03 Aug 2016
22 comentários

Disney ou não Disney? Eis a questão!

Baby Everywhere, Dicas de Viagens, Disneylandia Paris, Europa, França, Paris, Roteiros & Passeios, Viajando com crianças

Nos últimos anos, pós-Isabella eu ouvi muitos comentários surpresos em relação as nossas escolhas de destinos de viagem: “Nossa, vão para lugar X?!?” (insira aqui destino “exótico” da vez, e considerado por muitos como “não é lugar de criança” que nos visitamos numa boa nos últimos anos). “Porque vocês não vão pra Disney?”, perguntavam outros.

Não me leve a mal. Fui a Disneyworld (Florida) e Disneyland Paris várias vezes na minha infância e adolescência, e amei todas as vezes, mas assim que comecei a fazer umas viagens mais adultas e independentes, voltar a qualquer outra Disney nunca mais passou pela minha cabeça.

Engraçado que ate rolou uma mini-polêmica no meu Instagram durante essa viagem, um bate boca sem fundamento entre os apaixonados pela Disney, contra o time dos Disney-nem-pagando! E posso falar? Entendo perfeitamente ambos os pontos de vista!

A Disney, qualquer uma, é um lugar magico. Você se transporta para outra dimensão, um mundo paralelo onde tudo é lindo, divertido, maravilhoso. Um sonho. Mas por outro lado, o mundo (o de verdade, onde nos vivemos) é grande demais e interessante demais para limitar suas viagens e aventuras a um mundo faz-de-conta.

Então por muitos e muitos anos eu passei pro lado do pessoal “Deus-me-livre-guarde” e nem sequer cogitava a possibilidade de gastar tempo/dinheiro/energia indo pra Disney se eu poderia explorar castelos de verdade, conhecer culturas diferentes, e me aventurar pelo mundo (real).

Mas então, em 2013 a Isabella nasceu. E não, essa sensação e vontade de explorar o mundo não mudou nem um pouco. Queria mostrar o mundo “de verdade” pra minha filha, e não ficar “visitando” os países fake no Epcot Centre. Queria que ela convivesse com outras culturas, línguas, religiões e culinárias ao vivo, e não sentada no barquinho do “Small World”.

E sinceramente, acho que mandamos bem nesse departamento!!

Até que ano passado, com a Isabella já com seus 2 anos e meio, nos começamos a visitar outros parques de diversão… opções menores e mais locais, e nos surpreendemos com o quanto ela se divertiu e adorou aquela mundo “infantil” de cores, e brinquedos e montanha russas e afins.

E então começamos a pensar na possibilidade de que nos próximos anos, não conseguiremos mais evitar uma viagem para Disney.

Ate que no começo desse ano, quando descobri que estava gravida novamente, começamos uma mini lista de coisas que gostaríamos de fazer com nossa “filha única” antes do segundo baby chegar (até porque eles terão uma diferença de idade considerável, de mais de 3 anos e meio), e a ideia da Euro Disney entrou na conversa.

É perto e relativamente fácil pra gente, sem ter que transformar a visita ao numa viagem-evento. Um parque bem menor e mais fácil de explorar sem grandes compromissos, e que seria um bom ensaio para uma futura viagem para a Florida.

Debatemos e mudamos de ideia varias vezes… sem termos muita certeza se ela ia curtir tanto assim, e se seria uma boa ideia fazer uma viagem dessas enquanto gravida (não somos uma família muito de “princesas”, e tirando um desenho ou outro que ela assistiu na escola ou na casa de alguma amiguinha, e vestidos de princesas que ganhou de presente da família, nós não incentivamos muito isso nela, então ate pouco tempo atras ela não seria capaz de reconhecer muitas das princesas e personagens da Disney).

Até que uma promoção imperdível do Eurostar cruzou nosso caminho, e resolvemos pular de cabeça! Vamos para a Disney Paris!

Se nos arrependemos?! Na-na-ni-na-não!

Se voltaria mais mil vezes?! Com certeza!!

Ainda não sei quando teremos coragem de encarar a Florida de verdade, mas a Euro Disney foi a medida perfeita de tempo, intensidade e diversão para nos 3!

A Isabella se divertiu horrores (aos 3 anos e meio), e nós dois mais ainda, de ver a alegria dela!

Claro que com quase 8 meses de gravidez eu tive varias limitações no que poderia ou não fazer e participar, e no ritmo da viagem – mas sinceramente, justamente porque a Isabella ainda é bem novinha, conseguimos aproveitar bastante coisa nos 3 juntos, e o Aaron se encarregou do resto!

Eu recebi varias duvidas e perguntas nas redes sociais enquanto estávamos por lá, e vou responder todas elas nos próximos posts!

