrever um post muito ranzinza nao!

A viagem foi maravilhosa, nos divertimos muito e a regiao eh sensacional!! Vale demais a visita em qualquer epoca do ano!

 

Na Pratica:

– Como comentei bem no comeco do post, nos chegamos ate a regiao da Alsacia via Basileia, na Suica. Tambem eh possivel voar ate Estrasburgo, mas o aeroporto eh pequeno e os voos limitados. Para quem estiver em outras areas da Franca, ou no sul da Alemanha, viagens de trem sao uma boa opcao.

Mas vindo de for a da Europa continental, a melhor opcao de aeroporto grande/internacional eh Basel/Basileia, que fica bem na fronteira entre a Suica, Franca e Alemanha.

Aliais, adendo: eu acho esse aeroporto o maximo, e o suprasumo da internacionalidade! hahahah Na verdade ele eh minusculo, mas fica literalmente na “esquina” dos 3 paises, entao depois de passer pela imigracao e recolher sua bagagem voce “escolhe” qual fronteira quem cruzar, e sair pela porte de desembarque de cada pais. Eh ou nao eh o maximo?! #EuAcho

Ate os (mini) free shops sao diferentes, dependendo de qual pais voce optar entrar!

– De la alugamos um carro, e dirigimos por cerca de 1 hora direto ate Estrasburgo. Nem preciso dizer o quanto foi facil dirigir por la, e o tanto que as estradas sao maravilhosas, ne? Fronteira da Suica com Alemanha nao tinha como ser diferente!

IMG_3683

– Chegando em Estrasburgo, estacionamos o carro em baixo da estacao de trem (existem muitas opcoes de estacinamentos por la, mas como o centro da cidade estava todo fechado para os mercados de natal, tivemos que parar um pouquinho for a do centro historico).

– Para nossa estadia e “base” pela regiao, alugamos uma apartamento ultra fofo bem no centrao da cidade!

IMG_3756

IMG_3753

O “Apartaments Orfevres” foi um mega achado, e mesmo com os precos inflacionados dessa epoca do ano, foi uma otima opcao, com 2 quartos, uma mini cozinha e exatamente no olho do furacao da cidade!

IMG_3765

Nos achamos a rua meio que por acaso e nem acreditei no quao bem localisado estavamos hospedados!

Do-la-do da Cathedral de Estrasburgo, numa das principais ruas fofas da cidade, 5 minutos (andando!) da Place Kleber, 10 minutos da Peiti France, etc, etc. Enfim, maravilhoso!

Recomendo demais!

Alem de ter sido uma delicia ficar hospdada numa das casinhas tipicas fofas da cidade!! (mas que foi reformada de maneira super moderna e funcional por dentro!).

 

Quer conhecer mais mercados de Natal pela Europa? Eh so clicar aqui!

Planejando uma viagem para a Franca e a regiao da Alsacia?

Aqui você encontra todas as dicas e recursos para planejar sua viagem, e podemos cuidar dos detalhes práticos para você:

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
3 comentários
07 Aug 2015
5 comentários

Roteiro de Viagem pelo Vale do Loire e Mont St Michel (o que fizemos a cada dia da viagem e as dicas sobre viajar pelo Loire com criancas)

Baby Everywhere, Dicas Aleatorias & Genericas, Dicas de Viagens, Europa, França, Roteiros de Viagem, Vale do Loire, Viajando com crianças

Para finalizar a serie de posts sobre o Vale do Loire, nada melhor do que uma listagem redondinha sobre como ficou nosso roteiro de viagem pelo Vale do Loire e Mont St Michel, passo a passo, dia a dia.

Afinal, como comentei antes, planejar a viagem nao eh difícil, o complicado mesmo eh nao tentar fazer tudo-ao-mesmo-tempo-agora e conseguir resistir as tentacoes e “dicas imperdiveis” que voce vai receber pelo caminho!

