10
Nov
2010
As baladas!
Escrito por Adriana Miller

Em vez de ficar listando todas as possiveis baladas de las vegas (afinal, são opções demais!), vou falar penas das 2 que fomos, e fomos ambas divertidissimas!

Eu já falei né, que a viagem pra Las Vegas foi uma das mais divertidas de todos os tempos?! E eu queria demais, fazia mesmo questão de cair na balada!

É o tipo de coisa que tanto eu quanto o Aaron adoramos fazer, mas que hoje em dia quase nunca saimos pra night, e por pura falta de oportunidade e principalmente de compania, já que a maioria de nossos amigos já não tem mais o mesmo interesse e animação de outrora…

Mas como em las vegas vale tudo, sabiamos que seria a oportunidade perfeita de cair na candaia só nos dois mesmo! Sem precisar da desculpa de ser aniversario de alguem, ou algum motivo especial…

Então a primeira blada que fomos, acabou acontecendo totalmente por acaso, e foi na Studio 54, que fica dentro do MGM.

Então foi uma decisão facil, já estavamos no casino, jogando e ganhando, naquela animação! Até que já nas tantas da manha o casino começou a esvaziar e tive a brilhante ideia de irmos pro Studio 54.

Primeiro achamos que nao iamos conseguir entrar, mas como já estava meio tarde (acho que já passavam das 2 da matina quando sequer nos ocorreu a ideia) e eramos hospedes do hotel, nos deixaram entrar sem problemas.

E nossa, como me diverti!!! Uma coisa que gostei bastante dos dois clubs que fomos em Las Vegas é que ambos eram bem “dançantes”. Me explico. Aqui na Europa, a maioria dos clubs “grandes” ou um pouquinho mais famosos geralmente tocam um estilo de musica mais “cool”, e acaba rolando um clima mais de pose mesmo. Eu até que gosto de musica eletronica e tals, mas quando a intenção é varar a madrugada e se divertir, quanto mais dançante melhor!

E a Studio 54 foi exatamente isso! A seleção musical parecia o top 10 da MTV, e nao paramos um segundo!

Me diverti tanto, que até esqueci de tirar mais fotos!

A outra balada que fomos foi a TAO, que é um club badaladinha das celebridades.

E “escolhemos” a TAO meio que por acaso… estavamos passeando pelo Venetian e passamos na porta (durante o dia a TAO é um restaurante asiatico), e pensamos, porque nao, certo?

Fomos falar com a recepcionista, pra ver qual era da parada… o preço, quais os requsitos pra entrar etc. Então resolvi ser cara de pau e perguntei se eles tinham uma lista de convidados. Quem nao chora nao mama!

A menina deu aquela medida dos pes a cabeça, perguntou se era só nos dois ou se tinha mais gente e tal, e então acabou nos colocando na guest list.

Pra não bobear chegamos cedo, logo depois de jantar, e a fila na porta já estava ocupando todo saguão de entrada do hotel! Se não fosse a lista não sei se teriamos entrado… ou no minimo ia ter rolado algumas horas na fila!

Lá dentro a TAo é linda e enorrrrrme! Com uma decoração toda instipara na Asia, com varios budas Tailandeses e muitas velas em todos os cantos.

Mas uma vez nos divertimos demais, e adorei as musicas! Ficamos mudando de um ambiente pro outro, mas o mais legal mesmo foi o people watching proporcionado por um lugar tao “acasalamento” quanto a Tao!

E de tudo que fizemos em Vegas, acho que a unica coisa que eu queria ter tido mais tempo pra faer mais vezes foi justamente ir pra outros clubs em outras noites!

Então os outros lugare que entraram na minha lista mas que não deu tempo foram:

XS – dentro do Encore

Pure – Dentro do Bellagio

E uma ultima dica, que na verdade nós não fizemos dessa vez eu fui na outra vez que estive em Vegas foi a Drai’s, que ainda é um club famoso por suas after party!

Então fica a dica pra quem tiver energia de encarar uma after party em Las Vegas (nao consegui convencer o Aaron…).

Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
15
09
Nov
2010
Se locomovendo pela Strip
Escrito por Adriana Miller

A Las Vegas Boulevard é uma avenida bem facil de andar pra cima e pra baixo, mas é enooooorme, e Nevada é um lugar onde faz muito calor durante boa parte do ano oque pode dificultar a locomoção pra cima e pra baixo.

Além disso, apesar de ser facil de andar, e passarelas conectarem um lado a outro e alguns hoteis a outros, como tudo é enorme, é preciso tempo pra andar de um lugar pra outro.

A estação do MGM

Os taxis são relativamente baratos na cidade, e existem algumas linhas de onibus que ficam andando pra cima e pra baixo na strip e dia todo.

As maquinas de ticket estão em todos os casinos

Por dentro do Monorail

Mas a maneira mais facil que eu achei de se locomover pela Strip foi usando o Monorial, até porque o hotel que estavamos hospedados (MGM Grand) tinha uma estção lá dentro, entao era ainda mais facil!

