20
Feb
2014
Roast – Borough Market
Escrito por Adriana Miller

Um dos programas mais legais pra quem visita Londres no fim de semana, são seus muitos mercados: eles variam de joias vintage e pecas de antiquários, a flores, quinquilharias e comida orgânica – tem pra todos os gostos!

20140220-211025.jpg

Mas todos tem em comum aquele elementos de “Londres como ela é”, com uma mistura incrível de pessoas e culturas.

Mas eh sempre legal combinar um dos mercados com alguma outra “experiência” – como por exemplo um pic nic no parque depois do Broadway Market, ou um almoço ou drinks no Kensignton Roof Gardens depois do Portobello Road Market e um Brunch ou assado de domingo no Roast, o restaurante dentro do Borough Market.

20140220-211036.jpg

Bem, na verdade o que não faltam são coisas a fazer por perto do Borough Market (o Queen’s Walk, Torre de Londres, Tower Bridge, Tate Modern, The Shard, Sheakerspere Globe, etc… uma das regiões mais fascinantes da cidade!) mas um brunch (sextas e sábados, quando o mercado esta funcionando) ou um almoço de domingo (mesmo sem as barraquinhas e burburinho do mercado) é uma opção perfeita de um programaço pela região!

20140220-211047.jpg

O Roast é o único restaurante dentro do mercado, ocupando toda area do “Flowers Halls”, no topo da estrutura, e tem como especialidade as carnes assadas, e o típico “Sunday Roast” Inglês.

20140220-211057.jpg

Aliais, não sei se já falei do “Assado de domingo” por aqui, mas esse é um costume que os Ingleses levam super a serio! Todo Pub que se preze serve Fish’n’Chips na sexta feira e “Sunday Roast” aos domingos, e é o que a maioria das famílias comem também.

20140220-211133.jpg

Os ingredientes do restaurante são todos fornecidos pelos produtores do mercado, garantia de tudo sempre fresquinho e de altíssima qualidade, e garantindo os melhores cortes de carnes Inglesas e Escocesas para os assados.

20140220-211114.jpg

Aos domingos eles só servem isso – o menu é único e a fila eh grande (TEM que reservar!), e é uma experiência super British! Começando pelos aperitivos made in UK (Bloody Mary, Gin & Tonic, Pimm’s), as entradas e as diferentes carnes assadas – todas acompanhadas por legumes e Yorkshire Pudding, uma massa “folheada” salgada típica do norte da Inglaterra que é servida com todos os assados. E claro, as sobremesas também super tradicionais do UK: Apple Crumble, Sticky Toffee Puddin, Eton Mess, etc

20140220-211222.jpg

Perfeito pra acabar com aquela ideia de que se come muito mal na Inglaterra, e que só se come bem em restaurantes internacionais!

Nos dias que estiver rolando mercado, o Roast fica extra especial, pois suas janelas tem a “vista” do mercado rolando lá em baixo – mas se engana quem acha que a area morre nos outros dias – o Borough Market é cercado por um emaranhado de ruelas com lojinhas, pubs e restaurantes – inclusive com aquela instalação dos guarda-chuva coloridos que eu postei no Instagram no outro dia!

20140220-211243.jpg

Roast

The Floral Hall, Borough Market,

Stoney St,  SE1 1TL

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Pub & Restaurantes, Viagens
0
13
Mar
2013
A pé em Londres: um lugar chamado Notting Hill… (e os cenários do filme!)
Escrito por Adriana Miller

Quando a gente pensa em bairros de Londres, um dos primeiros nomes que vem a cabeça é Notting Hill – eu sei que é clichê, e já perdi a conta de quantos e-mails recebi de leitores de malas prontas pra Londres e que sonhavam em morar no Bairro.

O filme homônimo com a Julia Roberts definitivamente fez do bairro um dos mais famosos do mundo, mas Notting Hill vai muito além do Hugh Grant, e sem dúvida é um dos bairros mais charmosos da cidade!