E nao passamos imunes, e claro que uma vez estando la voce ve um folheto irrestivel, ou entao falta tempo num dia, mas sobra no outro, ou o clima da uma reviravolta e estraga o plano A.

roteiro de viagem pelo vale do loire

Entao no fim das contas conseguimos fazer tudo que tinhamos planejado inicialmente, e de quebra ainda conseguimos encaixar mais alguns outros castelos ou atividades bem legais por la – e lembrando que tudo foi feito com bastante calma, com tempo para curtir cada Castelo e atracao e respeitando o ritmo e rotinas da Isabella sem dramas.

Mas nao, nao vimos tudo. E sim, deixamos de lado o Castelo X que a amiga da vizinha disse ser imperdivel

roteiro de viagem pelo vale do loire

Entao nossa semana no Vale do Loire for assim:

(E o mapa que eu criei antes da viagem, mapeando nosso roteiro e dando uma ideia geográfica melhor da regiao)

 

– 1’ dia – (Sabado): saimos de Londres super cedo e pegamos um Eurostar em direcao a Paris.

Chegando em París, trocamos de estacao e pegamos um TGV em direcao a Tours, onde alugamos um carro e fomos ate Saumur.

– 2’ dia: Acordamos cedo e ficamos pela area de Saumur mesmo. A viagem da vespera foi longa e preferimos nao passar mais horas no carro.

Chateau de Saumur and bridge over the Loire

Pela manha fomos explorar o centro e o Castelo de Saumur, onde almocamos. A tarde fomos para a Abadia Fontevraud. 

Abbey of Fontevraud

Jantamos no Reine de La Sicile, em Saumur

 

– 3’ dia: Comecamos cedo e dirigimos ate o Castelo de Cheonceau, um dos principais castelos da regiao, e passamos a maior parte do dia por la.

Chateau de Chenonceau

A tarde, a pesar da chuva, esticamos o dia ate o Castelo de Amboise (eles ficam a cerca de meia hora de distancia, e facilimo de fazer no mesmo dia!).

Chateau de Ambois

A chuva atrapalhou bastante nossa tarde, mas conseguimos conhecer bem o Castelo e demos um passeio rápido pela cidade.

Jantamos a caminho de casa na estrada e passamos no supermercado de Saumur para reabastecer de vinhos e queijos pra curtir no hotel!

 

4’ dia: Mais um dia “local” pelos arredores de Saumur.

Comecamos pelo Castelo Villandry, e a tarde fizemos uma degustacao de vinhos na Cave Ackerman. A noite, fomos jantar na caverna dos Trogloditas.

Chateau de Villandry  

– 5’dia: Aprimeira parada do dia foi o Castelo de Chambord, o mais impresionante de todos os castelos! Demos sorte com o clima e entao aproveitamos para curit bastante o Castelo e seus jardins.

 

Chateau de Chambord

A tarde fomos ate o Castelo de Blois, que fica relativamente perto de Chambord (mas nao tivemos muito tempo por la). Exploramos o Castelo e acabamos voltando para casa, sem pasar muito tempo na cidade.

A noite jantamos em Saumur, no L’Escargot.

 

– 6’ dia: Nosso ultimo dia em Loire e tambem o dia que tinhamos que dirigir ate Mont Saint Michel. Mas nao resistimos e no caminho fizemos um detour ate o Castelo Usse!

A tarde toda foi na estrada a camino da costa da Normandia, onde fica o Mont Saint Michel. Chegamos cerca de 4 ou 5 da tarde e passamos a primeira noite por la.

Postcards!  

– 7’ dia: Mont Saint Michel (mais uma noite por la)

 

    898C4502.jpg

– 8’ dia: Acordamos e dirigimos ate Tours, onde passamos o resto do dia e devolvemos o carro alugado, mas nao deu tempo para muitos passeios pela cidade.

Ficamos hospedados no Hotel Oceania L’Univers, bem pertinho do centro da cidade e da estacao de trem TGV (de onde sairiamos de volta pra Paris na manha seguinte).

Hotel de Ville - Tours

 

– 9’ dia: Dia de voltar para casa! Fomos de TGV ate Lille e de la pegamos o Eurostar ate Londres.

 

 P.S. Todos os links correspondem os posts específicos de cada atracao!  