A estação

O mapa das estações e dos casinos

Os trens passam a cada 5 ou 10 minutos durante praticamente o dia e a noite toda, e voce pode comprar passagens individuais ou passes pro dia todo, ou semana toda (oque tambem deixa o custo mais baixo).

Além do monorail “oficial” existem varias opções de tranzinhos e monorails avulsos entre alguns dos hoteis conectados – a grande maioria deles é gratis, mas outros cobram um preço simbolico pra levar os turistas e hospdes de um hotel a outro.

O monorail que conecta Excalibur - Luxor - Mandalay Bay

Um bom exemplo é o monorail que faz o trajeto entre o Excalubur – Luxo – Mandalay Bay, ou oque faz o percurso Treasure Island e Mirage ou o Montecarlo – Bellagio, que tambem é uma otima opção pras e locomover de um canto a outro pela Strip.

Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
3
08
Nov
2010
Fazendo compras em Las Vegas
Escrito por Adriana Miller

Entre as muitas perdições disponiveis em Las Vegas, as possibilidades infintas de compras e oportunidaes para gastar seu dinheiro em geral, sao abundantes.

Pensa só. A grande maioria das pessoas que estão em Vegas estão em estado semi-constante de inebriação, e é um lugar onde dinheiro é conceito meio flúido… uma hora você perde, logo depois ganha, e toda sua fortuna esta no formato de moedinhas de plastico.

A regra dourada dos jogos e apostas em Las Vegas é que a casa sempre ganha. Entao memso nos casos em que a casa nao ganha, eles querem no minimo fazer questão que voce já gaste seu dinheiro lá mesmo!

Então por isso mesmo quase todos os casinos tem um shopping pra chamar de seu, que podem variar entre meia duzia de lojinhas de buginganga e souvenirs, até shoppings gigantes ou uma meia duzia de lojas tipo Chanel, Cartier, Dior, Tiffany’s e afins.

City Centre

É a maior concentração de luxo que vi na cidade, e nem adianta procurar uma loja “normal” porque voce nao vai encontrar! E ainda tem  espaçø pra mais lojas, varias areas ainda em obras e corredores inindo de novo.

E por ser atrelado ao mais novo complexo de casinos da Strip, eles nao bobearam na publicidade, e todas as paredes e vitrines vazias sao decoradas com sugestões do tipo “compre aqui e gaste ali” mostrando cenas super glamurosas nos espaços dos novos hoteis.

Miracle Mile

O Miracle MIle é o shopping do Planet Hollywood, que foi um dos primeiros shoppings de casinos que abriu na Strip, e é um labirinto de lojas!

Apesar de enorme, e de ter alguma slojas legais, eu achei bem confuso e no geral a grande maioria das lojas sao de baboseiras pra enganar turistas ou stands vendendo produtos estilo “Tabajara”! Então tirando uma ou outra loja mais legal (como por exemplo uma Sephora enorme!) Las Vegas realmente tem lugar melhor pra compras!

The Forum Shops

O shopping do casino Ceasar’s Palace é o auge das compras na Strip! Além de enorme, e inteiramente tematico e decorado, lá voce encontra todas as lojas que voce puder imaginar; desde as super caras e exclusivas, até as mais batidas fast fashion americanas (e adoradas por turistas brasileiros) como Gap, Banana Republic, Victoria’s Secret, Abercrombie e Finch e afins.

São corredores e mais corredores de lojas se intercalando com colunas “Romanas”, fontes, restaurantes. Então se o tempo for curto e só der tempo de ir a um unio shopping (e vc estiver muito a fim de gastar deus dolares!), o The Forum Shops é a melhor opção!

Fashion Show

Lá no final da Strip, mais ou menos em frente ao Wynn & Encore esta o mais novo shopping da Strip, e é uma shopping como outro qualquer, sem estar linkado a nenhum hotel, nem nenhum casino.

Então é aquele lugar pra entrar e sair das lojas com calma, com espaço e cara de shopping de verdade, sem as “distrações” tematicas dos casinos.

Outra vantagem é que as lojas são bem maiores, e lá voce encontra praticamente todas as fast fashion imaginaveis, não só as Americanas (Forever 21, A&F, Gap, Banana Republic, etc) mas tambem as Europeias (Mango e Zara) e algumas lojas de departamento.

Las Vegas Premium Outlets

Esse foi o unico que não fomos, pois fica meio fora da cidade, e não estavamos exatamente no espirito de compras desenfreadas, mas achei que valia a pena das a dica memsoa ssim.

Na verdade passamos na frente desse outlet quando fomos conhecer a parte antiga da cidade, então não fica tão longe assim da Strip, mas a melhor maneira de chegar lá é de taxi ou alugando um carro.

A lista de lojas parece ser bem boa, e é uma otima opção pra quem esta atras de uma boa barganha e descontos!

Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
10
03
Nov
2010
Las Vegas de antigamente
Escrito por Adriana Miller

Apesar de todo glitz & glamour dos hoteis e casinos chiques e luxuosos da Strip, sabe uma das coisas que eu realmente mais gostei? A parte antiga da cidade, conhecida como Freemont Street.