Duas atrações são clássicas do bairro – a feira de antiguidade semanal “Portobello Market” e o carnaval caribenho que acontece todos os anos em Agosto “Notting Hill Carnival” – mas Noting Hill tem muito mais a oferecer!

Quem estiver em Londres num sabado de manhão não pode deixar de ir no Portobello Market – mesmo que você não goste de antiguidades e seja averso a multidão. O mercado é uma daquelas experiências tipicamente Londrinas, alem de servir como uma ótima desculpa pra fazer um tour pelo bairro.

Começando pela Portobello Road, logo ali depois da saída do metrô Notting Hill Gate – aliais, aproveita que vocie esta ali e passa da “Recipease“, uma loja de produtos de cozinha e culinária do Jamie Oliver, que é uma delicia! Além de vários ingredientes deliciosos, acessorios pra cozinha de babar e um café bem gostosinho na Sobreloja (perfeito para um Brunch pré mercado – mas tem que reservar!!), eles ainda dão várias aulas de culinária – é só escolher seu estilo culinário preferido e marcar seu horário.

Seguindo pela Pembridge Road, você vai passar por várias lojas de souvenir e roupas… “diferentes” (lembra um pouco as lojas de Camden Market), e é por ali que estão também as casinhas coloridas típicas do bairro, e nas ruas paralelas não deixe de espiar as ruas residenciais e suas casas Victorianas lindas.

Quando você chegar na Portobello Road, não tem erro – os turistas se multiplicam, e se for dia de mercado então…!

Logo logo as barraquinhas começam a aparecer, e sabado é o dia que é garantia de ver todas as lojas da rua aberta!

Algumas lojas que valem a pena conhecer são a “Alice” e a “Print and Map Shop”, que é minha preferida! (uma galeira inteira só de mapas – antigos e atuais!).

O mercado se estende por toda a rua, mas depois do cruzamento com a Westbourne Grove o mercado fica mais com cara de feira, com comidas, frutas e tal. Então você pode seguir seu passeio por lá mesmo e já aproveitar pra comer alguma coisa por lá, ou então trocar de ambiente e seguir pela Westbourne Grove, que apesar de já não ter mercado, tem algumas das lojas mais legais de Londres, com muitas multimarcas e designers conteporâneos, como “All Saints of Spitafields”, Maje, Sandro, The Kooples e afins.

Já a Notting Hill Bookshop (aquela do filme!) fica fora desse circuito, na 13 Blenheim Crescent (W11 2EE) – para os fãns do filme, vale a pena estender o passeio até lá.

E falando em filme, porque não conhecer outros cenários famosos do bairro?

Logo na saída do metrô de Notting Hill fica o Cinema Coronet, que é o prédio redondo do outro lado da rua – foi ali que Hugh Grant assistiu o filme em que Julia Roberts era a atriz principal.

E sabe as ruazinhas paralelas que mencionei ali em cima? Foi numa dessas ruas (no Rosmead Gardens) que a irmã de Hugh morava, e ele levou a Julia Roberts pra jantar com eles.

E já o personagem do Hugh Grant morava num flat ali na Westbourne Grove, em meio as várias lojas da rua.

 

 

Categorias: Bairros, Batendo perna, Compras, Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Viagens
33
29
Jan
2013
Leadenhall Market – História e Happy Hour no centro de Londres
Escrito por Adriana Miller

No post sobre o roteiro dos filmes do Harry Potter em Londres, eu me surpreendi com quantos comentários foram feitos sobre a foto do Leadenhall Market, uma galeria no distrito financeiro de Londres que hoje em dia é um point das happy hours.

A origem do mercado é do século XIV e é um dos mercados mais antigos de Londres, e o mais antigo que ainda esta de pé, no mesmo endereço, quando a cidade de Londres ainda era dominada pelos Romanos e se limitava a região da atual The City.