 

Dicas finais:  

A regiao do Vale o Loire eh bem grande e apesar de que muitos castelos e vilarejos ficam bem pertinho uns dos outros (e tentei agrupar essas atracoes no mesmo dia, para otimizar nosso tempo), a maioria das coisas legais para ver e fazer por la ficam bem longes uma das outras (entre 1 ou 2 horas de estrada), mas achamos que foi bem tranquilo de fazer tudo com carro alugado (foi bem mais fácil dirigir por la do que pela Provenca, por exemplo, que eh cheia de estradinha secundaria e vilarejos perdidos). As estradas sao otimas e super bem sinalizadas! Foi o tipo do lugar onde a “road trip” (dirigir por la) fez parte da atracao!

A nossa intencao nunca foi fazer uma viagem corrida, e conseguimos fazer bastante coisa – mas tambem gastamos um bom tempo por la (que valeu a pena!), totalizando 5 dias inteiros (e depois mais 2 dias em Mont St Michel, que tambem foi o tempo ideal).

Mas obviamente esse roteiro pode ser adaptado de acordo com quantos dias voce tenha disponivel.  

 

Vale do Loire e Mont St Michel com Criancas: 

A Isabella levou a viagem numa boa, ate porque planejamos nossos días de acordo com os horarios da rotina dela (como sempre tento fazer), dando bastante tempo para ela brincar e correr pelos palacios, castelos e jardins, mantendo seus horarios de refeicoes, e sempre coincidindo os horarios de estrada, com suas sonecas.

Isabella at the Abbey

A noite, ela sempre ia dormir em seu horario normal regradinho, e nos passavamos para area “social” do nosso quarto com meu sogro, abríamos uma garrafa de vinho Saumur Blanc e ficavamos papeando e planejando os passeios do dia seguinte (como expliquei no post sobre o hotel que escolhems ficar).

Bella enjoyed herself Something for everyone

Os hoteis onde nos hospedamos tinham berco para ela (eu sempre peco para reservar berco ja na hora da reserva do quarto, na caixa de comentarios do Booking.com), e alugamos uma cadeirinha de carro tambem ja junto com o aluguel do carro, entao nao precisamos levar a nossa cadeirinha de casa (eita trambolho!).

Nao tivemos a menor dificuldade em pedir cadeirao de bebe em restaurantes e cafes e achei a viagem super familia e fácil de se fazer com crianca pequena (ela tinha 1 ano e 9 meses na epoca).

Time for a nap

A única dificuldade foi mesmo com o carrinho, pois a maioria dos castelos sao cheios de escadas e corredores estreitos, muitos degraus ou simplesmente nao permitem a entrada de carrinhos de bebe.

Dad and Bella

Nos levamos a mochila dela e foi o acessorio mais usado da viagem!

Nem saia da mala do carro, mesmo nos días que levamos o carrinho tambem, porque sabiamos que em algum ponto do dia, iriamos acabar precisando da mochila!

Entao achei imprescindivel ter esse acessorio, seja um canguru (tipo Ergo Baby ou Baby Bjorn) para bebes menores ou uma mochila para criancas maiores (a nao ser que seus filhos ja sejam grandinhos o suficiente para aguentar as caminhadas e escadas).

Time for a run! A big smile

E por fim uma dica que eu postei no Instagram na época da viagem e que na verdade aprendi durante nossa viagem para Provenca, tambem na Franca, quando a Isabella tinha 5 meses:

A agua na Franca eh muito “mineralizada” (mesmo a de garrafa) e portanto nao eh recomendavel para a alimentacao de bebes e criancas pequenas.

Na Provenca a Isabella ficou com uma assadura horrivel e muita colica (coisa que ela nunca teve ate entao!), e so uns días depois descobrimos que foi por causa da agua, entao dessa vez nossa primeira providencia ao chegar na Franca foi comprar garrafas de agua especifica para alimentacao de bebes e criancas (a que nos foi recomendada foi a Evian Bebe, de tampinha rosa), e dessa vez ela nao teve problema nenhuma e ficou numa boa a viagem toda!

 

Planejando uma viagem para o Vale do Loire?

Aqui você encontra todas as dicas e recursos para planejar sua viagem, e podemos cuidar dos detalhes práticos para você:

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
5 comentários
Página 1 de 3112345678