29
Jun
2011
Top 10 coisas a fazer em Estocolmo
Escrito por Adriana Miller

Em uma cidade como Estocolomo, nao espere um super icone ou monumento reconhecivel que precisa-tirar-uma-foto-em-frente-de-qualquer-maneira, mas a cidade eh sem duvida alguma, uma das cidades mais bonitas da Europa.

E por sua vez, Estocolmo nao eh exatamente super facil de navegar nao, pois sua geografia de arquipelago significa que muitas vezes voce pode acabar ficar andando em circulos sem saber exatamente como sair de uma ilha pra chegar na outra, e as cosias ficam bem espalhadas entre os bairros e ilhas da cidade.

E nao se esqueca que Estocolmo eh uma daquelas cidades pra ser vivida, passando horas tomando uma Fika (cafe), comendo um sanduiche aberto de picles com salmao e vendo a vida passar.

Mas ao mesmo tempo, apesar de nao tao conhecidos e reconheciveis, a cidade tem alguns pontos turisticos importantes e que valem a pena serem incluidos em qualquer roteiro, seja la oque voce pretende fazer pela cidade – ate porque querendo ou nao, eles estarao logo ali no seu caminho…

Voce pode decidir fazer um intensivao e ver isso ai tudo em apenas um dia/algumas horas, ou ir espalhando ao longo de seus dias pela cidade.

Entao eu fiquei pensando quais sao os lugares que mais gostei de ver e rever em Estocolmo e quais seriam meus Top 10 da cidade. Minhas sugestoes sao essas aqui:

1 – Gamla Stan

Gamla Stan significa nada mais nada menos que “cidade antiga” e é exatamente isso que essa ilha (na verdade o nome da ilha é Stadsholmen) é – o antigo centro da cidade de Estocolmo, estabelecida no seculo 13 pelos Vikings.

E é lá que vc vai se sentir na Escandinavia mesmo! As ruas estreitas, as casinhas coloridas, as ruas de paralelepipido e as pontes que conectam a ilha a outras ilhas da Estocolmo.

A parte mais iconica da cidade é justamente sua “vista” (Slussen tem a melhor vista de Gamla Stan) e os predios da faixada da ilha, mas é aqui tambem que ficam escondidos varios outros icones da cidade (a seguir).

Entre as ruelas não perca a praça Stortorget, que pra mim é sinonimo de Suecia!

2 – Stadshuset (Prefeitura)

Uma das “heranças” mais marcantes que os Suecos deram ao mundo é o Premio Nobel que premia inovações e destaques na area da ciencia, politica, ciencia, social, etc.

E tudo isso aocntece justamente em Stadshuset, que é a prefeitura de Estocolmo.

Além de poder visitar a area e o predio da prefeitura, também é possivel conhecer o salão onde anualmente acontece o jantar de premiação do premio Nobel e o museu anexo ao predio.

3 – Kungliga Slottet (Palacio Real)

A Suecia não tem das familias reais mais conhecidas do mundo não, mas os 3 principes e princesas volta e meia povoam os tabloides com escandalos e seu lifestyle real.

Carl Philip e Madeleine encabeçam a lista dos solteiros mais cobiçados da Europa, enquanto que a herdeira da coroa, Princesa Victoria causou polemica recentemente por casar com seu namorado plebeu professor de educação fisica.

E tam tambem a Rainha Silvia, filha de pai Alemão e mãe Brasileira (e descendente da familia real Portuguesa) volta e meia aparece na midia como “a rainha Brasileira”…

Esse Palacio também fica na mesma ilha de Gamla Stan.

4 – Passear pelas Ilhas da cidade (Skärgården)

Estocolmo é um arquipelago, então cada bairro é uma ilha, e todas elas são conectadas por pontes. E é justamente isso que faz dessa cidade unica!

Ok, ok, oque não falta pela Europa são cidades com canais, ilhas e afins (Veneza, Amsterdam, Brugge e afins), mas nenhuma dessas se compara com Estocolmo!

Acho que justamente por serem ilhas e não canais, a cidade é mais “espaçosa” e aerada, as pontes mais longas e a paisagem mais apreciavel.