O prédio que vemos hoje, é na verdade de 1881, e uma das principais razões pela qual o mercado ainda chama tanta atenção.

Mas ele já deixou de ser um mercado ha tempos, e hoje em dia esta mais pra galeria, com lojas de roupas, sapatos, joalherias e alguns pubs.

Aliais, por estar tão no centro da cidade, a qualquer dia da semana (principalmente as 4ª, 5ª e 6ª feira) é impossível passar ali na porta e não reparar no mercado – os pubs de lá ficam lo-ta-dos com os trabalhadores da City com suas pints na mão curtindo o fim de mais um dia.

O mercado também ficou ainda mais famoso depois de servir de cenário para a prova da Maratona feminina nas Olimpiadas 2012 em Londres, onde foi cruzado pelas atletas umas 2 ou 3 vezes, mostrando seu interior rebuscado, o altíssimo teto de vidro e o chão de pedras coloridas (me lembra bastante a Galleria Vittorio Emanuele em Milão).

Os pubs e restaurantes da galeria são uma ótima pedida pra esticar num pub depois de passear pela City ou pelo leste de Londres!

Leadenhall Market

1a Leadenhall Market, Gracechurch Street, EC3V 1LR

Categorias: Compras, Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Pub & Restaurantes, Viagens
8
09
Jul
2012
Londres: Broadway Market
Escrito por Adriana Miller

A medida que o verao vai chegando e o clima vai melhorando em Londres, um dos programas preferidos dos Londrinos sao os parques e os mercados de rua.

Alguns sao super famosos e ja foram invadidos pelos turistas (como o Portobello Road aos sabados e Camdem Town aos domingos), mas outros tantos permanecem otimos segredos, quase que exclusividade dos moradores (como por exemplo o Columbia Road Market).

Um outro desses mercadinhos “secretos” eh o Broadway Market que rola todos os sabados no Leste de Londres.

 

Para os Londrinos, de secreto ele nao tem nada, mas eh bem um daqueles mercados de bairro mesmo, que ainda nao virou atracao turistica – o Brodway Market fica bem do ladinho do parque London Fields, entao eh a desculpa perfeita para sabados de sol, combiando duas das atividades de primavera/verao preferidas dos Ingleses: fazer a fotossintese no parque, combinado com uma boa farofa na grama!

O mercado eh praticamente uma delicatessen a ceu aberto, com varias barraquinhas vendendo todo tipo de comida, de bolo caseiros, a churrasco, temperos e condimentos, sucos e frutas organicos e algumas opcoes mais exoticas.

Alem disso, por estar ali no cantinho de East London, numa area super residencial e longe dos roteiros turisticos, e uma das areas de mairo concentracao de imigrantes (residentes) da cidade, oque nao faltam sao otimas opcoes de cafes e restaurantes oferecendo comidas do mundo todo! Eh a volta ao mundo em 80 sabores, no mais puro estilo Londrino!

Chegar no mercado nao eh das tarefas mais faceis aos visitantes, pois realmente o mercado fica fora de mao e fora do centro de Londres, mas vale a pena a “viagem” num sabado de sol (o mercado so funciona aos sabados, de 9 as 17hrs) e pra quem procura uma experiencia Londrina autentica – com boa comida, otimo ambiente e bons pubs! E com sorte, quem sabe ate nao rola um sol no parque?!

 

Categorias: Bairros, Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Parques, Viagens
3
15
Mar
2011
Columbia Market
Escrito por Adriana Miller

Quando rolou o #chatdeviagem e me perguntaram qual seriam as atrações principais de Londres, uma das minhas opções foram os mercados.

São muitos, cada um tem suas caracteristicas especiais, mas todos são imperdiveis! Os mais famosos são o Borough Market (comidas), o Portobello Market (antiguidades) e o Camden (de tudo um pouco e muita gente “estranha”).

Mas um outro mercado que eu adoro (e que entrou na minha lista de “atrações”) é o Columbia Market, que é um mercado de flores, no lado leste da cidade, na area de Hackney.

