12
Jan
2011
Les Ardennes
Escrito por Adriana Miller

Um dos problemas de viajar por Luxemburgo, é que por mais bonitinho que o pais seja, não dá pra ignorar o seu tamanho diminuto, e o fato de que não tem taaaanta coisa assim pra fazer.

Então no fim do primeiro dia na capital, ficamos no dilema sobre oque fazer no dia seguinte. Eu já tinha lido sobre a região norte do pais, lotada de vilarejos e castelos de conto de fadas, mas quando chegamos lá, pra minha decepção, descobrimos que é praticamente impossivel viajar pelo pais independentemente.

É frustrante, porque tudo é tão pertinho, e pra um pais Europeu, a falta de transporte publico, tours, trens  e afins pra algumas de suas regiões mais turisticas, parece meio absurdo.

Mas consegui convencer o Aaron que seria tranquilo dirigir por lá, e que não deveriamos desperdiçar um dia inteiro sentados no hotel… então o hotel onde estavamos nos ajudou a alugar um carro com GPS, e domingo cedinho pegamos a estrada rumo ao norte de Luxemburgo, na região Les Ardennes.

Les Ardennes é a região mais ou norte do pais (e ainda assim, a miseros 30 Km da capital…), conhecida por seus parques nacionais, florestas, vilarejos perdidos no meio do nada, lagos e  castelos.

Hoje em dia, são essas caracteristicas que atraem os turistas pra região, mas ha alguns seculos, essa mesma geografia garantia a segurança e independencia do pais – sua região montanhosa, com florestas densas, rios e lagos, dificultavam ataques e guerras, e no alto das colinas os Holandeses, Franceses e Alemaes (ou quem quer que estivesse govrnando no momento) construiam seus castelos e fortalezas.

A viagem realmente foi super tranquila, e apesar de algumas partes meio alagadas e outras tantas ainda congeladas, chegamos na região rapidinho.

Nossa primeira parada foi na cidadezinha Vianden, que é famosa por seus dois unicos atrativos: O primeiro é seu super castelo, no topo da colina e domina a paisagem da cidade.

O Castelo de Vianden é a principal atração turistica do pais todo, e foi interamente restaurado ha uns anos atras, e hoje em dia é possivel visitar o castelo por dentro, inclusive algumas slas e apartamento que foram restaurados para mostrar como era vida na região entre o seculo 11 e 14, e até mesmo a fundação do castelo, construido na base de uma fortaleza Romana.

O outros grande atrativo da cidade é o autor e poeta Frances Victor Hugo, que se refugiou em Vianden durante varios anos durante seu exilio durante a revolução Francesa.

Para mostrar que de “miseravel” sua vida não tinha nada, hoje em dia é possivel visitar a casa-museu onde ele morou e compoz algumas de suas obras.

De lá, o GPS nos guiou atravez de algumas fazendinhas e estradinhas minusculas até chegarmos na micro cidade Bourcheid, no lado oeste do Les Andernnes e que tem outro castelo.

O Castelo Bourcheid não esta tão bem conservado, nem é tão imponente quando o Vienden, mas ainda assim é lindo!

Infelizmente não tem muita coisa pra ver lá dentro, mas por tambem estar construido no alto de uma colina exatamente no meio do vale do rio Sûr, oque não faltam são vistas lindas do e para o castelo!

A cidade de Bourcheid é bem bonitinha mas por ser domingo estava praticamente as moscas! Segundo nosso guia de viagem, menos de 500 pessoas moram na cidade, que é puramente residencial, e tem o turismo como uma de suas grandes bases.

Nós tambem tinhamos planejado passar por outros vilarejos pelo meio do caminho, mas ficamos assustados com o nivel das aguas do Rios, com algumas estradas e pontes completamente interdidatas pelas enchentes, entnao preferimos não correr o risco de ficar atolado em alguma cidade de 100 habitantes totalmente fechada num domingo a tarde, e encurtamos nosso roteiro!

mas pra quem estiver de passagem pelo pais durante o verão, definitivamente valeria a pena alugar um carro e passar 1 ou 2 dias diringo pela região!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Les Ardennes, Luxemburgo, Viagens
20