E por isso mesmo é justamente uma das partes mais legais de qualquer viagem a Estocolmo! Vagar sem rumo pelas ilhas e pontes…

5 – Elevador de Slussen

Eu não sei se isso entraria na lista de guias mais convencionais da cidade, mas nós descobrimos esse “elevador” por acaso na nossa primeira viagem, e a vista lá de cima é incrivel!!

Dá pra ver a cidade inteira, as ilhas, as torres, Gamla Stan, etc. Vale a pena o desvio só pela vista!

E como na nossa primeira viagem ficamos hospedados em Slussen, bem ali em frente do elevador, foi ali que comemoramos a virada do ano, de olho na contagem regressiva do relogio no topo do elevador, com uma super queima de fogos logo depois!

6 – Vasamuseet (Vasa museum)

O museu Vasa é um museu em homenagem a cultura viking Sueca e que tem uma principal atração: o navio Vasa.

O Vasa era um navio que zarpou de Estocolmo em 1628 e naufragou logo depois e ficou desaparecido por varios seculos, até que foi redescoberto semi-intacto na decada de 50, passou decadas sendo restaurandos e agora esta em exposição – sendo o museu mais visitado da Escandinavia!

7 – Design Sueco

Ok, isso não é necessariamente um ponto turistico a ser visitado, mas não dá pra ir pra Suecia e prestar atençnão no design de vanguarda deles.

E voce nem precisa ser grande entendedor de design e arte não! O design Sueco/Escandinavo faz mais parte do nosso dia a dia doque a maioria das pessoas imagina!

Pensa só em duas das marcas mais conhecidas, populares e copiadas do mundo: H&M e Ikea. Ambas Suecas e ambas mudaram como o mundo ve o design moderno.

Eu pessoalmente sou super fan das peças Kosta Boda, que fazem peças de decoração em cristal super diferentes e originais! Tenho umas 3 peças aqui em casa que fui colecionando em viagens pela Escandinavia.

8 – Storkyrkan (Catedral de Estocolmo)


A Igreja de São Nicolas, também fica em Gamla Stan no centro de Estocolmo, bem do lado do Palacio Real e é a construção (e Igreja) mais antiga de Estocolmo – considerada um exemplo autentico de construção Sueca-Gotica.

A Igreja fica meio apartadinha, mas impossivel não ver sua torre no alto de todas as vielas da cidade.

9 – Moderna Museet (museu de arte moderna e arte a ceu aberto)


O museu de arte moderna de Estocolmo fica na ilha Skeppsholmen (onde fizemos nossa sauna-barco!) e apesar de nunca ter entrado no museu, uma das melhores partes esta justamente por fora, no “Jardim Paraiso” que são esculturas coloridissimas abstratas espalhadas pelo jardim em frente ao museu!

10 – Fika Fix (a vida em estilo Sueco)

Mais um item que não é nada a ser visto nem visitado e sim experenciado…

Os Suecos são fans do “dolce fa niente” e tem capaciade de passar hooooooras com um cafe na mao, batendo papo e vendo a vida passar.

Minha amiga Sueca é a pessoa que mais bebe café que conheço e não é cha-fé como os INgleses, e nem cafezinho como os Brasileiros não… são caneconas de café forte e concentrado!

No verão o ritual Fika nos cafés estilosos da cidade é trocado por mesinhas nas calçadas ou picnic nos parques e brunch no jardim, mas o principio é sempre o mesmo!

Obviamente a cidade tem muito mais a oferencer doque essas 10 opcoes, mas pra mim essas sao as principais e mais bonitas da cidade, juntando coisas pra ver e fazer, que fazem de Estocolmo unica, na Suecia e no mundo.

 

Categorias: Estocolmo, Suecia, Viagens
20
28
Jun
2011
Estocolmo: Mosebacketerassen, brunch com a vista da cidade
Escrito por Adriana Miller

Otima dica pra quem for a Estocolmo em qualquer epoca do ano: Mosebacketerassen!!