O Columbia market só funciona aos Domingos, e a rua onde ele acontece (Columbia Road) é toda rodeada de casinhas Victorianas bonitinhas que hoje em dia são lojas de deoração, boutiques e cafés simpaticos.

O bom é que lá no Columbia, voce até esquece que o inverno em Londres pode ser tão cinzento, pq tudo é sempre tão florido!

Otima opção pra um brunch de domingo (principalmente se estiver sol!) em qualquer epoca do ano!

 

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Viagens
6
12
Aug
2010
Covent Garden
Escrito por Adriana Miller

Convent Garden é um bairro Londrino, espremido entre o Soho, West End, Strand e Holborn e hoje em dia é simbolo de Opera, compras, bons restaurantes e entretenimento ao ar livre.

Historicamente, a area fazia parte dos jardins da Westminster Abbey, onde ficava a horta, o jardin e o convento – e quando o Rei Henry VIII confiscou a area em 1540 pra dar de presente ao Earl de Bedford, a area foi transformada num mercado e ficou eternamente cnhecida como o “Jardin do Convento”.

Hoje em dia a area conhecida como Piazza virou um mini shopping, com uma inifinidade de lojas ocupando os arcos que um dia fizeram parte do mercado de flores e frutas, e muitas opções de bares, restaurantes e cafés.

Nos dias de tempo bom (= sem chuva!) a praça em volta do mercado fica lo-ta-da de gente sentada nas mesinhas, nas calçadas, assistindo ao street performers e people watching.

As opções de cosias pra fazer e ver por ali são infinitas, mas prepare-se pois a area esta sempre lotada de gente, e se voce não estiver no clima de turistar, a paciencia acaba rapidinho (principalmente se for fim de semana e estiver fazendo sol!).

A dica é nem sequer usar a estação de metro de Convent Garden e sim usar a opção de Leicester Square, que fica a cerca de 300 metros de distancia, mas muito mais tranquila (e a estação é bem maior tambem…).

E quem quiser comer em algum dos restaurantes mais arrumadinhos da area, lembren-se de fazer reserva (ou entao eh soh sentar num dos muitos cafes ao redor da praca)! Minha dica pra comer bem na area sao o Belgo’s e o Massala Zone. Se a intencao eh emendar numa balada – The Langley!

Mias informações: http://www.coventgarden.uk.com/

Categorias: Bairros, Compras, Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Pub & Restaurantes
8
28
Jan
2010
Borough Market
Escrito por Adriana Miller

Uma das coisas super legais de Londres (entre as 37.529…) é que apesar das lojas, dos restaurantes, do burburinho de cidade grande, a cidade é cheia de mercados, mercadinhos e feirinhas super legais e autenticas.

Eu já falei de alguns mercados aqui no blog, mas um dos meus preferidos é o Borough Market, que fica pertinho de London Bridge.

O Borough Market nada mais é que um farmer’s market, ou a boa e velha feira de bairro. Só que na verdade bem maior, uma coisa assim meio “Cobal” de Londres.

Hoje em dia, o Borough Market é conhecido principalmente pelos produtos organicos de producao local e os vaaarios restaurantes bonitinhos em volta. Aliais essa é outra similaridade entre a Cobal Carioca e o Borough Londrino… quando os feirantes vao embora e as barraquinhas fecham, uma infinidade de bares, restaurantes, pubs e barzinhos começam a pipocar na vizinhança. Conseguir uma pint numa sexta feira a noite entre as 6 e 9 (happy hour!) é praticamente impossivel!

É o lugar onde os Londrinos cool vao comer brunch sabado/domingo de manha, e é uma otima opcao pra tomar cafe da manha pre-museu, já que o mercado fica bem pertinho do Tate Modern!