 

P.S. me perguntaram no Instagram e Facebook os créditos de algumas peças que usei nessa viagem, então aqui estão:

Tênis Adidas Superstar:

Tênis New Balance:

Meus óculos escuros:
(Cinza mesclado):
(Preto “aviator”)

Vestido preto:

Colete branco:

Vestido listrado

Colete “jaqueta”

Bolsa

Câmeras:

GoPro 

Canon GX7

 

Planejando uma viagem para a França e a Disneyland Paris?

Aqui você encontra todas as dicas e recursos para planejar sua viagem, e podemos cuidar dos detalhes práticos para você:

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
22 comentários
23 May 2014
6 comentários

Viajei assim: Paris (no inverno, mas com cara de primavera)

Beauty Everywhere, Europa, França, Fui Assim, Paris

Estou com varios posts atrasados para postar aquí no Beauty, mas antes que as novidades comecem a se embolar todas de novo, vou postar mais algumas coisas respondendo as duvidas das leitoras:

No comeco de marco eu estive mais uma vez a Paris numa viagem a trabalho – e aproveitei que mina reuniao era Segunda feira bem cedinho, e fui para Paris no domingo e consegui aproveitar bastante o dia por la (nao esquecam que as – muitas – dicas de Paris estao todas aquí!).

O clima foi uma surpresa muito agradavel! Na verdade o inverno aquí na Europa esse ano foi super ameno, e ate bem “quentinho” para padroes aqui do norte, mas em compensacao choveu o tempo todo, e tanto a Inglaterra quanto o norte da Franca foram assolados por muita chuva.

Mas quase que por milagre, aquele meu domingo em Paris estaba super ensolarado e temperaturas quase primaveris, entao nao precisei usar casacoes nem nada muito mais pesado.

Entao eu fui assim:

Bota: Tory Burch

Jeans: Levis (daquela linha otima “Curve ID”)

Cashmere: Zara

Jaqueta de couro: Zara

Colete de pelo: Top Shop

Bolsa: Balenciaga (modelo Classic Town)

E como a muito tempo nao posto sobre minhas roupas de trabalho, algumas leitoras puxaram mina orelha e cobraram mais looks. Entao aproveitei que estaba viajando e fotografei o que vesti para trabalhar em Paris (no dia a dia me Londres minhas manhas sao tao corridas que nunca da tempo nem lembro de ficar fotografando nada).

Blusa: Asos

Calca: Banana Republic

#CaraDeSono

#BaguncaNoQuarto

Adriana Miller
6 comentários
03 Apr 2014
11 comentários

Kusmi Tea – para os fãns de chá!

Dicas de Viagens, França, Lojas & Compras, Paris, Restaurantes & Cafes

Eu nunca pensei que ia escrever um post sobre chás, mas quem já lê o blog a bastante tempo, sabe que eu adoro um chá, todos os seus rituais e cerimonias ao redor do mundo e estou sempre a procura de novos sabores e misturas.

E para os fans de chá como eu, o Kusmi Tea é um ícone!

A marca (e tradição) é Russa, mas eles se relocaram para Franca durante a revolução Russa e se estabeleceram como produtores de chás finos e com blends raros (principalmente para a época).

Hoje em dia, eles são famosos principalmente por causa de suas embalagens foférrimas (sonho: um cozinha toda branca com uma prateleira inteira decorada com as latas dos chás Kusmi!) e seus sabores “diferentes”.

Os chás Kusmi estão a venda no mundo todo, sempre em lojas especializadas ou delicatessen (em Londres é possivel encontra-los no food hall da Harrods, por exemplo), mas em Paris faço a festa!

Só em Paris são 13 lojas/pontos de venda, mas uma que vale a pena a visita fica na Avenue de L’Opera (que também já falei sobre aqui nesse post), pois além de vender todos os tipos de chás, eles ainda tem um cofee shop lá dentro, então antes de decidir qual sabor você quer comprar, você pode escolher qualquer sabor pra tomar na hora e levar pra ir tomando pela rua (3€ por um copão de quase 500ml!!), e de quebra ainda comer uns croissants ou bolinhos madeleine de lá mesmo (ou dar uma passadinha na Pierre Herme para comer macaroons, que foi minha escolha!).

E foi assim que descobri um dos novos sabores desenvolvidos: “Boost“, a base de chá verde, mas com aroma de laranja e especiarias (cravo, canela, e afins), que fiquei viciada, e além de passar lá todos os dias pra tomar meu chazinho de manha e de tarde (antes de depois do trabalho!), e também comprei o “Kashmir Tchai” (meu “sabor” preferido de chá é sempre o Chai!), e o “Detox” (uma das marcas registradas do Kusmi) que eh super refrescante (quente ou gelado).

Kusmi Tea

Avenue de L’Opera, 33 – Paris

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
11 comentários
Página 1 de 1612345678