13 Oct 2016
1 Comentário

Budapeste: Spoon, jantar com a vista do Danubio!

Budapeste, Dicas de Viagens, Europa, Hungria

Viajar a trabalho tem várias vantagens, e várias desvantagens… Eu adoro ter tipo a oportunidade de conhecer vários lugares e países que provavelmente nunca teria visitado se não fosse por minha carreira.

Mas claro que não é a mesma coisa que estar de férias com amigos ou família, principalmente porque nunca temos tempo de de fato, curtir a cidade visitada.

Mas por outro lado, uma coisa que sempre adoro é que minhas viagens profissionais acabam me levando a eventos e restaurantes que provavelmente nunca teria ouvido falar!

E foi justamente o caso do Spoon!

Um dos muitos barcos que estão permanentemente ancorados nas margens do Danúbio, e que esconde um restaurante super legal, com uma comida deliciosa, e principalmente, uma vista sem igual de Budapeste!

No menu, uma mistura de comida internacional com comida típica Húngara e uma boa carta de vinhos e drinks.

Mas assim que você entra no salão principal do barco/restaurante, tudo isso é secundário, pois você se depara com a vista incrível das colinas de Buda e o castelo de Budapeste, o rio Danúbio e a ponte das correntes!

Eu cheguei por lá bem na hora que o sol estava se pondo e peguei aquela luz incrível da “blue hour”, que deixou o lugar ainda mais mágico!

Ao contrário de outros bares e restaurantes que seguem a mesma linha “barco” ancorados no Danúbio, o Spoon funciona o ano todo, e durante os meses de verão ainda tem dois terraços enormes a céu aberto!

Eu fui no começo de Maio, e apesar do tempo bom durante o dia, à noite esfriava bastante… os terraços já estavam abertos (a melhor vista!) e todas as cadeiras tinha cobertores peludinhos para os clientes, além de aquecedores de ambientes!

O Spoon também abre para almoço, chá da tarde e drinks/happy hour, mas a recomendação é que você sempre faça reserva com antecedência!

 

Spoon

1052 Budapest, Vigadó tér 3-as kikötő (exatamente em frente ao hotel Intercontinental)

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
1 Comentário
12 Oct 2016
5 comentários

Budapeste: Spa Termal Gallert

Budapeste, Dicas de Viagens, Europa, Hungria

Quando estive em Budapeste uns anos atrás com a minha irmã, uma de nossas prioridades turísticas era conhecer uma dos Spas termais históricos da cidade – um marco na cultura e história local, além de terapêuticos (e uma delícia!).

Na época, escolhemos o Széchenyi, que é o maior do país (e da Europa, se não me engano), além de ter sido conveniente com nosso roteiro.

Então na minha última viagem pra lá, queria aproveitar e conhecer mais algum – e dessa vez o escolhido o Gallért, que é um spa termal mais “interno” e tão famoso quanto o Széchenyi!

Aliais, o Gallert tinha sido nossa segunda opção, então nem tive dúvidas na escolha!

O Spa Gallert faz parte do hotel de mesmo nome, nas margens do Danúbio, no lado Buda da cidade.

Na verdade o spa e hotel atuais nem são tão antigos quanto eu imaginava, mas mesmo assim já ultrapassaram os 100 anos de história, sendo que as fontes das águas termais estão por ali ha muito mais tempo!

Assim como a visita ao Széchenyi, eu me surpreendi de como o lugar é “social” e integrado na sociedade Húngara – tinha de famílias com bebês de colo, grupos de adolescentes, casais e vários velinhos se exercitando – super democrático!

E apesar de também ter algumas piscinas externas, realmente é a parte interna do Gallert que se destaca!

Além das piscinas de águas quentíssimas e terapêuticas (algumas chegam aos 40 graus centígrados, só de temperatura “natural” da água!) os salões são incríveis e dignos de Instagram e Pinterest!

Azulejos, esculturas, relevos e imagens coloridas em todos os ambientes!

Eu acabei nem aproveitando tanto quanto queria, pois só consegui ir lá num dia cedinho antes do trabalho, mas ainda assim valeu a pena!

A entrada custa cerca de 14€ por pessoa, e pode ser comprado diretamente na bilheteria do spa, ou no seu hotel.

Eles também tem serviço de aluguel de toalhas e roupões, mas a melhor opção é já levar alguma coisa do seu hotel (os hotéis mais bacanas já te dão um kit-spa, com roupão, chinelo, amenidades etc. Tanto o four Seasons quanto o Boscolo fizeram isso), e seu ingresso também já dará direito a uma cabine e locker para guardar sua roupa e pertences enquanto você estiver nas piscinas.

Pra quem quiser incrementar a visita, eles também oferecem vários tratamentos de massagens, limpeza de pele, fisioterapia etc, é só marcar na hora!

 

Gellért Baths & Spa

Kelenhegyi út 4, Budapeste

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
5 comentários
11 Oct 2016
0 Comentários

Budapste: Hotel Boscolo e Cafe New York

Budapeste, Dicas de Viagens, Europa, Hungria

No começo de Maio estive em Budapeste a trabalho e me hospedei no Hotel Boscolo – da última vez que estive na cidade, me hospedei no Four Seasons, que sem dúvida alguma tem a melhor localização de Budapeste!

Então tentei procurar disponibilidade nos hotéis ali na mesma proximidade do Danúbio – mas acabei escolhendo o Hotel Boscolo, pela localização central perto de onde iria trabalhar, e as ótimas reviews sobre a beleza e qualidade do hotel!

E realmente não decepcionou!

A localização mais central, apesar de não ser tão turística quanto às margens do Danúbio, é ainda assim muito conveniente, pois você acaba ficando mais perto de todo o resto que a cidade tem a oferecer, além das opções de metrô, ônibus e táxis bem convenientes e baratinhos.

Mas vamos ao que interessa: o hotel é lindo!!!

Além de hospedar o Cafe New York, que por si só já um dos pontos turísticos da cidade e incrivelmente lindo!

O café e o prédio do hotel datam do início de 1800, e refletem o glamour do Leste Europeu na era pré-socialista, com muita influência da Europa do Oeste e principalmente os grandes palácios e salões Franceses.

Eles não economizaram detalhes nem exageros, que fazem vista até hoje!

O café esta aberto para café da manha/Brunch, almoço e janta todos os dias, e também para não hóspedes, e vale demais a visita! A comida é boa e os preços bem justos!

Eu não resisti, e além do café da manha diário do hotel que era servido por lá, ainda jantei no New York Cafe mais algumas vezes durante a semana.

E assim, como o restaurante, o resto do Hotel também me surpreendeu. O prédio lindíssimo e super moderno e reformado, que foi comprado pela rede Marriott logo após a queda do socialismo e transformado em uma das propriedades da rede “Autograph Collection”, a linha de luxo da rede Marriott.

O hotel é super arejado e clean, os quartos super grandes e confortáveis, principalmente em se tratanto de velha Europa, e o serviço excelente! Então fica a dica de uma ótima opção de hospedagem em Budapeste!

 

Hotel Boscolo

1073 Budapest, Erzsébet körút 9-11., Hungria

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
0 Comentários
Página 1 de 3123