Se Las Vegas eh a cidade que vemos hoje, atraindo milhoes de turistas, com casinos bilhonarios e luzes de neon, tudo isso eh resultado da Las Vegas que comecou a decadas nessa regiao, o antigo downtown da cidade.

Era ali que Elvis de apresentava, que Frank Sinatra cantava na beira do bar, Mae West fez suas primeiras aparicoes e onde os grandes nomes da era Old Hollywood se encontravam, espantando de vez o periodo depressivo do pos guerra.

Nos ultimos anos a regiao passou por uma super repaginada, mas em vez de modernizarem tudo, a prefeitura de Las Vegas fez o oposto, e recolocaram varios de seus antigos letreiros luminosos da decada de 50, reformaram as fachadas dos hoteis de volta ao que eram ha decadas atrás e em vez de renegar suas origens e seu passado tentando forcar uma modernizada, aproveitaram a oportunidade para dar um novo ar de glamur antigo.

Eh verdade que ate alguns poucos anos atrás pessear pelo downtown de Vegas era inimaginavel – a area era cercada por predios caindo aos pedacos, lojas abandonadas e dilapidadas, habitado por pedantes, prostitutas e mafiosos.

Mas depois da criacao do “Freemont Street Experience” a area voltou a atraia tantos turistas quanto varias outras atracoes na cidade. Eh verdade que nao eh muito recomendavel se afastar demais das ruas principias, mas a verdade eh que eu achei super divertido jogar nos casinos old school!

Para comecar que rola menos pose, entao voce nao precisa se preocupar demais em saber ou nao saber jogar (nos outros casinos percebi que rolava uma camaradagem nas mesas de jogos, e no geral as pessoas nao gostam muito de inexperientes que azaravam a mesa toda – ja que um jogador sempre afeta o outro), e segundo que as apostas iniciais sao bem baixas, entao o prejuizo do processo de aprender a jogar eh bem menor!

E a pesar de ainda ter toda aquel aura decadente de Vegas, gostei bastante dessa parte da cidade justamente por sua autenticidade! Tudo bem que a contribuicao que a Freemont Street teve para a cultura da humanidade nao se compara ao Renacentismo, mas nao dah para negar que muitos dos super hoteis e casinos, cruzeiros, parques de diversao, etc que vemos hoje em dia espalhados pelo mundo, sao oque sao gracas a Freemont Street!

Outra coisa na parte antiga da cidade que conseguimos fazer e eu achei muito, muito legal, foi ver a placa de “boas vindas” antiga da cidade, que fica beeeeem ao sul da Strip!

Chegar la e facil, mas eh difícil! Dificil, porque nao eh andavel… soh se chega ate la de carro, mas eh facil pois a corrida de taxi leva menos de 10 minutos e custa cerca de 15 dolares (ida e volta! Lembre-se de pedir pro seu taxi esperar que voce tire as fotos e volte! A placa fica no meio do nada, literalmente entre duas auto-estradas e nao passa nenhum transporte publico nem taxis por ali).

E alem disso tem os hoteis mais antigos da Strip – os primeirões a abrirem suas portas numa area isolada e completamente nova da cidade, eque acabaram laçando uma nova maneira de recriar Las Vegas.

O pioneiro foi o Circus Circus, que não só foi o primeiro a construir um hotel na Strip, mas tambem foi o primeiro a criar o conceito de casino “familiar” já que tinha (tem) uma tematica meio infantil – as mães e as crianças ficavam brincando no parquinho e no circo permanente (Cirque du Soleil, anyone?!) enquanto os pais torravam o dinheiro no casino (afinal, eram os anos 60, certo?).

Depois vieram os outros, como o Flamingo, Imperial Palace, Harrahs, Tropicana etc, etc e cada nova decada trouxa uma nova leva de casinos (que continua até hoje!) e novas “tendencias” no entretenimento de Vegas.

Essa leva de casinos/hoteis da “velha guarda” podem até nao ser tão bonitos, novinhos, modernos e tals em comparação com todos os outros da Strip, mas tem todo um charme particular, e principalmente é a maior diversão ficar praticando “people watching” naquele mar de Americanos ultra estereotipados (nunca vi tanto chapeu de cowboy sob o mesmo teto que no harrahs!)!

Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
24
02
Nov
2010
Os restaurantes de Las Vegas
Escrito por Adriana Miller

Seria uma tarefa impossivel, alem de muito pretenciosa, sequer tentar transformar esse post num “guia” de todas as opções de restaurantes de Las Vegas.

As opções sao inifnitas, indepentende do hotel que voce esteja, qual parte da Strip passeio e qual seu budget.

E como já falei no outro post, a beleza de Las Vegas é saber aproveitar oque eles tem pra oferecer. Não adianta ir pra lá e ficar de bode porque “falta cultura”… Aproveite que vc esta na cidade das perdições e já saia por ai cometendo varios dos 7 pecados capitais!