Na verdade o lugar se chama Mosebacke e eh um restaurante/bar/cafe conectado ao Teatro Sodra, que fica no altinho do bairro Slussen.

Slussen eh, por coincidencia, o bairro onde ficamos hospedados na primeira vez que fui a Estocolmo, e eh o bairro cool da cidade. A rua principal (A rua  Gotgatan, que sobre/desce ate o metro) eh cheia de lojas, bares, resturantes, cafes e conecta com o elevador de Slussen e a parte antiga da cidade, Gamla Stan, na ilha em frente.

O Etablissemanget do Mosebacke eh um restaurante aberto o ano todo, com musica ao vivo e otima comida, mas o segredo esta nos dias de sol (melhor no verao, mas aberto o ano todo) quando eles abrem seu terraco onde as mesas se espalham pelo jardim com uma vista linda de Estocolmo la do alto!

Entao quando o clima permite, das 10 da manha as 10 da noite, voce pode comer com Estocolmo aos seus pes, e se der sorte ainda vai poder assistir algum gig de musica Sueca como o Swedish House Mafia ou a Robyn (eu nao entendo nada de musica cool nao, mas minhas amigas ficaram alucinadas pro voltar e assistir um dos shows dele por la).

Entao esse foi nosso programa de domingo, pos despedida de solteira, e fomos comer um brunch no Mosebacketerassen e acabamos ficando por la o dia todo, ate chegar a hora de voltar pro aeroporto!

Se nao der tempo de passar horas do seu dia por lah, eles ficam aberto ate tarde o ano todo, e o terraco tambem funciona como um beer garden e area pra tais shows.

Nao precisa fazer reserva nem nada – eh so aparece e ficar de olho pra conseguir uma mesa no terraco! O brunch eh servido num buffet e custou cerca de 20 Euros por pessoa.

Endereco:

Mosebacke Torg 3 – 11646 STOCKHOLM

Estacao de metro: Slussen


Categorias: Estocolmo, Suecia, Viagens
10
27
Jun
2011
Fim de semana em Estocolmo
Escrito por Adriana Miller

Uma das muitas atividades/viagens do mes de Junho foi o fim de semana de despedida de solteira da Maria, minha amiga Sueca.

E posso falar, as “Hen do” sao uma das partes mais legais de estar integrada na cultura/sociedade Britanica e ter varias amigas locais (ou igualmente integradas).

As Inglesas e simpatizantes levam essa coisa de festerê com as amigas MUITO a serio, e eu acho isso uma coisa super legal. Elas se fantaziam, viajam, pagam mico, enchem a cara e nao estao nem ai pra nada. A Hen Do nada mais eh do que uma otima desculpa pra se divertir demais com suas melhores amigas!

Entao quando a Maria anunciou que finalmente tinha ficado noiva do namorado de 10 anos ha quase 3 anos atras nos ja ficamos animadissimas planejando sua Hen Do. O unico probleminha eh que a Maria eh Sueca, e de modo geral os Escandinavos sao meio Anti-casamento… entao apesar de estarem morando juntos ha 10 anos ela nao via a menor necessidade de casar, fazer festa etc, etc. Como ela mesmo dizia “fui no casamento dos meus pais” e a cada ano ia passando e nada de ter uma data. Mas como seu noivo eh Escoces e tava doido pra ficar noivo e casar ha anos, ele finalmente decidiu marcar a data, pra felicidade geral!

Entao comecaram as duvidas de onde fazer nosso fim de semana da mulherada… a opcao logica era ir pra algum lugar no sul da Europa e catar um pouco de sol e calor… mas como a Maria eh do norte da Suecia e seria muito dificil pra irma e amigas dela conseguirem chegar a qualquer outra parte do continente (alem de que o casamento vai ser aqui em Surrey entao ela ja vao viajar pra vir no casamento), concordamos que a melhor opcao seria mesmo Estocolmo!!

Fiquei TAO feliz! Amo Estocolmo!

Eu fui logo escolhida como a responsavel de organizar a viagem de todo mundo, enquanto que a irma da noiva, ia planejar as atividades do fim de semana.