Momento aula de historia: O Borough Market original foi fundado em 1014 (quase mil anos!) na epoca em que London Bridge era o principal centro do comercio Britanico e vendia provavelmente graos, vegetais e peixe, até que no seculo 13 o mercado era tao grande que foi oficialmente estabelecido exatamente onde é hoje em dia.  E mesmo depois que o Parmalemto Britanico vetou atividades comerciais em mercado de rua em 1755 a populacao da area se juntou para comprar o terreno, e entao formaram uma associacao de produtores independentes/privados, e o mercado prospera até hoje.

Minha dica, o pub bem na esquina da Stoney Street, o The Market Porter que tem uma inifidade de cervejas Belgas, incluindo cerjas Belgas com sabor, e que nao tem gosto de cerveja! (minha preferida é a Frulli de Franboesa! E nao tem gosto de cerveja!).

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Pub & Restaurantes
9
02
Jun
2009
Camden Town
Escrito por Adriana Miller

O mercado de Camden eh uma das areas mais legais e diferentes de Londres, que eu jah falei por aqui varias vezes, mas nunca dei muitos detalhes.

Dizem ser a 4a atracao turistica mais visitada de Londres, e recebe cerca de 100.000 visitas por fim de semana. A “atracao” em si eh o mercado “hippie/alternativo/punk” de domingos, mas o bairro eh bonitinho e modernoso qualquer dia da semana, e eh o bairro escolhido por algumas figuras do show-biz Ingles, como por exemplo a Amy Winehouse.

O mercado comecou oficialmente em 1974, mas ficou famoso no final dos anos 70, inicio dos 80 quando o movimento Punk da Inglaterra estava em full motion. Mas na verdade um passeio por Camden em plenos 2009 ainda garante que voce vai ver mais Punks por metro quadrado doque em qualquer outro lugar do mundo!

Pessear pela High Street com suas casinhas coloridas, ou pelas vielas do mercado sem estar usando uma calca de couro com fivelas rosa-pink, botas de fivela ateh o joelho com salto plataforma de 20 cm, cabelo verde, e lente de contado vermelha, voce vai se sentir muito “careta” e conservador… mas nao tente tirar fotos dos punks! Eles de-tes-tam!

Sempre que vou lah, eu me pergunto: onde eles se escondem durante a semana?!?!

Uma outra atracao imperdivel do mercado de Camden eh a loja “Cyberdog” que apesar de ter perdido um pouco de seu caracter “louco” depois da reforma, ainda pode ser considerada a DisneyLand das raves, com suas arras de roupas futuristicas de cores fluorescentes, a musica techno-trans nas alturas (com um DJ tocando ao vivo o dia todo, claro), luzes de neon e vendedores ainda mais loucos dancando em estado de transe o tempo todo!

Ah! E lah voce tambem pode encontrar todo e qualquer tipo de acessorios bizzarros, que variam de mascaras sado-maso a camisetas que pulsam um eletro-cardiograma!!

Eh sem duvida um dos melhores lugares de Londres pra fazer compras de bugingangas: souveniers, camisetas de estampas diferentes, lencos e pashiminas, muitas roupas que vc jura que sao para uma festa a fantasia (mas nao sao! E vc vai ver varias pessoas em Camden fazendo compras no supermercado usando essas roupas!), e de quebra ainda tem um area do mercado que tem barraquinhas de comidas do mundo todo (literalmente) autenticas!

 

Categorias: Bairros, Compras, Conhecendo Londres, Mercados
6
08
Sep
2007
Portobello Market
Escrito por Adriana Miller

Hoje (sabado) fui pela primeira vez no Portobello Market, que é um dos mercados mais tradicionais de Londres.

A diferença entre o Portobello e os outros mercados, é que lá é tradicional e famoso pelas antiques. Pessoas viajam da Europa toda pra ir lá todo sabado de manha, atras de antiguidades raras e autenticas.


Muuuuuuitas lojas de quinquilharias, algumas bem legais, outras apenas juntando poeira. Eu perticularmente detesto antiguidades, mas reconheco o charme.