Infelizmente o tempo, bolso e estomago é limitado, e não deu pra comer e provar todos os restaurantes que queria, mas guardei todas as dicas e indicações que recebi, algumas testadas e aprovadas, outras que ficaram só na vontade.

Wolfgang Puck

O chef-celebridade Wolfgang Puck é um Austro-Americano que criou um imperio nos EUA, e em Las Vegas é impossivel ignorar sua presença.

Quase todos os hoteis legais tem alguma versão dos restaurantes do Wolfgang Puck, variando entre as filiais super chiques, atá as versões mais casuais, ou em estilo salad bar ou deli.

Dentro do nosso hotel (MGM Grand) tinha um Wolfgang Puck versão casual, com cada salada e sanduiche gourmet de babar! Os preços bem razoaveis, com pratos a partir de 10 dolares (e sempre com porções mega-gigas bem no estilo Americano).

Harley Davidson

Existe algo mais bregamente tipico de se fazer nos EUA do que comer um prato hiper engordativo num cafe tematico?!?!

Quem nunca comprou um moleton do Hard Rock Cafe nos anos 90 que atire o primeiro hamburguer…

Nao tive coragem de entrar, mas o Harley Davdson Cafe estava constantemente lotado, e pela quantidade de turistas carregando as sacolinhas da gift shop do cafe pela Strip, imagino que os moletons continuam a toda na moda dos adolescentes!

Beso

A dificuldade de conseguir uma mesa no badalado Eve é diretamente proporcional ao preço de seus pratos. E apesar de ser um tipico restaurante Mexicano/latino, nao espere ver Doritos com quejo nacho derretido e guacamole no menu.

Depois do sucesso que fez em Los Angeles, a atriz Eva Longoria Parker abriu uma nova filial que fica dentro shopping luxuoso do hotel Aria – se voce quiser jantar por lá e ver oque que a Eva tem, nao esqueça de fazer reserva com antecedencia (vivendo e aprendendo!).

Gallagher’s

A steak house Gallagher’s fica dentro do casino do hotel New York New York, e atrai multidoes de turistas com a promessa de um autentico steake novaiorquino.

Se voce gosta de carne no estilo Americano (bifão, saladas , batatas wedges, e varias outras delicias), o Gallagher’s é seu lugar. E apesar de nao ser super baratinho, tem um preço relativamente bom para um restaurante de sua reputação em Las Vegas.

Nós jantamos lá logo na primeira noite que cheguei a Vegas, com o pesoal do trabalho, e como estavamos com um grupo grande, tinhamos reserva – mas reparei que o restaurante nao estava lotado. Talvez por ter sido no meio da semana…. talvez por nao estar localizado num dos casinos mais lotados. Entao vale a pena arriscar passar por lá, caso vc nao queria ficar preso a reservas em LV.

Lavo

O Lavo é o restaurante italiano recentemente inaugurado no hotel Palazzo pelos mesmos dono do Tao – e tem feito o mesmo sucesso!

Achei os preços bem razoaveis, e caso voce nao esteja hospedado no Palazzo (hospedes sempre tem preferencia nas reservas) e nao tiver planejado todos seus almoços e jantares com semanas de antecedencia, o Lavo é uma boa opção pré ou pós show/musical.

The Palm

O Aaron tem uma tradição ha anos com os amigos da faculdade e (quase) todos os anos um grupo de 30 marmanjos vão pra Las Vegas assistir as finais do campeonato de basquete universitario.

E todos os anos, o jantar de “encerramento” é no steake house Palms, que fica no “Forum Shops” do hotel Ceasar’s Palace.

Segundo o Aaron, a melhor Steak house do mundo!

YellowTail

Quase todos os hoteis/casinos tem um restaurante “estrela” – seja porque o(a) dono(a) é uma celebridade, ou porque o chefe é uma celebridade, ou porque a comida é muito boa e acaba virando moda!

No Bellagio o Yellow Tail ocupa esse posto de restaurante estrela/celebrity hotpoint, com um menu asiatico fusion que o colocou no topo da lista de melhores restaurantes de Las Vegas.

Round Table Buffet

Las Vegas tem opções pra agradar a todos os estomagos e todos os bolsos, e geralmente a opção que agrada a ambos são os buffets.

São uma boa opção pra quem nao pretende sair muito de seu hote/casino e quer ter uma opção tipo All inclusive, ou pra quem quer comer bastante pagando pouco.

E dizem que comer num buffet é uma das coisas mais tipicas pra se fazer em Vegas. Hoje em dia, muitos dos novos casinos não oferecem restaurantes em buffet – e como o nosso hotel (MGM Grand) não tinha um, fomos almoçar um dia no Round Table Buffet, do hotel Excalibur.

Não sei se pegamos o buffet num dia ruim, num horario ruim, ou se o problema é que eu realmente nao gosto de restaurantes nesse estilo “coma tudo que quiser e se empanturre o dia todo”, mas fiquei bem decepcionada com a experiencia.