Tres coisas otimas desse fim de semana: Como todas as meninas que foram ja conheciam a cidade, tirou a pressao de TER que fazer turismo. Passamos o dia todo andando pra cima e pra baixo, tirando fotos da cidade e tal, mas sem o estresse de ter que fazer ou ver tal coisa. Segundo que foi muito bom estar la com 4 anfitrias Suecas que sabiam TUDO sobre os points de Estocolmo e nos levaram pra fazer e conhecer varias cosias que nunca nem sonhariamos que existem se nao fosse por elas. E terceiro e principal: QUE CIDADE EH AQUELA?!?!?!?

Quando fui a Estocolmo no revellion de 2006/2007 eu ja tinha achado a cidade deslumbrante, mas como era o auge do inverno, estava frio, chuvoso, escuro e vazia.

Agora nos voltamos no auge da primavera verao, e simplesmente Estocolmo eh uma cidade que humilha qualquer outra cidade do mundo! Estocolmo no verao eh um desbunde de tao linda!

Dizem que Estocolmo eh a “Veneza do Norte” – Me desculpem, mas Veneza deveria se chamar “Estocolmo do Sul”!!

A cidade eh um arquipelago, entao cada regiao/bairro fica numa ilha diferente, todas conectadas por pontes e escadinhas, criando um cenario digno de conto de fadas Viking!

E claro, a pergunta que nao quis calar o fim de semana todo: Onde eles escondem as pessoas feias naquela cidade?!?!?

Verdade que o verao ajuda, neh? Muita gente nas ruas 24hrs por dia (completamente o oposto de quando fomos no inverno), muito calor (mais um oposto), sorrisos, simpatia, festa e animacao!

Eu nunca pensei que pudesse falar isso na vida, mas morri de calor na Suecia (eu fico muito reclamona no calor)! Mas adorei nao ter noite… o sol soh comecar a se por la pras 11 da noite e as 2 da manha ja estava solzao de novo! Entao foram muitas, muitas horas uteis pra aproveitar a cidade!

Mas como esse ritual de Hen Do nao eh tao comum na Suecia, as meninas Suecas tiveram um pouco de dificuldade de entrar no clima “mico” da coisa, que de certa maneira tambem foi otimo pois pudemos curtir bastante so dia pela cidade e fizemos umas “atividades” otimas!

O dia comecou cedo, com um brunch na casa da irma da noiva, regado a champagne – e elas tiveram uma ideia genial! Amarraram uma cordinha na base de cada taca, entao “vestimos” nossas tacas de champgne como um colar o dia todo! Hahahahahhaha (foi uma atracao e tanto!).

Pra nao deixar o fato “mico” passar batido, a Maria teve que se fantazia de Viking e nos ofereciamos seus “servicos” vikings para varios grupos de turistas! Ele fez um sucesso com o grupo de Espanhois e de Japoneses!

(a foto da camiseta dela é a Maria com o boneco inflavel da Hen Do da Louise, Dave, apelidade em homenagem de seu agora quase-marido)

Almocamos na beira da baia de Gamla Stan, passeamos pela cidade antiga e fizemos nosso proprio sorvete na sorveteria mais antiga de Estocolmo! (vale uma parada mesmo no inverno!)

Mas de tarde tivemos a principal surpresa do dia! Sauna Sueca com mergulho no Baltico!

Os Escandinavos levam super a serio essa coisa de fazer sauna (principalmente se envolver uma agua congelada ou neve logo depois da sauna) e eh mesmo visto como uma tradicao pra eles!

Entao elas alugaram um Barco/Sauna soh pra gente, que ficou ancorado numa das Ilhas de Estocolmo e navegando pela baia da cidade!

Que experiencia sensacional!!!!

Tai uma coisa pra colocar na lista de cosias a fazer antes de morrer: mergulhar no mar Baltico, com a vista da baia de Estocolmo no fundo!

A sauna estava fervendo de quente, mas o divertido mesmo era fazer uma competicao de pulos na agua – que por sinal estava CON-GE-LA-DA!!! Nao sei oque eu gostei mais, se era pular na agua ou assistir a reacao de frio e horros das meninas quando elas estavam pulando!