Os pais do Aaron sao fissurados por todo e qualquer tipo de antiguidade e raridade. Sabendo usar, acho que fica legal… com estilo…

Porem estava doida pra ir conhecer o mercado. Tava dificil de acreditar que já estou aqui ha 2 anos e nunca tinha ido lá. Entao fomos!

Demos uma olhada nas lojinhas, sondamos umas opçoes de presentes de natal pra familia dele e ficamos andando pra cima e pra baixo. No final do mercado tem uma feirinha estilo feira brasileira mesmo, com frutas, verduras etc. Com direito a manga, figo e varias frutinhas boas.

Mas oque mais achei legal no mercado foi na verdade ficar passeando pelo bairro, pois a Portobello Road fica bem no coracao de Notting Hill, que é bem fofo, e um bairro bem tipico de Londres!

 

Categorias: Compras, Conhecendo Londres, Mercados
7
17
Oct
2006
Na medida
Escrito por Adriana Miller

Esse finde foi na medida, como deveria ser.

Um fim de semana comdescanso na medida certa, diversao na medida certa e cultura na medida certa.

Depois da saida na sext, dormi tudo que tinha direito no sabado de manha. Dorme, acorda; Acorda, dorme, como eu sempre sonho a semana toda.

Mas quando finalmente me motivei a sair de casa, me encontrei com as meninas em Angel, mas acabamos nao ficando por lá. Andamos pela cidade e fomos almoçar no Noddles King da Bethnal Green Road.

E como a vida ‘dura e todas nós queremos que o mundo acabe em barranco pra morrer encostada, voltamos pr casa da Andrea pra descansar, que acabou virando uma sessao babozeira com festival de funk.

E já que estavamos na area, decimos fazer uma noitada ali por Old Street mesmo. Depois de analisar as opçoes, e perambular pelas ruas, acabamos indo parar no The Pool: boa musica, boa cidra e um otimo grupo de amigos.

Domingo entao nao poderia ser melhor…

Acordei relativamente cedo e fui com a Deia no Columbia Market, que fica na area de Hackney e é um mercado de flores. Foi facil achar o caminho por causa da quantidade de gente com flores, plantas e arranjos andando na rua naquela area…

Que vontade me deu de ter uma casa “de verdade” pra encher de plantinhas e florzinhas!!

Ficamos andando pelo mercado, vendo as pessoas, tirando fotos, e depois fomos tomar café d manha num dos café da rua. Comemos Bagel e café e sentamos no jardinzinho os fundos. O dia estava maravilhosos em todos os sentidos: sol, temperatura agradavel, gente na rua.

Sai de lá com vontade de ter uma casa “de verdade” pa encher de flors e plantinhas!!

Na sequencia fomos pra o National Gallery, o museu que fica em Trafalgar Square. Esse museu,na minha opiniao é um dos mais fracos em Londres, mas sempre tem boas exposiçoes, entao sempre é uma boa opçao por sempre ter coisa nova pra ver.

Vimos a exposicao de Cezánne, pintor frances, que eu já tinha ouvido falar mas nao sabia como era sua arte. Saimos de lá com um banho de cutura! Continuo sem saber muito sobre Cezánne, mas pelo menos sei que ele era um pintor polemico e conturbado, visto por muitos como impressionista (mas a exposicao defende que nao), e dono de um estilo proprio de repetiçoes de paisagens (uma colina no sul da França) e temas (pessoas tomando banho).

Pra completar o dia, ainda almoçamos uma bela comida Indiana e fizemos uma sozial no Vibe Bar em Brick Lane.

E o melhor de tudo foi que voltei pra casa cedo e finalmente arrumei a zona que estava a minha casa!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Bares & Baladas, Batendo perna, Conhecendo Londres, Cultura, Mercados, Museus, Pub & Restaurantes, Vida na Inglaterra
1
Página 1 de 212