Achei as opções de comida bem sem graça e meio maçaroca, com uma pinta de referitorio escolar… Já o Aaron adorou e explodiu de comer, achando tudo uma delicia! Então é ver pra crer! Pelo menos em buffets nao precisamos nos preocupar em reservar nada. É só aparecer, pagar e sentar pra comer até não aguentar mais!

Top of the World

O Stratosphere pode nao estar na lista de casinos ais legais da cidade, mas entre os varios atrativos que o hotel oferece pra atrair turistas, o restaurante “Top of the World” é mais um deles.

E oque esse restaurante tem de especial não é exatamente a comida e sim a vista sem igual da cidade!

Até então minha ideia de Las Vegas era que a cidade se resumia a Strip, mas assim que entramos no salão do restaurante rotatorio no alto da torre estratosferica, mal da pra acreditar no quanto a cidade é gigantesca! Na planice interminavel do deserto de Nevada, as luzinhas da cidade se estendem a perder de vista!

E em nenhum outro lugar da cidade voce vai ver uma vista como essa!

Pink’s

Como todas as cidades nos EUA, as opções de fast food sao inifnitas, mas ai eu prefiro comer minhas porcarias (e fazer aquela boquinha no meio do dia, sem ter que parar pra sentar, pedir comida, perder tempo etc) nas opções fast food que não temos aqui na Inglaterra.

E uma coisa que eu adoro, mas raramente como é cachorro quente!

Então o Pink’s é a versão do dogão do posto on steroids!

Tem todos os tipos de hot dog, com todos os tipos de salsicha, com um zilhao de molhos, acompanhamentos, etc. Tudo pra montar seu autentico podrão!

Não se existem outras filiais na cidade, mas o Pink’s mais facil de achar fica na entrada do Miracle MIle, o shopping do Planet Hollywood.

Eu mencionei varias vezes a questão da reserva dos hoteis, e a melhor opção é ir direto pro balcão do Concierge do seu hotel. Nem vale a pena ficar tentando catar o contato do restaurante ou bar tal, ficar ligando, etc.

Em Las Vegas todos os hoteis são conectados pelo sistema de concierge, e vc qual restaurante, dia e horario quer e imediatemente eles verificam a disponibilidade, confirmar a reserva e imprimem uma confirmaçnao pra voce – sem nenhum custo adicional!

E caso sua primeira opção nao esteja disponivel, eles já podem te recomendar inumeras outras opções – mesmo estilo de culinaria, mesma faixa de preço, mesma localização, etc.

E o memso vale pra tudo em Las Vegas! Restaurantes, bares, baladas, shows, musicais, passeios, Spas… O concierge vai virar seu melhor amigo!

E se voce preferir, eles podem linkar todos os seus gastos direto com o seu quarto do hotel, e assim vc pode assistir qualquer show, jantar em qualquer restaurante e etc, e no final pagar uma unica conta!

Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
16
31
Oct
2010
Las Vegas Strip – Os hoteis e casinos
Escrito por Adriana Miller

Las Vegas eh um daqueles lugares que pertencem a um universo paralelo em nosso planeta. Nenhuma outra cidade jamais se compararah, e principalmente nenhuma outra rua jamais se compararah com a Las Vegas Boulevard, ou simplesmente a “Strip”.

Nao eh um lugar pra curtir cultura, nem entrar em contato com a natureza, nem fazer nada que te tornara uma pessoa melhor melhor! Muito pelo contrario!

Eh a jogatina, a prostituicao, a riqueza extrema, a pobreza extrema, os vicios, o consumo… quase tudo de ruim que existe. Mas ao mesmo tempo, tudo isso esta embalado num pacote tao irresistivel, que quando voce esta lah, aquilo tudo se torna no melhor lugar do mundo!

E apesar de ser uma cidade bem grande, sem sombra de duvidas, a Las Vegas dos turistas se resume a Strip. Eh lah que estao os melhores hoteis/casinos, os melhores restaurantes, as melhores lojas, as melhores baladas, os melhores shows, as melhores lojas.

Dah pra aproveitar Las Vegas e ficar fora da Strip (e economizar bastante)? Da! Vale a pena? NAO!

Quando fui a Dubai justifiquei minha escolha de hotel com uma comparacao a Las Vegas – a qualidade de sua viagem e o quanto voce vai aproveitar suas ferias esta diretamente ligado a sua escolha de hotel – Quanto melhor e mais legal o hotel, melhor as ferias! Entao agora chegou a hora de comprovar minha teoria.

As opcoes sao infinitas, mas cada hotel/casino tem um perfil totalmente diferente – seja em sua arquitetura, sua infraestrutura, seus entretenimento (shows, restaurantes), o perfil de seu casino… e tudo isso junto esta diretamente relacionado com o tipo de pessoas que aquele hotel vai atrair, que pode ter tudo a ver com voce (e soh contribuir para sua experiencia), ou nao ter nada a ver com voce – oque vai acabar te fazendo passar mais tempo nos outros hoteis, e portanto nao aproveitar nada doque voce estara pagando pra usar.