Se no verao ja eh frio assim, como os Suecos conseguem fazer isso no inverno?!??!

Essa berquinho/sauna tinha um banheiro/vestiario, bar, e um terraco com cadeirinhas e tal e lugar pra pegar sol, entao ficamos a tarde toda la! Nadando, fazendo sauna, pegando sol e aproveitando pra fazer joguinhos de despedida de solteira e batendo papo!

De la ja nos arrumamos no proprio barco pra ememdar num jantar e depois direto pra balada!

Aproveitamos o por do sol as 11 da noite e o clima veraneio pra ir jantar ao ar livre no Hotel Skeppsholmen na ilha de Orienteringskarta onde os pratos foram tipicos e tradicionais Suecos: Almondegas Suecas e Salmao!

Que foi prontamente emendado na balada no Imperiet! (Gente feia?! Onde?! Voce viu alguem? Nao?!? Nem eu….)

Mas como tudo que eh bom demais dura pouco… domingo foi dia de recuperar as forcas com um bom brunch no centro da cidade e se preparar pra viagem de volta pra realidade em Londres…

 

Categorias: Amigos, Estocolmo, Party, Suecia, Viagens
69
31
Dec
2006
Estocolmo
Escrito por Adriana Miller

A viagem comecou mesmo na sexta feira. Depois de esperar minha mala por horas e horas. Fui encontrar com a Laurem e a Carol na casa da Carol, pq ela mora perto do aeroporto; Ficamos de papo e fofoca ateh tarde da noite (elas nem dormiram!) e saimos cedo no sabado pra pegar o aviao.

Um dos unicos problemas de viajar essas companias aereas de Low Cost na Europa eh que todos os aeroportos sao muito mal localizados, e vc acaba perdendo tanto tempo (e dinheiro) pra chegar lah, que no final nem vale tanto a pena assim… (voamos Ryanair)

E foi oque aconteceu em Estocolmo. O voo foi tudo bem, e na hora, mas o aeroporto Skavsta eh TAO longe da Estocolmo que ficamos hoooooras num onibus, e o coitado do Aaron levando cha de cadeira no hotel esperando a gente chegar (ele voou diretamente de Frankfurt).

Quando finalmente chegamos lah, jah eram umas 2 da tarde e jah estava comecando a escurecer. Resolvemos descansar um pouco (jah que o “dia” jah estava perdido) e soh depois saimos pra passear.

O nosso hotel era super bem localizado, em Slussen que fica bem de frente pra Gamla Stan (Cidade Antiga), que eh lindissima, e com uma vista da baia do Baltico incrivel!!

Do hotel viamos quase a cidade toda! Entao cruzamos a ponte e fomos passeando por Gamla Stan, vendo as lojinhas (me acabei nas promocoes de enfeites de natal!) e procurando um lugar pra comer, ateh que comecou a chover!!! Primeiro foi uma chuvinha fina que resolvemos encarar, mas depois a coisa comecou a ficar feia e entramos num café pra esquentar…

Ficamos lah um tempinho, e quando a chuva afinou de novo, fomos andando na direcao da Central Station pq queriamos ir no Ice Bar. Logicamente chegamos lah e estava lotado, mas o carinha da porta falou pra gente voltar umas 9.30 da noite.

Acabamos indo pra outro bar e ficamos lah bebendo e conversando ateh nao poder mais!! Eh impressionante como as vezes vc nao precisa de nada pra se sentir MUITO feliz. Estavamos, provavelmente, no pior bar possivel numa cidade como Estocolmo, mas estando com as companias certas, tudo estava maravilhoso!!Quando finalmente nos lembramos do Ice Bar, voltamos pra lah e a fila jah estava enorme… entao voltamos pro mesmo bar que estavamos antes e ficamos lah ateh a hora de fechar! Melhor impossivel.