Logicamente eu nao me hospedei em todos eles (um dia ainda viro Riq Freire e saio por ai testando todos os hoteis, um por um…), e em minhas duas visitas a cidade eu fiquei no Hard Rock Casino (em 2004) e agora no MGM Grand. Mas o Aaron ja foi a Las Vegas literalmente umas 30 vezes, e ja se hospedou em quase todos os hoteis da Strip – e me deu suas dicas e recomendacoes!

Comecando a Strip pelo ponta do lado Sul, esses sao os principais hoteis:

Luxor:

Apesar de se chamar Luxor, o hotel & casino Luxor tem como simbolo a piramide e esfinge de Gize! E essas sao tambem os principais atrativos do hotel – sua arquitetura marcante, logo na entrada da cidade (eh a primeira coisa que voce vai ver ao sair do aviao!)

Atualmente o Luxor esta passando por uma mega reforma que promete atualizar e modernizar todo sua estrura – a cada ano que passa mais hoteis e cada vez mais modernos vao roubando o espaco dos mais tradicionais, entao Luxor esta tentando recuperar o prejuizo.

A parte do Casino ja esta pronta, oque eu achei bem sem gracinha… Tudo em Las vegas eh tao “over the top”, que um hotel como o Luxor reformar seu casino e escolher uma decoracao clean nao combinou nem um pouco, e deixou o espaco bem frio e impessoal…

Mas o hall de entrada ainda exibe as esculturas “egipcias” gigantescas e seu interior de piramide!

Excalibur & Mandalay Bay:

Apesar de serem hoteis diferentes e estruturas separadas, o Luxor, Escalibur e Mandalay Bay fazem parte do mesmo “complexo” de casinos, oferecendo livre acesso aos hospedes e um monorail conectando os 3.

O Excalibur toma conta da paisagem, com inspiracao nas lendas do Rei Artur e idade media e  sua construcao em formato de castelo (que esta mais pra castelo da Cinderela doque castelo de Rei Britanico).

Eh um hotel que tem um casino bem grande, mas tem bastante atracoes para criancas – e isso somado a sua arquitetura Disney, eh um casino perfeito pra familias.

Eu pessoalmente nao gostei do ambiente – decidimos comer do Buffet do Excalibur (que supostamente eh um dos maiores da Strip) e detestei!

E lembra que eu comentei que o comercio e o entretenimento do hotel esta diretamente ligado ao estilo de turista que atrai? Entao, o Excalibur hospeda o show dos “Thunder from down Under” (estilo clube das mulheres versão Australiana!)… Preciso dizer mais?

MGM Grand

Esse foi o hotel que ficamos, e apenas escolhemos esse casino pois o Aaron ja estaria hospedado lah em sua conferencia. E foi uma otima coincidencia!

O MGM nao eh dos mais modernos e novinhos da Strip, mas em compensacao eh o maior hotel de Las Vegas (com 6 mil quartos!!) atualmente e tem tambem o maior casino.

Eu fiquei impressionada como o casino do MGM estava sempre lotado de pessoas indo e vindo e jogando 24 horas por dia!

Isso sem falar na sua mega estrutura hoteira e de entretenimento, incluindo um show do Cirque du Soleil, muitos otimos restaurantes (e algumas lanchonetes), um complexo de 5 piscinas, Spa, Studio movel da MGM, varios bares e baladas, etc.

Nao poderia ter ficado mais satizfeita com nossa escolha, e recomendo de olhos fechados! (Depois o MGM vai virar post especial, porque tem muita coisa pra falar sobre o hotel!).

New York New York

hotel&casino NYNY eh outro que domina a paisagem da Strip – com sua arquitetura inpirada em Nova Iorque (por dentro e por fora!), e perfeitamente localizado numa das esquinas principais da Strip – oque o tornam o hotel mais fotogenico de Las Vegas!

Oque eu achei legal eh que cada um dos “predios” que vemos do lado de fora do hotel, sao na verdade os hoteis, entao as diferentes areas e quartos do hotel sao completamente diferentes umas das outras dependendo se vc vai se hospedar no “Chrizler Building” ou no “Soho” ou em “Downtown” etc.

E por dentro a decoracao e arquitetura eh igualmente Nova Iorquina, e apesar de bastante caricata, eh impossivel nao se imaginar andando pelas ruas do Soho!

O New Yor New York oferece otimas opcoes de restaurantes e delis, todos no estilo New Yorquer: Um dos melhores Steak Houses de Vegas, muitas delis com saladas e sanduiches deliciosos, pretzels, restaurantes italianos, hot dog, etc.

E segundo o Aaron a area do casino eh igualmente otima, e com uma area de “sport booking” que esta entre as mais concorridas nas epocas de Superbowl e finais da NBA e college football.

City Center (Mandarin Oriental, Aria, Cosmopolitan, Vdara, Chrystals, Veer)

O novo complexo de hoteis City Center vai desbancar o MGM como o maior hotel de Las Vegas: quando seu ultimo hotel, o Cosmopolitan, abrir suas portas em Dezembro 2010, o complexo tera nada menos que 7 mil quartos disponiveis, divididos entre o luxuoso Mandarin Oriental, o modernissimo Aria e o Cosmopolitan – todos devidamente conectados atravez de um shopping ultr amega luxuoso, onde a loja mais “furreca” eh a Gucci!

Esteticamente falando o Aria foi o casino que eu mais gostei! Super luxuoso, mas sem ser exagerado, e super moderno, sem ser minimalista e frio. A decoracao de otimo gosto, toda em tons terrosos eh o pano de fundo perfeito pro seu casino “high bets” (apostas altas), onde a jogada mais baixa que se pode fazer sao 25 dolares (enquando a maioria dos outros casinos, cada jogada comecam entre os 3 e 5 dolares).

Alem disso o Aria hospeda o mais novo show do Cirque du Soleil, o Viva Elvis, que segue o mesmo modelo do ja consagrado Love (inspirado nos Beatles), porem dessa vez inspirado no Elvis – e que tem feito o maior sucesso, com direito a fila de espera para comprar ingressos e tudo mais!

E pra completar, o restaurante&balada estrela do Aria eh o “Beso”, que atrai uma infinidade de celebridades nas suas filiasi de Los Angeles e Vegas.

E como hospedes dos casinos sempre tem preferencia pra comprar ingressos dos shows e para reserva de mesas nos restaurantes, somado ao perfil “high bet” do casino e as lojas ultra luxo de sua area retail, dah pra imaginar que a frequencia do Aria eh para poucos e bons!

Planet Hollywood

Exatamente do outro lado da rua esta o Planet Hollywood, que tambem foi interiamente reformado e ampliado recentemente, e aproveitou a onda de reality shows nos canais E! e MTV pra repaginar sua imagem e voltar a atrair a galera.

Seu principal atrativo eh seu super mega shopping Miracle Mile – que apesar de jah nao ter tantas lojas tao interessantes quanto seus concorrentes – eh um dos maiores e mais tradicionais de Las Vegas – e foi o primeiro a construir um interior “tematico” e com um teto pintado de “ceu” interativo.

O shopping eh um labirinto, e voce anda, anda, anda e as lojas nao acabam!

Seu show no momento eh o “Peep Show” que estrela uma ex-coelinha da Playboy (e reality star) e tenta ser uma versao mais “bem comportada” e elegante de um show de striptease!

Paris

Bem ao lado do PH esta o Paris, que eh outro hotel que totalmente domina a paisagem, de Las Vegas! Praticamente impossivel ver uma foto ou cena de filme da Strip que nao mostre a Torre Eiffel do hotel& casino Paris!

O exterior é totalmente inspirado na arquitetura parisiense, incluindo alguns de seus pontos turisticos mais memoraveis como a Torre Eiffel e o Arco do Triunfo.

E assim como o NYNY e o PH, o interior de seu casino segue o mesmo modelo, e com tudo envolvido naquele mundo parelelo de Las Vegas, voce jura que esta circulando pelas ruas do arrondissement 8

O Paris apesar de não ser novissimo, tem ter nenhuma super atração ou entretenimento, tem uma da smelhores localizações da Strip e é justamente disso que faz que esse hotel seja dos mais disputados!

O Paris esta exatamente no meio da Las Vegas Boulevard, é cheio de caracter, e sem cobrar os preços do luxo oferecido pelos vizinhos Bellagio e Ceasar Palace. Coincidentemente ou não, é o casino preferdio do Aaron, e o hotel onde ela já ficou mais vezes, em todas as suas viagens a Vegas.

Bellagio

O Bellagio é um dos mais famosos, mais bonitos e mais luxuosos hotel & Casino de Las Vegas, e sua fonte musical já foi pano de fundo de incontaveis filmes e programas de TV.

Os fans de casinos e jogatina dizem que o Bellagio tem o melhor casino de Las Vegas e isso pode ser facilmente comprovado com um casino que esta constantemente abarrotado, com mesas de aposta e jogos de limites altos e baixos com fila de espera. E a atmosfera é realmente contagiante, e lá dentro dá até vontade de jogar mesmo!

Na parte do entretenimento o Bellagio hospeda um dos principais shows do Cirque du Soleil atualmente, o “O”, que se passa praticamente todo dentro d’agua e por isso demanda uma mega estrutura que instantemente alaga e seca o palco em questao de segundos.

A arquitetura do Bellagio é todo inspirado na Italia, e sua decoração é cheia de vidros “Murano” tipicos da região de veneza – e sua parte principal é o teto com flores de Murano coloridas do saguão de entrada do hotel.

Ceasar’s Palace

O Ceasar’s Palace nunca deixou de ser uma dos principais hoteis de LV, mas esta sofrendo um novo boom turistico depois de ter servido de ano de fundo pro filme “The Hangover“. Quando entramos no sguão do hotel, juro que morri de vontade de ir na recepção e perguntar pra recepcionista se era verdade que Ceasar morou lá… HAHAHA

Mas um dos atrativos principais do hotel é mesmo seu shopping, o Forum Mall, que é o maior de Las Vegas, e onde se encontrar a maior variedade de lojas da Strip – tudo isso perfeitamente espalhado em corredores que parecem retirados diretamnte de uma fantasia Romana: sao colunas, estatuas, fontes, etc, etc. E acho que é justamente essa decadencia que dá um charme extra no Ceasar’s!