No domingo decidimos que tinhamos que acordar BEM cedo, pra poder aproveitar bem as poucas horas de luz do dia.Eh um tempo muito estranho, pq amanhece por volta das 10 da manha e escurece de novo por volta das 3 da tarde, e mesmo durante o dia nao eh uma luz “clara”… Um ar meio sombrio… um fim de tarde constante. Quando finalmente saimos pra desbravar a cidade, estava chovendo de novo. Nao queria nem saber! Quem tah na chuva eh pra se molhar, literalmente!!Comecamos por Slussen mesmo, subimos no elevador onde se tem uma vista maravilhosa da cidade, e depois cruzamos a ponte e fomos pra Gamla Stan. Essa parte da cidade, a Old Town eh impressionantemente linda e charmosa, com as ruas super estreitas, os predios de arquitetura tipica Escandinava, e as vistas das ilhas.Essa parte da cidade, a Old Town eh impressionantemente linda e charmosa, com as ruas super estreitas, os predios de arquitetura tipica Escandinava, e as vistas das ilhas.Estocolmo eh na verdade um arquipelago, cada bairro da cidade eh uma ilha diferente, interligadas por pontes, oque dah uma ar meio romantico, uma coisa assim… Veneza do Baltico…
Passamos horas andando pelas ruazinhas e cruzando as pontes, viajando, imaginando os Navios Vickings voltando as guerras, as invasoes, os guerreiros de chapeu de chifres e com casacos de peles… O maximo!

Fomos andando, andando ateh o predio da Prefeitura de Estocolmo, que eh onde acontece a cerimonia do Premio Nobel. Infelizmente estava fechado (como todos os outros museus da cidade), mas o predio tem um patio interno bem legal, e uma vista linda do outro lado da cidade. Apesar de que escurece super cedo, o tempo estava meio que limpando e o por do sol foi incrivel!

Como nao sabiamos que os museus estavam fechados, fomos andando ateh a ilha de Skansen. Supostamente era ali que iamos passar o revellion, mas acabamos descobrindo que a ilha estava praticamente deserta, com tudo fechado (inclusive os museus que queriamos ver) e voltamos pro hotel, decepcionados.

Fizemos uma pausa pra recuperar as energias, jantamos e apos pedir umas informacoes, resolvemos que iamos ficar no Hotel mesmo. O bar ficaria aberto ateh tarde e a vista era incrivel, nao tinha como perder a meia noite, nem os fogos de artificio.

Mais uma vez a noite foi incrivel. Realmente nao foi nenhuma “wild party” como tinhamos planejado, muito pelo contrario… um bar tranquila, com uma musica de gosto duvidoso tocando no fundo. Mas nada como boas companias e um bom vinho pra salvar qualquer noite.

Estavamos vestindo roupa branca (bem, por baixo dos casacos) e a medida que o tempo ia passando iamos acompanhando pelo telao o ano virando em diferentes lugares do mundo: Australia, Japao, India, Russia, Bulgaria, etc… 3 minutos antes da meia noite, saimos do hotel e a rua estava LOTADA!!!!

No elevador Panoramico de Slussen tinha um relogio enorme e fomos fazendo a contagem regressiva. Quando o relogio marcos 00:00 todo mundo comecou a gritar e pular e fogos de artificio mil pela cidade toda! Nem sentimos frio!!!

Depois a festa continuo no hotel, onde continuamos conversando, bebendo e acompanhando a virada nos outros lugares do mundo… Londres, Paris, Nova Iorque e claro, Rio de Janeiro.

O dia seguinte (dia 1)for sem compromisso…Dormir ateh acordar, sem pressa. Almoco/café da manha perto da estacao e de lah cada um seguiu seu caminho pro diferentes aeroportos.

E pra completar a virada, quando cheguei em casa, minha mala estava no corredor me esperando!!! Inteirinha, com todos os meus presentes dentro!!!!Isso sim eh um feliz ano novo!!!

FELIZ 2007 PRA VOCES!!!!!!!!!!!!!!!!! As fotos estao aqui (meio fora de ordem…)

(Mais tarde corrijo o tamanho das fotos do post, que ficaram muito pequenas!)   

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Ano novo e resoluções, Estocolmo, Suecia, Viagens
11