Mirage

Ainda na mesma calçada que o Bellagio e o Ceasar’s Palace esta o Mirage – que surpreendemente é um dos top 3 casinos mais lucrativos de Las Vegas (junto com o MGM e Bellagio)!

E a principal explicação é pra isso é sua tradição. É o hotel perfeito pra quem quer aproveitar oque LV tem de melhor, mas sem grandes frescuras: o hotel não tem um tema espcifico, nem uma decoração exagerada, mas tem otimas opções de entretenimento (incluindo o mega popular “Love” do Cirque du Solei, inspirado nos Beatles), muitos otimos restaurantes e um casino enorme.

The Venetian e Palazzo

Do outro lado da rua do Mirage e Treasure Island estão o The Venetian e Palazzo, que apesar de teoricamente serem hoteis diferentes, fazem parte do memso complexo hoteleiro e seguem o memso “tema” italiano.

E o Venetian é outro dos hoteis que levam seu tema a um outro nivel! Inspirado nos canais de Veneza, o Venetian tem sua fachada a Piazza San Marco e a ponte Rialto, e tem um “grande canal” que se extende por dentro do hotel, onde os hospedes e turistas podem inclusive passear de gondola, com gondoleiros praticamente autenticos!

O casino dos dois hoteis (que sao interligados no subsolo) é lindo, e juntos eles tem algumas das baladas e restaurantes mais badalados da cidade (Como o Tao, Lavo, Sushisamba e Lagasse’s, entre outros).

Wynn e Encore

Os novissimos Wynn e Encore não são exatamente os ultimos casinos da Strip (nem de longe!), mas são os ultimos hoteis da parte mais novinha e “badalada” da Las Vegas Boulevard.

Assim como o Venetian & Palazzo, ambos são hoteis diferentes, mas que fazem parte do mesmo complexo, tendo a mesma arquitetura moderna e decoração luxuosa.

O shopping do Wynn é super luxuoso (e caro), com um estilo tipo jardin de inverno, com tudo bem florido e iluminado. Apesar de um tanto exgerado, é bem bonito.

Assim como o complexo “city center”, o Wynn & Encore também seguem uma linha “high bet” onde todas as mesas de aposta começam com um minimo de 25 e 50 dolares, e as lojas variam entre Chanel, Jo Malone, Cartier, Dior, etc.

Então digamos que se vc vai pra Las Vegas com muito dinheiro pra apostar, lá é o lugar certo pra depois gastar tudo que voce ganhar!

Stratosphere

Por ultimo, o ultimo hotel da Strip é o Stratosphere, que apesar de ser considerado um dos piores casino da Strip, ainda assim vale a pena a visita!

Na verdade o que vale a pena a visita no Stratosphere é sua torre, que é o predio mais alto da cidade e oferece vistas privilegiadas da Strip e da cidade toda.

Para os mais aventureiros, é na Stratosphere que estão algumas das montanha russas mais assustadores do mundo – e não por causa de seus loopings e tals, e sim porque o tempo todo voce fica pendurado no nada!

E para os corajosos mesmo, também a opção de saltar de bungee jumping lá de cima!

Eu MORRO de medo de altura, entao nem cheguei perto, mas fomos jantar lá um dia, e de repente… BOOM vc ve um corpo caindo lá de cima! Mais um turista louco saltou de bungee jump! (A Mirella tem algumas boas fotos dos brinquedos lá do alto!)

Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
39
25
Oct
2010
Oque acontece em Vegas…
Escrito por Adriana Miller

Eu to voltando pra casa!! E se tudo correr bem, não terei problemas na conexão de menos de uma hora em Houston!

Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
13
20
Oct
2010
Sin City
Escrito por Adriana Miller

Estou no aeroporto Heathrow esperando meu voo começar a embarcar, e espero que não atrase pois minha conexão em Houston êh bem rapidinha!

Serão mais de 14 horas de voo entre Londres e Las Vegas e 8 horas de fuso horário. Mas nada que um livro de mil páginas (o novo do Ken Follett!), 3 revistas, 5 episódios da nova temporada de Gossip Girl e um Dramin não resolvam…



Vou passar apenas 5 dias, que em Las Vegas já eh tempo de mais, principalmente não sendo minha primeira visita a cidade – e o Aaron já esta lá desde semana passada.

E eh justamente esse o motivo da viagem: ele foi a trabalho e eu me convidei pra ir junto! Era uma oportunidade boa demais pra ser desperdicada, e com a troca de emprego consegui negociar uns dias a mais de ferias…

E com certeza a pessoa que inventou a frase “Oque acontece em Vegas, fica em Vegas” não escrevia um blog!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Las Vegas, USA, Viagens
28